História My Daddy Is My Teacher - YOONSEOK Hiatus - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, J-hope, Jikook, Jimin, Jin, Jungkook, Kpop, Namjin, Rap Monster, Shippe, Sope, Suga, Taegi, Yoonseok
Visualizações 737
Palavras 1.843
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Finalmente, não é mesmo?
Calma meu povo
ainda vai ter muita putaria nessa fanfic abençoada
Putaria, treta e muito drama, pois é, eu estou inspirada.

Capítulo 7 - Daddy and Baby


POV's Narrador

Hoseok estava sentado no sofá de sua casa, sozinho naquela nublada tarde. Ele não parava de pensar em Yoongi. Na forma em que o menor ficou logo após a dura conversa que teve com ele. O que Hoseok mais queria era correr até seu pequeno, beijá-lo, dizer que o amava infinitamente. Porém seu orgulho não permitia. Seu "ego" ferido não permitia. Ego esse que Hoseok estava pouco se fodendo, pois depois de ser traído por Lalisa, o que ele menos tinha no momento era um ego a se preservar.

Hoseok sai de seus devaneios quando escuta o som da campainha tocar. Ele então se levanta, arrumando a calça moletom que trajava e repondo sua regata, que estava largada no sofá. Ele caminha em passos lentos até a porta, que no meio do caminho pode se ouvir a campainha tocar novamente, avisando que a pessoa estava impaciente. 

- Já vai! - Grita o ruivo, já ficando irritado com o ser que havia tirado a tarde para ir até a casa dele, - enquanto poderia estar fazendo coisas melhores do que ir na casa de  um cara problemático e esquecido por todos- só para encher-lhe o saco.

Hoseok estica o braço e abre a porta, tendo a imagem de um Min Yoongi ensopado, com as mãozinhas em volta dos braços, em um sinal claro de que estava com frio.

- Y-Yoongi?! O que faz aqui e ainda mais,  o que faz aqui molhado desse jeito?! - Hoseok pergunta, e recebe um longo suspiro do menor à sua frente.

- Eu vim falar com você... eu ainda estou muito puto com você, mas porra... eu não consigo viver sem você... Eu te amo, Hoseok... muito... - Hoseok o corta, puxando-o para mais perto, ponto o dedo indicador em seus lábios.

- Shhh... não fale mais nada. 

- Ah, eu estou tão sedento por você, baby... - Hoseok faz uma pausa, sussurrando no ouvido de Yoongi. - Eu quero foder você tão gostosamente que todos os vizinhos vão saber meu nome...  

Ele deixa uma leve mordida no nódulo de Min, que arfa.

- D-Daddy... eu... q-quero você... agora. - Yoongi diz enquanto tinha os olhos fechados e o corpo colado ao de Hoseok.

Hoseok se aproxima mais de Yoongi, juntando os seus lábios nos do dele. Ele pede passagem e o menor cede, deixando com que a língua de Jung explorasse cada canto da boca de Min, como se estivesse desvendando um manuscrito. Hoseok vai guiando Yoongi até a sala, onde Yoongi é prensado contra a grande estante amadeirada, fazendo com que as costas do menor se chocassem com as grandes portas do móvel.

Hoseok vai passando a mão pelas costas molhadas de Min, aproveitando cada toque que ele dava e cada reação maravilhosamente gostosa que o corpo de Yoongi promovia. Hoseok então vai subindo com as mãos, até se cansar de tanto pano molhado e resolver tirar aquela blusa branca de Min, que demarcavam todo seu peitoral, inclusive seus mamilos, que já estavam duros. Hoseok tira então a blusa de Min e ataca seu mamilo esquerdo, fazendo com que sua língua brincasse com o rígido mamilo do menor, que arfava em resposta,agarrando as madeixas alaranjadas de Hoseok. Hoseok então guia Yoongi até o sofá, deitando-o lá, desvincilhando- se do mamilo de Yoongi, agora tendo como alvo o pescoço do menor. Ele dá leves mordidinhas, beijos e chupões, marcando a branca pele de Min. Hoseok faz uma trilha de beijos até o início da saia de Yoongi, parando os beijos para poder por a mão por baixo, brincando o o leve tecido da calcinha de renda que Yoongi usava. O menor já estava duro, e Hoseok iria se aproveitar disso, ah se iria. Hoseok finalmente tira a leve saia de Yoongi, passando sua língua por cima do tecido da calcinha rosa, obviamente passando a língua em cima também da ereção de Yoongi, que ao sentir a língua do maior em seu caralho, arfa arqueando as costas e mordendo os lábios rosados, fazendo com que seus dentes maltratassem a carne de seu lábio inferior.. Hoseok olha para o rosto de Min - enquanto ainda brincava com o membro coberto do menor - e sorri malicioso. 

O rosto de Yoongi era de puro prazer e descoberta. Afinal, tudo aquilo era muito novo para ele. Hoseok então, vai até a boca de Min, beijando-o,enquanto tira a própria camisa, com a ajuda do mesmo. Depois da peça removida, ele volta para o membro de Min e retira o pano que ainda cobria ele, deixando-o completamente nu. Hoseok aproxima sua língua da glande de Min - que já estava molhada pelo pré-gozo - e passa a língua lentamente por ali, sentindo o pré-gozo de Min em sua boca. Ele então beija o menor, para ele poder assim Yoongi sentir o gostinho de seu pré-gozo, de como era bom. Mas antes de voltar para o membro de Yoongi, Hoseok se levanta, se afasta um pouco e tira a calça moletom que trajava, ficando apenas de cueca. Ele então passa a mão pelo seu abdômen forte, indo em direção ao seu membro. Motivo dele se tocar na frente de Min? Bem, ele queria um pouquinho de tortura para o menor. Yoongi assistia aquilo, quase hipnotizado, quase babando. Hoseok então depois de alguns instantes, se aproxima novamente de Min, agora sem exitar abocanha seu membro depressa, fazendo Yoongi gemer surpreso.

- A-AH! - Hoseok se excita mais ainda ao ouvir o gemido rouco do boca suja à sua frente.

- Isso... gema mais para seu Daddy... -Ele diz logo antes de começar a bombear o membro de Yoongi com as mãos, enquanto o chupava com a boca, passando a língua em sua glande molhada.

- A-Ahhh... m-mais rápido, Daddy... please... fuck-me Daddy...  - Yoongi implorava abrindo mais as pernas, enquanto Hoseok estava o chupando lentamente. Oh céus, aquilo era tão maravilhoso.

Hoseok roça de leve seus dentes no membro de Yoongi, fazendo o menor quase gozar em sua boca.

- Ainda não, baby... não goze agora... - Hoseok dizia com sua voz rouca e sexy. 
Ele volta para o pescoço de Min, deixando ali mais chupões que claramente ficariam marcados no dia seguinte. Ele desce as mãos para as coxas fartas e branquinhas de Yoongi, depositando ali um tapa e logo depois apertando a mesma.

- Vem cá, baby... - Hoseok chama Yoongi, enquanto ele se sentava no sofá, e Yoongi se agachava na sua frente. - Chupe seu Daddy...

Ele então lentamente aproxima o rosto de Yoongi de seu membro, para poder ajudá-lo. Ele põe as mão em meio às madeixas castanhas de Yoongi, aproximando mais ainda o rosto do menor de seu membro e logo sentindo o seu membro ereto invadir a boca de Min, que o chupava como se fosse um novo pirulito que acabara de ganhar. Bem... era. Ele faz movimentos de vai e vem, enquanto Hoseok joga sua cabeça para trás, fechando os olhos e sentindo seu pré-gozo molhar a boca de Yoongi,  passando a língua em toda a extensão de sua glande.

- I-Isso... isso... ahhh... - Hoseok gemia enquanto sentia seu baby o chupar carinhosamente. - E-Eu te amo, Min Yoongi... eu te-AH! 
Ele geme ao sentir os dentes de Yoongi roçar em sua glande, enquanto ele bombiava seu membro com as delicadas mãos. Yoongi então solta o membro de Hoseok, atacando sua boca, e logo depois dando beijos em seu pescoço. Hoseok vira Yoongi de quatro em cima do sofá, tendo visão de sua apertada entrada. 

- Ahh... tão apertado... - Hoseok quase geme aquelas palavras. 
Ele deposita um tapa nas nádegas nuas de Min, que geme com o ato. Ele aproxima a língua  cheia de saliva até a entrada de Min. 

- Já que eu não tenho lubrificante aqui... - Ele então passa a língua molhada de saliva em toda a extensão do ânus do menor, logo aproximando seu membro da entrada, porém ele espera alguns segundos, como se estivesse esperando um sinal de Yoongi. O menor então rebola levemente a bunda, fazendo assim Hoseok entender que já era hora. Hoseok então vagarosamente penetra Min. Enquanto fazia isso, ia distribuindo beijos pelas costas e nádegas do menor, para aliviar um pouco a dor, o que funciona. Yoongi tinha lágrimas nos olhos, ele sentia uma inexplicável dor, que foi se tornando um prazer pecaminoso porém maravilhoso .Em meio as primeiras estocadas leves, Hoseok dizia palavras de elogios e amor, tentando achar alguma coisa realmente à altura de Min.  Hoseok age devagar, até Yoongi começar a rebolar. Hoseok começa a acelerar os movimentos e vai e vem, dando estocadas mais violentas e selvagens.

- H-Hoseok... A-AH! H-Hoseok... m-mais rápido... ahh... HOSEOK! AHH! OHH... Me foda mais, daddy... Mais... JUNG HOSEOK-AH! - Yoongi gemia alto. Hoseok queria que todos os vizinhos soubessem o seu nome hoje. - M-MAIS DADDY! Ohh... 
Hoseok então faz o menor sentar em seu membro, de costas para o mesmo, que enquanto cavalgava no membro de Jung, gemia deliciosamente. Hoseok beija inúmeras vezes as costas nuas de Min, ajudando-o a subir e descer enquanto estava dentro do menor.

Hoseok sentia que iria gozar e Yoongi também, porém ele não queria que a brincadeira acabasse. Não agora. Hoseok então sai de dentro de Yoongi, sentando-se no sofá, puxando o menor para seu colo. Ele então começa a fazer movimentos e ida e vinda, simulando uma penetração.

-A-Ah... baby... Ohh... - Os sons pornográficos de corpos se chocando preenchiam o local, o que excitava ainda mais os dois.
Yoongi se vira, - Ainda no colo de Hoseok - e se senta no membro de Hoseok, rebolando lentamente.

- G-Gosta,daddy? - Pergunta ele.

- Ahhh... m-muito... muito mesmo... você é maravilhoso, Baby... - Hoseok tinha os olhos fechados e a cabeça para trás, com as mãos nos quadris de Yoongi, o ajudando nos movimentos.
Os gemidos manhosos de Min preenchiam todo o local junto dos gemidos roucos de Hoseok.

Yoongi então dá sua última rebolada, com mais força, sentindo Hoseok gozar dentro de si, porém, Hoseok queria fazer Min também chegar em seu ápice, então ele se desvencilha de Min, voltando à chupa-lo, beija-lo e masturba-lo, enquanto ele agarra seu cabelo com força.

Yoongi joga sua cabeça para trás, gemendo - ou melhor, gritando - o nome de Hoseok, enquanto o maior brincava com sua língua em toda a extensão do pênis de Yoongi. 

- Hoseok... - Ele pausa, dando lugar ao gemidos gostosos que saíam de sua boca. - Hoseok... Ahhh... m-mais... Ohh! H-Hoseok... HOSEOK-AH!

Ele sente seu doce gozo preencher sua boca. Yoongi tinha tido seu primeiro orgasmo e Hoseok se sentia imensamente bem. Hoseok se deita ao lado de Min, suados, ali mesmo, no sofá. Naquele momento, só existiam os dois no mundo.

-Ahh.. e-eu... eu te amo, Hoseok... - Yoongi diz deitando sua cabeça no peito nu de Jung.

- Eu também te amo... v-você foi ótimo... - Hoseok deixa um selar nos lábios de Yoongi.

Agora eles pertenciam um ao outro.

Hoseok ri fraco ao lembrar que Min andaria mancando amanhã.


Notas Finais


Então gente, me digam se gostaram. Eu tenho um sério problema de insegurança, e sempre acho que tudo que eu faço fica uma merda, então a opinião de vocês é importante de mais <3
Eu sei, deve ter ficado uma bosta, mas ok
Amo vcs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...