História My Dear Dead World - GLEE - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Glee
Tags Apocalipse Zumbi, Brittana, Faberry, Glee, Glee Zumbis, Klaine, Samcedes, Zombies, Zumbis
Visualizações 25
Palavras 730
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Científica, Luta, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Heeey!
Trindade Profana caraaai!

Capítulo 2 - Unholy Trinity


Santana Lopez vigiava as portas da delegacia enquanto Quinn Fabray e Brittany S.Pierce pegavam todas as armas que pudiam. 

- Gente! Tem duas pessoas vindo! Caralho! Juno, porra! - gritava enquanto apontava a espingarda para a cabeça de Rachel e Noah.

- Sobreviventes? - o mais alto exclamou surpreso. - Calma! Não estamos infectados! - levantavam as mãos enquanto se aproximavam.

- Como vou saber que não estão se passando por infectados? - erguia uma sobrancelha.

- Se liga, latina dissimulada, se fossemos infectados você já estaria sem essa sua cabecinha de palha. - Rachel respondeu-a abaixando a espingarda da mais alta.

- Olha só, anã, fala assim comigo de novo e eu atiro em você por vontade própria. - rosnou.

- Hey, o que está acontecendo aqui? - Quinn perguntou se aproximando.

- Esse Hobbit tá me confrontando! 

- Olha só, bronzeado artificial, cale a sua boca! Você nem ao menos sabe usar uma arma! A está segurando errado! 

- Mas isso não me impede de acertar um tiro na sua testa! 

- Você nem ao menos consegue mirar em mim com esses peitos grandes de silicones bloqueiam sua visão! 

- Já chega, RuPaul! - Santana ia avançar na morena mas foi segurada por Brittany.

- Uh... Hey. - Quinn sorriu. - Eu sou Quinn, aquelas são Santana e Brittany. - apontou.

- Sou Rachel e esse é Noah. - sorriu de volta.

- Me chame de Puck. - encarou a loira. Ergueu uma sobrancelha tentando lembrar-se do porque o rosto dela ser tão familiar. - Quinn... Claro! Reconheço esses olhos a quilômetros de distância! - pegou a loira pela gola da blusa. - Fabray. - sibilou. - Seu pai nos colocou nesse inferno! 

Santana chutou a canela do moreno, que caiu no chão gemendo de dor.

- Nunca mais fale assim com ela! Quinn não tem culpa de nada! Faça isso de novo e vai ganhar um tiro na testa. - ameaçou.

- Eu realmente não tenho culpa de nada... - sussurrou. - Ele nos deixou. Deixou eu, minha mãe e minha irmã. Frannie fugiu antes de ver mamãe sendo devorada. Foi horrível... Eu não seria capaz de fazer isso com alguém, eu juro. - disse sincera olhando nos olhos do Puckerman.

- Certo, desculpe. Eu só estou furioso com seu pai e sinto muito. - desculpou-se.

- Sant, Q, não seria ótimo se eles se juntassem a nós? Afinal, eles têm comida e nós temos armas e eu estou morrendo de fome, então seria bom uma parceria. - Brittany abraçava o braço da namorada olhando-a com os olhos brilhando.

- Vocês não comem a quantos dias? - Rachel perguntou.

- Dois... - Santana sussurrou. Rachel arregalou os olhos e começou a mexer na mochila procurando algo para comer.

Tirou cinco pacotes de miojo.

- Nos levem até a cozinha, por favor. - Rachel pediu e pode ver o rosto das três brilhando.

(***)

- Rachel, muito obrigada mesmo. - Quinn agradecia à morena. 

- Sem problemas. Somos um time agora. - deu de ombros.

- Hey, anã. - Santana interrompeu-as. - Valeu por isso. Você deixou minha Britt-Britt feliz. - agradeceu genuinamente. - Eu realmente gostei de você, você se parece comigo. Só que menos bonita, claro. Enfim, o que eu quero dizer é que seria ótimo sobreviver com você e o cara com o esquilo morto na cabeça. - a baixinha revirou os olhos.

(***)

Os cinco estavam andando pela floresta procurando um lugar seguro para ficar, já que o antigo chalé de Rachel e Puck tinha ido por água abaixo.

Estavam silenciosos até Brittany sentir algo agarrando sua perna e soltar um grito. Rachel pensou rápido, puxou o machado da mão de Puck e partiu para cima da coisa que agarrou a loira.

Era uma moça. Ela estava chorando. Estava sem uma perna.

- Me ajude, por favor... - chorava. Brittany conseguiu se soltar e olhou com pena para a pobre moça, que depois de alguns segundos começou a vomitar sangue e se contorcer.

Rachel pensou mais rápido ainda e cortou-lhe a cabeça fora.

- Esse é o truque. Tem que destruir a cabeça e eles morrem na hora. - jogou o machado de volta para Noah com a expressão sombria. - Vamos continuar, temos muito para andar ainda. - virou-se.

Quinn e Santana se olhavam surpresas e Brittanty e Noah acenavam com a cabeça.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...