História My Dear Angel (Vkook) - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Taekook, Vkook
Exibições 28
Palavras 795
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Lemon, Magia, Mistério, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bem queríamos explicar do pq de estarmos postando esse capítulo sera o agradecimento pelos
10 favoritos
Boa Leitura e desculpem qualquer erro

Capítulo 6 - Capitulo-5 Do not let me go


Fanfic / Fanfiction My Dear Angel (Vkook) - Capítulo 6 - Capitulo-5 Do not let me go

“Eu estava .... CAINDO ?”

 Pov's Tae

Bem estávamos indo para o pátio quando ...

-Tae ... você esta vendo algo estranho ? . Jungkook perguntou , ele parecia assustado .

Bem por mais que eu procurasse por algo fora do normal , eu não encontrava .

-Como assim ? Não estou vendo nada porque Jungkook?. Perguntei confuso .

Até que sinto algo estranho ... sinto dor ? , como assim ? . Passo meus olhos por tudo a minha volta até que encontro uma figura um pouco longe , ela era totalmente preta só dava para ver seus olhos opacos tinha uma coloração azul , e ela estava se aproximando , ate ficar frente a frente com Jungkook .

-Por nada ... Ele para de falar quando a figura ficou em sua frente .Estou com medo .

Tento me aproximar mas algo me impedia e isso era a dor ela estava mais forte , tento me mexer de novo mas só piorava .

Foi quando tudo aconteceu tão rápido , tudo começou a girar em volta dele , então um portal foi feito embaixo de seus pés , eu não podia acreditar que isso estava acontecendo ... ele ... ele ESTAVA CAINDO .

Me recuperei e fui correndo em sua direção , mas foi em vão ele já tinha sumido .

-JUNGKOOK . Gritei vários anjos estavam em volta de mim.

-JUNGKOOK . Gritei outra vez , comecei a chorar .

Porque ? porque ? , será que eu realmente mereço isso ? . Estava quase desmaiando , a dor tinha voltado , só me lembro de braços em volta de mim antes de eu apagar .

Pov's Kook

Oque ? por que ?

Eram as únicas coisas que eu estava pensando agora , sera que eu realmente mereço isso ?

Ate que me lembro de Taehyng , como ele esta ? .

Sinto algo de baixo de meus pés , quando vejo era uma cama ? , olho em volta e tudo era branco , como assim? . Vejo um homem entrando por uma porta , ele estava todo branco , ele sorria fraco mas era um sorriso de alivio .

- Vejo que você acordou , bom esta sentindo alguma dor ? . Ele me pergunta .

Como assim “acordou” ? como assim “dor”?, não estava intendendo mais nada .

-Co-omo vim parar aqui ? . Pergunto com medo .

-Ohh então não se lembra ? , bem você sofreu um acidente de carro . QUE ? não , não , não , quero voltar para casa , cade o Taehyung ? .

-Não ... coo-mo assim ? , não ... eu quero voltar para casa , agora . Falo já me levantando , mas ele me empurra de volta para a cama .

- Você ainda não pode ... você não se lembra oque aconteceu ? . Ele pergunta com um olhar preocupado . –Bom vou deixar sua família entrar eles estão muito preocupado com você .

Pera ele disse família ? , claro que não ! eles morreram .

-Família ?. Pergunto e ele apenas assente .

-Bem vou chama-los . Disse e saio , não estava entendendo nada , eu não tinha mais uma família ou tinha ? .

Vejo 2 pessoas entrando , e então encaro seus rostos , eram .... eram eles ? , não , não , não é possível .

-Meu filho ... você acordou . Eu não podia acreditar eram eles , eles estavam na minha frente , meus pais na minha frente .

-Ma-aee ? é você ? , como ? . Falo com os olhos cheios de lagrimas , não podia acreditar .

-Sim .. meu filho quanto tempo . fala vindo em minha direção , ela estava com os braços esticados , para um abraço . Eu a abracei forte , realmente eram seus braços que me envolvia.

- Filho ficamos preocupados com você , não faça mais isso conosco . Fala ele meu pai , eu ainda estava em estado de choque com tudo isso , então minha “mae” desfaz o abraço e me fala .

- Bem seus amigos estão te esperando la fora vou deixar vocês conversarem , eles ficaram muito preocupado com você meu filho . Ela fala e me da um beijo na testa .

-co-omo assim amigos ? . Pergunto meio confuso .

-Ohhh não se lembra? , bom quando eles entrarem você vai lembra deles . Meu pai fala com um sorriso .

-Bom querido se cuide . Minha mae fala saindo da sala juntamente com meu pai .

Entao vejo 5 meninos entrando com sorrisos radiantes , mas quando vejo mais um menino ... não , não , não era possível ... TAEHYUNG ?.  


Notas Finais


Foi isso esperamos que tenham gostado comentem para sabermos como estamos indo
foi isso até a próxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...