História My Fantasy. (MadaSaku) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Tags Madasaku, Naruto
Exibições 153
Palavras 799
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Capítulo 2: Desculpa, meu amor...


"Claro...claro Madara-san.." concordei, com um falso sorriso.
"Fico feliz por isso. E triste também, pois há 50% da criança não possuir o sharingan. Se isso acontecer..bem...serei obrigado a matar o bebê."
O suor corria frio pelo meu corpo. Eu penso que Madara é louco, mas nem tanto assim...
"Claro Madara-san..ele nascerá com o kekkei-genkai dos Uchiha." ele sorriu de leve.
"Deixamos nossa rivalidade de lado." E me entregou alguns convites de nosso casamento, para que eu desse aos meus amigos e conhecidos. Está tudo tão planejado...[...]
Itachi me ajudou a voltar para casa, e eu o agradeci. Quando entrei em casa e ele foi embora, era madrugada. Não dormi nada ainda..e comecei a chorar. Deixei os convites na mesa de vidro no meio da sala, e corri para a cozinha. Eu, como foi aprendiz da Tsunade, sei várias receitas de vários remédios..e venenos. 
Peguei um pequeno pote, e algumas ervas. As amassei, até virar um líquido verde esquisito. 
"Se eu beber..vou encontrar paz finalmente..e meu Sasuke..." peguei o pequeno pote e coloquei em meus lábios.
Não. Não consigo fazer isso! Droga! Joguei o maldito pote no chão, derramando tudo..
"Maldita..maldita vida! Eu..EU TE ODEIO KAGUYA!" fechei meu punho, ameaçando de socar a parede. Mas..havia uma kunai em minha frente, nos meus equipamentos..peguei-a, e fiz um pequeno corte horizontal em meu braço esquerdo.
"É só isso Sakura..? SÓ ISSO? SASUKE MORREU, ESSE CORTE NÃO É NADA.." e fui fazendo, um atrás do outro. Meu braço sangrava e doía, mas era uma dor suportável.
"S-Sakura? Está tudo bem?" ouvi uma voz, mas não consegui identificar.
"Saia daqui! Me deixe sozinha!" 
Era o Yamato, e ele entrou, se surpreendendo.
"Sakura..?" Correu até mim. "O que você..."
"Saia daqui!" O ameacei com minha kunai. 
"Sakura, se acalma! Eu quero te ajudar!" 
"Me acalmar! COMO POSSO FICAR CALMA SE O SASUKE MORREU E-" percebi que não podia falar mais que isso. "E...eu não sei viver sem ele.." olhei para o chão, desanimada, e deixei a kunai cair. Yamato me olhou docemente, e se abaixou no chão, para ver que líquido verde era aquele. Sentiu o cheiro forte, e logo percebeu. Se levantou e me encarou.
"Sakura, você.."
"Eu não consigo mais viver..."
Meu braço ainda estava ensanguentado, e Yamato não hesitou em me abraçar. Ele sabia que eu precisava de conforto. Ele também me ajudou a curar meu braço. Conversei um pouco com ele, até me sentir melhor. Pelo menos um pouco.
"Sakura, o que são esses envelopes vermelhos com o selo dos Uchiha?" indagou ele.
"Não posso dizer agora, Yamato..mas, amanhã de tarde, você, e nossos outros amigos devem estar aqui, para eu contar sobre esses envelopes..pode ser? Eu irei avisá-los bem cedinho, se puder me ajudar, agradeço mesmo."
"Claro." sorriu. 
Agradeci por sua ajuda, e ele foi embora. Vi que horas eram no relógio, e...03:19 da madrugada! Estava morrendo de sono, e dormi no sofá mesmo.
Acordei e vi: 12:00! Aaah! Pelo bolinho de arroz! Devo tomar um banho, me arrumar e ir falar com meus amigos. 
Antes de sair, fiquei olhando um dos envelopes. O peguei, e abri, tirando o convite...
"É com grande honra que iremos celebrar o casamento de Uchiha Madara e Haruno Sakura. Contamos com sua presença!
Será as 17:00 no dia 03/06. 
*Neste dia, iremos nos juntar e formar um. Uma só alma.*"
Meu corpo paralisou por alguns instantes, mas balancei a cabeça, deixando o envelope no meu bolso.
Saí de casa e na medida que encontrava meus amigos, dizia que era para ele(a) ir a minha casa às 19:00, para uma pequena reunião. 
"Shino, Kiba, Shikamaru, Naruto, Ino, Neji, Hinata, Choji, Asuma, Kakashi, Kurenai...ainda faltam alguns" disse mentalmente.
Terminei de encontrar todos, e então voltei para casa, arrumá-la. [...]
Passaram-se as horas, e todos já estavam reunidos em minha casa. Ofereci chá a todos, mas só alguns aceitaram, pois estavam ansiosos demais.
"E então Sakura, o que estamos fazendo aqui?" perguntou Kiba. Respirei fundo antes de responder.
"Quero dar isso a vocês." peguei os envelopes, e dei um a cada um. E ainda sobraram 5. "Podem abrir por favor.."
Fiquei observando a reação de cada um, e não foram as melhores. Quando terminaram de ler, começaram a se perguntar, se aquilo era uma brincadeira. Até mesmo Shino, tirou seu óculos para ver se ele estava lendo coisas.
"Sakura, o que é isso?" perguntou Ino.
"Meu casamento..."
"Você está louca Sakura? LOUCA?" todos voltaram sua atenção a nós.
"Ino, por favor..."
"Sakura, pelo Sasuke, nós se afastamos e você se lembra bem disso. Está esquecendo ele por uma besteira?!"
"Ino, já chega." interviu Shikamaru.
"Cala a boca Shikamaru. Ninguém sabe melhor que você, que esse casamento...esse...casamento..É UMA MENTIRA!"
"E quem disse que não há amor entre nós?!"
Todos pararam. Se é um casamento de mentira, vamos mentir


Notas Finais


Qualquer erro de português, me avisem.
~kissus do Kankuro!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...