História My Fantasy. (MadaSaku) - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Tags Madasaku, Naruto
Exibições 100
Palavras 723
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Capítulo 5, novamente na visão da Sakura. Espero que gostem!
~kissus do Kankuro!

Capítulo 5 - Capítulo 5: Sorriso Idiota!


Acordei, naquela manhã chuvosa. Fiquei sentada na cama, olhando para a janela, enquanto os pingos de chuva caíam incessantes.
Eu não consguia mais dormir. Pensamentos rodeavam a minha cabeça, um mais confuso que o outro.
Um relâmpago se abriu no céu. Não me assustei, fiquei fixando meu olhar.
"Chidori..." deitei novamente, tentando não chorar. 
Mas levantei e fui ao banheiro. Logo, desci a escada e fui em direção a cozinha. Chá e biscoitos de chocolate, novamente. 
"Eu vou morrer de fome se continuar assim.." me levantei e me arrumei. Peguei meu guarda-chuva e saí de casa, para ir ao ramen.
Enquanto andava, vi algumas pessoas com o símbolo dos Uchiha em suas roupas. Bem, até agora nenhum problema...
Quando cheguei, desarmei meu guarda chuva e o deixei do meu lado. Sentei-me ao lado de um homem e fiz meu pedido.
"Eu quero 3 bolinhos de arroz e-"
"Pode deixar, eu te dou um pouco do meu saquê." o homem me interrompeu e me olhou. Era o Sai.
"Só isso senhorita?" 
"Só sim, obrigada." respondi e o homem do restaurante foi fazê-lo.
"Sai, o que faz aqui?" perguntei.
"Eu sempre estou aqui, todas as manhãs. " sorriu. "Mas e você?"
"Bom, eu...não consigo comer direito..o bolinho de arroz daqui, é bom." sorrimos. "Sai...como vai você e a Ino?"
Ele fixou seu olhar no prato. Era um ramen, que já estava quase no fim. Mas parece que depois da minha fala, ele perdeu a fome.
"Estamos..indo. Ela é bem gentil comigo, sabe.." mexeu no seu prato com o hashi. "Ela é bem consfusa. Mas gosto bastante dela. Quero vê-la feliz." sorriu. Logo, o homem do ramen me entregou meu pedido, agradeci e comecei a comer.
"Sai...confusa como?"
Ele parou por alguns instantes. Seu ramen já estava frio. Seu olhar ficou triste e frio, tentando pensar em alguma resposta. 
"Ela...ela não esqueceu o Sasuke. Eu penso que não vamos dar certo, por causa das memórias dela. Ela amou o Sasuke e continua amando..eu tendo mudar isso, mas não consigo." a chuva parou nesse instante. Terminei de comer e paguei.
"Nunca desista Sai..nunca...sei que ela gosta bastante de você." sorrimos. Quando estava indo embora, ele me chamou.
"Sakura, já comprei seu presente de casamento! Você vai gostar, eu juro!" sorrimos.
Cheguei em casa e vi o pequeno livro vermelho que Madara me deu, quando nos encontramos. Ele estava na mesinha, exatamente onde deixei, para não esquecer. Ele me deu este livro, para eu decorar o juramento de casamento, que não é tão simples assim. [...]
Fiquei a tarde e a noite inteira decorando aquele juramento.
"Finalmente! Finalmente!" dei um leve sorriso. "Está na hora de ir tomar banho."
"Psss!"
Quando fui descer a escada, ouvi esse barulho. Olhei por todos os cantos do quarto, mas nada.
"Psssss! Sakura! Aqui na janela!" fixei meu olhar na janela, e vi um homem sentado, com uma capa e um capuz na cabeça. Não tive como reconhecer.
"Q-quem é você?! Saia daqui!" me aproximei um pouco.
"Sou eu, Sakura." tirou seu capuz e se mostrou. "Kabuto, não se lembra?" ao mesmo tempo, me aliviei, mas continuei tomando cuidado.
"Como não esquecer de um traidor..."
"Isso foi a bastante tempo atrás, Sakura."
"Mesmo assim..o que quer aqui?" fui direta, e ele se surpreendeu.
"Não é assim que se trata um visitante, Sakura.." sorriu. "Mas bem, vim aqui, para você fugir comigo." 
"Fugir?! O que você está pensando Kabuto?! Meu casamento vai ser daqui a alguns dias e-"
"Você está feliz?" me interrompeu. "Está feliz mesmo?" olhei para o chão e respirei fundo.
"Se eu estou..feliz..."
"Sasuke era sua felicidade. Sempre foi. Você ainda ama ele. Mas é fraca demais para esquecê-lo. Você ainda é uma menina fraca orando por proteção. Estou errado?"
Eu queria dar um soco na cara dele! Mas me segurei.
"Vá embora Kabuto!" ele arrumou seu óculos. "Saia!"
"Se fosse aquela menina de alguns anos atrás que conheci..com certeza iria aceitar. " ofereceu sua mão, sorrindo. "Vamos Sakura, vamos fugir deste pesadelo. Eu vou te proteger pelo resto dos meu dias."
"Vai embora Kabuto! Não vou falar mais uma vez! Desapareça!" gritei.
Ele colocou seu capuz novamente e se levantou.
"Você vai se arrepender, Sakura." e assim, desapareceu na noite.
Fiz da dor, meu escudo. 
Chega de sofrer e chorar. Madara agora, é meu destino, e devo aceitar isso.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...