História My Different Love. - Capítulo 8


Escrita por: ~ e ~Matheus_TM

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Diferente, Felipe, Morador De Rua, Nathan, Rua
Visualizações 152
Palavras 280
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Slash, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi gente, aqui ainda é o SpaikeBlu.

Lembrando: Amanhã, especial. 5 caps em um dia.

Boa leitura.

Capítulo 8 - Pai e filho unidos novamente.


Estamos em frente a minha antiga casa. Onde eu vivia antes de fugi.


Lipe: É aqui?


Nat: S..sim.


Vimos pela janela, um garoto de aparentemente 10 anos de idade, brincando, na sala. Minha madrasta e meu pai estão observando o garoto brincar. Derrepente minha madrasta diz algo a meu pai e ele fica com uma cara chorosa. Corre pro quarto, que tambem tem janela. Ele pega... "Minha camisa favorita" e comerça a chorar segurando-a.


Lipe: É acho que você fez e ainda faz muita falta a ele. Vem vamos acabar com o sofrimento dele.


Nat: Ta...- falo chorando de emoção.


Lipe: Awnt. Vamos, la dentro você chora kkkk. *Ele me abraça


Fomos até a porta e batemos. Toc. Toc. Toc. Logo a minha madrasta abre a porta.


Madrasta: Não queremos comprar nada.


Lipe: Não somos vendedores. Queremos falar com o Sr. Pedro.


Madrasta: Ele não pode falar agora.


Pai: Quem é?- fala descendo as escadas.


Lipe: O senhor poderia vir aqui um minutinho.


Pai: Claro.- fala choroso.


Madrasta: Querido, você não está bem.


Pai: Por culpa sua. E eu vou recebe-los sim. Queira você ou não. Podem entrar garotos.


A mulher vai pra cozinha.


Entramos sentamos no sofá. Pedimos para que o meu pai se sentasse.


Lipe: O senhor tem quantos filhos? Desculpa perguntar. Mas é algo importante.


Pai: Dois. O Rafael, que está na sala. E o... Nathan, que... fu..fugiu.- chora.


Lipe: Agora ele teria 22 anos. Certo?


Pai: Como sabe?- derrepente para de chorar e começa a ficar ansioso - Conheceram meu filho? Por favor me digam? Eu não estou sabendo viver sem ele.


Nat: Sabemos, por que... - ele não havia reparado meu choro*


Tiro minha camisa e mostro minha marca de nascença em forma de estrela nas costas.


Pai: F..filho?- ele comerça a chorar.


Nat: Pai...- abraço ele e ficamos chorando.


Continua...


Notas Finais


E por hoje é só pessoal.

Um beijo e até amanhã.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...