História My Dear Boyfriend?- Cellps-Mitw-Pklango - Capítulo 7


Escrita por: ~ e ~GirlShippadora

Postado
Categorias Felipe Z. "Felps", Rafael "CellBit" Lange, TazerCraft, Thiago Elias "Calango"
Personagens Felps, Mike, Pac, Rafael "CellBit" Lange, Thiago Elias "Calango"
Tags Amizade, Brigas, Cellps, Cross-dresser, Drama, Lemon, Mitw, Pklango, Romance
Exibições 87
Palavras 1.109
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Josei, Lemon, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Survival, Suspense, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Sim, toda esta história de expulsou me deixou animada, não aguentei e escrevi mais um capítulo!
Eu amo essa foto, que fofinhos <3 A primeira vez que eu vi esta foto eu pensei:
''Com esse fone no nariz e com o Felps ao lado parece a culpa é das estrelas :V''

Boa leitura!

Capítulo 7 - No way out


Fanfic / Fanfiction My Dear Boyfriend?- Cellps-Mitw-Pklango - Capítulo 7 - No way out

No way out
>Heathens, Twenty One Pilots<

Eu sentia vontade de chorar, passei metade de minha infância nesta escola. Fiz amizades, conheci pessoas que mudaram minha vida.
O pior não é isso......O meu pai, o que vai pensar? E se ele me bater novamente? Não! Me levanto bruscamente, assustando-lhe.
-''NÃO! VOCÊ NÃO PODE SIMPLESMENTE ME EXPULSAR SEM MOTIVO!''- Grito descontando minha raiva no homem, o ruivo ao meu lado estava surpreso. Me viro, ficando cara a cara com Guilherme, ele tremia com medo do que eu podia fazer.
-''Olhe....Quando eu estiver bem longe desta maldita escola, quero que tu não toque nenhum dedo nala!''- Digo em um tom ameaçador, o largo e caminho até a porta.
-''E quer saber......Estou pouco me fodendo para vocês!''- Apos dizer isto, saio com os olhos lacrimejando. Me apoio numa parede, tento segurar as lágrimas que insistem em cair, meus olhos ardiam.
De longe percebo a silhueta de meu irmão, sorrio e corro até ele o surpreendendo com um abraço caloroso e bom.
O aperto mais ainda, parecia que eu precisava disso a anos. Mas ele não retribuí, meu sorriso vai se fechando, formando uma expressão triste.
Me separo de Mike e o olho.
-''Mike.....?''- Ele estava com um olhar de ódio, logo sinto suas mãos baterem contra meu peito, sou empurrado com força.
Arregalo meus olhos e fico paralisado no lugar, apenas observando o moreno a minha frente.
-''Eu não acredito que tu bateu no Guilherme! Seu idiota!''- Suas palavras frias e cruéis me despedaçaram, o olho sem entender, segurando ainda mais o choro.
-''E-eu não estou entendendo.''- Falo, ele se aproxima.
-''Eu explico, você foi o maior babaca! Não te considero como meu irmão, seu monstro!''- De repente Matheus, Tarik, Thiago e Rafael aparecem ao seu lado e começam a repetir os mesmo xingamentos.
''Monstro!''
''Idiota!''
''Babaca!''
''Seu filho da puta!''
Eu não iria aguentar mais, fugi daquele lugar, eu corria para mais longe que eu conseguia. Entrei no banheiro masculino, me tranco em uma das cabines. Vou me arrastando pela parede, até me sentar no chão gelado, eu desabei em lágrimas. Encolho minhas pernas e fico nesta posição chorando.
Eu me sinto sem saída, como se ninguém mais acreditasse em mim. Eu não entendo, eles viram que foi Phoenix que me atacou!
Ouço alguém bater em minha cabine, logo uma voz aparece:
-''Hey! Tem alguém ai?''- Sua voz é suave e doce, quase igual a de Rafael.......Por que estou pensando nela??
Respondo com um silêncio, ouço passos se aproximando logo a porta é aberta, assim revelando a pessoa cujo tem a voz de um anjo.
Era um garoto acima do peso, seus cabelos eram negros mas estavam pintados numa parte de azul.
-''O que esta fazendo ai?''- Indagou preocupado em quanto olhava para mim.
-''Nada....''- Respondo frio, ele começa a fitar meus olhos.
-''Você estava chorando?''- Perguntou, me levantei e sai da cabine. Fiquei frente a frente com o garoto, que ainda me observava esperando uma respostas.
-''Não te interessa!''- Digo me exaltando. Ele revira os olhos e sorri vitorioso.
-''Se eu perguntei, quer dizer que me interessa!''- Arqueei uma sobrancelha sorrindo, já gostei dele por isso.
-''Ok! Eu estava chorando...''- Me rendi decepcionado comigo mesmo, ele se apoiou em meu ombro.
-''Por quê?''- Expliquei tudo do começo ao fim. Ele se lamentou muito e me convidou para dar um passeio pela escola, aceitei.
Em quanto caminhávamos, as pessoas me olhavam como se eu fosse um monstro ou algo do tipo, mas Rafael, ou melhor Guaxinim me abraçava, isto me traz segurança. Sim, eu descobri seu nome.
Ao chegarmos no jardim do colégio, ele se jogou na grama ficando de barriga para cima, Guaxinim me puxou para baixo, ficamos deitados juntos ali conversando e olhando o céu nublado.
Eu tinha feito mais um amigo, o único que acreditou em mim!
-''Obrigado...''- Digo cortando o silêncio constrangedor que estava no local, vejo-o sorrir.
-''Pelo quê?''- Indagou, suspiro pesadamente.
-''Por acreditar em mim.''-
-''Eu sempre vou acreditar em tu, Felps.''-
-''Melhores amigos, ok?''-
-''Ok!''-

Pov´s Guilherme On

Eu já tinha saído da diretoria, o babaca do Felipe se deu mal! Eu estava caminhando pelos corredores, indo para minha sala, até que sou puxado para a sala de musica.
-''O que....''- Sou interrompido por um dedo que se tocou em meus lábios pedindo silêncio, olhei para a silhueta que me prensava na parede.
Era Mikhael, irmão do Felipe. Seu olhar dava medo, parecia um psicopata pronto para matar uma de suas vítimas.
Ao tiras seu dedo indicador de meus lábios, abriu um sorriso maldoso e louco.
-''O que aconteceu naquela sala?''- Indagou lentamente, engoli seco e expliquei com um certo medo do moreno a minha frente.
Ele ameaçou a me socar, mas se acalmou e abaixou seu punho.
-''Olhe, estou sendo obrigado a tratar meu irmão mal por sua culpa.......Mas saiba todos da escola sabem que você começou a briga, temos provas e se tu não fazer o que eu mandar. Se dará muito mal, Guilherme!''- Sua voz tinha um tom medonho, eu comecei a suar frio e assenti assustado.
-''Ótimo, nos vemos amanhã....''- Logo me largou e saiu da sala sem dizer mais nenhuma palavra ameaçadora, fiquei parado no mesmo lugar ainda tentando processar tudo.

Pov´s Mikhael Linnyker On

Ao sair da sala, fui até minha sala de aula. Todos os alunos já se encontravam em seus lugares, a professora me deu uma bronca e me mandou sentar.
Eu estava no mesmo lugar de sempre, na frente de Pac que me chamou num sussurro:
-''Mike!''- Me viro para trás, quase tocando meus lábios nos seus, coramos e desviamos nossos olhares.
-''O que?''- Perguntei também sussurrando.
-''Como esta indo o plano?''- 
-''Bom, eu já falei com Phoenix, mas não sei de Felipe esta no colégio ainda.''- Até que Calango entra na conversa.
-''Eu o vi junto com um garoto chamado Rafael.''- Logo continuou Pk.
-''Mas prefere que o chamem de Guaxinim...''- Assenti entendo a nova informação, percebi que Rafael estava incomodada com algo.
-''Você esta bem Cellbit?''- 

Galera tenho alguns avisos!
Por favor não venham com mimimi de:
''Aiiii mas por que tá tendo tanto Felps neste cap, a Fanfic não é de Mitw?'' Sim é! Mas agora estamos no arco de Felps, vocês devem estar se perguntando o que é arco.
Bom, é uma história do passado ou da atualidade que vai atrapalhar a vida de algum personagem, ou seja, o Felps.
O próximo será o Pk, sim nossa diva lacradora também vai sofrer. 
Também não venham falar que as pessoas gravaram a briga e tals, gente a briga mal começou se acalmem!
É isso e obrigada pelos 54 favoritos, amo muito vocês!


Notas Finais


TADINHO DO FELPINHO! Parece que alguém ouviu nossas rezas de #SaveFelpinho e veio agradar o dia dele, palmas para o Guaxinim!
*Palmas*
Me desculpem pelos erros e BEIJUSS NO POPÔ!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...