História My everything - (Kim Taehyung) - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Block B, Got7, Monsta X, NU'EST, Seventeen
Personagens Baekhyun, BamBam, Hansol "Vernon" Chwe, Hong Jisoo "Joshua", Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jr, Junghan "Jeonghan", Jungkook, Kim Mingyu, Mark, Personagens Originais, Ren, Seungcheol "S.Coups", Suga, U-Kwon, V, Won Ho, Youngjae, Yugyeom
Exibições 21
Palavras 1.221
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


ninguem mandou cortar o cabelo

Capítulo 16 - Angel


Fanfic / Fanfiction My everything - (Kim Taehyung) - Capítulo 16 - Angel

Meu coração só faltava pular pela boca, eu não caí no chão apenas porque estava agarrada ao braço de Joshua. O cólegio tinha 7 andares, era o maior da cidade. Nós estávamos no terraço, eu e Joshua, paralisados, Jeonghan estava em de pé na ponta do terraço enquanto olhava para baixo, o vento fazia com que seus longos cabelos batessem em seu rosto, o dando um ar mais angelical ainda. Se ele desse um passo apenas,cairia. 

 - JEONGHAN! - não, não poderia ser o que eu estava pensando, ele não faria isso, não tinha motivos. Pelo menos eu acho.

 Jeonghan se abaixa e deixa um papel no chão.

- Eu amo vocês. - Jeonghan sorri fraco e uma lágrima cai de seu olho.

Foram suas últimas palavras antes de se atirar do terraço do colégio. Foram as últimas palavras de sua vida. 

Eu não consegui falar nada, não consegui fazer nada, apenas caí no chão e comecei a chorar desesperadamente. Joshua gritava pelo nome de Jeonghan enquanto inúmeras lágrimas caíam de seus olhos.

- Eu vou com ele Joshua. 

- NÃO! - Joshua me segura antes que eu pudesse chegar até a ponta do terraço.

- Me deixa ir Joshua! - falo chorando e ele me abraça.

- Você acha que ele iria querer isso? - Joshua fala em meio a soluços, pude perceber que ele estava tentando ao máximo ser forte por mim e por Jeonghan.

- Por que ele fez isso Josh? Eu nunca vou superar, eu o amava! 

- Eu também o amava. Você precisa ser forte por ele, por você.

Como eu iria superar aquilo, como? Por que Jeonghan? Como posso viver agora sem ele, um garoto que conseguia ser tudo ao mesmo tempo, um garoto que me amou intensamente até o final de sua vida, qualquer um que tivesse a amizade de Jeonghan com certeza poderia se considerar uma pessoa muito sortuda. 

Tive a sorte de ter o amor de Jeonghan, a sorte de ele ter me amado intensamente, assim como eu o amei. Agora eu estava totalmente quebrada por dentro. 

Como uma pessoa tão boa pode ter um final horrível como esse? Como vou superar isso? Jeonghan era o meu amor. Jeonghan era meu angel.

Me soltei dos braços de Joshua e fui pegar o papel que Jeonghan tinha deixado no chão. Ver Joshua sentado no chão chorando partia mais ainda meu coração, eu também não via como ele iria superar isso. Sequei minhas mãos que estavam molhadas por conta de minhas lágrimas em minha calça e peguei o papel, logo o desdobrando.

"Oi meu amor. Bom, isso é muito difícil de se escrever, mas preciso dar uma explicação para você. 

Talvez nesse momento você esteja triste, talvez esteja com raiva de mim, talvez me odeie, mas por favor não fique assim, não me odeie pois eu amo muito você, e vou continuar amando. 

Algum tempo atrás eu descobri que tinha câncer, essa notícia me abalou por um bom tempo mas eu nunca quis demonstrar para ninguém, decidi que era melhor não contar para nenhum de vocês, talvez eu estivesse errado, mas senti que era a coisa mais certa a se fazer, não queria ninguém sofrendo por antecedência, só queria aproveitar o máximo que podia com todas as pessoas que amo, queria aproveitar de um jeito feliz, queria que vocês tivessem apenas lembranças boas comigo, não queria ninguém ficando mais triste a cada dia que se passava por estar mais perto de minha morte, por isso eu não contei para vocês.

Com o tempo eu fui piorando, comecei a ficar pálido demais, os meus desmaios ficaram muito mais frequentes, eu implorei para que o doutor falasse pra vocês que eu apenas estava me alimentando mal. 

Eu aguentei o máximo que podia, por você, eu queria passar o resto da minha vida com você, queria que você fosse a mãe dos meus filhos, queria cuidar e proteger você pra sempre, mas eu sabia que esse era um sonho que eu infelizmente não poderia realizar.

A última coisa que eu queria era que vocês me vissem totalmente fraco e acabado em uma cama de hospital, eu iria começar a perder meu cabelo, pouco a pouco até ele cair todo, isso era outra coisa que eu não queria que você visse, sei como você amava meu cabelo e brigava sempre que eu dizia que ia cortar.

 Por isso decidi acabar com minha vida antes que eu virasse uma pessoa totalmente fraca e dependente, queria que vocês lembrassem de mim enquanto eu ainda parecia bem.

Quero que diga à Isabella e ao Joshua que amo muito eles. E quero mais que tudo, que você me perdoe. Por favor, não chore, você prometeu. Seja forte por mim, o Taehyung, o Joshua e o Vernon vão cuidar de você. Obrigada por me fazer o homem mais feliz do mundo enquanto eu estava vivo, eu amo você, e te amarei para sempre. Espero que possa me perdoar.

Para sempre, seu angel."

Chorei mais ainda ao ler essa carta. Nunca imaginei que Hannie estaria pasaando por todo esse sofrimento. Ele nunca deixava de sorrir. Eu prometi para ele que não choraria, mas essa promessa eu teria que quebrar um pouco.

Voltei até Joshua e entreguei a carta em uma de suas mãos enquanto eu segurava a outra mão dele. Ele leu e começou a chorar mais ainda, assim como eu. O abracei forte.

- Olhe pra mim. - ele segura meu rosto com suas mãos. - Precisamos ser fortes, por ele. Eu amo você, não vou sair do seu lado.

- Também te amo Josh. - ele me abraçou forte novamente, fazia carinho em meu cabelo enquanto tentava cessar o seu e o meu choro. Mas nada adiantava, a dor que se fazia presente em nós dois era intensa demais.

Escutamos um barulho e vimos que era Vernon, Yukwon, Isabella e Jae correndo em nossa direção. Isabella estava chorando muito, lágrimas escorriam do rosto de Yukwon, Jae e Vernon pareciam estar em choque. Com certeza eles já souberam.

- Maninha... - corro para os braços de meu irmão e Isabella toma meu lugar abraçando Joshua.

- Eu não sinto mais vontade de viver Vernon. - entrego a carta de Jeonghan para meu irmão.

- Nem pense em falar isso de novo, Jeonghan pediu para você ser forte. Você não pode me abandonar.

[…]

Depois do ocorrido, eu não saí de casa nenhuma vez, não tinha ânimo nem vontade de fazer nada. Haviam se passado 5 dias e meu irmão ficava cada vez mais preocupado. Muita gente vinha me fazer companhia, para tentar me animar, até mesmo Wonho veio. 

Taehyung vinha todos os dias e ficava o máximo que podia, sempre tentando me animar, mas eu simplesmente não conseguia.

 Eu ficava deitada em meu quarto o dia todo, só comia porque Vernon enfiava a comida guela a baixo em mim.

- Oi! - Taehyung entra sorridente em meu quarto.

- Oi. - respondo baixo.

- Vamos sair hoje. - ele fala sentando ao meu lado na cama.

- Não quero.

- Mas você vai.

- Taehyung. Eu não vou. - falo séria e ele se emburra.

- Eu não vou desistir de animar você, assim como você não desistiu de mim quando o Jin morreu. Estou aqui e não vou embora, não adianta reclamar.

 

 

 


Notas Finais


DOEU MT ESCREVER ISSO


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...