História My Ex Boyfriend - Imagine Park Jimin - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Imagine, Jimin, Park Jimin, Romance
Visualizações 153
Palavras 1.873
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oieeee!
Mais um capítulo e espero que vocês gostem
Muito obrigada aos favoritos e comentários <3
Atualizei a capa, espero que tenham amado como eu kk
Me desculpem pelos erros e pela demora, tentarei não demorar tanto para os próximos capítulos

Boa leitura *-*

Capítulo 9 - Eu te perdôo


Fanfic / Fanfiction My Ex Boyfriend - Imagine Park Jimin - Capítulo 9 - Eu te perdôo

Jimin P.O.V

 

11/03/2017   12:45

 

Toco a campainha, ouvindo risos altos dentro da casa e vários passos apressados. Sinto meu estômago revirar pelo nervosismo, ter que encará-lo não seria tão fácil depois do que eu havia feito em sua própria festa. Quando ouço o barulho da chave na tranca da porta, dou um sorriso fraco, tentando ter forças para prosseguir.

Quando a porta é finalmente aberta, sinto meu sorriso sumir e meu coração se despedaçar um pouco mais, assim como todas as vezes que a vejo. Na minha frente estava _____ surpresa, com somente a blusa de Yoongi no corpo, enquanto ele a abraçava por trás, com o rosto afundado na curvatura do pescoço dela, com seu peitoral a mostra. Forço um sorriso, tentando ignorar o nó em minha garganta. Nada os impedia de ficarem juntos.

- Jimin - _____ fala baixo fazendo Yoongi hyung finalmente me olhar. Um sentimento de culpa me atinge ao ver seu rosto e peitoral com machucados. Desvio o olhar, engolindo em seco. – O que faz aqui? - _____ pergunta me fazendo olhá-la e lembrar que há exatamente um dia atrás, ela estava pela última vez em meus braços.

- Vim ver como o hyung está... – respondo baixo, tentando disfarçar a dor que aquela cena estava me causando. – Está muito bem pelo jeito... – sussurro para mim mesmo mordendo meu lábio inferior fortemente, segurando meu ciúmes. – Quero pedir desculpas pelo o que eu fiz – falo olhando para ele que não expressava nenhuma reação. – Estraguei a festa e por um motivo idiota – continuo falando, mesmo não achando que era um motivo idiota. – Me perdoa, hyung – peço me curvando em sua direção.

- Tá tudo bem, Jiminnie – olho para ele que exibia um sorriso doce. – O que acha de entrar e almoçar com a gente? – ele pergunta gentilmente, abraçando _____ mais forte, e fazendo eu recusar o convite mentalmente. Não conseguiria ver eles juntos nem por mais um segundo. Antes que pudesse recusar, Yoongi hyung me puxa para dentro de sua casa e somos seguidos por _____ que fecha a porta. – Acho melhor nós trocarmos de roupa – ele comenta me soltando e olhando para _____ que assente. – Fica à vontade – Yoongi hyung diz com um sorriso e junto com _____, vai para seu quarto.

Me sento no sofá, ainda incomodado com a ideia de ficar ali, mas precisava me acostumar em ver eles juntos. Respiro fundo, tirando minha jaqueta e deixando de lado no sofá. Quando olho para o corredor, consigo ver a porta do quarto um pouco aberta, conseguindo olhar o lado de dentro, que continha uma cena que fez meu mundo desabar.

_____ estava de pé, perto da cama de Yoongi, vendo roupas que pareciam ser suas, quando Yoongi, já trocado, a abraça por trás e começa a distribuir beijos no pescoço dela enquanto passava as mãos por todo o corpo dela. Ela vira na direção dele, o parando e o beija, deixando alguns sorrisos escaparem durante o beijo.

Desvio meu olhar, sentindo uma lágrima escorrer por meus olhos, a qual seco imediatamente, percebendo marcas de unhas em minha palma, havia fechado minha mão durante a cena e nem percebi o tamanho de minha força. Dessa vez não iria interferir em sua vida, por mais que isso esteja me matando lentamente.

Volto meus olhos para o corredor, vendo um Yoongi todo sorridente saindo e fechando a porta do quarto, vindo em minha direção. Engulo em seco, tentando manter a calma. Yoongi hyung dá um tapinha em meu ombro e vai até a cozinha, decido segui-lo.

- Precisa de ajuda? – pergunto vendo o mais velho negar, pegando alguns pratos e pondo em cima do balcão que dividia a cozinha da sala. – Sei que é um pouco estranho eu falar isso para você, mas eu preciso dizer – falo apertando minhas mãos pelo pequeno nervosismo. Yoongi hyung para de pegar as coisas e me olha, me aproximo dele. – Eu prometi à _____ que deixaria ela ser feliz, mesmo se fosse sem mim... – começo falando baixo e sem conseguir olhar para o hyung. – Eu só quero ter certeza de que você não vai magoá-la como eu fiz – comento, finalmente olhando para ele e engolindo em seco. – Apesar de tudo que aconteceu, eu ainda amo ela, muito, e sei que você também a ama tanto quanto eu, só peço que a trate como ela merece – completo olhando para o chão. – A trate como eu não a tratei... – sussurro para mim mesmo e olho de relance para Yoongi.

-Eu prometo, Jiminnie – olho para ele que sorria largamente. – Prometo amar e cuidar dela, mesmo que ela não escolha ficar comigo – ele comenta, me deixando confuso. – Ela nunca me olhou do jeito que eu sempre olhei para ela, talvez isso tudo seja só um jeito de te esquecer – ele diz abaixando a cabeça, me fazendo sentir sua dor. – Ou um jeito de perceber o quanto sente sua falta – ri anasalado da própria dor. – Ela ainda te ama, sabia? – pergunta me olhando, fazendo eu ver seu olhar tão vazio. Decido permanecer calado. – Sempre vai te amar – completa com um sorriso fraco. Antes que eu pudesse dizer alguma coisa, ouvimos alguns passos e voltamos a pegar todas as coisas.

- Que cheiro bom! - _____ exclama vindo nos ajudar. Por poucos segundos, trocamos olhares, e algo em seus olhos me dizia que ela havia escutado tudo. – Ficaram me esperando? – ela pergunta divertida. – Não conseguem fazer nada sem mim, né? – diz convencida, arrancando sorrisos nossos.

- Convencida! – Yoongi hyung acusa, jogando um pano no rosto da garota. Ouvimos sua risada e logo todos nós já estávamos na mesa, com nossos pratos prontos.

- Então - _____ pigarreia, quebrando o silêncio constrangedor, me fazendo querer voltar há 5 segundos atrás. – Você e a Yang Mi estão juntos? – ela pergunta em um tom seco. Ciumenta como sempre. Dou um sorriso pela sua reação ao assunto.

- Não – respondo sorrindo largamente. – Isso nunca vai acontecer – completo ouvindo um suspiro aliviado da garota. Yoongi hyung continuava quieto e brincava com a comida em seu prato. – E vocês? – pergunto fazendo _____ engasgar com seu suco e Yoongi hyung finalmente olhar para nós.

- Ainda não – Yoongi hyung responde divertido, abraçando _____ de lado, que estava com os olhos arregalados. Dou um riso fraco, tentando ignorar a cena na minha frente.

 

~ Quebra de Tempo ~

 

O resto da refeição correu “bem”, tirando que os dois ficavam agindo como um casal na minha frente, parecia que estavam me provocando. Não sei como os talheres sobreviveram em minhas mãos. Tínhamos tirado a mesa e eu já estava indo embora, antes que perdesse o controle.

- Eu vou com você até lá - _____ comenta saindo da casa comigo. Andamos lentamente até meu carro em completo silêncio, ninguém tinha coragem de dizer algo. – Eu ouvi o que você disse pro Yoongi na cozinha – ela comenta, de braços cruzados, se encostando de costas em meu carro, enquanto eu permanecia em pé na sua frente. – Obrigada – ela sussurra sorrindo fraco, retribuo seu sorriso.

- O que você sente por ele? – pergunto, mesmo que me doesse perguntar isso, devia isso a ele. – Não seria legal se você estivesse com ele sem gostar dele – comento meio sem jeito. – Ele gosta muito de você.

- Por que você está falando disso? – pergunta se mexendo um pouco, sinto seu nervosismo.

- Ele é meu amigo, não quero ver ele se magoar – respondo como se fosse óbvio.

- E eu sou sua namorada – responde em um tom elevado. Quando percebe o que disse, coloca suas mãos na boca, me olhando com os olhos arregalados. Dou um sorriso de lado. – Eu... – ela pigarreia. – Eu sou sua... – ela me olha confusa, sem saber o que realmente somos, nem eu sabia.

- Amiga? – pergunto meio receoso, tentando completar sua fala.

- Amiga – responde sorrindo e suspirando aliviada, provavelmente tensa pelo que disse.

- Preferia namorada – sussurro para mim mesmo, de cabeça baixa. Estava sentindo como se estivesse sendo traído por ela, sentindo a dor que ela sentiu. Talvez menos por não existir mais nada entre nós.

- O que? – ela pergunta confusa e arqueando uma de suas sobrancelhas.

- Eu sinto sua falta – deixo escapar, a assustando, assim como a mim mesmo. – Eu não sei mais o que fazer, _____ - continuo com o assunto, me aproximando dela e liberando aos poucos o aperto em meu peito. – Você é o amor da minha vida, e sem você... – respiro fundo tentando não desmoronar na frente dela. Vejo ela engolir em seco conforme eu dava um passo. – Sem você meu mundo não tem cor, não tem sentido – pego suas mãos, as segurando fortemente, matando a saudade que sentia de seu toque. – Eu sei que pisei na bola – comento vendo ela rir anasalado, como se essa expressão fosse pouco para o que eu fiz. – Só me dá mais uma chance de arrumar toda essa confusão – peço vendo os olhos dela se encherem de lágrimas, assim como os meus.

- Jimin, não dá – ela responde com a voz embargada e apertando minhas mãos. – Algum lugar ai dentro – ela aponta para a região do meu coração. – Sabe que eu sinto tudo isso por você – disse se referindo à tudo que eu falei. – Eu te amo – ela confessa com uma lágrima escorrendo em sua bochecha. – Mas eu nunca vou esquecer o que você fez.

- Eu sei que não vai – falo rapidamente, desesperado. – Eu só peço que você me perdoe – peço me ajoelhando na calçada e abraçando sua cintura. – Podemos fazer memórias novas – comento a apertando e ouvindo ela soluçar por entre as lágrimas que pingavam em minha cabeça. – Não acabe com “nós” – peço beijando cada parte de seu corpo, enquanto me levantava e lágrimas escorriam por meu rosto. Seco suas lágrimas com selares rápidos. Quando chego em seus lábios, me seguro e me afasto, apenas a abraçando fortemente. Apenas a beijaria quando tudo voltasse ao normal. – Me perdoa?

- Eu te perdoo, mas preciso viver mais um pouco sem você – ela fala afundando o rosto em meu ombro, molhando um pouco minha camiseta. Odiava vê-la chorar, mas isso estava mais fácil do que eu conseguir fazer ela sorrir.

- Vou tentar aguentar ver você com outro – comento respirando fundo e sentindo ela retribuir meu abraço. – Sei que prometi te deixar ir, mas eu realmente não consigo – falo rindo fraco e sentindo ela deitar a cabeça em meu peitoral.

- Não reclamei disso – fala e percebo que ela estava sorrindo. Ela respira fundo e então se afasta de mim. – Você quer ficar mais um pouco? – ela pergunta me olhando.

- Acho melhor não – respondo vendo ela fazer um biquinho. – Vou deixar o casal em paz – comento sorrindo.

- Yah! – ela bate fraco em meu peito. – Nós não namoramos.

- Ainda – completo correndo dela que ameaçava me bater. – Eu vou indo agora – me aproximo lentamente dela. – Tchau, noona – me despeço dela dando um beijo em sua testa. Entro no carro e abro o vidro do lado do passageiro, vendo ela. – Te amo – comento vendo ela sorrir.

- Também te amo – ela responde acenando e dou partida no carro, sorrindo igual um idiota por tudo que conversamos ali. Simplesmente amava aquela mulher, e daria a ela todo o tempo necessário.

Desde que ela volte a ser minha.


Notas Finais


É isso galeris!
Como eu amo esse homem *-* (me desculpa, Kookie)
Espero que vocês tenham gostado e obrigada por lerem até aqui <3
Comentários são sempre bem vindos e até o próximo capítulo
Beijosss ^-^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...