História My dear diary - Capítulo 47


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ao Haru Ride, Kaichou wa Maid-sama, Ookami Shoujo to Kuro Ouji (Wolf Girl and Black Prince)
Personagens Personagens Originais
Visualizações 64
Palavras 591
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Bishoujo, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Harem, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem!

Capítulo 47 - Praia?!


Fanfic / Fanfiction My dear diary - Capítulo 47 - Praia?!

[Alguns dias depois..]

-Yufa!

-Ah! O que?!

Era um dia quente de sábado. Como na maioria das vezes, estava no meu quarto, jogando videogame com o meu irmão. De repente, alguém abre a porta,e Yuuki é atingido por uma almofada voadora,que o faz cair no chão.

Olhei,um tanto assustada, para  a pessoa que estava na porta,e era Aiko. Ela praticamente saltou sobre meu irmão, e me derrubou,em um abraço de urso:

-Yufa!

-Que foi?!

-Estava com saudades de você!

-Nós nos vimos ontem...

-Sim,sim,eu sei.

Yuuki a interrompeu,e disse:

-O que você está fazendo aqui?!

-Bom dia,Yuuki. Como vai?

Ela respondeu, como se nunca houvesse atirado uma almofada sobre ele,que respondeu:

-Ah,meu dia estava ótimo, sabe? Até você aparecer!

Ela lhe mostrou a língua, e disse,se dirigindo a mim:

-Você lembra do que lhe disse? Você disse que iríamos fazer alguma coisa juntas, né? O que acha de irmos a praia?

Yuuki riu:

-Boa sorte com isso.

Aiko o ignorou, e esperou por minha resposta. Respirei fundo,e disse:

-Praia? Não gosto muito de praia.

-Ah,Yufa, não seja assim! Vamos,só uma vez! Prometo que seremos só eu,você e..o idiota do seu irmão.

-Eu sou idiota? Você que chegou..

Ela lhe dirigiu um olhar assassino,enquanto eu pensava na proposta..

Bom,aparentemente..eu não teria nada melhor para fazer,e também, seria apenas nós três, então,acho que não tem problema..Eu disse acho. E eu estou redondamente enganada.

Respirei fundo e respondi:

-Tudo bem..contanto que não demore muito..

-Ah! Prometo!

Respondeu ela,soltando meu irmão de uma chave de braço,que me olhou, assustado:

-Yufa, maninha..você está bem? Está com febre? O que deu em você, para querer ir a praia? Você odeia a praia!

-Eu sei. Mas,eu não tenho nada melhor para fazer mesmo..

-Claro que tem! Jogar videogame comigo! 

-É uma boa,mas você está ficando quase tão branco quanto um vampiro. É melhor irmos. E o Touma?

-..acho que ele ainda não acordou..Se não me engano, ele tinha que fazer algo hoje,então, acho que é melhor não o incomodarmos..

-Tudo bem. Licença, por favor, eu vou me trocar..

-Esse dia vai ser uma droga..

Disse ele, saindo do quarto e fechando a porta. Vasculhei no meu armário algum tipo de roupa de banho, mas eu sabia que não tinha nenhuma..

Até que,nas profundezas do armário, achei um biquini, que era quase idêntico a aqueles de 1970. Tanto faz,eu não vou ficar me mostrando na praia mesmo..

Troquei de roupa, amarrei os cabelos,peguei meu notebook,coloquei em uma mochila, e desci para encontrar os outros. Bom,porque um notebook? 

Muitas pessoas vão para a praia para jogar volei, tomar sol, se divertir na areia, mas eu não sou assim. A única coisa que faço, é ficar embaixo de um guarda-sol,com meu notebook. Isso é muito melhor!

Desci as escadas sem nem um tipo de pressa, e encontrei os dois na entrada. Aiko disse:

-Yufa..você sabe que vai para a praia,né?

-Sim, eu sei. Se está reclamando das minhas roupas, eu..

-A escolha é sua..Eu sei que você não vai mudar de idéia, então, vamos.

Fomos até o ponto de onibus, e esperamos pelo transporte, que demorou pouco mais de vinte minutos.

Sentei-me perto da janela, com Yuuki, e Aiko foi logo atrás, não parando de falar ao celular. Alguma coisa estava errada,com certeza..

Enquanto olhava pela janela, percebi o quanto aquela paisagem era um tanto nova para mim,já que,como Yuuki havia dito,eu odiava ir à praia. Mas,não posso deixar de dizer que era..linda!

Demoramos um pouco mais de trinta minutos para chegar a praia, que,por incrível que pareça, estava praticamente vazia. Aiko nos puxou pela areia quente, até um lugar específico, que parecia reservado. Franzi a testa, e comecei:

-Aiko,esse lugar já está..

Até que..fui atingida por algo súbito: 

-Princesa! Minha nossa..Que coisa,dá pra ver que você não é uma tábua..

...

"Acho que eu vou cometer um assassinato hoje.."



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...