História My Dream - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Malhação
Tags Drama, Isabella Santoni, Rafael Vitti, Romance
Exibições 68
Palavras 1.065
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá pessoas .. então , eu não queria publicar outra fanfic mas estou aqui de novo.
Eu queria dedicar essa fanfic a Bruna @vittichapar por que ela insistiu muiitoooo para eu postar outra fanfic. E essa vai ser sim a última que eu posto kkk
Boa leitura!

Capítulo 1 - Capítulo 1


RAFAEL E  ISABELLA

- Eu poderia falar com o Dr. Vitti?

A senhora de meia idade que era secretária levantou o olhar e encarou a Loira com olhos azuis que a olhava esboçando um sorriso em seu rosto.

            - A senhora é?

            - Isabella!

            - Sobrenome? 

            - Só diga Isabella – ela disse – Ele sabe quem eu sou!

A mulher olhou intrigada, mas mesmo desconfiada discou alguns números.

            - O Doutor está em uma cirurgia, mas pediu para a senhorita esperar! – a senhora informou alguns segundos após colocar o fone no gancho.

            - Obrigada!

Isabella seguiu as orientações e se sentou na sala de espera entre outras pessoas que ali estavam, com certeza, aguardando informações de seus entes queridos, que possivelmente estavam em alguma operação. Estava no HCLA – Hospital Clínico Los Angeles – o melhor hospital particular especializado em cirurgias de todo o estado da Califórnia. Isabella esperava ansiosa o encontro com o seu eterno amor. Olhou ao redor enquanto aguardava, e ao voltar à atenção para sua frente, o viu descendo as escadas. Ela se levantou, e foi ao seu encontro do lindo rapaz que vestia um jaleco. Ao se aproximar, não se contentou e juntou seus lábios ao dele, sem se importar com os olhares curiosos e espantados ao seu redor.

            - Senti sua falta! – ele disse assim que se separaram.

            - Eu também Dr. Vitti! 

            - Pra você é Rafa. – ele disse brincalhão – Como foi à viagem?

            - Uma merda! – ela disse sincera.

            - Adorei sua aliança! Seu marido sabe que está aqui?

            - Não – ela o beijou novamente – Ele nem imagina!

 

Isabella e Rafael se conheciam deste o ensino médio, e sempre foram amigos deste então. Mas as coisas não haviam sido fáceis pra nenhum dos dois. Vanessa era de família de classe alta, herdeira da maior empresa de petróleo. Rafael, ao contrário, era de família de classe média baixa,  batalhou muito para chegar aonde chegou. É considerado o melhor Neurocirurgião do país. 

Passaram meia hora conversando sobre as últimas férias de Isabella em Bahamas. Eles se despediram logo em seguida, já que Rafael tinha que se preparar para a próxima cirurgia. 

Isabella havia acabado de entrar em seu carro, quando ouve seu telefone tocar. Ela atende.

            - Alô?

            - Eu posso saber onde você está?- ela se arrependeu imediatamente de não ter visto quem era. Respirou fundo e prosseguiu a conversa. 

            - Já estou voltando para casa. 

            - Não era nem pra ter saído! – ela ouviu e respirou fundo novamente pra não dizer nada que pudesse piorar aquela situação.

            - Aconteceu alguma coisa? 

            - Não sei, me diga você!

            - O que quer dizer Heitor? – ela disse furiosa – O que está insinuando?

            - Não estou insinuando nada. Só queria passar o resto da tarde com minha esposa.

            - Como eu já disse, eu estou indo pra casa!

            - Te vejo logo então.

Isabella fechou os olhos assim que ouviu a ligação acabar. Sentiu um alivio, mas ao mesmo tempo um medo sem explicação. Ligou o carro, e minutos depois estava entrando na mansão onde residia. Os portões brancos se abriram e ela seguiu até a garagem, onde percebeu que havia um carro a mais, e deduziu que havia visitas. Respirou, e ao sair do carro, seguiu rumo à casa principal. Ela não suportava mais a vida que levava. Havia momentos que ela tinha a certeza que estava cometendo um erro ao trair Heitor, mas logo em seguida ela caia em si e se lembrava da promessa que havia feito ao pai, e em hipótese alguma ela quebraria uma promessa. 

            - Demorou! - Ela o encarou sentado nos degraus da escada. Abriu um sorriso sínico para o marido. – Temos visita!

            - Eu imaginei!

            - Temos bolo! – ele disse se levantando e indo em direção a ela.

            - De chocolate?

            - Sempre! 

Heitor se aproximou mais e a beijou nos lábios. Ela não pode recusar, porque seria mais um motivo para as diversas brigas constante do casal. 

Seguiram juntos pelo corredor que levava até a cozinha, onde Isabella encontrou sua mãe cortando um pedaço de seu magnífico bolo de chocolate. Receita própria.

            - Oi mãe! – ela disse ao se abraçarem.

            - Estava com tantas saudades suas!

            - Eu estava contando para Dona Ana sobre nossa viagem, Amor! – Heitor disse se intrometendo no momento mãe e filha.

            - Deve ser muito bom ter uma segunda lua de mel! – Ana disse.

            - Foi ótimo! –Heitor disse – Não é Amor

Isabella encarou Heitor. Olhou novamente para a mãe que esboçava um sorriso em seu gracioso rosto, que a fez sentir a necessidade de concordar com o marido.

            - Foi muito bom sim!

***

Eram três e meia da manhã quando Rafael ouviu o maldito som da campainha, fazendo assim ele despertar de seu sono. Ele se levantou, vestiu uma calça e seguiu até a porta. Ao abrir se deparou com uma Isabella totalmente arrumada para uma festa, com vestido preto colado ao corpo, e com maquiagem destacando seus lábios que estavam na cor vermelha.

            - Isso é hora de visitas?

Ela riu. Ele deu as costas e voltou para sua cama, voltando a se deitar de bruços, fechando os olhos logo em seguida. Segundos depois, sentiu um corpo juntando ao seu.

            - Heitor vai brigar com você se descobrir que passou a noite aqui! – ele disse ainda com olhos fechados.

            - Ele não vai descobrir. Eu vou dizer que dormi na casa da Ana Julia.

            - E porque ele vai acreditar?

            - Porque eu estava com ela até alguns minutos atrás. Fomos jantar e depois fomos a uma boate. Você devia ter vindo com a gente!

            - Não depois de doze horas de trabalho. – ele disse após um suspiro.

            - Posso dormir aqui?

            - Só dormir? – ele abriu os olhos pela primeira vez durante toda a conversa e a encarou – Você não quer sexo?

            - Eu só quero estar com você!

Rafael a encarou surpreso, já que todas as noites que passavam juntos era a base de sexo, mas dessa vez era diferente, ela só queria estar ali. Sem sexo. Sem nada. Ele se virou, e a apoiou em seu peito, e somente ali ele percebeu que ela estava vestindo sua camisa, não mais o belo vestido preto. 

            - Eu te amo Bella.

            - Eu também te amo Rafa.

            - Só dormir? – ele perguntou e ela sorriu em contato com a pele dele.

            - Só dormir!

 

 

------------------------------------------------


Notas Finais


O que acharam ? comentem!
beijos
meu twitter é @ hamuvittizar


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...