História My fake girlfriend - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ariana Grande, Bradley Steven Perry, Chaz Somers, Christian Beadles, Cody Simpson, Justin Bieber, Kristen Stewart, Lily Collins, Ryan Butler, Shawn Mendes
Personagens Ariana Grande, Bradley Steven Perry, Chaz Somers, Christian Beadles, Jaxon Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Kristen Stewart, Lily Collins, Ryan Butler, Shawn Mendes
Tags Ariana Grande, Fake, Girlfriend, Gravidez, Jariana, Justin Bieber, Namorada Falsa
Exibições 335
Palavras 979
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oiii oiiii genteeeeee!!!!
Eu sei que disse que voltaria com duas semanas, mas aí veio as provas e eu preferi esperar passar para poder voltar a postar normalmente, então hoje faz exatamente um mês desde o último cap e hoje vou dar a continuidade a história.
O cap de hoje é um hot, não sou muito boa em hots mas esse cap era essencial na fanfic.
Espero que gostem!
Boa leitura!
Bjsss

Capítulo 12 - Aquela noite...


Fanfic / Fanfiction My fake girlfriend - Capítulo 12 - Aquela noite...

POV Ariana grande

" eu estava do lado de fora da boate esperando por justin que disse que viria me buscar. um dos carinhas que havia ficado lá dentro apareceu de repente aqui fora e começou a me beijar, eu retribui, estava tão bêbada que não conseguia raciocinar direito. quando senti o cara tinha sido puxado de perto de mim e um justin raivoso me arrastou para dentro do carro.

- para que essa grosseria toda justin? - perguntei fingindo estar emburrada.

- você bebeu muito ariana, não vou conversar com Você sobre isso hoje.

- deixa de chatice, parece ate meu pai!

- não sou seu pai, mas sou tecnicamente seu namorado, então tenho todo direito de reclamar com você, se te encontro beijando outro cara! - hii! Ele tava com raiva mesmo.

- OK justin. - disse e não falei mais nada o caminho inteiro.

**************************

Chegamos em casa e fomos para o quarto silenciosamente para que ninguém acordasse. Quando chegamos no quarto me joguei na sua cama e Fechei meus olhos, com certeza no dia seguinte eu perceberia o quão ruim foi esse dia, talvez o pior.

- porque beijou outro cara na mesma noite que descobriu o que eu sentia por você? - ele perguntou em um tom de voz baixo, mas eu consegui ouvir.

- é que la no fundo desde de o inicio eu gostava de você, e sinceramente, é uma droga gostar de você justin! É uma droga ter esse sentimento dentro de mim e passar todo aquele tempo fingindo te odiar! - disse  batendo em seu peito. - mas hoje eu resolvi beber para esquecer essa bosta de sentimento e esquecer você! só que eu precisei de você e preciso, eu preciso de você. - disse o encarando e em um piscar de olhos ele me beijou, talvez um beijo melhor do que qualquer outro, havia sentimento nesse e a pegada de justin era incomparável.

Fui empurrando justin para traz e ele caiu sentado na cama. Subi em cima dele colocando uma perna em cada lado das suas pernas. Nós nos beijamos com voracidade e desejo, acho que nunca havia me sentido tão bem só por conta de estar beijando uma pessoa. Abri os botões de sua camisa tirando ela e jogando a mesma para qualuqer canto do quarto, so que justin se esfastou um pouco e ficou me encarando.

- o que aconteceu? - perguntei com as mãos no seu rosto.

- você bebeu demais, vai acabar nem se lembrando disso, não posso fazer isso com você! - disse com uma expressão indecifrável.

- eu não vou, eu prometo. Vai ser a melhor noite da minha vida! - disse alisando seu rosto e voltando a beijar ele, que sorriu entre o beijo.

ele levou suas mãos até o zíper do meu vestido puxando ele para baixo, puxou as mangas que escorregaram pelo meu braço.

Me deitei por cima dele e voltamos a nos beijar selvagemente, suas mãos passeavam pelo meu corpo quando ele nos virou me deixando por baixo. Sorri e ele retribuiu o sorriso, ele começou a beijar todo meu corpo me deixando ainda mais quente do que eu já estava, se é que isso era possível. Ele beijou minha barriga inteira e depois pulou os beijos para as minhas cochas e virilha, ele me encarou por um breve instante sorrindo malicioso e depois beijou minha parte íntima ainda coberta pelo fino tecido rendado da calcinha, eu gemi em reprovação e ele soltou uma leve risada.

Ele veio até mim novamente e me beijou mais uma vez, enquanto descia as alças do sutiã, me levantei um pouco e rapidamente ele levou suas mãos para minhas costas abrindo o fecho do sutiã. Voltei a me deitar e ele me encarou por um tempo me fazendo corar. Ele percebeu e logo voltou a me beijar.

Seu toque me fazia pegar fogo e eu acredito que nunca havia ficado tão exitada até hoje. Fui para cima dele e levei minhas mãos para a fivela do cinto da sua calça, retirei o sinto e logo depois retirei sua calça com sua ajuda. Voltamos a nos beijar e eu conseguia sentir sua ereção rossando em minha intimidade. Soltei um levo gemido quando nossas intimidades se chocaram e arranhei de leve a nuca de justin.

- você me deixa louco ana! - sussurrou em meu ouvido me deixando com ainda mais vontade de senti-lo dentro de mim.

Empurrei ele descendo até sua cueca e brinquei com o elástico encarando ele, depois fui descendo ela lentamente, até ele estar completamente nu. Ele ficou por cima de mim novamente e retirou minha calcinha com os dentes o que foi completamente sexy do meu ponto de vista.

Puxei ele pela nuca e o beijei urgentemente eu estava quase implorando para ele adiantar logo as coisas.

- eu preciso de você justin!  - disse em seu ouvido, em seguida mordendo o lóbulo da sua orelha.

- seu desejo é uma ordem! - ele respondeu antes de me invadir e me fazer sentir completa.

Ela começou em um vai e vem lento só pra me provocar, e depois foi acelerando gradativamente enquanto massageava e chupada meus seios.  Eu gemia feito uma louca e talvez Londres inteiro pudesse ouvir, mas aquilo pouco me importava agora. Justin levou seu polegar até meu clitóris precionando os mesmos, me fazendo sentir ainda mais prazer. Eu estava quase chegando no clímax e acreditava que ele também. Ele deu mais algumas estocadas e eu tive o orgasmo mais maravilhoso da minha vida, e ele logo em seguida, caiu exausto ao meu lado.

Me acomodei em seu peito nu e quando minha respiração normalizou encarei seus olhos castanhos claros completamente desnorteada.

- eu te amo! - eu disse como se tivesse o contando um segredo antes de cair no sono...."

********************************

E foi isso que aconteceu naquela noite, se arrependimento matasse eu continuaria vivinha, só gostaria de ter me lembrado para tudo não ter acabado como acabou...


Notas Finais


Então genteney esse foi o cap de hoje, eu espero que vocês tenham gostado, comentem e digam o que vocês acharam, assim fica mais fácil de saber se devo ou não fazer mar hots para vocês!
Beijinhos, comentem e favoritem (não sejam leitores fantasmas)!!!
Amo vocês, terça tem mais!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...