História My Fallen Angel Seokjin [ Em correção ] - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jin, Personagens Originais
Tags Bts, Imagine, Jin, Seokjin
Visualizações 73
Palavras 1.387
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 16 - Who am I?


Fanfic / Fanfiction My Fallen Angel Seokjin [ Em correção ] - Capítulo 16 - Who am I?

  Vocês continuaram seu caminho por entre aquela floresta podrida e seca, aquele lugar decaído como disseram.


 Talvez esse não fosse mesmo seu lugar e você sequer sabe onde pertence, você pensava que se talvez conheça seu pai, então talvez possa entender a si mesma melhor. 


  - Quanto tempo ainda temos? - resolveu perguntar e matar sua curiosidade.


   - Demoramos uns 30 minutos naquela floresta por sorte ou por que estávamos na companhia de Juhseung Saja não fomos atacados pelos demônios da floresta o que nos poupou tempo, porém sua batalha com o guardião Chiha Yo Chaggun demorou pelo menos umas duas horas - responde Jin.


  - Tudo isso? - você estava abismada.


  - Sim - gritou Hoseok.


  - Shh - falaram todos.


- Você pode chamar a atenção de algum demônio - Nam o repreendeu - e perderíamos mais tempo.


- Como vocês sabem pra onde ir? - perguntou em dúvida.


  - Já estivemos aqui um vez, lembra que te dissemos?


Você franziu o cenho e parou - Esperem - todos paralisaram imediatamente e olharam para você - vocês estam me escondendo alguma coisa. Vocês me disseram que vieram por uma passagem, ou seja, um portal sei que só pode permanecer aqui no máximo 24 horas não tem como vocês conhecerem tudo ainda mais sabendo que cada portal abre e um lugar diferente. Me digam a verdade.


  - Não temos tempo a perder - Nam a cortou.


  - Tudo bem eu não vou insistir, não agora mas eu vou querer saber. Uma hora ou outra vocês teram que me contar.


  Eles ficaram obviamente tensos, estavam escondendo algumas coisas de você, algumas coisa para importantes que não julgavam ser necessário você saber. E a desculpa sobre não terem tempo lhe caíam bem.


   Vocês voltaram  a andar, parecia que aquela floresta podrida não tinha fim ou um habitantes sequer. Parecia tão deserta e não letal.


  Pelo menos foi o que você pensou momentaneamente. Haviam pequenas criatura vermelhas junto a outras muito maiores e alguns outros que você pensara ser humanos.


Eles se pareciam muito com pessoas comuns, se certamente os visse na rua não desconfiaria deles. Não desconfiaria de sua árvore genealógica.


  - Quem são eles? - perguntou confusa.


  - Aqueles pequeno são Dokkaebis também chamados de Red Devils, aqueles muito maiores são Oni's eles  são demônio também, ogros. E aqueles que provavelmente acha que são humanos bem, são meio-Youkais e meio humanos ou eram, abandonaram sua humaninadade e se tornaram totalmente demônios, não se engane - Yoongi a explicou.


 Porém você continuava impassível, nenhuma reação ou expressão, um olhar totalmente vazio e desprovido de emoção - " Assim que deveria ser um verdadeiro anjo?" - pensou ao ter tais reações.


Todos ergueram suas lâminas e começaram a eliminar os demônios, inclusive você.


-" Se demônios são pessoas com almas corrompidas ou essas criaturas que não sei como surgiram... Pra onde vão depois que as eliminamos no seu lar?" - Apesar de buscar respostas você apenas se via com mais perguntas.


  Pareciam demônios que não acabavam​ mais, um atrás do outro, um grande exército dessas criaturas.


Você  mal se aguentava em pé, suas energias pareciam estar sendo sugadas.


  Finamente os eliminaram os que restavam e não apareceu mais nenhum. Todos se sentaram naquela terra seca remexida junto com aqueles monte de sangue das criaturas que mais pareciam gosma, com exceção dos meios demônios que realmente pareciam sangue. 


   Vocês descansaram por pelo menos 10 minutos em silêncio,  e você se perguntava quanto tempo realmente havia passado naquele lugar. Principalmente quanto tempo levaria para conseguir seu objetivo.


  - Cadê as almas que são atormentadas? - perguntou já que não viu nenhuma.


  - Escute - Jin mandou e você obedeceu.


Você ouviu gemidos de dor e agonia que até então tinham passado despercebidos por você - mas eu não as vejo - insistiu.


  - Estamos do outro lado, você não irá ver, esse é o caminho que só um louco percorreria. 


Mas vocês já são loucos, apenas por estarem ali.


  - No caso somos mais de um louco, mas por que apenas loucos percorreriam aquele caminho? 


  -  Por que a qualquer momento poderíamos ficar cara a cara com um Lord do inferno, um dos príncipes.


  - Aqui existem príncipes? - você estava confusa.


  - Sim, e a cada lugar pelo qual passamos e passaremos existe um guardião e seus templos.


  - Templos?  


   - Sim, onde eles moram. Um templo para cada um dos caídos.


- Você fala como se não fosse um também - Jimin alfinetou Jin.


   - É complicado - você respondeu.


  - Não muito, existem sete deles e tem a possibilidade  de ficar frente a frente a qualquer um deles por esse caminho. E eles são extremamente fortes, talvez não conseguiremos sobreviver ou ir em frente, se isso acontecer.


  - Pra quem não acreditava em nada disso, nem em céu e muito menos em inferno, estou ferrada. E quem são os príncipes?


   - Asamodeus, Azazel, Satanás, Samael, Belphegor, Mammon e seu pai. Eles são os príncipes e os piores dos piores nós sequer temos chance contra eles, mas também existem outros demônios não tão forte como eles mas perigosos.


Demônios tão vils e cruéis, mas sua astúcia e trairagem são seus maiores " qualidades".


Você definitivamente estava com medo, mas não de se machucar mas de perder Jin, de não tê-lo mais consigo.


Nessa luta tudo é possível, poderia perder Jin e queria tê-lo para si, mesmo em um pequeno gesto, um selar na testa, um sorriso, um carinho José cabelos.. Qualquer coisa que lhe aproximasse ainda mais do mesmo.


E foi pensando em como o queria perto de si que se levantou e se aproximou dele.


    - Jin me beija? - pediu se sentando em seu colo. Você tomou os lábios grossos de Seokjin contra o seu, sem permissão sua língua adentrou a boca dele, ambos ávidos um pelo outro  - você é meu e eu não quero te perder, não quero que nenhum desses demônios nojentos machuque você ou nossos amigos - você encostou sua cabeça no peitoral largos de Jin.


  Ele tocou em seu cabelo, colocou a mecha de cabelo que estava em seu rosto atrás de sua orelha e sorriu - Também não queremos que você se machuque, eu te amo tanto - você sorriu amplamente, não se cansava de ouvi-lo dizendo que te ama.


  - Também te amo bobinho - e beijou seu nariz - ainda falta muito pra gente chegar?


  - Sim, vamos ter de se apressar e correr se não nós iremos conseguir chegar até seu pai.


  - Então vamos - se levantou e ele também, os outros também se levantaram em seguida - vamos descobrir quem eu realmente sou.


  - Isso nós já sabemos - respondeu Jimin - você é uma garota louca que resolveu se aventurar no inferno - ele estava sendo sarcástico.


  - Está passando muito tempo com o Yoongi, Jimin - disse Hope rindo.


  Vocês começaram a andar novamente, andaram e andaram, parecia que não acabava mais, estava quente, não anoitecia ou qualquer coisa assim era tudo artificial de mais. 


  Estavam confiantes, nenhum demônio havia aparecido, vocês enfrentaram apenas os guardiões de cada portão que passaram.


Passaram horas andando, mas por incrível que pareça nenhum de vocês sentiam fome ou sede.


  Faltavam poucas horas e muito menos terreno para percorrer, estavam muito cansados mas não queriam parar e perder tempo. Poderiam ter algum contra tempo e isso os prejudicaria.


  Mas o cansaço venceu, ninguém pode lutar e correr por horas seguidas, chegar onde estavam foi cansativo, todos se sentaram em círculo.  Abaixam a cabeça para descansar até mesmo o pescoço que doía e ficaram em silêncio.


  - Ora, ora, o que temos aqui - alguém falou e todos ergueram seus olhares assustados. Eles empunhavam espadas - não se mexam - a ponta da espada dele tocou suas costas.


  - Quem é você? - perguntou e ele riu.


  - Quem sou eu? Isso eu quem deveria perguntar gracinha, ainda mais por não saber quem sou eu.


  - Ainda não sei quem é você - falou irritada.


  - Se levante - ordenou e você obedeceu - se vire de frente - novamente obedeceu - Eu sou filho de Lilith e Adão - sorriu de lado - Rei Esquecido de Sodoma, Asmodeus o destruidor. Agora me diga quem é você, como uma humana conseguiu vir ao inferno e o que faz com anjos.
 
 
 
 
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...