História My Different Love. - Capítulo 17


Escrita por: ~ e ~Matheus_TM

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Diferente, Felipe, Mendigos, Morador De Rua, Nathan, Rua
Exibições 22
Palavras 672
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi gente, aqui é o Spaike, Voltei... acabaram as provas... é foram curtas, mas ainda bem, né...

Boa leitura.

Capítulo 17 - Passado on (4/5)


Medico: Nathan, você deve receber alta a qualquer momento, sua memoria vai voltando aos poucos, basta esperar e repousar.


Nat: Certo.


O medico sai. O lipe havia desmaiado, depois que e o medico falou aquelas coisas entã o medico o deitou em outra cama que tinha na sala.


@--@--@--@


(...5 horas depois...)


Eu e o lipe estamos saindo do hospital, então ele fala:


Lipe: Iai? Onde nós vamos morar?


Nat: Na rua...? Ué...


Lipe: Eu sei... mas digo... precisamos achar um beco, barraca, ou algo para nos proteger da chuva, e para passar a noite.


Nat: Hum... ah! Acho que sei onde podemks ficar...


(...chegando ao local...)


Nat: É aqui.


Lipe: Uma casa abondonada? Deve ter algum morador de rua abrigado ai já.


Nat: Não tem não... Não lembro o porque mas sinto que eu tenho uma ligação a esta casa.


Lipe: Ela até esta bem consservada.


Nat: Vamos entrar.


Entramos e dentro não havia nada, havia apenas uma pia, que não saia agua, umvaso sanitario, um sofá quebrado e uma mes velha.


Lipe: Onde vamos dormir? Eu acho que vou ficar aqui...- fala pontando para um comodo.


Nat: Então vamos arrumar coisas para fazer de colchão e travesseiro.


Lipe: a noite tiramos o acochoado do sofá e colocamos, uma noite para cada.


Nat: Ou... Nós dois dormimos no acochoado.


Lipe: N..Nós dois... j..juntos?


Nat: Sim. Por que?- na verdade eu sugeri isso por eata gostando dele, mas quis parecer que só queria ser justo na questâo do acochoado. Que se fo** o acochoado, contanto que esteja com ele eu estou confortavel. Rsrsrs. Pera... ainda não o conheço direito... ah fo**-se eu vou conquista-lo. Uma dia... posso não o conhecer, mas sei que ele é uma ótima pessoa.


Ficamos sentados no sofá converssando. Mas ai lembramos de uma coisa...


Nat: E oque vamos comer?


Lipe: Teremos que comer restos. E é bom nós irmos prorcurar um lugar bom para pegar-mos os restos. Pois a maioria dos lugares assim, algum mendigo ja come lá, e não dividem.


Nat: Vamos procurar.


Saimos da casa e colocamos uma corrente no portão, parecendo que estava trancado, mas só estava com uma corrente enrrolada.


Ficamos andando por algum tempo, até que canssamos e paramos na frente de um estabelecimento qualquer, para sentar-mos e descanssar-mos. Na verdade eu estava morto de fome, mas o lipe não poderia fazer nada para resolver a situação então, preferi não preocupa-lo.


???: Ei, garotos. - Fala um cara saindo so estabelecimento.


Nat/Lipe: Oi


???: Oque fazem dois garotos assim na rua?


Nat: Estamos prorcurando um lugar para comer...


Lipe: Um lugar onde tenha alguns restos.


???: Ah, entendi... me respondam algumas coisas... Vocês usam drogas, ou pretendem?


Lipe: Não.


???: Gostão de pichar muros, e fazer vandalismo?


Nat: Não.


???: Eu sou o dono deste restaurante e permoto que vocês comam os restos daqui. Vamos separar os restos de comida de outros tipos de lixo, para dar-mos a vocês apenas restos.


Nat: Serio?


Lipe: Muito obrigado meu senhor...


???: Me chamo Charles. E vocês?


Nat: Nathan. Mas pode me chamar de Nat.


Lipe: Felipe. Mas poode me chamar de Lipe.


Charles: Bom... Nat e Lipe... o movimento no restaurante hoje foi bem grande, se eu der 2 pratos de comida de graça não será prejuizo.


Nat Oue quer dizer com isso, senhor.


Charles: Estãos com fome? Gostam de lasanha...


Lipe/Nat: Sim.


Charles: Que pergunta essa minha... claro que gostam... qual a criança que não gosta.


O Sr Chales da um prato de comida para cada, e depois nos dá 3 pães para tomar-mos café.


Charles: Se eu precisar de um favor vocês me ajudam?


Lipe/Nat: Claro.


Charles: Amanhã eu vou precisar que vocês venham aqui... sabe eu sou gay... e meus pais vâo vim aqui, e eles não sabem de nada. Mas eu ja tenho uma amiga para engana-los, mas preciso que fijam serem meus filhos. Fica mais realista.


Nat: Ta. Amanhã que horas.


Charles: Não importa a hora, quando sentirem fome, a tarde, venham aqui, eu lhes darei comida e roupas limpas. Se fizerm mesmo isso comeram os reatos daqui até sairem da rua. - fala sorrindo.- "Ou até o fim de minha oudas suas vidas."- fala baixinho, e com uma voz triste.


Eu entendi esta frase, ele quis diser que nem sempre moradores de rua consseguem sair das ruas. Na verdade existem poucos que consseguem.


Continua...


Notas Finais


Até logo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...