História My dark angel - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Colegial, Shoujo, Sobrenatural
Visualizações 14
Palavras 1.131
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Espero que gostem e desculpa os erros :3
Boa Leitura🌹

Capítulo 5 - Oppa você voltou!


Fanfic / Fanfiction My dark angel - Capítulo 5 - Oppa você voltou!

Pensei um pouco então resolvi levantar, quando estava prestes a dar o primeiro passo trovejou mais forte que antes e dei um pulo caindo em cima de Tae que riu com meu ato. Levantei envergonhada e dei a volta na cama deitando do seu lado, ele se virou ficando de frente pra mim em seguida me puxando pela cintura para mais perto de si e me abraçou.

Não sou muito fã de abraços, mas abri uma exceção só por estar trovejando muito e já estar acostumada a dormir abraçando um de meus ursinhos, travesseiros ou meu irmão mais velho. Meu irmão é a única pessoa que gosto de abraçar, pois ele é a única pessoa que sempre pude confiar e esteve comigo independente do que eu falasse ou fizesse.

Ele se mudou pra Nova York faz dois anos porque ganhou uma bolsa pra faculdade em engenharia civil que ele tanto queria, mas nossos avós não tinham condição de pagar. Nesse ano ainda não o vi e isso me deixou triste, pois ele deveria ter vindo no dia que minhas aulas começaram, mas teve um imprevisto na faculdade e ele não pode vir.

Fiquei perdida em meus pensamentos que nem percebi quando Tae dormiu achei que vampiros não dormiam, mas acho que me enganei ou ele esta fingindo.

Dei um beijo em sua testa depois me aconcheguei em seus braços e dormi. Já era de manhã quando acordei e percebi que estava sozinha na cama, olhei no meu celular que horas eram e levantei num pulo correndo pro banheiro.

Aquele vampiro de uma figa me paga, ele não me acordou e agora estou atrasadíssima. Me arrumei correndo e desci as escadas quase caindo, ao chegar na cozinha dei de cara com Jin e Tae tomando café-da-manhã enquanto Nanjoon preparava seu café. Não acredito que eles ainda estão de pijama, sei que são vampiros e talz... mais será que vão conseguir se arrumar em cinco minutos e chegar no colégio antes de tocar o sinal?!

Tae soltou uma risada baixa e não entendi o motivo, até Jin me explicar à situação.

Jin: Liz por que já esta com o uniforme do colégio? Ainda falta uma hora e meia para sairmos!

Eu: Como assim Jin? Já são sete e quinze!

Nanjoon: Liz é cinco e quarenta e cinco agora!

Olhei para o relógio da cozinha e vi que Nanjoon estava certo, mas ainda não havia entendido o que aconteceu até que Tae começou a chorar de tanto rir e caiu a fixa.

Eu: Kim Taehyung você mudou a hora do meu celular?

Tae: Essa foi à melhor pegadinha que eu fiz nesses últimos dois séculos!!!

Jin: Tae não acredito que você fez isso com a Liz!

Tae: Eu juro que tentei... me controlar mas não deu!

Ele não parava de rir e acabei perdendo a paciência então peguei uma maça na fruteira que estava do meu lado e joguei o mais forte que pude no Tae. Pegou em cheio na cabeça dele, que reclamou e me fuzilou com o olhar quase soltando fumaça pelo nariz, o encarei depois mostrei o dedo do meio e subi as escadas fazendo muito barulho por estar pisando com força.

Assim que cheguei ao quarto da peste chamada Kim Taehyung arrumei o horário do meu celular e coloquei-o pra tocar meia hora antes de sairmos, em seguida me joguei no colchão que aquela peste não teve coragem nem de guardar.

 ~Uma hora depois~

Meu celular começou a tocar e levantei indo pro banheiro lavar o rosto, quando já estava secando meu rosto aquela peste entrou no banheiro me empurrando para passar por trás de mim.

Tae: Será que tem como a Bela Adormecida aí sair do banheiro para eu poder tomar banho?

Eu: Pode tomar banho não estou te segurando!

Tae: Então você quer me ver tomando banho!

Ele fez uma cara maliciosa e eu comecei a rir.

Eu: Vai sonhando!

Tae: Não precisa fingir que não é verdade, eu sei que sou irresistível!

Eu: Só você que acha isso Pernilongo!

Tae: Como é?

Eu: Isso mesmo que você ouviu! Só você acha isso P-E-R-N-I-L-O-N-G-O!

Tae: Você vai ver depois quem é o pernilongo!

Eu: Não vai ser preciso, já estou olhando pra você.

Ele ficou puto e eu sai do banheiro morrendo de rir indo pra cozinha tomar meu café-da-manhã já que ainda não tinha comido nada.

~Algumas horas depois~

O dia foi muito cansativo teve três provas uma atrás da outra não consigo sentir meus dedos de tanto que escrevi, pois depois das provas tivemos que copiar quatro textos gigantes pra lermos para fazer a próxima prova que vai ser amanhã.

Jin: Os professores estavam inspirados hoje.

Eu: Eles estavam é loucos! Onde já se viu passar uma prova atrás da outra e depois mandar a gente copiar quase uma enciclopédia?!

Tae: Não exagere tanto Bela Adormecida!

Eu, Jin e Nanjoon nos olhamos e depois pra Tae com uma cara de “você só pode ter problema e muito serio”.

Eu: Sabia que esse apelido não me incomoda né?

Tae: Sim, eu sabia!

Ele falou sorrindo pra mim.

Nanjoon: Quando chegarmos a casa vai os dois pra um quarto, ninguém merece ver vocês quase se pegando no meio da rua ou em casa!

Jin: Deixa-os em paz!

Continuamos andando até que escuto a voz angelical que tanto amo.

???: Que história é essa de alguém estar quase agarrando meu anjinho no meio da rua?!

Na hora virei pra trás vendo a pessoa que sinto falta cada vez mais a cada dia que passa, achei que não fosse possível, mas ele esta ainda mais lindo que dá última vez que nos vimos.

Eu: Oppa você voltou!!!

Sai correndo na direção dele e pulei o abraçando o mais forte que pude, ele retribuiu o abraço e ficou me girando. Finalmente posso ver meu irmão, Kookie esta mais lindo, fofo e alto que antes.

Kookie: É claro! Estava morrendo de saudade do meu anjinho.

Eu: Eu também Kookie!

Kookie: Achei que não fosse possível, mas você esta ainda mais linda que dá última vez que nos vimos!

Eu: Digo o mesmo!

Nos abraçamos de novo e só nos afastamos um pouco porque ouvimos alguém tossindo atrás de nós.

Tae: Quem é esse Liz? E que historia é essa de Oppa?

Nanjoon: Deixa de ser ciumento Tae.

Jin: Oi, sou Jin! Esse ao meu lado é meu irmão Nanjoon! E o ciumento ao lado dele é meu outro irmão Taehyung!

Tae: Eu não estou com ciúmes!

Nanjoon: Imagina se tivesse!

Tae deu um soco no braço de Nanjoon e ficou de cara emburrada.

Kookie: Oi, sou Jungkook!

Tae: Você é o que dá Liz?

Kookie: Namorado!

Tae: É o quê?

Eu: Ele está brincando!

Kookie: Sou o irmão mais velho da Liz!


Notas Finais


Espero que tenham gostado❤
Até o próximo capítulo🍒


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...