História My everlasting love - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camren, Norminah
Exibições 48
Palavras 1.357
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 16 - Capítulo 16


Camila P.O.V

-QUE EU TE AMO PORRA. -  gritei. Eu já tinha chegado ao meu limite. Não tava mais aguentando guardar isso pra mim. 

-V-você o que? - perguntou atordoada. 

-É...eu, esquece, esquece  isso. - disse e sai correndo e ouvi ela gritar um "Camila espera". Passei pela sala e todos me olharam preocupados apenas segui até a praia, não queria falar com ninguém.  

Sai caminhando pela  praia sem rumo, até que um momento eu me sentei e fiquei encarando o mar. Já se haviam se passado uns bons minutos que eu estava ali sentada,   estava tão distraída que não vi ninguém se aproximando. Só percebi quando alguém sentou do meu lado. 

-Camz, eu... - ela começou a falar mas eu a cortei. 

-Não, Lauren, esquece isso. - disse 

-Não, eu não vou deixar pra lá Camila. - ela olhou pra mim, e segurou minha mão, desviei o olhar.- olha pra mim. - disse e eu continuei fitando o mar. -  por favor Camz.  - segurou meu queixo e me fez olha-la. - por que saiu correndo daquele jeito? -  perguntou. 

-E-eu.. Eu não sei. -  disse e suspirei. 

-Você me ama? - perguntou e eu assenti e ela sorriu. -  por que não me falou antes? 

-É, eu tava com  medo de estragar nossa amizade, poxa você é minha melhor amiga, não podia fazer isso. Preferi guardar esse sentimento só pra mim. Não queria que você se afastasse de mim por conta disso, você é muito importante pra mim, não quero te perder. - disse,  ela assentiu e encarou o mar. 

-Sabe, na primeira vez que eu te vi, te achei a coisa mais linda, e quando te vi tocando Lana naquele dia, vi que você era perfeita, eu fiquei te admirando até criar coragem pra ir até você, não sei de onde tirei coragem para cantar pra você, eu nunca tinha feito isso, nunca havia cantado para outra pessoa. Quando nos beijamos pela primeira vez, senti como se várias borboleta tivessem fazendo festa no meu estômago. Nunca havia me sentido assim antes, eu só pensava em como eu queria te beijar de novo, e de novo. Eu estava bastante confusa em relação a você mas quando eu te vi com o Mendes, me subiu um ódio, eu não queria te imaginar com outra pessoa. E presenciar aquela cena, me deixou muito puta, e comecei a ficar com a Keana, e foi ficando com ela que eu percebi que o beijo não era como o seu, eu não sentia seu cheiro. Foi aí que eu entendi o que estava acontecendo, mas não queria admitir para mim mesma, a Demi me ajudou muito, vivia insistindo para que eu falasse pra você tudo que eu sinto aqui. -apontou para seu peito. -  mas eu tinha, aliás eu tenho o mesmo medo que você, estragar nossa amizade. Naquele momento que você ficou com Arthur, eu realmente estava tensa, pois naquele momento eu iria dizer tudo que estou te dizendo agora. Mas eu vi o jeito que olhou para o Arthur. E decidi deixar pra lá não queria te impedir de ficar com ninguém.  Mas agora eu sei que posso te dizer que te amo. -  falou e eu já sentia as lágrimas descerem pelo meu rosto. 

-Lo, eu não fiquei com Arthur. 

-Não? -  perguntou sorrindo. 

-Claro que não, eu estou apaixonada por você, eu não queria ficar com mais ninguém. -  disse e ela me abraçou. 

-Me desculpa por agir como uma idiota. -  disse e eu sorri. 

-Talvez se você não tivesse agido feito idiota, eu não teria gritado que te amo. -  declarei e ela riu

-É, talvez não estaríamos aqui. - disse e encarou minha boca. -  será que eu posso te beijar? 

-Deve. - dito isso, ela juntou nossos lábios de forma delicada, foi apenas um encostar de lábios mas depois ela invadiu minha boca com sua língua tornando o beijo mais intenso e eu senti um fogo me consumir quando nossas línguas se tocaram, ela me puxou mais pra perto dela. Quando ar nos fez falta ela finalizou com vários selinhos. Abri os olhos e a admirei enquanto ela permanecia de olhos fechados, acariciei seu rosto com meu polegar e ela sorriu. Posso parecer uma boba apaixonada, mas o sorriso dela é o mais lindo que eu já vi. 

-Vamos voltar, as meninas devem está preocupada com a gente. -  assenti, me levantei e ela fez o mesmo. Entrelaçou nossas mãos e fomos caminhando de volta para casa. 

-Sabe que teremos que contar tudo a Dinah, não sabe? - perguntei e ela sorriu 

-Sei sim, ela já sabia de tudo. - disse e eu a olhei confusa. - sobre o que eu sentia, pouco antes de você chegar, eu tive uma conversa com ela, ela "acidentalmente" ouviu minha ligação com a Demi na qual eu dizia que sou apaixonada por você. E me fez contar tudo a ela. 

-Ela também sabia sobre o que eu sentia. - suspirei- ela Não vai deixar passar. E com certeza os outros já estão sabendo -  disse e ela concordou. Chegando em frente à casa, ela parou e me encarou. 

-Tá pronta? - perguntou com a mão na maçaneta. - apenas assenti e entramos de mãos dadas. 

Entramos e todos estavam na sala, a Dinah e Maní estavam abraçadas, o Harry e o Louis estavam jogando vídeo game. E a Ally estava lendo um livro. 

-Ae casal, achei que não fossem chegar mais. - Dinah disse encarando nossas mãos juntas e eu corei. - se resolveram? - perguntou e eu olhei pra Lauren e ela olhou pra mim e sorrimos. 

-Sim, nós nos resolvemos. - Lauren disse e Dinah sorriu. 

-Que bom, não aguentava mais a Chan se lamentando porque achava que você não gostava dela. 

- DINAH!! - A repreendi e todos riram. 

-Eu realmente desejo felicidades para vocês. -  Harry disse e me abraçou forte. 

-Obrigada Harry! - disse.

 Nós nos juntamos ao pessoal na sala e começamos a conversar, enquanto Lauren, Harry e Louis jogavam, eu conversava com a Mani, Dinah e Ally. Quando tava bem tarde resolvemos que estava na hora de ir dormir. Lauren entrelaçou nossas mãos e íamos subir. 

-Não quero ouvir gemidos. - falou fazendo todos rirem e eu e a Lo ficar envergonhada. Ignoramos e subimos praticamente correndo, ouvindo o risinhos dos outros. Entramos no quarto e quando fechei a porta a Lauren me segurou pela cintura e prensou contra a porta e me beijou, um beijo quente, meu Deus que pegada, foi me guiando até a cama me fez sentar em seu colo, ela começou a descer os beijos para meu pescoço, revezando entre morder e chupar, um gemido involuntário saiu, senti suas mãos subirem por dentro da minha blusa e indo em direção a minhas costas. Ela fez menção em tirar minha blusa, mas na hora eu travo e paro de beijá-la. 

-Camz, tudo bem? - pergunta. 

-Sim, é que eu acho que devemos ir mais devagar. -  digo e fico envergonhada. 

-tudo bem minha linda, eu entendo. -  disse e me abraçou. Sai do seu colo. - vamos só dormir. Mas antes vou tomar banho, quer vir? -  perguntou e deu um sorriso malicioso e eu corei.

-LAUREN!! - a repreendi e ela começou a rir. 

-Estou brincando. -  disse e entrou no banheiro. -  mas se quiser. - disse colocando a cabeça pra fora do banheiro e dando um sorrisinho. Peguei um travesseiro e joguei em sua direção, mas ela trancou a porta. E pude ouvir sua risada dentro do banheiro. Já haviam se passado alguns minutos até que ela saiu do banheiro, e um cheiro de rosas invadiu o quarto. Arregalei os olhos quando ela saiu só de top e calcinha. 

-Vai dormir assim? -  perguntei e ela se olhou. 

-Assim como? 

-Só de calcinha? 

-Eu só durmo nua, mas como vou dormir com você, vou dormir assim. -  disse e eu a encarei. -  e outra aqui é muito quente. 

-É... Tudo bem então, eu preciso de um banho. - disse e fui pro banheiro. -  e bem gelado de preferência. - disse pra mim mesmo. 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...