História My Dear Uncle - Park Jimin [Incesto] (Long-Fic) - Capítulo 59


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin
Tags Bangtanboys, Bts, Imagine, Jimin, Sugarlandz, Você
Visualizações 1.540
Palavras 1.618
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá Cutes 💕

📣 Aviso:

Amores só faltam mais dois capítulos pra acabar ok!


OBG pelos comentários e Favoritos 👏 😍

Desculpa os erros >…<
Espero q gostem ♡


BOA LEITURA ! 📖

Capítulo 59 - ° Capítulo 19 ° (2 TEMPORADA)


Fanfic / Fanfiction My Dear Uncle - Park Jimin [Incesto] (Long-Fic) - Capítulo 59 - ° Capítulo 19 ° (2 TEMPORADA)

             P.O.V S/N ON


Acordei com o choro da Hyonah, eram 4:30 da manhã e eu estava exausta. Jimin também tinha acordado e percebeu o meu cansaço, sorriu beijando meu rosto. 


- Deixa comigo amor! - disse se levantando ainda sonolento e seu rostinho estava muito fofo. Usava apenas uma cueca box preta e pegou um calção pra vestir. 


- Tem leite materno preparado em cima da pia amor, dê pra ela! - sussurro e ele assentiu. 


Depois que voltou com a mamadeira na mão, ele foi até o berço e pegou a Hyonah no colo e se sentou na poltrona.

 

Depois de ver a cena fofa do Jimin com ela no colo, eu até tinha perdido o sono. Fiquei observando o jeitinho dele todo cuidadoso com ela, balançando as pernas pra acalmá-la mais era impossível. Mesmo ela tomando o leite ainda chorava. 


- Amor porque ela chora tanto? - Jimin ficou nervoso. - Eu já estou ficando preocupado! - abraçava ela como se quisesse proteger do mundo. 


Me levantei e a peguei de seu colo, ele se levanta me deixando sentar e ficou do meu lado enquanto eu massageava sua barriguinha lentamente. 


- Ela vai ficar bem meu amor, é só uma cólica chatinha! - sussurro sorrindo e ele suspirou aliviado. 


- Odeio ver minha pequena sofrer assim, não gosto de ver ela chorando! - disse se agachando e fazendo carinho nela. 


- Eitha mais você é mais meloso que eu hein!!- digo e ele sorriu.


 - Claro! - olhou pra ela. - vocês são as pessoas mais importantes pra mim e dou minha vida por vocês duas sem pensar.- disse sério e fiquei um pouco incomodada com a forma que ele falava. 


- Não fala assim amor! - indaguei olhando pra Hyonah. 


- O que foi princesa? Disse alguma coisa errada? - me olhou confuso sorrindo. 


- Não fala mais desse jeito pra mim...Que se possível daria sua vida por nós duas. Eu sei disso mais você falando assim...parece que algo de ruim vai acontecer. - murmurei a última frase e ele colocou uma mecha do meu cabelo pra trás. 


- Desculpa, eu não queria te deixar assim! - sussurrou e beijou minha bochecha. 


.....................


Depois que ficamos conversando durante um tempinho, olhamos pra Hyonah e ela finalmente tinha dormido. Sorrimos aliviados e a coloquei novamente no berço.


- Amor, nem vou mais dormir! - Jimin diz olhando pro relógio e já eram 5:55 da manhã. Ele tirou o calção e a cueca e foi pro banheiro tomar um banho. Eu me sentei na cama e fiquei deitada sem sono.


Ele saiu com a toalha na cintura e me lembrei do dia em que nos conhecemos pelo skype, ele percebeu que eu estava quase o comendo com os olhos e sorriu.


- Porque me olha com essa cara? - olhou pro corpo dele. - Eu estou gordo? - ficou se olhando no espelho e sorrir. 


- Gordo aonde Jimin? - pergunto me levantando e o abraço por trás. 


- Eu não sei, eu quero ficar sempre bonito pra você. - disse sorrindo e agarrou meus braços que o cercavam. 


- Deixa de bobagem meu amor, você é perfeitamente lindo pra mim! - digo dando um beijo na sua costa e ele virou me abraçando. 


- Eu te amo tanto! - beijou minha testa e ficamos um pouco abraçados olhando a nossa filha.


- A nossa herdeira é linda demais né? - Jimin sorriu bobo e nos separamos. 


Ele foi até o closet e tirou sua roupa pra ir pro serviço, começou a se vestir enquanto eu preparava o café da manhã.


..................


- Amor, seu pai me ligou e disse que queria que levasse a Hyonah pra passar um dia com eles! - disse chegando na cozinha ajeitando sua gravata no pescoço. 


- Tudo bem Jimin! - digo e vou em sua direção, pego em sua gravata o ajeitando e ele sorriu. - Eu queria mesmo ir lá, porque vou resolver uma coisinha e preciso deixar a Hyonah um pouquinho com a mamãe. - digo séria e ele estranhou. 


- Resolver o quê? - me olhou curioso.


- Ah... umas coisinhas de mulher meu amor! - minto e ele assentiu acreditando. 


Fui até o quarto e vi que a Hyonah já tinha acordado, a peguei no colo e levei pra cozinha junto comigo. 


- Olha só quem acordou...- Jimin se levanta terminando de tomar seu café e veio até ela. A pegou no braço e encheu ela beijo.


- Amor eu já vou indo! - me entregou ela e me deu um beijo.


- Ok! tenha um bom dia meu amor! - beijo seu rosto e ele saiu.



...............



- Mãe, eu vou precisar sair rapidinho e queria saber se a senhora poderia cuidar da Hyonah pra mim. - peço e ela entortou o a boca. 


- E você ainda pergunta filha? -sorriu e olhou pra ela. - Mais é lógico que eu posso, né meu amorzinho...- afinou a voz na ultima frase e sorrir.


- Obrigada Mãezinha! - beijo sua testa e o da Hyonah. 



Liguei pra SunHe e pedi que descobrisse através do Taehyung o endereço da vagabunda ela se assustou pois não achava que eu sabia sobre as ameaças que Jimin recebia. Mais ela não imaginava que fosse a tal da Kyara e imediatamente resolveu me ajudar.


 Fiquei esperando um pouco até receber sua mensagem com o endereço, e finalmente meu celular apitou e abri um sorriso largo quando vi a mensagem dela.


- É hoje que vou me resolver com aquela vaca...- Sussurro me levantando e saindo de casa. 


Peguei um táxi e fui até o endereço que ela me mandou, cheguei em frente a uma casa bem bonita.


- A vagabunda ainda é chique! - sussurro comigo mesmo e paguei o motorista. 


- Obrigada! - sair e fui em direção a entrada.


Respirei fundo e apertei a campainha, e não demorou muito uma senhora atendeu.


- Pois não! - estava séria.


- Olá, A Kyara se encontra? - pergunto séria também e ele arregala os olhos. 


- Você sabe aonde ela está? - me perguntou nervosa e eu me assustei com a sua expressão. 


- Como assim ela não mora aqui? - ela assentiu e me puxou pra dentro de casa, e me direcionou até o sofá. 


- Ela mora, mais faz mais de duas semanas que não a vimos. - Estava mais nervosa ainda. - Ela começou a agir estranho, vivia dizendo que alguém iria pagar por fazer ela sofrer tanto e o ameaçava de morte constantemente.


Quando ela disse isso na mesma hora meu pensamento foi no Jimin, mais mesmo assim continuei a ouvir.


- E quando mais ou menos ela começou a agir dessa forma? - Ela semicerrou os olhos e tentei disfarçar a curiosidade. 


- Você é amiga da minha filha! - perguntou desconfiada. 


- É... sou sim! - sorri mentindo e ela suspirou abaixando a cabeça.


- Bom....ela estava muito feliz dizendo que estava em um relacionamento com um rapaz que ela conheceu através de um amigo e...que ele era muito bonito e mais velho que ela. - ela olhava constantemente pro chão. 


- E por acaso esse rapaz..A senhora sabe o nome dele? - perguntei já sabendo que seria o Jimin mais queria só confirmar. 


Ele olhou pro lado e fez uma expressão de querer se lembrar do nome, foi quando ela me olhou e disparou. 


- Se eu não me engano era...Park Jimin! 


Minha raiva foi a mil, eu tentava me controlar e disfarçar meu ódio na frente dela, mais eu não me segurei. 


- Park jimin é o meu marido! - digo séria e ela arregalou os olhos incrédula. - Inclusive temos uma filha.- ela colocou a mão na boca. - A sua filha vem ameaçando meu marido constantemente e já até tentou me matar quando estava grávida - Ela estava extasiada com tudo que contava e vi seus olhos marejarem.


- Meu Deus! - se levantou e ficou olhando pros lados. - Ela está pior do que antes. - sussurrava pra si e eu semicerrei os olhos em curiosidade. 


- Como assim pior do que antes? - me levanto e ela olhou pra mim séria e engoliu seco.


- Minha filha...eu quero pedir perdão por tudo que Kyara fez pra vocês, mais ela não está no juízo perfeito dela. - lágrimas caia dos seus olhos novamente. - A Kyara a duas semanas atrás ela tinha fugido do Hospital Psiquiátrico em que a internamos, Desde aí estamos procurando ela por toda a parte e não encontramos nenhuma pista de onde ela deve estar. - Fiquei olhando pra ela incrédula e meus pensamentos só estavam na Hyonah e no Jimin.


- Eu sinto muito senhora! - me curvo. - Mais eu irei tomar providências drásticas se for preciso pra proteger a minha família. - Ela me olhou triste e por um momento eu senti pena. 


- Por favor só não a machuque! - murmurou e eu neguei. 


- Não posso prometer nada, se ela tentar algo com a minha filha ou o meu marido eu não respondo por mim. - digo pegando minha bolsa e vou até a saída. Peguei novamente um táxi e fui pra casa de mamãe. 


Saí muito preocupada e alguma coisa me incomodava muito, estava nervosa e meus instintos insistia que eu chegasse em casa o quanto antes. Tive um pressentimento horrível e fiquei inquieta no carro.


- Moço...pode ir um pouco mais rápido por favor! - peço e ele assentiu.


Cheguei o quanto antes na casa de mamãe e quando ela abriu a porta vi uma silhueta feminina sentada no sofá de costas.

 Arregalei os olhos e na mesma entrei correndo em direção a ela.


- LARGA MINHA FILHA SUA VAGABUNDA! 

 Era a kyara e ela estava com a Hyonah nos braços. Quando olhou pra mim sorriu cínica....



Continua......



Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...