História My Dear Brother - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer
Personagens Ashton Irwin, Calum Hood, Luke Hemmings, Michael Clifford
Exibições 10
Palavras 713
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Hentai, Lemon, Luta, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Perdoem-me

Capítulo 2 - Notícia Boa, Meu Filho


Fanfic / Fanfiction My Dear Brother - Capítulo 2 - Notícia Boa, Meu Filho

Quando cheguei ao meu lar, doce, lar (Sintam a ironia) fui rapidamente e diretamente para o meu quarto atirei minha mochila na cama e chutei meu tênis para longe.

Na segunda-feira minha mãe almoçava em uma empresa onde ela trabalhava, pois era um dia bastante corrido. Se ela tem um bom emprego? Bom, dá para sobrevivermos sem incômodo, e por falar nisso, ela está a caminho de um cargo muito mais alto. O que ajuda também, é que ela começou a namorar o dono da empresa. MAS POR FAVOR, não achem que foi por interesse, pois no começo ela nem sabia que ele era o dono, porque ela apenas havia conhecido o assistente dele. Depois de um mês ele contou a ela, e eles já namorava á uns 4 meses e meio, mais ou menos, e ela estava MUITO feliz mesmo, o que, obviamente, me deixava feliz também. O nome dele era, Andrew Hemmings, ele é superinteressante, criativo e muito gentil com a minha mãe, dando a ela carinho e amor sempre. Nunca fui à casa dele, porém minha disse que é enorme. Ele tem um filho de 17 anos, mas eu também nunca o vi, só sei que ele se chama Luke Hemmings. Minha mãe já o viu algumas vezes, disse que ele é bem simpático e legal que nem o pai, rá... Espero que seja verdade.

Almocei um pouco, comi apenas miojo e bebi um copo de suco.

 

Minha mãe chegou do trabalho perto da noite com um sorriso de orelha a orelha, com toda certeza essa noite ela voltou a ser uma adolescente apaixonada, é engraçado e também encantador ver minha mãe desse jeito.

 

- Ooooooooi Mike! – Cantarolou e eu ri do seu ato.

 

- Oi mamis. Será que eu posso saber o porquê de toda essa alegria? – Sim, sou curioso.

 

- Vou preparar o jantar e logo eu lhe contarei uma notícia maravilhosa que tenho.

 

- Ok. – Concordei desconfiado.

 

*-*

 

Sentamo-nos e nos servimos de Strogonoff. A olhei esperando que contasse a tal notícia.

 

- Então...?

 

- Você gosta do Andy, filho?

 

- Claro. Ele é todo porra louca. Divertido. Por quê?

 

- Esse final de semana nós conversamos muito sobre um assunto e... Ele nos convidou para morar na casa dele. Insistiu, na verdade. A casa dele é enorme para apenas ele e o filho, e seria bom ter mais gente. – Fique estático ao ouvi-la. Feliz? Óbvio.

 

- CLARO!!! Mas... E a nossa casa?

 

-Podemos aluga-la, ganhando um dinheiro extra. E podemos comprar aquela guitarra que você queria tanto.

 

- Está falando sério, mãe? – A vi concordar e sorri com animação.

 

- O que você acha? Não podia decidir sem antes falar com você, meu filho.

 

- Claro. Já tem minha aprovação. Se ele quer tanto eu aceito. Vai ser estranho, sabe? Mas eu me acostumo rápido.

 

- A casa dele é ótima. Você vai adorar. E a escola... Hmm... O filho dele estuda no mesmo colégio que o teu. Nunca mencionei isso? – Neguei com a cabeça aprestando atenção- O Lucas tem um motorista que sempre o leva pra escola e depois busca. Você vai com ele.

 

Começava a me animar mais com a ideia, talvez seja mesmo bom morar lá. Estava ansioso em conhecer o Filho de Andrew, quero que sejamos amigos, ter alguém pra conversar. Depois que eu me mudei não tive muitos amigos para conversar e o H não me ajudava muito, ele só piorava minha situação.

 

A noite passou tranquila e quando me dei conta já estava me arrumando para ir ao colégio.

Dessa vez minha mãe me levou, quando chegamos ela ficou observando o lugar pra ver se encontrava o filho de Andrew, mas como ela já estava atrasa teve de ir embora. Passei pelo grande portal principal do colégio com medo como sempre. Certeza que hoje eu não teria mesma sorte que tive ontem e já estava me preparando psicologicamente e fisicamente desde que eu me levantei da cama. "Espero não encontra o H e seus amigos. Eu realmente não aguento mentir para minha mãe. Não aguento passar maquiagem nos hematomas. Por favor, Deus. Ajuda-me. Nunca lhe pedi nada de extraordinário. Me ajude com esse probleminha chamado ‘H’. Eu lhe peço. Amém." - Pensou ele, orando para que alguma coisa o ajudasse


Notas Finais


.. Desculpa a demora. :'( <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...