História My Different Love. - Capítulo 8


Escrita por: ~ e ~Matheus_TM

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Diferente, Felipe, Mendigos, Morador De Rua, Nathan, Rua
Exibições 29
Palavras 252
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi gente, aqui ainda é o SpaikeBlu.

Lembrando: Amanhã, especial. 5 caps em um dia.

Boa leitura.

Capítulo 8 - Pai e filho unidos novamente.


Estamos em frente a minha antiga casa. Onde eu vivia antes de fugi.


Lipe: É aqui?


Nat: S..sim.


Vimos pela janela, um garoto de aparentemente 6 anos de idade brincando,na sala. Minha madrasta e meu pai estão observando o garoto brincar. Derrepente minha madrasta diz algo a meu pai e ele fica com uma cara chorosa. Corre pro quarto, que tambem tem janela. Ele pega... "Minha camisa favorita" e comerça a chorar segurando-a.


Lipe: É acho que você fez e ainda faz muita falta a ele. Vem vamos acabar com o sofrimento dele.


Nat: Ta...- falo chorando de emoção.


Lipe: Awnt. Vamos, la dentro você chora.


Fomos até a porta e batemos. Toc. Toc. Toc. Logo a minha madrasta abre a porta.


Madrasta: Não queremos comprar nada.


Lipe: Não somos vendedores. Queremos falar com o Sr. Pedro.


Madrasta: Ele não pode falar agora.


Pai: Quem é?- fala descendo as escadas.


Lipe: O senhor poderia vir aqui um minutinho.


Pai: Claro.- fala choroso.


Madrasta: Querido, você não está bem.


Pai: Por culpa sua. E eu vou recebe-los sim. Queira você ou não. Podem entrar garotos.


A mulher vai pra cozinha.


Entramos sentamos no sofá. Pedimos para que o meu pai se sentasse.


Lipe: O senhor tem quantos filhos?


Pai: Dois. O Rafael, que está na sala. E o... Nathan, que... fu..fugiu.- chora.


Lipe: Agora ele teria 22 anos. Certo?


Pai: Como sabe? Conheceram meu filho? Por favor me digam? Eu não estou sabendo viver sem ele.


Nat: Sabemos, por que...


Tiro minha camisa e mostro minha marca de nascença em forma de estrela nas costas.


Pai: F..filho.- ele comerça a chorar.


Nat: Pai...- abraço ele e ficamos chorando.


Continua...


Notas Finais


E por hoje é só pessoal.

Um beijo e até amanhã.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...