História My Demons - Imagine JB (GOT7) - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~cigwrette

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jinyoung, Mark, Suga, Youngjae, Yugyeom
Tags Bambam, Bts, Drama, Got7, Imagine, Jackson, Júnior, Mark, Suga, Você, Xiumin_a, Youngjae, Yugyeom
Visualizações 478
Palavras 2.546
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Ficção, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


B O A L E I T U R A (Sim, acabou)

Capítulo 1 - Único


Fanfic / Fanfiction My Demons - Imagine JB (GOT7) - Capítulo 1 - Único

Aquilo ainda atormentava ele, mesmo há infelizes cinco anos, aquilo ainda o assombrava sem dúvida alguma. Seus sentimentos viviam misturados, ele se sentia fútil, exposto, e principalmente, com medo. Nunca soube o que estava fazendo, e provavelmente, nunca irá saber. Ele desejava esquecer o que houve naquele dia horrível, mas eles simplesmente não conseguia.

Isso nunca teria acontecido em sua vida se ele não tivesse conhecido  ________.

Após à ter conhecido, JaeBum começou sentir um tipo de… atração. Pode-se dizer, que as vezes ele pensava em como ela poderia ser sua única salvação, mas protegê-la e afastá-la de seus fantasmas, era o melhor que ele poderia fazer.

Seus pais faleceram nas mãos daquele canalha que fazia de sua vida um verdadeiro inferno: Park JinYoung, mais conhecido por seus amigos como Júnior.

Os dois eram amigos, mas um dia eles brigaram feio e por causa dessa briga, acabaram se afastando. Causa? ________.


FlashBack On


JaeBum estava sentado em sua cadeira ao lado de Jackson, eles estavam esperando o professor de ciências entrar na sala. Logo ele chegou acompanhado de duas pessoas, JB logo deduziu que eles seriam os alunos novos.

— Pessoal, temos novos alunos: ________ - o professor disse com um pouco de dificuldade — E Mark. - os mesmos fizeram reverência em forma de respeito e logo se apresentaram.

— Olá, eu sou Mark e essa é minha irmã, ________ - a menina dá um leve sorriso tímido

— Hey JB - Junior dá um leve cutucão tirando o menino do seu transe

— Que foi Junior? – ele se vira e encara o mesmo  

— Ela não parece ser coreana né?

— Aonde você quer chegar Junior? – JB dá um leve sorriso malicioso

— Eu a achei gostosa, e você?

— Quando minha opinião aparecer, eu lhe falo – ele sorri.

— Bom, não haverá lugar para vocês aqui na frente, mas terá ali com JB e sua turma – o professor aponta para os meninos e logo eles encaram o professor e os irmãos.

— Obrigado professor - eles dizem em coro. Mark pega na mão de ________ e vindo em sua direção — Podemos nos sentar aqui? – Mark pergunta com um sorriso no rosto, enquanto JB e os meninos (tirando o Junior que olhava a menina como se quisesse beijar ela ali mesmo) observava ________ de cima a baixo.

— Hey, claro que sim – YuGyeom tira sua bolsa de cima das carteiras onde os dois se sentam e colocam seus materiais sobre a mesa.



No recreio, o jovem convidou os novatos  ________ e Mark para sentar com seus amigos, e não pode  deixar de reparar que ________ estava com um mini decote em seu uniforme,  — Júnior que se segure — como uma pessoa de 13 anos consegue ter um corpo tão delineado com este?

Eles pegaram seus lanches e foram sentar-se em sua mesa de costume.

— Ah, que burrice a minha, me chamo JaeBum, mas me chame de JB. Esse do meu lado é Jackson, aquele do sorriso bobo é o Junior, o de fones é YoungJae, o dorminhoco do meu primo ali é o Suga, o que tem pernas parecidas com uma garça é o BamBam, o gigante ali é o YuGyeom. BamBam veio da Tailândia e o Jackson da China.

— Então Mark, vocês vieram de onde? - diz Junior fitando ________ mordendo seu lábio inferior.

— Viemos do Brasil, e pare de olhar para minha irmã, obrigado. - JB vê a menina revirar os olhos.

— Mark, quer dizer que ela gosta do que vê, pare de ser tão ciumento, não somos mais crianças.


Flashback Off


Bom, fazia um bom  tempo que JaeBum não falava com eles pois ele estava em um hospital.

Depois do falecimento dos seus pais, JB foi morar com seus tios – pais do Suga – e eles notaram que ele havia entrado em depressão profunda, então o levaram à um hospital dizendo que era o melhor para ele, e hoje é sua alta.

— Nossa cara, pensei que você nunca iria sair desse lugar – diz Suga saindo da janela do quarto.

— Pois é, finalmente vou voltar pra minha cama – ele sorri e Suga esboça um pequeno sorriso.



Após algumas horas, eles chegam em casa, JB suspira ao ver a casa de ________, onde à mesma estava deitada na grama brincando com um pequeno cachorrinho.

— Pare de me lamber ________ *** - ela diz entre risos e em uma tentativa falha de se esquivar das lambidas do cachorro, ela vira sua cabeça e encara JB do outro lado da rua - JaeBum? - ele disfarça e entra dentro de casa correndo.

—Tia Min? – o jovem entra na cozinha e vê que a mesma estava fazendo ramen e kimchi.

— JaeBum!!! – a senhora vem ao encontro do seu sobrinho e o  abraça — Como você cresceu.

— O que você está  fazendo? – ele caminha até fogão e prova um pouco do kimchi — Está maravilhoso – sorriu

— Que bom que gostou, agora vai lá pro seu quarto tomar um banho que eu vou pôr a comida na mesma. – ela diz e JB vai em direção ao seu quarto

Ele estava intacto, do jeito que ele tinha deixado desde a última vez que esteve alí. O jovem pediu a sua tia para que ninguém entrasse a não ser ela mesma para limpá-lo.

— Vamos lá – ele abre sua mala e pega qualquer roupa confortável e vai ao banheiro tomar um banho quente e relaxante

No banho, JaeBum começou a refletir sobre algumas coisas. Por exemplo, como iria enfrentar o JinYoung, se desculpar com os seus colegas – os que não foram pro lado do Junior claro - e voltar a falar com ________ .

Assim que ele termina seu banho, ele veste sua roupa e sai do banheiro já sentindo o agradável cheiro da comida da sua tia, ele estava faminto.



Depois do almoço, JB fica ajudando sua tia a guardar as louças que havia sujado, ele perguntar se após sua saída da cidade, algo de novo acontecera.

— Nenhuma, só que a ________ e o Júnior estão namorando.

— Que? – ele fingia não prestar atenção.

— Sei que gosta dela JaeBum. Dá pra ver em seus olhos a raiva transbordando - ela estava certa - Como vocês adolescentes dizem, eu shippo ela mais com você – ele engole a seco o que tinha acabado de ouvir de sua tia.

— Ei JB - Suga joga uma bola de basquete em JB— Que tal uma partida em honra aos velhos tempos?

— Só se for agora – JaeBum sorria e junto a seu primo, saíram de casa.

— Vou chamar o Mark – ele diz e toca a campainha da casa de Mark e logo ele abre

— Que foi?  —  ele observava — JB  — ele vem pra cima abraçando o mais novo.

— Uma partida em honra aos velhos tempos?  — diz Suga levantando a bola pra cima.

— Claro  — ele diz sorridente.

Eles passaram o dia todo jogando, pararam um pouco para beber água e recuperar o fôlego mas logo voltaram a jogar. Esse jogo era em nome aos velhos tempos (coisa que ainda não são os mesmos adolescentes de antes).

Na última partida, a bola foi para o outro lado da rua parando nos pés de...

— Com diz um velho ditado, o bom filho à casa torna, não é JB?

JaeBum suspirou para conter sua raiva.

— Por que não continuou no hospital? Lá é seu lugar mesmo — ele diz em tom de deboche.

— Por que o hospital é tão longe que eu tive que vir para cá pra poder dar-lhe um soco nessa sua cara de peixe.

________ estava em seu quarto com YoungJae cantando uma música qualquer quando vê na rua JB e Junior brigando, ambos dando vários socos e chutes uns nos outros.

— Sunshine, eu vou ali embaixo e já volto — ele assentiu e deu-lhe um beijo na testa, logo chegando a rua — O que está acontecendo aqui!? — ela vai até Junior que estava caído no chão — Oppa? — ah, como ela odiava chamá-lo assim, sua vontade era de estar defendendo JaeBum (A quem ela ama de verdade e não forçadamente como JinYoung).

Ela amava JaeBum desde seus treze anos, mas nunca declarou para ele pois tinha medo dele não sentir o mesmo por ela....

Ele mudou tanto...

— Saia daqui ________  — ele te empurra e logo você cai no chão — Não se meta em meus assuntos.

— Aish JinYoung, por que tratas ________ desta maneira? — JaeBum pergunta.

— Eu a trato da maneira que for preciso Im JaeBum, você não é ninguém para me orientar de que maneira devo tratá-la.



________ sempre admirou JaeBum por seu modo carismático e fofo, mas agora ele está diferente, ele não é mais o mesmo de antes, ele evoluiu.

— Será que dá para parar de pensar nele ________ ? — seu irmão resmungava.

— Os incomodados que se mudem Mark.

— Olha, por que os dois não param de conversar e prestam atenção no filme? — YoungJae dizia sereno e com um sorriso no rosto.

— Aish! — você sai da sala e vai para seu quarto. Chegando lá, coloca uma blusa de lã bege, calça preta e um all star branco. Solta seus longos cabelos e retorna para sala.

— Aonde vai? — Mark pergunta te olhando de cima a baixo.

— Sair — suspirava ________.

— E com quem?

— Sozinha.

— Ok, só não chegue depois das 10 da noite. — ele diz.

— Não sou mais uma criança — ________  bufa e sai de casa.

—Dia difícil não é ________ ? — a voz rouca de JB adentrava em seus ouvidos, a fazendo arrepiar.

— N-não…

—Vai sair? — ele te olha.

Você apenas confirma em silêncio e continua seu caminho. JB coloca suas mãos no bolso de sua calça, e começar a caminhar ao teu lado. Seu cenho franziu em sinal de confusão.

— O que pensa que está fazendo?— ele não lhe responde, e continua a caminhar

Depois de longos minutos, em um completo silêncio, o mesmo resolveu quebrá-lo…

— Evitando que se machuque, ou que alguém lhe faça, ou tente algo... —  o mesmo responde sua pergunta de minutos atrás, em um tom baixo fitando a rua a sua frente, com suas mãos ainda em seu bolso

— Por que está se preocupando comigo? — franze o cenho fitando-o. Você  achava estranho o fato de mesmo depois de tanto tempo, ele ainda se preocupa.

— Amigos, amigos se preocupam uns com os outros, não é?— ele perguntou olhando em teus olhos.

— JB... — suspira. Por alguns segundos você fita seus olhos mas logo se arrepende, desviando o olhar — Im JaeBum não somos mais amigos, desde cinco anos atrás —  você diz tentando ser o mais fria, possível.

— Eu sei o que fiz okay? — ele suspira — Mas foi para o meu bem, e o seu também!

— Então pensa em si mesmo primeiro para depois ver se alguém, além do seu ego, se importa com você?! — um riso sem humor sai de seus lábios, fitando o mesmo e nega com a cabeça incrédula.

— Me perdoe,________ ... Mas tente entender meu lado também... — JB fica cabisbaixo, encarando suas mãos

—  Pensar em seu lado?... Cinco anos, cinco longos e idiotas anos, perguntando por você para o Suga, para a Sra. Min.. Perguntando, o porquê de você ter sumido, e quando voltaria. Só o meu irmão sabe o que eu passei com tudo isso, Im JaeBum, e você vem me pedir desculpas?!. — tu soltaste uma risada irônica e se vira para sair andando, mas o mesmo lhe puxa, à prensando em uma parede de uma casa qualquer e te beijando.

Era um beijo calmo e doce, mas logo se afasta arregalando os olhos — O que você pensa que está fazendo? — o fuzila brava

— Eu te beijei, ué.

Você saiu correndo dali deixando ele lá, confuso sem saber nada, você sente seus olhos marejar e sai correndo para casa, indo imediatamente para seu quarto voltando a chorar.

—  ________ o que aconteceu? — Mark se ajoelha perante sua cama fazendo carinho em seus cabelos.

Ela se sentia suja. Suja por ter traído Junior, mesmo não gostando dele. Se fosse com ela, também não gostaria de ser traída.

— Nada Mark, — ela fungava baixo—  não aconteceu nada.

Ele sabia que estava mentindo.

— Se não está acontecendo nada, por que está chorando?

— Porque... — a mais nova é cortada vendo Junior entrar pela porta do quarto

— Noona... — o mesmo aparentava estar preocupado — O que houve? — perguntou de cenho franzido e um olhar baixo.

— Eu vi algo que não gostei e vim pra casa, então comecei a chorar, —  ela sorriu fraco —  nada de mais.

— Tudo bem, — o mesmo suspira — se precisar de algo, é apenas me chamar okay? — ele sorri fracamente, logo dando um singelo beijo na  testa da garota e sai do quarto.

— Tá, agora me fala — Mark diz um tanto sério

— Bom, — ________ se senta na cama — eu estava andando pelas ruas e encontrei JB, então começamos a caminhar e ele me beijou

— Ele te beijou?! — a morena percebeu a surpresa em seu olhar quando o mesmo arregalou os olhos.

— Quieto! Junior pode ouvir — sussurra

— Ok, quando ele não estiver mais em casa conversaremos melhor — ele diz e sai



________ chorava.

Lágrimas de arrependimento escorriam de seus olhos da tonalidade negra.

Ela só queria entender o que estava acontecendo, por que JaeBum fez aquilo? Ele não sabia que ela era comprometida?

Ele sabia porém, seu coração falou mais alto.

Naquela mesma noite ________ contou o que havia acontecido a seu irmão mais velho. Ele avia lhe dito que dias melhores estavam por vir.

Dias melhores chegaram.

________ e Jaebum tinham um relacionamento escondido durante vários meses.


JinYoung havia se metido em um assassinato e sua sentença foi a morte.


Mark estava namorando a menina que tanto gostava desde os treze anos, Somi.


YoonGi estava em um campeonato de basquete.


Tempos se passaram e Jaebum e ________ já estavam noivos.

YoonGi avia ganhado seu 13º de melhor jogador de basquete de toda a Coréia do Sul.

O dia do noivado tão esperado tinha chegado. Seus amigos, familiares e a família de JaeBum estava presente, a festa estava tão boa que você não queria que acabasse — até porque você estava mais bêbada que o normal —.

Você estava louca para experimentar algo nunca provado em sua vida… O prazer….

Sentir JB dentro de você…

Sentir seus suores se misturando.

Perceber que seu corpo está todo marcado pelo seu amado.

Sentir o cheiro de sexo se espalhando no quarto.

Se isso aconteceu? Sim.

E foi na sua noite de núpcias.

Gemidos percorriam pelo quarto do hotel, seu suor e o dele estavam se misturando, a cada vez que ele se movimentava, gemidos altos escapavam de sua boca.

Seu orgasmo e o dele estavam próximos; quando percebeste o líquido dele jorrou dentro de ti, suas pernas bambearam e você chegou ao seu ápice.

— Isso foi incrível  — ele dizia se jogando do seu lado para fazer sua respiração voltar ao normal.

Você só sorria e brincava com as mãos dele até pegar no sono junto a ele.

“ Diga-me

Com esse seu doce sorriso

Diga-me

Com um sussurro, diga no meu ouvido

Não seja como uma presa

Seja suave como uma serpente ’’

“ Mesmo que eu queria desviar

é inevitável, mesmo se eu tentar fugir

Deseje-me

O eu que está perdido e desviado

Deseje-me

Eu fui assim todos os dias

Eu me sinto tão distante

Você sempre aparece no meu caminho

E eu repito novamente ”

‘‘ Eu ainda sou o mesmo, o mesmo que sempre fui

O mesmo de antes está aqui

Meu meu amor cresce mais e mais

Está ameaçando me engolir

Por favor, devolva meu sorriso ’



THE END





Notas Finais


OLAAAAAAAA

Bom gente, era isso.

Essa Fanfic foi um projeto inesperado que eu tive no dia 16/10/16.
Eu estava sem fazer nada então criei esta história.
Foi uma jornada um pouco grande que eu pensei até em desistir...

Sem mais delongas, muito obrigada leitores de MD!!!!

Vocês não sabem o quão agradeço por não desistirem dessa Fanfic..

Agradeço também a @boloito a inspiração desse capítulo, @DemonhaDoYoda que proporcionou a capa, @Ietting pela betagem.
Vocês são foda cara.

Ate um dia ♡

cwstle★†~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...