História My Demons - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags My Demons
Exibições 7
Palavras 827
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Sobrenatural, Violência
Avisos: Canibalismo, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Boa leitura e desculpa os erros

Capítulo 1 - One


Fanfic / Fanfiction My Demons - Capítulo 1 - One

Me chama de louca, mas não me conhecem pra saber o que sinto, eles esperam que eu me mate, mas tenho medo até da morte, pois com a morte meu demônios podem vim me pega, pega minhas cores,só peço por ajuda alguém, que olhe pra mim e não me chame de louca mas que me ame como nunca amou ninguém, gostaria de sentir esse sentimento mas meus demônios não deixam, eles já conseguiram roupa boa parte das minhas cores.


FLASBLACK (10 ANOS ATRÁS)

- Mãe o que tá acontecendo - digo ja chorando 

- Nada minha flor - diz minha mãe chorando também - Desculpa a mãe tá 

Depois dessas palavras eu desmaiei, quando acordei vi minha mãe morte com um tiro na cabeça e uma arma na minha mãe, os meus vizinhos chamaram os policial e logo fui tirada da minha mãe, de um tempo depois fui mora com meus tios, foi quando comecei a Esculta vozes na minha mente 

- Você é fraca, você matou sua mãe, você merece a morte - diz a voz na minha cabeça 

- Não eu não matei minha mãe - grito 

- Sabemos que não foi você ffilha- diz meu tio Castiel 

- Mentira do seu tio foi você, Só você - diz a voz na minha cabeça 

Logo depois de começa a esculta essas vozes, foi quando começaram a me chama de louca, eu comecei a corta meus pulso, comecei a fala sozinha, foi quando com meus 12 anos fui pro sanatório, pois meus tios acharam mas seguro pra mim. 

Chegando no sanatório me deu um surto então os funcionários me prenderam em uma camisa de força e me sedaram, desmaiei quando acordei estava em uma sala toda branca amarrada nos pulso e pernas em uma cama, comecei a chama meus tios e logo a voz apareceu

- Isso que você merece sua louca - diz a voz 

- Me deixa em paz POR FAVOR - grito em desesperem e começo a chora 

- Não adiante chora Beatriz você vai passa o resto da sua vida miserável aqui comigo - diz a voz e logo da uma risada demoníaca

Eu já havia passado 5 anos que estava no sanatório, já estava começando a me acustuma com a voz na minha mente, os médicos me falaram que aquilo era psicológico então me davam medicamentos para mim tenta acalma, ja tinha até uma amiga a minha enfermeira, ela me ajudava muito nas minhas crises, além de ser como a segunda mãe. Logo algum tempo os médicos me falaram que eu estava progredindo pois não está escultando mas a voz na minha cabeça, se passou mas 5 anos e eu não ouvia mas aquelas voz então os médicos falaram que eu estava curada 

FLASBLACK OFF


- Bia pronta pra ir embora - diz Kira minha enfermeira/segunda mãe 

- Sinceramente não - digo

- Vai da tudo certo, a teu primo está a tua espera 

- Primo ? eu não tenho primo - digo 

- Bem teus tios adotaram uma menino quando você veio pra ca - diz Kira

- Ata, simto saudade deles - digo com um sorriso 

- E deveria, bem vai toma seu banho e aqui a roupa que ele trousse pra você - diz Kira me entregando uma sacola 

Logo vou pro banheiro tomo meu banho lavo meus longos cabelos negros e logo visto minhas roupa e saio do banheiro 

- Pronta - digo confiante

- Você está linda com esse vertido Verde - diz Kira - Vamos ele deve está te esperando

- Sim vamos - digo e logo saio do meu quarto e vou ate a recepção 

- Cadê ele Kira ? - pergunto 

- A e aquele de cabelos Verde sentado - diz Kira apontando pra ele 

- Ele e bonito - digo sussurrando pra mim mesma 

- Falou algo querida 

- Não - digo um pouco corada 

- La vem ele - diz Kira e era verdade o esverdiado estava vindo

- Olá você deve ser a Beatriz - diz o homem

- Sim é você deve ser meu primo - digo ainda corada 

- Sim me chamo Sabastian, vamos os meus pais estão te esperando - diz Sebastian sério, até parece que não queria me busca 

- Claro, Tchau Kira - digo isso e abraço Kira e vou atrás do Sebastian que nem me esperou 

Nos vamos até o estacionamento e ele abre a porta pra mim entra no carro, logo ele entrou no do motorista e nos gomas até a casa dos meus tios em um silêncio, eu via a cidade e via que ela mudou bastante estava maior eu estava maravilhada com aquilo já fazia 10 anos que não via a cidade, até que ele parou o carro 

- Chegamos Beatriz - diz Sebastian

- Pode me chama de Bia, Sebastian - digo isso e logo dou um sorriso infantil, mas ele virá a cara

- Tsc - logo ele sai do carro e vai até a porta da casa e eu fui atrás 


Notas Finais


Continua ...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...