História My dear boss - imagine jungkook - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Amor, Brigas, Muito Mais, Reveleções, Romance
Visualizações 71
Palavras 1.038
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Famí­lia, Festa, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hi!! Se eu demorei? Sim, talvez um pouquinho só ME DESCULPEM SERIO!!
mas aqui estou eu 😚❤✌
E vou logo avisando para se prepararem ok? 🌚🌚🙊😘 Beijo hehehe
Ate!!

Boa leitura 💙 Sorry qualquer erro!!🙊

Capítulo 11 - Let the games begin


Fanfic / Fanfiction My dear boss - imagine jungkook - Capítulo 11 - Let the games begin

S/n on 

Depois daquele dia, meio louco na praia, me alertei de uma coisa, acho que estou gostando dele, isso não poderia acontecer, eu não quero me feirir, mas agora é tarde demais.

O dia da viagem seria hoje, estou meio receosa de ir, pois ficarei sozinha com jungkook, isso não resultará em coisas "boas".    - Espero que ocorra tudo bem. - disse e peguei minha mala, estava frio hoje, por isso estava com um casaco preto uma saia, para me manter formal, e meus saltos. Agora iria esperar o táxi que chamei, assim que ele chegou traquei meu apartamento e desci, no corredor vazio daquele prédio onde só podia ouvir o barulho de meus saltos, se eu falar que estou me sentindo em um filme, diriam que sou louca?  Talvez. 

(...) 

- Vocês estão prontos? - falou Namjoon 

- Mais do que nunca - pronunciou Jeon 

- Acho que sim - falei por último 

- Bom, vocês irão em um carros  fiquem atentos ok? Assim que chegarem da viagem, vocês vão para um jantar importante! Jeon não me desaponte. - Namjoon falou e jungkook apenas assentiu - estarei lá também, mas quem irá se pronunciar irá ser vocês. - sorriu e eu? Engoli um seco.  

- Vamos querida? - falou Jeon pegando suas malas e as minhas eu apenas o segui quieta. Entramos no carro e fomos, eu estava com pensamentos longes, acho que Jeon percebeu. 

- Algo de errado? - falou sem tirar seus olhos da estrada. 

- Não - falei 

- Porque está com pensamentos longes? - falou 

- Eu não sei, só... Estou. - o mesmo permaneceu quieto, sem alguma reclamação. 

A viagem toda foi apenas silêncio, mas não aquele constrangedor, e sim de apenas pensamentos. Tinhamos chegado ao hotel que ficaríamos, era bem aconchegante, um pouco exagerado da parte de Jeon nos trazer aqui mas não relutei afinal não daria certo mesmo. 

- O que achou? - perguntou

- É bom! Mas não precisava ser em lugar tão caro. - falei

- Claro que precisa. - falou 

- Para que? - perguntei o mesmo me lançou um olhar malicioso? ou eu maliciei isso?

 - Ah, querida! Que pergunta sem sentido- falou chegando mais perto - para que acha que escolhi esse hotel e no último andar? - 

- J-Jeon - alertei o mesmo pegou minha cintura nos aproximando - Temos que nos arrumar, né? 

- Ah, não agora, temos alguns minutos ainda - falou beijando todo o meu rosto - minutos suficientes para eu lhe fazer gritar - eu congelei ao ouvir tal coisa, mas lembra do joguinho? Que tal? 

- Então você quer brincar? - falei sussurrando tais palavras 

- Sim, daddy quer brincar com sua baby. - falou perto de meu pescoço. - faz uma semana que não brincamos, amor - disse Beijando meu pescoço me fazendo arfar, jogando a cabeça levemente para trás - que tal? 

- Pode até ser, mas ... Não agora - disse - agora a única coisa que irei fazer irá brincar, mas não até o fim. - soltei um sorriso malicioso em meu rosto 

- Brincar até a metade? Não me parece justo - falou e eu o empurrei deixando cair em cima da cama sentado, subi em seu colo e cheguei perto de seu ouvido, sussurrando. 

- eu não disse que era - e por fim quebrei o espaço que estáva entre nós, um beijo aflito desejado de ambos, aquele beijo que chega dar falta de ar. Eu não iria deixar ele me tocar, ele gosta de brincar não é? Então irei entrar no seu joguinho mais uma vez. Senti suas mãos passando em meu corpo 

- Agora, daddy não pode tocar em sua baby - falei e o mesmo fez bico - considere como um castigo, se me tocar, não irá ganhar o que quer - falei rente a seus lábios, sei que isso o deixa louco! Fui empurrando o mesmo de vagar até encostar suas costas na cama, e eu ficar por cima. 

Beijei toda a área de seu pescoço, o fazendo arfar, sei que depois irei me arrepender, pois o mesmo não irá deixar barato. Levei minhas mãos até a barra de sua camisa, passei minha mão de leve, arranhando sua barriga, dando arrepios no mesmo 

- Não brinque com fogo, querida - falou 

- Não tem problema, eu não me queimo fácil - falei fazendo o mesmo rir abafado 

Levantei sua camisa a tirando dele, comecei uma "trilha" de beijos desde seu pescoço até o o começo de sua calça, apertei seu amiguinho de leve fazendo o mesmo se remecher, era visível sua ereção, isso era bom, pois sabiá que tinha um efeito sobre ele, voltei meus beijos em seus lábios, então decidi o provocar mais. - comecei a rebolar divagar em cima de seu amiguinho coberto pela calça, o mesmo gemia meu nome, implorando para eu deixar ele me tocar, mas não agora, Querido. 

- Aah querida, deixe-me te tocar? - falou com seus olhos fechados e sua boca entre aberta, que visão maravilhosa - 

- Não agora, amor . - falei abri os botões de sua calça jeans levei minhas mãos dentro da mesma - ainda não aprendeu a usar cueca? Que feio Jeon. - falei sorrindo - apertei seu membro de leve fazendo o mesmo gemer - fui mexendo devagar com calma, Jeon apenas gemia, tirei minhas mãos dali fazendo o mesmo reclamar mas não dei tempo, abocanhei seu amiguinho fazendo Jeon soltar vários suspiros e gemer. 

- aah, querida, que boca maravilhosa - falou - isso... Assim - disse então percebi que seu orgasmo estava perto, como estamos em jogo, não iria dar esse gostinho a ele - parei de chupar seu membro fazendo o mesmo ficar irritado 

- Temos que ir para o jantar, amor - falei sorrindo e rindo do mesmo vendo seu estado, todo suado

- Não faria isso, irá me diexar assim? - falou indignado 

- Você tem duas mãos, e um banheiro, uma ótima combinação, não acha? - falei rindo e sai de cima do mesmo. 

- Você está querendo começar um joguinho baby? - falou rouco, na qual me deixou toda arrepiada - então que comecem os jogos.


" Let the games Begin "




~continua~ 



Notas Finais


Ai ai ai ai jinsus ahhahahaha
:3❤❤
Gostaram??? Comentem
Beijos
Sorry qualquer erro amores!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...