História My Different Love. - Capítulo 7


Escrita por: ~ e ~Matheus_TM

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Diferente, Felipe, Morador De Rua, Nathan, Rua
Visualizações 161
Palavras 424
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Slash, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi gente. Aqui é o SpaikeBlu.

Só reforçando oque o Theus falou:

Não percam amanhã, haverá 5 capítulos em um só dia.

Bao leitura.

Capítulo 7 - Não somos namorados ainda.


Nat: Não. O dia foi legal. Mas porque vocé exitou em falar, qual nossa relação?


Lipe: É que...


Nat: Tem vergonha de mim, né?


Lipe: Não. Não é isso. Eu vou ser sincero com você. O lucas ja gostou de mim e eu não quis magoa-lo.


Nat: Quer dar esperanças a ele ainda, é?- falo com um pouco de tristeza.


Lipe: Não. Mas, na verdade eu nem sei qual nossa relação ainda.


Nat: Lipe... como assim?- falo triste e admito que sinto meus olhosse encherem de lágrimas.


Lipe: É que ainda não houve um pedido oficial de namoro. Então não estamos namorando. Por isso eu não falei nossa relação a ele.


Nat: Então... você não quer nada comigo?


Lipe: Claro que quero. Quando você disse que me amava, á 3 anos. Eu não pedi isso pois eu iria ter que partir, para longe de você. Mas acho que chegou a hora...! Nathan... Q..quer namora... Comigo?


Nat: Claro que sim. Eu te amo, mas que tudo neste mundo. Só me promete que só vai ter olhos pra mim, e jamais ficará com outro cara.


Lipe: Claro que prometo.


Ele me puxou e selou nossos lábios, era maravilhoso a forma com que, a lingua dele dançava com a minha.


Separamos o beijo por conta da falta de ar, mas ficamos abraçados até que...


Lipe: A comida...- ele corre pro fogão e por sorte, não queimou a comida e nem nada.


Não cossigo segurar, e acabo rindo da cara dele. Ele tambem ri de si mesmo. Almoçamos e ficamos no sofá, assistindo.


Nat: Onde está a senhora que te resgatou das ruas?


Lipe: Ela faleceu, a 5 meses.- fala triste.


Nat: Ah. Desculpe por te lembrar. Ela deve ter sido muito importante pra você.


Lipe: foi sim... Praticamente uma segunda mãe... mas agora ela está em um lugar melhor...


Nat: Tem razão...


Lipe: Amor... você ja tentou falar com seu pai, depois que fugiu?


Nat: Não. Tenho medo de ele se irritar comigo porque eu fugi.


Lipe: Ele sabe que você é Gay?


Nat: Sabe.


Lipe: Lembra onde ele mora?


Nat: Sim Porque?


Lipe: Quero pedir sua mão, oficialmente a seu pai.


Nat: Como? E..Eu não sei se deveria.


Lipe: Para, vai... moh. Onde fica?


Nat: Na cidade ao lado...- digo o enderço a ele.


Lipe: É perto. E estamos com o dia livre. Vamos lá?


Nat: M..mas...


Lipe: Você e seus, mas... Vamos lá e pronto. Se a Vadi* da sua madrasta tiver lá, vai ser melhor ainda. Dou dois gritos e dói socos cara daquela mocrei* que ela vai ficar quieta rapidinho.


Nat: Kkkk. Te conheço bem Lipe. E vc é da paz.


Lipe: Mas por vc Nat... Eu faço QQ coisa. Até mesmo brigar.


Nat: Então vamos lá... *Respiro fundo*


Continua...



Notas Finais


Ate logo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...