História My Dear Teacher - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Drama, Revelaçoes, Romance
Exibições 36
Palavras 905
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Capitulo Meio Hot !
Boa Leitura <3

Capítulo 6 - Não se esqueça


Fanfic / Fanfiction My Dear Teacher - Capítulo 6 - Não se esqueça

P.O.V Lydia 

Me levantei daquela cadeira sem parar o beijo e Michael envolveu minha cintura com suas mãos grandes e quentes. Eu o puxava pra mim segurando de leve em seu coro cabeludo, seu cabelo era macio, cheiroso e me deixava excitada, na verdade, qualquer parte que eu tocasse já me fazia delirar, já não lembrava e nem me importava de que ele era meu professor, meu corpo esquentava a cada toque e meu eu interior gritava por ele. 

Michael deu um tapa em minha bunda fazendo eu ficar mais próxima a ele com o impacto, sua mão grande apertava minha bunda me arrancando suspiros intensos de prazer.

- Por que esse uniforme deixa as alunas tão gostosa ? - ele perguntou em meu ouvido enquanto sua mão explorava meu corpo 

Michael mordeu meu maxilar de leve causando um arrepio bom, ele me encarou com aqueles olhos mais escuros do que o normal e com a expressão mais safada que eu já tinha visto em seu rosto angelical.

Ele olhou pra mesa atrás de mim e me empurrou até ela, minha bunda encostou na mesa gelada me deixando mais arrepiada com choque, ele caminhou até a porta e trancou a mesma voltando para mim.

Michael estava tão excitado quanto eu e eu conseguia ver isso pelo relevo em sua calça, com o braço direito ele limpa a mesa jogando tudo que tinha ali pro chão em um só movimento, pude escutar o barulho das xícaras se espatifando no chão, ou o barulho das talheres assim como das outras coisas que ali tinham, como os papeis.

Olhei pra ele surpresa, mas não tive tempo de pensar sobre, Michael ergueu meu corpo pela cintura me fazendo sentar na mesa ficando com as pernas livre em volta de seu corpo. Comecei a beijar ele calorosamente, explorando cada parte de sua boca, parecia que eu não estava completa e cada vez mais eu queria seu corpo ao meu. Tirei a camiseta dele numa atitude afobada, Michael sorriu com meu ato, ele parecia adorar ver o poder que tinha sobre mim, mas eu não me importava com isso no momento, só queria ter ele e não liguei em demonstrar essa afobação.

- Isso é errado? - perguntei lhe olhando

- Se for, eu não quero estar correto. - ele sorriu e deu um beijo em meu pescoço - Você quer Lydia? Quer estar correta? 

Gemi em protesto e neguei com a cabeça  

Ele em um movimento ele abriu minha blusa  e em seguida meu sutiã jogando ele pra longe. Michael começou beijar meu pescoço e a massagear meus dois seios, fechei os olhos sentindo minha calcinha ensopar, Michael desceu com os beijos para meu colo e chegou no meu seio esquerdo rígido com o toque, ele o chupou e brincou com a língua sobre meu mamilo me fazendo arfar. 

- Professor! - eu estava subindo as paredes e minha intimidade gritava por algo que a completasse 

Michael fez eu deitar na mesa e beijar minha barriga chegando onde eu queria, me apoiei sobre os cotovelos sem querer perder nada, Michael sorriu ao ver quão lubrificada eu tava com seus toques, mesmo com calcinha eu sabia que estava visível. Ele tirou minha calcinha se ajoelhando no chão e fazendo eu abrir mais minhas pernas, apoiei as pernas em seu ombro sentido minha intimidade pulsar em busca de algo, Michael sorri pra mim enquanto beijava a parte interna nas minhas coxas, chegando na virilha, eu não aguentava mais e mordia meus próprios lábios tentando conter o tesão que eu sentia. 

Michael começou a lamber meu clitóris e dar leves chupões, eu deitei a cabeça na mesa incapaz de sustentar meu corpo, segurava meus próprios seios os massageando com vigor enquanto Michael me fodia com aquela língua aveludada, me levando pro inferno a cada lambida.

Eu achei que aquilo não podia ficar melhor, mas vi que estava enganada quando ele me penetra com dois dedos sem parar com as lambidas, vi estrelas se formarem em meus olhos, meu corpo se contraem involuntariamente e começa a tremer, fecho os olhos com força vendo uma constelação ao gozar na boca de Michael, ele não desperdiçou nada. 

Abri meus olhos depois de alguns segundos e vi o professor se vestir e se ajeitar.

- O que está fazendo? - me sentei na mesa.

- Quer que eu saia assim? - ele riu e voltou a ajeitar seus cabelos e roupas

- Então acabou por aqui? - continuei lhe olhando

- Eu não seria capaz de tirar a virgindade de uma aluna minha

- E quem disse que sou virgem?

Ele me olhou surpreso mas voltou a pegar seus papeis no chão

- Se vista e vá para casa Lydia, esqueça o que aconteceu aqui !

- Não - falei em um tom mais alto - Eu não vou esquecer que meu professor 10 anos mais velho que eu me levou as estrelas em menos de 30 minutos, eu não vou esquecer de nada Michael.

Ele não conteve um sorriso 

- Vá para casa Lydia, outra hora conversamos sobre isso.

Bufei me levantando e comecei a vestir minhas roupas, terminei tudo e dei uma ajeitada em meu cabelo, eu ia sair mas Michael me puxou, me puxou para um beijo.

- Não se esqueça, não se esqueça de nada que aconteceu aqui. - ele me olhava 

- Não esqueceria nem se tentasse - falei sorrindo e sai 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...