História My dear teacher ( long imagine) - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Amor, Imagines, Jimin, Sexo, Taekook
Exibições 221
Palavras 817
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


#Leia as notas finais#

Boa leitura!

Capítulo 20 - Eu te amo


Fanfic / Fanfiction My dear teacher ( long imagine) - Capítulo 20 - Eu te amo

# 9 MESES DEPOIS #


- Eu senti ela mechendo. - Jimin diz pulando no sofá.

- Calma Jimin, você vai acabar batendo em mim.

- Desculpa. - Ele desce a cabeça e põe sua orelha na minha barriga a acariciando com as mãos. - Oi, meu bebê. - O mesmo ama conversar com minha barriga. - Você deve ser tão linda, Hang Mee, igual sua mãe. Estou louco pra te por nos meus braços e te beijar.

Ele fica mais tempo conversando comigo e com o bebê. Eu só faço ouvir seus planos para o futuro e sorrir de sua criançasse. Começo a sentir dores fortes, e a suspirar.

- O que foi?

- Acho que a bolsa estourou.

- Ah Meu Pai! Ai eu mesmo... o que eu faço?  Já vai nascer? Eu não estou preparado. - Ele continua tendo seus trecos, mas o chamo atenção.

- Jimin me ajuda!

Ele me coloca no carro e me leva até o hospital. O médico preparou tudo para o parto correr bem, e fui para a sala de cirurgia.


                               ( ... )


# 5 ANOS DEPOIS - JIMIM ON #


- Parabéns pra você nessa data querida muitas felicidades muitos anos de vida. - Gritos davam pra ser ouvindo, estavamos fazendo a festa de 5 anos da Hang Mee. Todos estavam aqui.

Hang Mee brincava com seus tios, Tae e Kookie, em quanto ______ conversava com os convidados.

- Papai! - Hang Mee aparece na minha frente me tirando dos meus devaneios.

- O que foi, anjinho?

- Todos estão indo embora, o senhor prometeu brincar comigo depois da festa.

- Ah é.  - Pego ela em meu colo. - Do que quer brincar?

- De abraçar o papai! - Ela me abraça e não me solta por nada.

- Todos já sairam. - _____ se aproxima de nós dois sorridente. - Vamos dormir Hang?

- Não! Eu quero ficar com o papai. - A menina reclama.

- Mas já está tarde, você tem que dormir. - Ela se da por vencida e vai para os braços da mãe. - Amanhã seu papai brinca com você.

Elas saem da sala, _____ foi arruma-la para por a Hang pra dormir, e como sou um bom esposo, fui arrumar a bagunça que ficou depois da festa.


                               ( ... )


O vento balança meus cabelos em quanto estou em pé na varanda olhando os carros passarem na rua. Sinto braços ao redor da minha cintura e alguém me abraçar forte.

- Ela já dormiu? - Pergunto a pessoa atrás de mim.

- Sim. Ela estava cansada. - Ela tira seus braços de mim e fica do meu lado.

- O que você tem? - A vejo com um semblante meio triste.

- Só estou cansada. - Ela suspira. - Eu quero um carinho. - Sorriu da sua fofura e a abraço forte.

- Não acredito que tenho duas crianças pra sustentar.

- Mas essa criança aqui é diferente. Com a outra você não pode fazer isso. - Ela segura meu rosto e começa um beijo calmo e apaixonado deixando um óculo relaxante entre nós.

Seguro em sua cintura para aproximar mais nossos corpos em meio ao beijo. Separamos nossas bocas por falta de ar, mas nem por isso deixo de ficar longe dela. Colo nossas testas umaz nas outras e fico a encarando.

- Posso dizer uma coisa? - Ela mexe a cabeça positivamente. - Você lembra daquele papel?

- Que papel? - Ela pergunta confusa.

- O que peguei de você na aula. - Ela arregala os olhos como se lembra-se daquela cena.

- Achei que não tivesse visto aquele papel.

- Mas eu vi, e lembro-me até hoje das palavras dele. Fiquei tão feliz em ver que você gostava de mim que não me importei se você era uma aluna e tentei de tudo pra ficar ao seu lado. E hoje, posso ver que mesmo perdendo minha carteira de professor ganhei uma coisa melhor.

- O que? - Ela pergunta com os olhos cheios de lágrimas.

- Uma linda mulher e uma filha linda. Que sei, que vão ficar ao meu lado pelo resto da minha vida. - Selo nossos lábios. - Eu te amo.

- Também te amo. - Voltamos a nos beijar, porém dessa vez o beijo foi afoito mais ainda apaixonante. - Quer ir pro quarto? - Ela fala entre os beijos, mas antes que eu respondesse Hang Mee apareceu na varanda coçando os seus olhinhos pequenos com seu ursinho nas mãos.

- Mamãe... Papai eu tive um pesadelo.

- Então vamos cuidar disso. - Vou até a mesma e a pego em meu braços. - Vamos pro quarto mamãe? - Ela me olha com um sorriso no rosto e vamos para o quarto.

Essa noite dormimos todos na mesma cama abraçados e sentindo o calor e o carinho um do outro.


# FIM #


Notas Finais


Ficou pequeno, mas achei fofo para o final dessa fic. Agradeço de todo o coração quem favoritou e comentou minha primeira fanfic.
Eu tinha planos diferentes pra ela, porém acabou indo para esse final.

Não sei o que dizer, só tenho a agradecer para quem acompanhou e gostou.

Um beijo e vejo vocês nas minhas outras fanfics que pretendo fazer.

《♥♥♥♥BEIJOS♥♥♥♥》


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...