História Soul Mate - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Drama, Jikook, Namjin, Romance, Taeseok, Yaoi
Visualizações 30
Palavras 3.145
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Escolar, FemmeSlash, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Anneyonghaseyo
Como estão?
Enton, eu demorei um pouco? Sim.. mas cá estou eu! ~aplausos~
Tentarei postar no mínimo uma vez ao mês, combinado? Ok, vejo vcs nas notas finais
Ps: escrevi pelo celular dessa vez, qualquer erro me desculpem. Algumas coisas deveriam estar em itálico ou negrito, mas como estou pelo celular está meio difícil então quando tiver (*) entre as frases ou palavras significa que está em itálico.

Capítulo 4 - The Best Combination


-A noite é uma criança, e esta vai ser uma das melhores, eu te prometo.

Taehyung sabia exatamente como deixar Hoseok impressionado e sem palavras, e era assim que ele se encontrava. Nunca ninguém fez algo assim para o próprio. Seus ex namorados só queriam saber do seu corpo ou da sua dança, mas Tae, que nem namorado era, conseguia ser o melhor garoto que já tinha encontrado em sua vida.

Hoseok viu o menor se afastar e ir para fora do local onde estavam voltando pouco tempo depois com uma caixinha na mão. Era simples, pequena, mas Taehyung a carregava com o maior cuidado. 

-Então, Hobi...isso é um "presente" um pouco especial, porque...fui eu que fiz hoje. Espero que goste, foi feito com muito amor. - o garoto disse e estendeu o pequeno presente

-T-Taehyung, eu... - O outro ficou sem palavras. Apesar do presente ser simples, foi feito com amor. Era lindo, uma pequena corrente com um pingente escrito *"VHope - the best combination"*. -Eu amei! 

Não deu muito tempo e Hoseok já estava usando sua correntinha. Foi só colocá-la que viu o menor, que lhe deu o presente, pular em seu colo. Hope o abraçou com força, deixando um leve beijo no ombro alheio o que fez Tae corar por um instante.

Continuaram assim por um bom tempo até Hope se sentar, ainda com Tae em seus braços. A noite estava linda e, com toda certeza, inesquecível. 

Os dois garotos, apaixonados, aproveitavam a companhia um do outro, mas como nem tudo são flores, uma pergunta ainda existia na mente de Hoseok - *Como saber que isso tudo não vai acabar como sempre acaba? Decepções, depressão, cortes e tentativas de suicídio?*

Porém logo foi tirado de seus pensamentos e dúvidas ao sentir o leve selar de seus lábios com os de Taehyung. Começou com um beijo simples, sem muitos toques, até que o mais velho apoia suas mãos na cintura do outro, que ainda estava sentado em seu colo, o puxando mais para perto. Tae, sem perder tempo, logo segurou na nuca de seu parceiro tornando o beijo cada vez mais intenso dando leves mordidas nos lábios do outro entre o beijo. 

Aquilo deixava ambos cada vez mais apaixonados e mais...excitados. Porém, ainda é cedo para esses *tipo* de relação, afinal nem namorando estão.  

Pararam o beijo depois de algum tempo e resolveram que no dia seguinte nenhum dos dois iria para o colégio. Ficaram observando a noite, contando um pouco mais sobre si, e por ali ficaram até pegarem no sono.

~*****~

O dia clareou, e ambos os garotos estavam mais que descansados e felizes. Hoseok ainda usava sua correntinha que ganhou de Taehyung, que se encontrava em um sono profundo mas com um sorriso no rosto. *Deve estar sonhando*

Hope não queria atrapalha-lo, ou mesmo acorda-lo. Só iria ficar ali o observando, admirando sua beleza e fofura. Mas não resistiu à um simples toque e começou a acariciar as bochechas fofas e rosadas do outro que estava dormindo. 

-Tão fofo...pequeno Leãozinho. O que fazer pra te ter eternamente ao meu lado? - Ele diz baixinho enquanto acaricia o rosto do outro

-H-hm...? H-Hobi? - Tae diz sonolento, ainda de olhos fechado 

-Bom dia Leãozinho. Dormiu bem?

-Muito bem. Tive uma ótima companhia. - ele diz abrindo os olhos já com um lindo e quadrado sorriso - Então, gostou da noite?

-Eu amei! Foi tudo lindo, inclusive isto - Hoseok diz mostrando a sua corrente

Nesse momento Kim Taehyung se sentia inteiramente feliz, nada mais o preocupava. Não se importava mais com colégio ou coisas do tipo, só tinha olhos para Hoseok. 

Estava tão bom, sentir o carinho, o amor, a admiração e as suas almas em perfeita harmonia. Era como uma letra de música que se encaixa perfeitamente com a melodia. 

Infelizmente eles não podiam ficar aki pra sempre, mesmo que quisessem. O local era utilizado pela prefeitura e se alguém os visse ali estariam em uma grande encrenca. 

Saíram dali, juntaram todos os seus pertences e voltaram para o carro, ambos sorridentes.

-Então Hobi, com fome? - Tae pergunta ao entrar no carro 

-Um pouco..

-Ok, vamos à um café aqui perto..

E assim começou a dirigir em direção ao café. Mas..por que aquele silêncio de novo? Aish.. Tae odiava aquilo, principalmente depois dessa linda noite que passaram juntos.

-Hobi...posso te perguntar um coisa? 

-Claro Leãzinho...

-Então, quando eu fui te buscar eu vi um...garoto loiro com você. Ele é..

-Quem? O Yoongi? É só um Hyung chato. - Hoseok responde como se não fosse nada até que percebe o rosto de Tae que parecia preocupado - Não se preocupe pequeno, é só um amigo. Nada mais. 

Foi quando o rosto de Tae mudou totalmente. Agora ele estava mais que feliz. Ligou o som numa altura meio...alta e começou a cantar sendo acompanhado por Hoseok que cantava a parte do rap.

E assim foram até chegar ao café. Tae estacionou e os dois desceram do carro. Hope saiu correndo para perto de seu *companheiro* e os dois foram de mãos dadas.

-Vai querer o que Hobi? - Tae pergunta assim que chegam no local 

-Não sei, acho que...só um cappuccino mesmo. 

-Ok. Eu vou fazer os pedidos, me espera ali na mesa?

-Ok.

Hoseok se sentou em uma mesa para esperar Tae. Dali tinha uma vista perfeita e ficava o observando de longe..tão lindo, fofo...era a pessoa perfeita. 

-JHOOOOPE! - Hobi escuta alguém o gritar, e pelo jeito que falou, sabia exatamente quem era

-Yoongi hyung..?! - se assustou um pouco ao ver que o outro já estava a sua frete atrapalhando sua visão

-Tá fazendo o que aqui JHope? Era pra tu estar na aula. - Yoongi disse em um tom sério, como um verdadeiro hyung

-Eu..

-Hobi...? - quando ia responder escutou Tae o chamando. O mesmo estava com uma expressão não muito boa. - Esse é..

-Sim, esse é Yoongi, o hyung chato que eu te falei.

-Ei! Olha lá como fala de mim Hoseok - o mais velho disse de um jeito que assustou Tae - Err..desculpe. Prazer, Min Yoongi, você é..?

-K-Kim Taehyung, prazer...

-Espera, você tá..com medo? - Yoongi ri, afinal não precisava temê-lo - Não precisa, eu sou legal.

-Quando não tá se pendurando em mim ou chegando na minha casa de surpresa...é legal sim - Hope diz e os dois comeceçam a rir, mas Tae continuava quieto. Sua expressão? Tristeza e dúvida. 

Yoongi tinha que ir pra aula então não demorou muito para sair dali. E foi só sair que Tae se sentou porém ficou um pouco afastado de Hope, o que deixou o mesmo confuso. 

Taehyung não estava bem, ele não gostava de Yoongi. A simples presença daquele garoto loiro o fazia mal, é como se acabasse com toda a harmonia que tinha entre eles, como o tom desafinado no meio da música perfeita. Aquela sensação era horrível, mas infelizmente ele não conseguia controlar, é automático. 

O silêncio estava reinando na mesa, Tae não média esforços para ignorar Hobi. 

-TaeTae - o maior o chama segurando em sua mão 

-Q-que foi?

-Está bravo? Não fica assim...eu já disse que ele é só meu amigo.

-Eu entendi Hoseok - e com esse tom *rude* respondeu o outro e soltou sua mão 

Nesse momento a única coisa que passava na cabeça de Hoseok era *Eu estraguei tudo*. Mas a situação iria mudar, e ele sabia exatamente como fazer isso. Estava convencido e confiante em ter o garoto dos cabelos laranja para si.

A garçonete chegou com os pedidos e os colocou na mesa. Os dois garotos, ambos com fome, logo pegaram seus capuccinos. Tae ficava apenas observando a paisagem, o lugar, as crianças que brincavam ali perto, os casais que passavam pela rua...ah, os casais. Queria tanto que um deles fosse ele e seu amado Hobi. 

-TaeTae...? Vamos? - O mais Velho o chama 

-Ah, tá. Vamos..

E assim os dois saíram em direção ao carro. Mesmo que pela cabeça de Tae passassem mil e uma coisas ou desconfianças sobre os sentimentos de Hobi por ele, o outro já tinha o plano perfeito em mente.

~*****~

Chegando em casa, os garotos tiraram seus sapatos e ficaram deitados nos sofás da sala assistindo um anime escolhi por Tae. O mesmo Ainda estava com a cara fechada, seria, não parecia nem um pouco com o Taehyung da noite passada e isso incomodava profundamente o coraçãozinho de Hope. 

Quando menos percebeu, Tae se deparou com um Hoseok sentado em seu colo enquanto brincava com a barra de sua blusa. 

-Hobi, como veio parar aqui?! - ele perguntou assustado e confuso

-Leãzinho me dá atenção - disse manhoso

-Aish Hoseok, atenção? Já te dei muita atenção ontem à noite, vai lá pedir pro seu *Hyung*.

-Ah não Leãozinho, esquece o Yoongi. Já disse que é só meu amigo. - Hobi deixou um beijo castro nos lábios de Tae

-H-Hoseok, não faz isso. É difícil ficar com raiva com você assim...vai para, sai de cima - Tae tentou empurrar o outro de seu colo, o que foi em vão pois o mesmo segurou suas mãos 

-Ótimo, não quero você com raiva. - sorriu como alguém que sabe que vai ganhar no final - Vai me dá um pouquinho de atenção 

-Aigoo..tá. O que quer que eu faça? 

Um sorriso nasceu no rosto de Hobi, sua felicidade havia voltado. Ao ouvir a pergunta de Tae tocou em seus próprios lábios 

-Beijo

Taehyung nem pensou em recusar, afinal não tinha sensação melhor do que sentir aqueles lábios juntos aos seus. Assim, logo puxou Hoseok o fazendo deitar sobre seu corpo e juntou os seus lábios. 

E o que começou com um beijo calmo ficava cada vez mais intenso. As mãos de Tae, que antes estavam na cintura de Hope, agora se encontravam debaixo da camisa do outro fazendo uma espécie de *"carinho"* enquanto seus corpos ficavam cada vez mais quentes e juntos. 
Suas línguas se encontravam vez ou outra no meio do beijo, e como Tae não é lá um santo, aproveitava para dar leves mordidas nos lábios de seu parceiro. 

Continuaram ali trocando carícias, demonstrando o amor que consumia cada vez mais o coração de ambos. Estava ótimo, mas no meio de tudo aquilo, uma voz surgiu e parecia vir do portão da casa.

-Tae! Taehyung! - era Jimin gritando, sua voz parecia um pouco desesperado

Tae e Hobi perceberam o tom de voz dele e fora correndo para descobrir o que estava acontecendo.

-Chim? O que foi? 

-TaeTae, me ajuda o Jungkook ele...pera, Hoseok? 

-O-oi Jimin.

-Tá fazendo o que aqui? - Jimin parecia desconfiado, afinal Hope não tinha ido na aula mais cedo

-Depois falamos disso Chim. Agora me diz, o que o Jungkook? - Tae abriu o portão deixando Jimin entrar na casa

-Bom..é que, você sabe que a gente tava conversando e tudo mais, ao que hoje ele me chamou pra sair. Eu não sei o que faço 

-Que tal você se arrumar pra sair com ele? - Hoseok diz como se fosse muito óbvio

-Mas Hope eu..nunca fui em um encontro de verdade. E eu não sei o que eu faço. Me ajudem!

-Calma Chim, não precisa ficar desesperado assim. Você vai pra casa, escolhe sua melhor roupa, se arruma e sai com ele. O resto deixa fluir, não dá pra programar o que vai acontecer. - Tae dizia com um sorriso lembrando de sua noite com Hoseok

-É Jimin. Tudo acontece na hora, o que você pode fazer é se arrumar e ficar mais bonito ainda pra esse tal Jungkook, o resto deixa com o destino - Hope parecia entender perfeitamente os pensamentos de Tae

-Mas..e se ele não gostar da minha roupa? Ou do meu jeito? Ou de mim? - Jimin parecia realmente desesperado por ajuda, tudo passava por sua cabeça, esse era o encontro mais importante que tivera até o momento

-Ei, calma ChimChim. Ele vai te adorar. Fofo, lindo, todos gostam do seu jeitinho. Não vai ser diferente com o Jungkook. - Tae parecia querer confortar o amigo, o que estava, de uma forma surpreendente, funcionando

-Ok..então, eu vou me arrumar. Obrigado TaeTae. E obrigado Hope. - Agradeceu e fez reverência se dirigindo pra fora da casa, mas antes de sair.. - Ah, e depois eu quero saber o que está acontecendo entre vocês - rio como quem já soubesse a resposta e saiu

Os outros dois voltaram para a sala. Era quase hora do almoço e ambos já sentiam seus estômagos roncarem porém, não havia nada na geladeira ou nos armários. Teriam que sair para comer mas a preguiça estava os vencendo.

Taehyung teve uma ideia que poderia salvá-los. Pegou seu celular e mandou uma mensagem para Seokjin.

*Mensagem para Melhor Hyung*

*Taehyung*- Jin! Da pra trazer duas tigelas daquela sua sopa MARAVILHOSA? 

*Melhor Hyung*-Levo sim. Mas duas? Vai comer tudo isso?

*Taehyung*-Tem visita aqui em casa. Mas, obrigado. E não demora, estamos com fome. Tchau! 

*Melhor Hyung*- Ok, chego em alguns minutos. Tchau!

Desligou seu celular e sorrio animado para Hope que estava no sofá reclamando de fome.

-O meu Hyung vai trazer comida pra nós!

-Seu Hyung? Eu conheço? 

-Acho que não. Kim SeokJin, já ouviu falar? 

-Pera, não é o "namorado" do Namjoon?

-Tu conhece o Namjoon? Quem diria, iriamos acabar nos conhecendo mais cedo ou mais tarde - os dois riram e Tae foi se sentar ao lado de Hope

-Verdade. Mas eu prefiro assim. Acho que tudo é feito em seu tempo por algum motivo.

-Que filósofo você...

Continuaram conversando, às vezes trocando beijos rápidos nada mundo intenso, apenas carinho, fofura, e coisas que façam qualquer um vomitar arco-iris. 

Em meio a tudo aquilo Hope Ainda não havia esquecido seu plano, iria ter Taehyung para si, poder chamá-lo de seu, poder dizer para as pessoas "*meu Taehyung*"; porém precisava de ajuda e sabia exatamente a quem pedir.

Não se passou muito tempo Seokjin apareceu com as sopas e com algumas outras comidas. Ainda não havia almoçado então resolveu almoçar com Tae e se *amigo*, e claro, levou Namjoon com sigo.

-Taehyung! 

O mesmo ouviu seu Hyung o chamar e foi correndo sendo seguido por Hobi, os dois estavam com muita fome. 
Se surpreenderam ao ver Namjoon ali também, e suas caras não eram diferentes das de Jin e Nam ao verem quem era o *amigo* de Tae.

Não querendo falar muito todos entraram e foram pra cozinha. Jin e Tae preparavam a mesa colocando os pratos, talheres, as comidas, copos. Enquanto isso os outros, Hobi e Nam, conversavam na sala.

-Namjoon, eu..preciso de sua ajuda 

-Pode dizer, sabe que estou sempre disposto a te ajudar 

-E-eu sei, mas dessa vez é algo complicado. Err..sabe, eu meio que, me apaixonei pelo Tae e quero pedir ele em namoro. 

-Mas, qual o problema? Isso é ótimo, ele parece um garoto legal e parece gostar muito de você. 

-Sim, ele é ótimo, é perfeito. É esse é o problema. Ontem ele fez uma surpresa linda pra mim, me deu até esse presente - Hobi mostrou a correntinha que Ainda usava para Nam com um sorriso em seu rosto - Eu quero fazer algo especial, mas não sei o que.

-Eu..acho que posso te ajudar. O Jin sempre diz que gosta das minhas surpresas, então eu te ajudo.

-Obrigado - Hoseok sorria, estava animado e confiante

Seokjin chamou os rapazes que estavam conversando para ir à cozinha para almoçarem. Estava tudo prontinho, a comida cheirava muito bem. Tae estava sentado em um lado da mesa e Jin do outro, deixando um espaço ao lado para seus respectivos *companheiros*.

-Então, Taehyung. Estão juntos desde quando? - Jin interrompeu o almoço com a pergunta que fez com que Tae quase engasgasse

-Nós..Ainda não estamos namorando -ele respondeu com uma carinha aparentemente triste, mas logo sentiu a mão de Hobi sobre a sua

-Ainda não.. - Hobi sorria tentando conformar o menor ao seu lado

-Ah, entendo. Não pude deixar de reparar na mochila em seu quarto Tae..então, Hoseok está dormindo aqui? E sua omma sabe?

-Como você sabe meu nome..? - Hope não entendia muito aquilo, afinal era a primeira vez que via Seokjin pessoalmente 

-O Namjoon me contou. Mas voltando à minha pergunta..

-Ele está passando uns dias aqui porque a omma dele está viajando. E sim, minha omma sabe, ela só teve que sair por uns dois dias. 

-E estão se comportando mocinhos? Sabem que tem que se proteger né - Jin falava como se fosse a omma dos garotos

-Jin! Eles nem namoram Ainda.. - Namjoon tentou alertar Jin do quão indiscreto estava sendo

Os dois mais novos sentiram seus rostos corarem. Não que aquilo não tivesse passado por suas cabeças, esse *tipo* de relação, mas achavam cedo demais para isso e nunca tinham tentando nada antes.

-N-nós..não fizemos esse tipo de coisa. - Hobi respondeu Ainda corado

-Acho bom. Hoseok, eu não quero ser chato mas, se você deixar o meu Dongsaeng triste, eu te mato com uma colher! 

-Hyung! Não fala assim com ele.. - Tae tentou intervir naquilo, a cara de Hoseok parecia realmente assustada

Depois de algum tempo só se escutavam risadas, conversas aleatórias, e Jin, como sempre, contando suas piadas que não tinham graça, mas sua risada deixava tudo mais engraçado. 

Todos se divertiam. Depois de comer foram assistir um filme. Namjoon queria um de terror, mas sabia que Hoseok não iria aguentar então assistiram um de ação mesmo. E claro, durante o filme houveram alguns selinhos, abraços, carinhos entre os dois casais ali presentes. Mas não se passou disso.

Estava de tarde e Nam precisava voltar para casa. É, ele não mora na mesma cidade que os outros, porém sempre faz um esforço pra ver seu amado Seokjin. Os dois estavam quase saindo, mas antes Nam chamou Hope pra conversar.

-Então, eu tive uma ideia. Você vai ter que fazer isso... - ele cochichava sua ideia para o amigo, que ouvia com atenção cada palavra 

-Ok. Eu farei hoje à noite. Valeu pela ajuda. 

-Que isso, sempre que precisar. Boa sorte! - Nam voltou pra onde Jin estava e os dois saíram da casa de Tae

Com tudo em mente, o plano, as preparações, a data e a hora exata só faltava convencer Tae de sair de casa naquela noite. Parecia uma tarefa difícil pois o mesmo aparentava estar muito cansado.

-Ah, vamos TaeTae. Você não disse que temos que aproveitar que estamos só nós? - Hope disse tentando convencer o alaranjado, o abraçando por trás - amanhã a sua mãe volta, então vamos aproveitar. Por favor..

-T-ta, a gente sai. Aish, você já tá sabendo como me convencerá, isso não vale.

A vitória estava garantida, aquela seria uma noite especial para os dois. Garotos diferentes ligados por um único sentimento, que Ainda vai mexer bastante com o coração de ambos. 


Notas Finais


Então..o que acharam?
Espero mesmo que tenham gostado.
Novamente me desculpem os erros, tentarei melhorar.
Um beijo, um abraço, e até o próximo capítulo
~Anneyong


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...