História ~My Evil Daddy//Kim Taehyung (Incesto) - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook, Personagens Originais, Suga, V
Tags Amor, Bangtan Boys, Bts, Comedia, Drama, Família, Filha, Fluffy, Hentai, Hetero, Hot, Imagine V, Incesto, Jimin, Jungkook, Kpop, My Evil Daddy, Pai, Proibido, Romance, Sadomasoquismo, Sexo, Taehyung, Violencia, Yoongi
Visualizações 638
Palavras 552
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Ficção, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 20 - Meu anjo da guarda


Fanfic / Fanfiction ~My Evil Daddy//Kim Taehyung (Incesto) - Capítulo 20 - Meu anjo da guarda

Ao decorrer de uma semana,tudo estava muito monótono, eu ia para escola e voltava para casa direto,hoje estava voltando mais uma vez de tarde. Taehyung esta na sala...ele se cobre com uma manta pequena mas grossa,tossindo bastante e a seco, parecia que havia voltado mais cedo decorrente da provável gripe.

-Taehyung o que faz tão cedo aqui?-digo me sentando ao seu lado e colocando a mão em sua testa para saber se estava com febre alta.

-eu achei melhor voltar...não estou me sentindo bem hoje,então acho melhor ficar de repouso.Pra ir trabalhar amanhã, mas não precisa se preocupar.-diz ele a tossir mais,o tempo estava começando a gelar e ter algumas rajadas de vento.

-é melhor não dormir aqui...dorme na sua cama!-digo tentando o tirar dali.

-não quero que durma aqui,não é lugar pra uma mulher delicada como você-diz ele se cobrindo e sinto que ele tinha alguns calafrios.

-então vou ter que cuidar de você muito bem hoje!-digo o puxando e ele se apóia em mim subindo degrau por degrau com dificuldade até o quarto.

Passa-se dois dias e a gripe persiste mas vejo melhora em seu estado,digamos que quase curado!

Ao anoitecer preparo uma sopa com bastante legumes,assim como minha mãe fazia pra mim quando era bem pequena e pegava alguma doença ou infecção, nunca me esqueci do gosto daquela comida quente.Vejo que já está boa,levo para Taehyung comer,assim ele podia se recuperar melhor.

-A sopa está pronta-digo entrando e ele se ajeita me olhando.

-obrigado-diz ele que pega o prato de minha mão, mas eu faço questão de dar-lhe na boca.

-vai comer como um bebê hoje-digo e ele engole sem exitar.

Acaba-se aquela refeição e eu recolho as coisas.

-Acho que você está bem melhor...antes nem comia-digo e ele sorri.

-por que eu tenho alguém que cuida de mim,uma anjo da guarda...por isso amanhã eu vou trabalhar-diz ele e eu retribuo seu olhar.

-não vai!o médico te restringiu até mais um dia em casa,se lembra?

-mas eu me sinto muito bem mesmo,posso até correr!

-são ordens do médico-digo dando um beijo em sua testa.

-e suas também-diz ele rindo.

-agora eu vou lavar isso-digo pegando as coisas.

Ao subir novamente para ver como Taehyung estava como faço todas as noites,vejo que ele se troca,tirando peça por peça noto seu corpo me relembrando de seu toque,apenas de box ele procura sua camisa ou pijama no caso se abaixando.

-não está Ai-digo adentrando o quarto o fitando.

-desculpa eu vou me trocar-diz ele se levantando.

-ainda está doente...pode precisar de ajuda-digo me aproximando.

Ele me puxa pela cintura me jogando contra parede em beijos de tirar o ar totalmente, suas mãos grandes envolvem meus seios os apertando enquanto seu coração em ritmo acelerado denúncia suas pretensões.

-estou vendo como se curou daddy-digo mordendo o lóbulo de sua orelha,lambendo seus pescoço enquanto o chupo.

-melhor ir dormir porque não me responsabilizo se pegar uma gripe!-diz ele envolvendo sua língua molhada e quente na minha boca de maneira sensual.

-eu estou com muita saudade a-digo entre um beijo e outro,ainda com as costas coladas na parede,ele pressiona seu corpo contra o meu,erguendo minhas pernas em sua cintura.

-vou me sentir culpado se fizermos de novo...mas mesmo assim não consigo mais parar!-diz ele abrindo o meu sutiã por trás,lançando a faísca para explodirmos na cama e na mesma que ele me joga,por que o proibido nos excitava?porque as coisas não podiam ser mais fáceis?só sabíamos que não era mais possível resistir.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...