História My Dear Idol (Larry Stylinson) - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction, Zayn Malik
Personagens Felipe Neto, Felps, Harry Styles, Josh Devine, Justin Bieber, Liam Payne, Louis Tomlinson, Lucas "LubaTV", Luke Hemmings, Michael Clifford, Niall Horan, Rafael "CellBit" Lange, Shawn Mendes, Zayn Malik
Tags Drama, Fama, Larry Stylinson, Muke Clemmings, Nosh Devoran, Romance, Texting, Twitter, Youtubers, Ziam Mayne
Exibições 365
Palavras 6.634
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Lírica, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Cross-dresser, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Atualização ❤
Muito obrigada pelos 200 favoritos! ❤
Espero que gostem deste capítulo .x

Capítulo 13 - Talvez


Pv Louis.

Eu nunca fui muito bom de me apresentar para as pessoas, mas eu teria que tentar ao menos dar um sorriso e parecer simpático. Enquanto eu descia as escadas olhando para baixo, eu me perguntava se tudo continuaria sendo a mesma coisa. Na verdade, eu quero que a Marie seja feliz, afinal, ela merece muito mais do que essa palavra. Então, se ela estiver bem, eu também estarei, mas... 

Este homem... 

— Ah, Louis! que bom que não demorou tanto — Marie correu até mim, pegou no meu pulso e me levou para o meio da sala de estar — Matt, este é meu filho Louis, ele é o mais novo entre os meninos. 

— Que prazer em conhecer você, Louis — Matt levantou sua mão para me cumprimentar, mas eu me desliguei disso, algo me dizia que aquilo estava estranho demais. 

— Louis? Louis! — Marie me chamava, olhei para ela no mesmo instante — Veja, Matt está lhe cumprimentando!

Virei para aquele homem de cabelos castanhos e olhos azuis na minha frente e apertei sua mão, dando-lhe um sorriso meio discreto. 

— Por que ele é diferente dos outros dois? — Matt perguntou para minha mãe. 

— Diferente como? — escutamos Shawn dizer, ele desceu da bancada como se quisesse encarar nosso novo padrasto, o que acabou sendo engraçado. 

— Eu estou falando com a Marie — Matt respondeu ríspido. 

Minha mãe parecia estar perdida, ela olhou para o seu ''noivo'' e disse: — Não há nada de errado com ele. 

— Hum... — eu senti os olhos do Matt me fitando dos pés a cabeça — Você tem certeza? nem com você o garoto parece. 

Rolei os olhos. 

— O único diferentão aqui é você. Eu no seu lugar, estaria calado, você acabou de chegar, segura essa onda aí — Shawn dizia, enquanto a risada do Luke dava para se escutar de quilômetros de distância. 

— Que expressão é essa, Mendes?— Hemmings o olhou estranho. 

Shawn não falou nada, continuou encarando Mark. 

— Pelo o que vejo todos os seus garotos são... — Matt olhou para o Luke — Rebeldes e respondões. 

— Tu acha que a gente tem boca pra quê? — Shawn perguntou de novo. 

Saí do meu lugar e fui para o lado dele, apertei levemente o seu braço com a intenção de evitar que ele dissesse mais alguma besteira. O problema não era o tal do Matt, e sim, a Marie que não parecia estar gostando de nada disso.

— O garoto caçula é mudo? 

— Não! — Marie disse — Louis, diga alguma coisa para o seu padrasto!

— Oi — sorri de canto. O homem apenas assentiu parecendo um pouco falso. 

— Mãe — Luke a chamava, Marie olhou para ele enquanto lentamente, Luke se levantava do sofá — Então... vocês irão se casar? 

— Sim, Luke — afirmou. 

Não, eu não me senti confortável em saber daquilo, mas eu não iria e nem poderia opinar. 

— Quantos anos tem cada um desses...— Matt virou para nós, ele queria achar alguma coisa para nos chamar, e eu sabia perfeitamente que ele não teria se esquecido dos nossos nomes — Desses garotos. Sim, quantos anos eles tem?

— Louis faz dezessete anos no mês que vem, Luke acabou de completar dezoito e Shawn tem dezenove — minha mãe respondeu meiga e fofa. 

Eu podia sentir o orgulho que ela tinha ao falar de todos nós. 

— E o que eles fazem da vida? — eu não poderia acreditar que mal o Matt estava nos conhecendo, e já fazia perguntas desse tipo.

— Mas olha já o abusado! — Shawn se indignava. 

Apertei seu braço de leve outra vez, antes de ele continuar o que tinha pra falar, ainda bem que ele entendeu o recado.

— Meninos! — Marie bateu o pé e nos olhou. 

Virei para o Luke ao meu lado e pude ver o seu olhar de raiva para o Matt. 

— Ah, Matt... olhe, vamos falar disso no quarto — ela falava — Amanhã eu converso com vocês três. 

Eu vi o sorriso no rosto de nosso padrasto, ela subiu sem ao menos nos dar um ''boa noite''.

— Mas o quê que vocês acham disso aí? — Shawn perguntou, assim que sobrou apenas nós na sala de estar. 

— Um desastre — respondeu Luke — Mas acho que não pode ser tão ruim assim, deve ser porque nós não estamos acostumados. 

— Ele não foi com a minha cara, eu acho... — falei — Mas eu não estou me importando com isso. 

— Eu tenho certeza do que você falou, Louis — disse Shawn — Mas vamos ficar de olho nisso, qualquer coisa, a gente fala pra a Marie. 

— Tem razão, vamos fazer nossos papéis e ver até onde isso vai dar — concordou Luke. 

— Ta bom — suspirei. 

Voltamos para o segundo andar, demos boa noite um para o outro. Entrei no meu quarto e pedi aos céus, para aquilo não ficar ruim. Na verdade, eu queria acordar e saber que tudo isso era um sonho, mas tudo bem, talvez não seja tão ruim assim. 

Após desligar as luzes e deitar na cama novamente, eu quis escutar outra vez o áudio mandado pelo Harry... sorri, deixei meu celular de lado, fechei os olhos e peguei no sono.

.....

Comecei a sentir a presença de alguém, por uns instantes, eu até pensei que fosse o Luke ou o Shawn fazendo algum tipo de brincadeira para me assustar, mas eu estava enganado, aquilo era real. Escutei uma batida na porta, apenas uma... achei estranho, então, eu me virei para olhar, como o quarto estava escuro, eu usei a luz de retrovisor do meu celular. 

— Luke? — chamei, ainda olhando para porta, afinal, só podia ser um dos meus irmãos — Shawn? ... é você? — tentei outra vez, e nada era dito — Ah, ótimo, agora eu estou ouvindo coisas? fala sério. 

Me deitei novamente, ao fechar meus olhos, eu senti um vulto correr na minha frente. Me sentei na cama assustado e liguei a luz do meu celular pela segunda vez. 

— Mas que porra... — eu olhava ao redor do meu quarto, mas não via nada — Luke? Shawn? olha, já chega, isso não tem graça!

Mas nada era escutado. 

Me deitei outra vez, apenas para ouvir duas batidas na porta do banheiro. 

Me virei rapidamente para o lado ligando a luz do abajur, olhei em direção ao quarto e principalmente, a porta do banheiro, mas nada acontecia. 

Comecei a ficar com medo, decidi dormir e esquecer isso. Inclinei-me para o lado com a intenção de desligar a luz do abajur, mas agora, era um barulho que me incomodava, e ele continuava vindo do banheiro. 

A maçaneta se mexia como se alguém tivesse abrindo aquela porta. O barulho dela se abrir, também tomou conta do quarto, porém, ela continuava fechada. Dois segundos depois, eu escutava o barulho do filtro da pia, como se realmente alguém estivesse usando ou lavando alguma coisa. 

Mas a porta não se abriu e não tinha ninguém ali. 

Arregalei os olhos, minha respiração já não tinha controle, meu coração acelerou de tanto medo que eu estava. Me cobri com a lençol quase chorando de medo, o barulho da torneira de dentro da banheiro me agoniava, eu tentava dormir de todo jeito, mas não conseguia. Até que eu não escuto mais nada, respirei um pouco aliviado, meu medo de olhar para o meu quarto era enorme, mas eu tinha que tentar. 

Retirei o lençol que cobria meu rosto, no momento em que eu olhei para o quarto, o abajur se apagou sozinho. Por um impulso, eu me virei para o objeto ao lado da minha cama, e um tipo de monstro horrível se fazia presente, gritando de forma demoníaca. 

....

Acordei assustado com minha respiração descompassada, o pesadelo teria me dado tanto medo, que eu já estava chorando baixinho. Me sentei para poder respirar melhor, eu precisava me acalmar e parar de tremer. Liguei o abajur pegando meu celular, eram 03:45 da madrugada, simplesmente, não consegui mais dormir, eu fiquei ali parado, fechei os olhos para manter o controle sobre minha mente.

Está tudo bem... está tudo bem... já eram 04:21 da manhã, e eu não teria pegado no sono.

— Foi só um pesadelo bobo — eu dizia, foi então que eu percebia, o gosto horrível na minha boca. Me levantei cansado da cama, fui até o banheiro e girei a maçaneta, fazendo o mesmo barulho do meu suposto pesadelo, o que acabou me assustando.

Balancei a cabeça, esfreguei os olhos e forcei um pouco a vista para ter certeza que aquilo era real, olhei para atrás de mim apenas por precaução. Abri a porta ouvindo o mesmo ruído que eu também teria escutado no meu pesadelo.

Olhei para atrás de novo, e nada. 

Entrei no banheiro normalmente, verifiquei as paredes de azulejo branco, de tão assustado que eu estava com o sonho que tive. Parei em frente a pia branca, girei a válvula da torneira, enchi minha mão com água e levei até minha boca. O estranho foi ver o líquido vermelho na pia depois que eu cuspir a água para fora... era sangue. 

— Ah, ótimo — bufei discretamente. 

Voltei para buscar uma toalha e uma muda de roupa, decidi logo me arrumar para o colégio, já que eu sabia que não dormiria mais. Após o banho, coloquei uma calça jeans azul marinho que estava mais colada nas minhas pernas do que outra coisa. Vesti uma blusa branca com alguma estampa lá que eu não sabia o que era, na verdade... eu nem sabia que tinha esta blusa. Saí do banheiro para bagunçar meu guarda roupa mais do que ele já estava bagunçado; eu procurava meu casaco moletom preto, pois fazia um frio que nem eu mesmo estava aguentando. 

Com a peça de roupa em mãos, coloquei em cima da cama e fui calçar meu all star. Me olhei no espelho para pentear meu cabelo, e... foi então que eu percebi a cor vermelha escura embaixo dos meus olhos, não faltava muito para ficarem roxos. É lógico que tudo isso era  o resultado das noites mal dormidas que vinham sendo frequentes na minha vida. Sem falar dos meus lábios que estavam pálidos, levemente rachados e completamente secos. Ergui meus braços para me olhar melhor, e todo o meu corpo estava pálido. 

— Que droga, o que está acontecendo comigo? — deixei o pente de cabelo em cima da penteadeira, me aproximei do espelho e toquei meu rosto — Como eu vou disfarçar isso para os meus amigos e parentes? Ah não, eu tenho que dar um jeito nisso. 

Revirei minhas gavetas particulares que eram trancadas, atrás do meu corretivo de pele, após achá-lo, eu voltei para a frente do espelho, coloquei um pouco em meus dedos e passei levemente embaixo dos meus olhos.

— Ah, eu estou me sentindo uma mulherzinha — comentei olhando o resultado — Se o Niall ou o Shawn descobrirem isso, eles irão zoar comigo pelo resto da minha vida. Mas até que não ficou tão ruim assim... Nossa, eu continuo pálido, que chato, o que eu vou fazer? 

Não, eu não poderia fazer nada, somente alguma desculpas poderia cobrir isto uma vez ou outra... mesmo sabendo que qualquer um dia desses, a Marie iria desconfiar de algo mais sério, e eu espero não ter que passar por isso.

— Ah... eu estou tão cansado... — peguei meu casaco em cima da cama e o vesti me encolhendo de frio. 

Minha garganta estava seca e eu precisava de água, fui até a porta do quarto, saí do local, andei vagarosamente pelo corredor do segundo andar de casa o mais silencioso possível, tomando todo o cuidado para não acordar ninguém. Afinal, ainda eram 04:47 da madrugada, ao chegar na escada, eu comecei a sentir uma forte dor no estômago, parei meus passos me escorando no corrimão; sim, eu teria feito barulho, mas eu sugeria não ser nada demais. 

Desci as escadas rapidamente indo direto para a cozinha, não fiz questão de ligar as luzes, apenas peguei um copo no armário e enchi de água no bebedouro. No momento em que eu me viro para trás, vejo uma sombra na minha frente, quase cuspo a água que estava na minha boca. 

— Eu hein, estranho — Luke acendia a luz de seu celular. 

Eu senti um peso sair de dentro de mim, mas eu queria ''matar'' meu irmão naquele momento

— Que droga, Luke! — falei assim que engoli a água por impulso por conta do susto. 

— Eu sei, eu sou o máximo e é por isso que você me adora — ele ligava o interruptor da lâmpada que estava ao seu lado. 

— O que você tem na cabeça? — me escoro no balcão percebendo o quão rápido meu coração estava batendo — Aff! eu devia te jogar da ponte do Brooklin. 

— A gente mora na Inglaterra, era mais fácil você me jogar do castelo da rainha Isabel — ele dizia com um sorriso nos lábios — E você quer saber o que eu tenho na minha cabeça? Você. 

— Engraçadinho — bebi o resto de água e deixei o copo na pia. 

— Agora me diga, Louis, o que você faz acordado ás quatro e... — Luke ergueu o pulso para olhar as horas no relógio — É quase a hora de se arrumar para o colégio, mas foda-se, você já está arrumado por quê? 

— Porque eu não consegui dormir, você acha que eu não queria estar descansando? eu me sinto péssimo, faz dias que eu não durmo bem — me expliquei indignado com a situação. 

— E por que você não conseguiu dormir? — perguntou ele. 

— Por nada, olha... — respirei fundo — Me diga, foi você quem bateu na porta do meu quarto pela madrugada?

— Eu? não! por quê?

— Tem certeza? você não andou dormindo pela a casa? — perguntei novamente, Luke gargalhou em seguida. 

— Louis, por mais que eu fosse um sonambulo, o seu quarto é trancado — ele falou como algo óbvio — E eu não sou um sonambulo, eu estava no meu quarto sonhando com a barbie e lago dos cisnes, e só acordei por conta barulho que houve ali em cima... 

Luke franziu o cenho e me olhou desconfiado. 

— Por falar nisso, foi você que fez aquele barulho?

— Nossa, foi tão alto assim? — questionei. 

— Não, é que... o impacto, eu não sei, assustou — Luke falava um pouco enrolado, porém, eu entendi o que ele quis dizer — Mas agora me responda outra coisa, Louis. Por que você me perguntou se eu bati na porta do seu quarto? 

Olhei para baixo e lembrei do meu pesadelo. 

— Louis? — me chamou. 

— Nada, esquece isso — me aproximei de Luke e o abracei — Eu... eu estou ficando com medo, sabe? é tipo um pressentimento ruim... eu me sinto partido ao meio — tirei meus braços de sua cintura e olhei — E eu juro que eu não sei o porquê. 

Luke tocou no meu queixo e beijou minha testa.

— Tem certeza que está tudo bem com você? — perguntou ele, fiz que sim com a cabeça — Isso pode ser falta de descanso, Louis... Tenta dormir um pouco quando chegar do colégio, ou já que você passa mal quando dorme, diz pra mamãe que você não está legal para ir à escola hoje. 

— Eu não posso mais faltar, é final de ano... eu vou aguentar — respondi. 

— Eu falo com ela se você quiser — Luke passava as mãos pelos meus cabelos. 

— Não, está tudo bem, eu vou ver se eu durmo um pouco mais cedo hoje à noite — falei — Mas eu irei conversar com a mamãe, entretanto, é sobre outra coisa... 

— Conversar? conversar sobre o quê, Louis? — escutamos a voz de Marie se entoar na cozinha, eu levei um pequeno susto, mas beleza. 

Desfizemos o abraço olhando para ela que parecia mais disposta do que o Niall quando compra ingresso parar ir ao show do seu artista preferido.

— Por que vocês acordaram tão cedo? — Marie perguntava jogando seus cabelos lisos e castanhos para os lados.

— O Louis fica virando bicho de madrugada — Luke falou a fazendo rir. 

— Eu desci para beber água — contei. 

— E eu pensei que fosse a vontade de estudar — ela virou-se para trás indo até a geladeira. 

— Não, isso aí está meio extinto, sabe? — cocei a nuca. 

Luke soltou uma risada.

— Eu vou me arrumar agora — meu irmão deixou um beijo no rosto da nossa mãe — Mãe, eu posso acordar o Shawn jogando um míssil no quarto dele?

Eu me segurei para não rir, Marie olhou para o Luke perguntando se aquilo fazia sentido. 

— Ta, pode, só não faz barulho — ela respondeu de volta. 

Luke gargalhou e nos deixou a sós, eu fiquei tentando entender a piada. 

— Louis?

— Sim? — olhei para Marie que estava de costas. 

— Você queria me dizer alguma coisa? — perguntou, ela sempre lembra. 

Pensei uma e duas vezes...sim, eu tinha que contar que eu não estava legal, aliás, eu precisava disso...

— É que...— quando eu comecei a falar, escutei uma voz grave tomar de conta. 

— Seria ótimo se eu conseguisse dormir bem, esta noite — falou chateado, era meu padrasto, mas até então, eu não estava entendo o que ele estava querendo dizer. 

— O que houve, querido? — Marie virou-se para ele.

— Eu acho que alguém andou fazendo barulhos pela a casa — disse ele olhando diretamente para mim. 

''Que cara exagerado'' pensei.

— Eu não fiz barulhos pela a casa — rebati. 

— Eu acordei com barulhos no corredor — continuou. 

— Foi no momento em que... 

— Tanto faz o que aconteceu! isso me incomoda pra caramba! — Matt me olhava com tanto desprezo, e eu me perguntava o porquê. 

— Não fala assim com ele — Marie defendeu, e eu pensava que não ouviria nada...

Matt franziu o cenho a olhando, neguei com a cabeça, não era possível que eles iriam brigar por causa disto ou o melhor, por minha causa. Saí da cozinha sem pensar duas vezes, passei por Matt sem dizer uma palavra, subi as escadas e voltei para o meu quarto. 

— Não, não... isso não pode piorar... — eu dizia baixinho somente para mim, enquanto realmente implorava para minha prece ser ouvida. 

Escutei meu celular vibrar em cima da estante do meu quarto, peguei o mesmo e vi mensagens dos meninos no grupo. 

~~~~***~~~~***~~~~***~~~~

Felps alterou o nome do grupo 

~ Algumas pessoas bugadas ~ 

 

Niall: cOvErSaS dE tRaVeSsEiRoS

 

Niall: MeUs InImIgOs, MeUs AliAdOs

 

Cellbit: Atenção pessoal, saiu a biografia do Zayn, quem quer comprar? 

 

Liam: Quanto tá?

 

Cellbit: 83 centavos 

 

Liam: Magnífico 

 

Felipe: É promoção, compre o livro e leve o Zayn de graça

 

Felps: Eu não sei vocês, mas tá bom assim mesmo

 

Josh: UAHSUHA BOM DIA 

 

Liam: Hum, olha aí o Josh, parece o Niall Queen

 

Josh: NEM É 

 

Louis: Hummm

 

Yasmim: CHEGAY, UNICÓRNIOS

 

Felipe: Unicórnios?

 

Yasmim: Vocês são tudo unicónios

 

Felipe: Nós não somos não

 

Zayn: Cavalo manco agora eu vou te ensinar 

 

Cellbit: TA BOM, ZAYN, NÃO COMEÇA

 

Zayn: Eita, Rafael

 

Yasmim: Eu já quero os unicórnios que irão gravar o vídeo hoje

 

Zayn: Por que tem que ser hoje?

 

Yasmim: Porque sim, ué 

 

Zayn: Que bom, até que fim algum atendimento rápido

 

Zayn: Eu quero uns cinco kg de erva da boa

 

Yasmim: NÃO, MENINO

 

Liam: UAHSUAHSUHAUSHAUHS

 

Zayn: É sério

 

Niall: ESPERA SÓ UM SEGUNDO

 

Niall: HARRY?

 

Felipe: O que foi, Niall?

 

Niall: VOCÊ É HARRY?

 

Felipe: Vou nem dormir depois de um corte desse

 

Niall: CUIDA, VEADO

 

Niall: HARRY???

 

Harry: Fala, Niall

 

Niall: PRONTO, AGORA ESTÁ TODO MUNDO ONLINE

 

Yasmim: Ótimo, vamos começar pelos comentários

 

Cellbit: Comentários?

 

Yasmim: Que as pessoas fizeram, vamos ver quem elas escolheram para gravar o próximo vídeo

 

Liam: Se for pra ver isso, que seja agora, vamos logo porque eu estou com pressa

 

Niall: SÓ PRA CONSTAR QUE UM MONTE DE GENTE ME QUIS OUTRA VEZ NO VÍDEO 

 

Harry: Ta bom, Niall

 

Niall: TA BOM NADA, ESTÁ ÓTIMO, MARAVILHOSO PORQUE TEM EU 

 

Louis: Vamos logo com isso

 

Niall: EI MEU AMIGO, CALMA

 

Niall: VOCÊ ESTÁ APRESSADO POR QUÊ?

 

Niall: NASCEU DE DOIS MESES?

 

Louis: Quem nasce de dois meses?

 

Liam: Meu chinelo na cara de vocês

 

Zayn: Ta, vamos logo ver isso

 

Niall: OLHA, O ERVA TAMBÉM ESTÁ APRESSADO

 

Zayn: Eu tenho que ir para o studio

 

Felps: Zayn é doido, mas é trabalhador

 

Louis: Niall, a gente tem aula

 

Liam: É mesmo, e o meu 3G acabou

 

Yasmim: AUSUAHSUAHSUS VAMOS LÁ

 

Louis: Fala logo

 

Yasmim: Calma, rapaz

 

Cellbit: AUHSUAHS LOUIS, VOCÊ ESTÁ SEM MORAL HOJE

 

Felipe: CALEM OS DEDOS TODO MUNDO

 

Harry: Deus Arthur Esvael está presente 

 

Felipe: Exato, respeitem

 

Yasmim: De acordo com os comentários aqui... o primeiro pedido foi o Felps

 

Felps: EITA, EU TO BEM NA FOTO

 

Niall: NÃO TA NÃO, PODE IR TIRANDO ESSA FOTO DE PERFIL, TA PARECENDO O ZAYN

 

Liam: Niall, você quer levar uma porrada?

 

Zayn: Eu gosto do Huck porque ele tem a cor da erva

 

Harry: Nossa, Zayn

 

Yasmim: Atenção aqui

 

Luba: Oi, gente!!! Estou feliz hoje, BOM DIA!

 

Louis: Bom dia, Luba

 

Luba: OIEEE LOUIS

 

Luba: Oi, Felipinho

 

Felipe: Oh, vocês demoraram tanto, que a estrela rosa chegou com o fogo no rabo

 

Felipe: Parece aqueles vagalumes que acendem atrás e fica lá acessos o dia todo

 

Louis: Felipe?

 

Felipe: DIGA, MEU FÃ

 

Louis: O vagalume acende de noite

 

Felipe: AHHHHHHHH 

 

Yasmim: LUBA, AMOR

 

Luba: Gente, eu conheci um bofe

 

Felps: Vish, vai passando a foto aqui

 

Luba: Agora não, só depois

 

Liam: EU ACHO BOM

 

Luba: Quero saber se o povo vai me escolher para gravar o vídeo

 

Liam: EU ESTOU FICANDO SEM PACIÊNCIA

 

Yasmim: Tem uma pessoa aqui neste grupo, que bateu o recorde de pedidos para o vídeo

 

Cellbit: Posso chutar?

 

Yasmim: NÃO, SE NÃO VAI PERDER A GRAÇA

 

Cellbit: MAS EU SEI QUEM DEVE SER

 

Felps: Me escolheram uma vez, mas pelo menos lembraram de mim 

 

Yasmim: A primeira pessoa mais pedida do grupo, foi...

 

Harry: Não gosto de suspenses

 

Yasmim: Harry, meu filho, tenha mais humor

 

Harry: Senta e espera

 

Niall: EITA, EITA

 

Liam: Rapaz, tá estressado

 

Niall: SE O HARRY FOR MACHO, ELE RIR AGORA

 

Felipe: Tenho certeza que ele ficou sério

 

Harry: Vai pra merda, Felipe ausuashs

 

Felps: Uou, ele mandou você ir para o seu canal, Felipe, eu não deixava não

 

Niall: AUSHUASHUAHSUAHS FELPS QUER TRETA

 

Felipe: MUITO ENGRAÇADO

 

Liam: Ei, rapaz, acabou a palhaçada

 

Yasmim: Louis.

 

Louis: Sim?

 

Yasmim: Futuro namorado do Harry

 

Harry: Como é que é?

 

Yasmim: Cala a boca porque eu sei do que eu estou falando

 

Louis: Ah, não, por favor, sério

 

Niall: NAMORADO? EU NÃO SABIA DESSA NÃO

 

Niall: LOUIS, VOCÊ NÃO ME FALA MAIS NADA, NÉ VIADO?

 

Louis: Falar o quê? 

 

Liam: Novidade o Louis não contar nada

 

Liam: Mas um dia ele deixa de ser assim, porque eu vou meter a vassoura na cara dele

 

Louis: Esse menino é violento

 

Harry: O que qui tem o Louis, Yasmim?

 

Yasmim: Ele foi o mais escolhido em primeiro lugar

 

Louis: Nossa, as pessoas me conhecem?

 

Harry: Claro

 

Yasmim: LÓGICO, MEU FILHO

 

Liam: Tá no mundo da lua, Louis?

 

Louis: Meu Deus

 

Niall: MAS É LERDA, OH LERDEZA DO MEU CORAÇÃO

 

Niall: E TROUXA TAMBÉM

 

Louis: Vou colocar fogo no Niall

 

Harry: Quem mais, Yasmim?

 

Yasmim: O segundo mais pedido, foi o Liam

 

Liam: Já estou lá

 

Yasmim: Aceita, Liam?

 

Liam: Yes. 

 

Yasmim: VALEEEEU!

 

Felipe: E quem foi o terceiro?

 

Yasmim: O terceiro foi o Zayn

 

Zayn: Eita porra

 

Cellbit: KKKKKKKKKKKKKKKK O CARA CHEGA DO NADA FALANDO PALAVRÃO

 

Harry: UAHSUAHSUAH Vai ser uma honra gravar com o Zayn outra vez

 

Zayn: Eu tenho que gravar uma música hoje, que horas começam as gravações?

 

Yasmim: Poxa, Zee... esperem

 

Yasmim: LOUIS ME RESPONDA

 

Louis: Oie?

 

Yasmim: VAI GRAVAR? DIZ QUE SIM POR FAVOR!

 

Louis: Eu não sou bom nisso...

 

Niall: NOVIDADE #2 LOUIS SEMPRE DIZ QUE NÃO É BOM EM NADA

 

Louis: Vou mentir pra quê?

 

Harry: Louis...

 

Cellbit: EU AMO ESSE OTP

 

Niall: SAI DAI, CELLBIT

 

Niall: GENTE, CADÊ O JOSHINHO?

 

Yasmim: LOUIS, POR FAVOR

 

Yasmim: EU PROMETO FAZER A DANÇA DA CHUVA QUANDO VOCÊ ESTIVER DORMINDO DE MADRUGADA

 

Niall: UAHSUHSUAHSUHUAHSUAS

 

Louis: Ta, eu aceito

 

Louis: SÓ PORQUE EU SOU MARAVILHOSO

 

Niall: NÃO PODE DA UMA MÃO QUE A PESSOA JÁ QUER O PÉ

 

Niall: PODE IR PARANDO POR AÍ, LOUIS, QUEM BRILHA AQUI SOU EU

 

Cellbit: É com todo prazer que eu discordo de você, caro Niall James Horan, quem brilha aqui, sou eu

 

Niall: QUERIDO, VOCÊ SÓ BRILHA COMIGO

 

Cellbit: Eu tenho brilho próprio

 

Niall: MENTIRA

 

Liam: Vocês dois estão afim de brilharem de tanto levar porrada?

 

Harry: Faça esse favor, Liam

 

Liam: Oh, tu não me segura não hein, Harry

 

Harry: pode deixar

 

Liam: Então segura, porque eu quero jogar sofá nos dois

 

Louis: Que horas é essa gravação?

 

Zayn: Também quero saber

 

Yasmim: Faremos o seguinte, assim que vocês saírem do colégio, nós vamos visitá-los

 

Harry: Nós?

 

Yasmim: SIM, POIS NÓS VAMOS DIRETO PARA CASA

 

Niall: EU ACEITO

 

Liam: Por mim, tudo bem

 

Louis: Ótimo

 

Yasmim: QUE BOM, GAROTOS

 

Luba: O vídeo vai ser postado hoje?

 

Felipe: Eu vou ficar esperando

 

Mike: Oi gente, eu estava tomando café, o que rolou por aqui?

 

Felps: Zayn, Liam, Louis, Harry e Yasmim gravarão o próximo vídeo

 

Yasmim: EU? SÉRIO?

 

Felps: Ué, você sim

 

Cellbit: ORGANIZEM ISSO, COLOQUEM A YASMIM SENTADA NO MEIO DOS OPT'S

 

Niall: Isso! Liam e Zayn do lado direito, Louis e Harry do lado esquerdo

 

Cellbit: QUERO AS OLHADINHAS ENTRE VOCÊS

 

Zayn: Ervinha

 

Harry: Vocês não querem nada

 

Cellbit: Queremos

 

Liam: Temos aula agora, bye

 

Zayn: Vou te ligar depois, Liam

 

Liam: Opa, ta bom!

 

Niall: GENTE, CADÊ A CARALHA DO JOSHINHO?

 

Niall: TCHAU, GENTE, BEIJOS E BRILHOS

 

Louis: Até depois.

 

Yasmim: BYE SEUS UNICÓRNIOS

 

Felipe: Gente, que bagunça de amizade é essa?

 

Mike: Boa pergunta

 

Felipe: E aí, sumido, tudo bem?

 

Mike: Tudo ótimo

 

Liam: Vão procurar o que fazer

 

Felps: Vai estudar, Liam. 

 

~~~~***~~~~***~~~~***~~~~

 

— Louis? Vamos logo — escutei Shawn me chamar. 

Deixei de enrolar, peguei minha mochila e saí do quarto o mais desorganizado possível. Todos estavam reunidos na sala de estar, eu via aquela cena de enquanto descia as escadas, quando Matt me olhou, eu me senti tão... errado, como se meu lugar não fosse ali. 

— Você tem mesmo a fama de se atrasar para o colégio? — perguntou ele, segurando o controle da Tv nas mãos. 

— Quem vai levar ele no colégio é eu ou é você? — Shawn rebateu de volta. 

— Ei, relaxa, não vale apena — Luke se metia na frente do nosso irmão mais velho, o impedindo de continuar aquela conversar totalmente desnecessária. Sim, eu achava uma grande perda de tempo dar ouvidos as coisas que o Matt diz. 

— Seus garotos costumam ser desse jeito mesmo? — o homem virou para minha mãe, que parecia ocupada demais folheando alguns livros. 

— Eu faria a mesma pergunta que o Shawn fez para você — ela falou sem ao menos encará-lo. 

E mais uma vez, eu via o olhar desafiador que Matt lançava para ela, a situação se repetia com o Shawn. Mas comigo... seu olhar era de raiva mesmo, eu tentava desviar disso a todo custo. Se tem algo que eu não quero, e ter que passar um dia inteiro olhando para a cara deste ser humano. 

Sai dos meus pensamentos bobos e caminhei até Marie, lhe dei um abraço e em seguida uma beijo no rosto, ela olhou para mim da forma mais amoroso o possível e disse:

— Eu espero que você tenha um dia maravilhoso. 

— Eu desejo o mesmo para você — contestei — Posso ir a casa de alguns amigos depois da aula?

Marie olhou para os lados, eu poderia jurar que sua resposta seria um não, mas ela adorava brincar com isso. Após dar um sorriso largo e me olhar com aqueles lindos olhos castanhos claros, ela respondeu-me: — Claro, só... tenha cuidado. 

— Eu terei sim — lhe dei um beijo na bochecha. 

— Vamos logo, porque hoje tem gravação de vídeo — Luke falava enquanto me esperava na porta. 

— Que vídeo? — perguntou Shawn.

— Aquele que é gravado — respondi indo até eles. 

— Nossa, que humorista — Mendes retrucou no momento em que saímos de casa. 

Ao entrar no carro, os meninos colocaram o cinto de segurança já que eles estavam na frente. Eu não coloquei não porque... eu sou diferente. 

— Mas então, que história é essa de vídeo?— meu irmão mais velho perguntou ao ligar o carro e dar a partida até o colégio. 

— O Louis irá participar de um vídeo com Liam, Zayn, Harry e Yasmim — Luke falava. 

— Quem é Yasmim? — Shawn olhou de repente para o Luke ao seu lado. 

— Prima do Harry — o loiro retrucou.

— Sua namorada — falei em seguida. 

Shawn parou o carro e olhou para mim de boca aberta. 

— Eu devia dar na sua cara, ninguém para o carro no meio de uma pista — Luke dizia, mas Shawn nem se importava. 

— Que namorada, Louis? — perguntou-me.

— Estou falando dela mesmo, a garota que você gosta e que faz faculdade junto com você — fui claro — E sim, a menina de cabelos compridos e olhos castanhos é a Yasmim, prima do Harry, meu youtuber preferido. Gostou da notícia?

Shawn continuava de boca aberta, olhou para alguns cantos do carro e soltou uma gargalhada não acreditando no que eu tinha falado. 

— Gente, que babado! isso é sério? — Luke me olhou. 

— Sim, eu estou falando sério — fiz que sim com a cabeça.

— Louis, você está muito engraçadinho hoje — Mendes ligou o carro novamente — Você acordou cheio piadas, até que isso é bom, mas exagerar no que diz requer seus cuidados. 

— Eu não estou brincando — falei sério.

— Ta bom, sei — continuou duvidando. 

E quem estava ficando com raiva era eu. 

— Por que o Louis mentiria sobre isso, cara? — perguntou Hemmings.

— Não sei, mas enfim — ele ria — Você já está ficando conhecido, Louis. Se eu fosse você, escolheria logo uma carreira pra seguir, é bem certo que fique famoso daqui para frente. 

— EU VOU SER O SEU EMPRESÁRIO — Luke gritou e Shawn o olhou com cara de tédio.

— Não, eu prefiro ficar do jeito como estou, tudo está bem assim — falei.

— Eu espero que nenhum fã coloque a mão no seu carro, mas caso isso aconteça, você pode dar um soco na cara dele — Mendes brincava, eu apenas ouvi a gargalhada dos dois depois disso. 

— Shawn, esse seu amigo é meio noiado — comentei.

— Eu preciso aprender as técnicas de fight Justin small pynto — expressou Luke nos fazendo rir.

— Prontinho — Shawn disse após estacionar o carro em frente ao colégio — Já estamos no final do ano, Louis, você vai passar direto?

— E eu pensei que fosse iria perguntar o que eu quero de presente de aniversário. 

— Que nada, eu sou um ótimo irmão — respondeu cheio de orgulho e ironia. 

Saí do carro fechando a porta.

— Bye, amo vocês, até mais tarde — acenei para eles e andei rápido até o colégio. 

Os corredores do colégio como sempre estavam cheio de alunos falando alto, alguns pulando e até mesmo fazendo apostas de jogos no chão, aquilo ali era mais bagunçado do que a minha mente. Eu acenava para algumas pessoas que me diziam ''oi'', eu gostava de onde estudava, as pessoas eram bem modestas. Elas falavam e eram amigos de todos, não importa como você é ou o que seja. 

— Ah, mas ele é lindo, meu sonho é casar com ele — escutei uma voz feminina dizer alto assim que chego perto do próximo corredor. 

— Mana, você acredita que... sei lá... as pessoas dizem que ele é... homossexual, você acredita nisso? — na verdade, eram duas meninas. 

Eu desconfiei daquela conversa, então, eu parei e fiquei escorado na parede, apenas ouvindo o que elas tinha a dizer. 

— Que nada, mana! eu ele vive saindo com mulheres, você não vê as notícias na internet? — franzi a testa ao ouvir aquilo.

— Pode ser tudo mentira, sabia? youtubers e todos os famosos  tem uma coisa bem chatinha chamada ''gestão'' — a outra menina dizia. 

Abri a boca depois de escutar ''youtubers''.

— Não acho que seja mentira! que ridículo essas fãs ficarem dizendo que o Harry gosta de garotos, isso é horrível, eu não acredito nisso — eu queria rir da garota, mas eu não conseguia, aquilo me indignou um pouco. 

Decidi não ouvir mais, saí de onde eu estava e passei por elas sem ao menos olhá-las. A conversa dessas meninas, apenas fizeram me lembrar das palavras que o Harry teria me dito no dia anterior sobre ele ser tudo, menos ele mesmo. 

Entrei na sala de aula vendo o Liam e o Niall fazendo tarefas junto com um garoto que até agora, eu não tinha visto... 

— Bom dia pra vocês, o que vocês estão fazendo? — deixei minha mochila na carteira. 

— A professora de história passou aqui e deixou essa atividade em quarteto — Liam falava — Esse aqui é o Lucas, ele é novato na escola. 

Olhei para o rapaz de cabelos e olhos castanhos escuros estendendo minha mão á ele. 

— Hey, Lucas, prazer em conhecer você, meu nome é Louis — sorri — Seja bem vindo. 

— Obrigado, Louis! imagina, eu que adorei conhecer vocês — o rapaz sorriu super simpático — Meu nome é Lucas Olioti, mas pode me chamar de T3ddy, e sim, o meu apelido sem escreve com ''3'' mesmo, porque eu sou radical.

— ADOREI — falei com entusiasmo, nós dois rimos juntos. 

— T3ddy, eu não quero ver você fazendo amizade com os meus amigos — Liam dizia.

— Eu não tenho culpa de ser adorável, a estrela roxa da história — T3ddy respondeu, e pelo visto, ele já pareceu ser bem amigável com os meninos. 

— Louis, meu filho, você não vai ajudar a gente no trabalho? — Niall questionava — Pode me ajudar aqui, bonitinho.

— Faz aquele esquema, coloque meu nome aí — falei.

— Vocês fazem isso? — T3ddy nos olhos impressionado — Gente, vocês são os melhores amigos do mundo.

— SE NÃO AJUDAREM, VÃO PEGAR PORRADA, E TOMEM CUIDADO, HOJE EU TROUXE OS MEUS CHINELOS — Liam apontava para nós com um lápis na mão.

T3ddy olhou para mim e riu em seguida.

— Niall, por que você está tão quieto hoje? — cutuquei o loiro do meu lado. 

Horan tirou o fone de ouvido e me olhou com uma expressão de drama exagerado que só ele tinha.

— EU ESTOU OUVINDO MÚSICA, DESGRAÇA — ele gritava — NÃO ME INTERROMPA NOS MEUS MOMENTOS TWENTY ONE PILOTS.

— Aí, ta bom, engole isso aí, engole — falei ouvido a risada dos meninos. 

Naquele dia de aula, nós fizemos as atividades, e fomos avisados que teriam uma ''oficina de química''. T3ddy ficou conosco e nos contou como faríamos o nosso experimento que já era para a o próxima aula. Nós lanchamos e passeamos com o novato, além de ele ter os mesmos gosto que eu e os meninos, a gente acabou descobrindo que o seu youtuber favorito era o Luba e o seu maior sonho, era ser tão famoso quanto ele na mesma profissão. 

Depois de nos despedirmos e Niall e Liam voltarem para o armário buscar algo que teriam esquecido, eu me levantei do banco que estava sentado e fui para a praça ao lado do colégio, era bonita e agradável. Eu ficava por ali pensando na vida, e não importa aonde eu estivesse, de alguns dias para cá, eu sentia pressentimentos tão estranhos... as vezes, eu me distanciava para ter certeza que tudo era coisa da minha mente, mas não era, não parecia ser. 

Coloquei minhas mãos no corrimão da pequena ponta que havia por cima dos lagos na praça, até sentir dedos as tocarem, eu poderia me assustar, mas aquela pequena tatuagens de uma cruz, aqueles anéis não me deixaram pensar que fosse outra pessoa. 

— Qualquer um dia você me mata — essa foi a minha reação. 

Harry riu fraco e me abraçou por trás.

— O que faz aqui sozinho? — seu queixo encostou no meu ombro, eu quase tenho um troço.

— Na verdade eu... estava esperando os meninos, e... 

— Eles estão conversando com a Yasmim no carro — disse.

— Eu sou uma pessoa normal, eu juro — falei e Harry riu. 

— E eu nem ligaria caso você não fosse. 

Harry desfez o abraço e puxou minha mão, caminhos juntos até o carro aonde Yasmim, Liam e Niall estavam fazendo bagunças na parte de trás, eu já comecei rindo da zoeira. 

— Quero ver quem é mais burro aqui — Yasmim dizia, Harry olhou para atrás e sorriu negando com a cabeça.

— Vai, Niall, quanto você tirou na prova? — Liam perguntou.

— Eu? tirei 2,5, foi a minha primeira nota baixa no ano, mas eu já recuperei, querido — o loiro jogava o cabelo — E você, Payne?

— EU TIREI 2,7 HAHAHA TOMA, OTÁRIO — Liam dava língua fazendo um couro de risos tomar conta do carro. 

— EI QUERIDO, DIMINUI, SEJA MENOS, BEM MENOS — respondeu Horan. 

E a ida até a casa do Harry foi essa zoeira toda, Yasmim era definitivamente algo inexplicável. Eu não entendia, parece que todas as pessoas que se juntavam com o Niall, ficavam no ritmo dele, porque não era possível. 

Já na hora da gravação, eu estava nervoso até o momento em que o Harry me beijou e pediu para que eu me acalmasse. Estava tudo pronto para começarmos as filmagens, mas alguém estava atrasado. 

— SE VOCÊ NÃO VIR AGORA, EU VOU METER O MEU SAPATO NA SUA GOELA — Liam falava ao telefone justamente com ele, Zayn Malik — QUERO SABER NÃO, PODE VIR LOGO. QUE ANSIEDADE NADA, ANSIEDADE É FALTA DE CHINELO NA SUA CARA — Payne colocava a mão na cintura enquanto falava. 

Sentado no colo do Harry, eu apenas ria da situação junto com o Niall e a Yasmim. 

— Ta, olha que eu estou esperando, hein?! Beijos, te amo — ele desligava o celular. 

— Então? — indagou Yasmim.

— Ele já está a caminho — Liam respondeu ainda olhando para o celular. 

— QUE ÓTIMO, VOU APROVEITAR O TEMPINHO E COLOCAR UM FILTRO MUITO LINDO NESSA CÂMERA — Niall levantou-se para mexer no objeto — GENTE, EU ESTOU ME SENTIDO O SEVERINO QUEBRA GALHO DO ZORRA TOTAL.

— Menos, loira — disse Liam. 

Sentir as mãos do Harry abraçarem mais ainda a minha cintura, me deixava um pouco desligado do que estava acontecendo. 

— ACHEI, OLHA QUE LINDO — levei um susto quando a porta se abriu e o Felps entrou gritando — QUE POTE DE PAPÉIS MARAVILHOSO, GENTE, SÓ PODIA SER DO MEU CELLBINHO.

— Obrigado, Felps!!! — Yasmim corria para pegar o recipiente. 

— Ué, por que vocês não começam a gravar? — o youtuber perguntou nos olhando, Harry nem fez questão de responder, aliás, o próprio Liam iria fazer isso, porém, ouvimos alguém chegar cantando no local.

— ESSE SALVE É PARA O EX, EU OUVI DIZER QUE ELE ESTÁ COM O OUTRA GAROTA, SIM, VOCÊ MACHUCOU O MEU CORAÇÃO. ESQUEÇA ESSE GAROTO, EU JÁ SUPEREI — eu tive que rir do Zayn cantando isso — Mano, essa menina fala sozinha, eu nem estou fazendo nada pra ela. Ela fica dizendo que me esqueceu, mas escreve música falando de mim, vai entender.

Gargalhamos alto após aquilo, o doido do Zayn entrava colocando o pequeno microfone em sua blusa, que os youtubers usam para gravar vídeos. 

— Já acabou, Zayn? — Liam perguntava com as mãos na cintura — Agora podemos filmar. 

— Liam, eu quero um beijo — pediu.

— Quer nada, vai levar é porrada — Payne retrucava nos fazendo rir — Vamos logo gravar e depois eu penso no seu caso, mesmo te amando muito.

— Liam ervinha — Zayn disse. 

— EU ESTOU SHIPPANDO MUITO TUDO ISTO — Niall pronunciava ligando a câmera — VAMOS LÁ, ESTRELAS. 

Me levantei, Harry me abraçou e em seguida deixou um selinho em meus lábios. 

— Confie em si mesmo — sussurrou em meu ouvido. 

Sorri e concordei. 

Nos organizamos todos e naquele dia, nós gravamos o vídeo... 

Aquele vídeo... nossa... eu juro que eu não sabia como olhar para o Harry depois dele. Eu sinceramente tenho os amigos mais loucos que alguém poderia ter. Agora tudo já estava sendo editado, eu não teria que mudar nada, pois nós não planejamos cena alguma. 

Aqueles papéis... nossa... Mas foi um dos melhores dias da minha vida, uma das melhores coisas que eu fiz e se eu pudesse voltar outra vez, eu faria tudo de novo. 

Eu ouvi Harry falando no telefone alguns minutos depois, ele parecia um pouco chateado mas logo estava bem. Eu tinha em mente que eu jamais poderia entendê-lo, ele parecia mudar todas as horas do dia. Harry estava voltando com o celular nas mãos e ficou quase o tempo inteiro calado, eu não sabia que notícia ele tivera recebido, mas....

Sim, Harry, eles não estavam errados, eu amo mesmo você.

E eu tenho certeza que você sabe disso, caso contrário, talvez você nunca saiba.


Notas Finais


A maioria de você escolheram o Louis, Liam e Zayn, e como alguns mencionaram personagem Yasmim, eu a coloquei junto com os garotos. Bom, o vídeo estará no próximo capítulo e eu seguirei com a estória normalmente ^^
Espero que me desculpem por alguma coisa, estou sem tempo, eu não sei direito como está este capítulo, eu não o revisei bem. Vocês devem ter percebido que eu detalho tudo, não é? se vocês não gostarem, me deixem saber, por favor ♡

~Gil28Stylinson e ~fanstalk ! Obrigada pelos comentários que de tão apressada, eu não pude respondê-los ♡
A pedido da ~ibreathelarry eu coloquei o youtuber T3ddy ♡

Muito obrigada, de coração.
Beijos! até o próximo ❤

Beck ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...