História My Favorite Alien - Imagine Taehyung (V) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Exibições 119
Palavras 2.560
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Escolar, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Eaí pessoinhas, mais um capítulo!

Capítulo 2 - Sentimentos a flor da pele


Fanfic / Fanfiction My Favorite Alien - Imagine Taehyung (V) - Capítulo 2 - Sentimentos a flor da pele

Pov’s Taehyung

Mantinha a caixinha de música em mãos. Droga Taehyung, por que você ferrou tudo?! Não podia segurar a vontade de beija-lá?! Eu gosto dela... mas não devia ter feito isso, pelo menos não agora. Ela estava tão perto que não pude me conter... mas eu só piorei as coisas. Voltei meu olhar para aquela caixinha, me lembro como se fosse hoje mesmo, lembro-me do embrulhinho desajeitado feito por ela quando me deu isto. Desde então, este é um dos meus objetos preferidos e que guardo com o maior cuidado.

Vou tentar conversar com ela na escola, espero que ela me ouça.

_____________________________________________________________________________

Pov’s ______

2 dias depois - Intervalo

Contava a Ra Min o quê havia acontecido na casa de Taehyung no dia do trabalho. Depois daquele dia ele foi conversar comigo sobre o quê aconteceu, ele pediu desculpa umas 3 vezes só naquele dia então eu acabei cedendo, mas não perdi a seriedade no olhar ao falar com o mesmo. Sobre aquele trabalho nós conseguimos terminá-lo, cada um fez sua parte em casa, eu não queria encontrá-lo por um bom tempo. Ra Min foi em direção a algumas amigas dela e se despediu de mim, também por quê eu disse que iria comer pois ainda não havia feito isso. Estava morrendo de fome.

Me direcionei a mesa onde ficavam as comidas e peguei uma omelete e um suco de maracujá, é meu suco preferido desde que me entendo por gente. Me direcionei as mesas do refeitório e percebi que todas estavam lotadas. Iria tentar sentar em algum canto quando sinto alguém segurar meu ombro. E para a minha “sorte” era Taehyung.

- Sente-se com a gente!- Ele falou sorrindo levemente.

- Não, eu estou bem.- Disse em um tom pouco grosseiro.

- Eu já conversei com você sobre o que aconteceu certo? Então deixe eu me desculpar!- Ele falou e antes que eu pudesse contestar o mesmo já me puxava, não estava afim de fazer um alvoroço, ainda mais em uma escola somente de ricos.

Chegamos em sua mesa, todo o resto do BTS estava ali já na metade de seus lanches até que notaram nossa presença, eles sorriram para mim. Sorri levemente por educação.

- Gente, essa é a ______, aquela que eu comentei com vocês.- Ele disse em tom suspeito, ele falou de mim para eles?

- Prazer em te conhecer ______, sou Jimin.- Disse o garoto de eyesmile que eu achava fofo, afinal, todos daquela escola os conheciam.

Obviamente todos eles se apresentaram, até que pareciam gentis... Estranho, geralmente eles sempre estão passando por aí esnobemente enquanto diversos alunos os invejam. Sorri levemente para parecer educada e voltei minha atenção a minha comida, a qual mordi mais um pedaço. Agitei e abri meu suco de maracujá e estava delicioso, ele era uma das melhores bebidas daquela escola.

- Parece que esse suco ainda é seu favorito né?- Ouvi Taehyung dizer baixinho, arregalei os olhos ao ouvir aquela frase, tenho certeza que ele não queria que eu ouvisse. Será que ele se lembra da nossa amizade? De nós quando éramos pequenos?

- Disse alguma coisa?- Perguntei fingindo não ter escutado o que o mesmo havia dito.

- Ah, n-nada não.- Respondeu coçando a nuca e tomando mais um gole de sua coca cola.

- Mas então ______, qual é sua relação com o V?- Disse JHope, como assim relação? Fiquei confusa, não temos nada um com o outro.

- Ele falou muito de você.- Disse Jungkook em um tom levemente malicioso, o que Taehyung falou para eles? Olhei para Tae e o mesmo permanecia corado e desviando seu olhar para outro canto que não fossem meus olhos.

- Vocês parecem bem íntimos não?- Disse Hope novamente, sei que estavam brincando mas aquilo me irritou e... constrangeu?! Porque eu estaria constrangida?

Os meninos estavam rindo e fazendo alguns comentários referentes a eu e Tae, somente ouvia aquilo e evitava olhar para o mesmo. Permanecia muito tímida para contestar, aquilo era desconfortável. Poderia não estar olhando para ele mas sei que Taehyung também estava na mesma situação que eu.

- Hey pessoal, mal falamos com a ______ e já estão a tratando assim? Seus sem educação, ela está desconfortável!- Disse Jin em um tom repreendedor, o agradeci mentalmente por isso, mas porque ele estava me defendendo?

- Desculpa Hyung.- Disse Hope arrependido e me pedindo desculpas pois ele foi o que mais fez piadinhas.- Miane ______.- Ele disse.

- Tudo bem.- Respondi.

Os garotos voltaram a conversar outro assunto aleatório. Por um momento direcionei  meu olhar a Jin e para a minha surpresa o mesmo me fitava com um sorriso doce. Mexi minha boca formando um “obrigada” silenciosamente para Jin recebendo um “Não há de que” do mesmo. De todos ali ele parecia ser o mais legal, achei que era metido e grosseiro mas, como diz o ditado, não julgue um livro pela capa. O sinal para voltar para as salas havia acabado de soar, me levantei dali e fui na frente, aliás eu fui obrigada a sentar ali então não precisava esperá-los.

No meio do caminho para o segundo andar sinto uma mão segurar meu pulso, até já imagino quem seja. Me virei e ali estava Tae com uma face gentil, que não acredito nem um pouco nessa gentileza.

- Vamos subir juntos, tem muita gente aqui.- Disse agora segurando minha mão.

- Yah! Aish...- Disse mas ele já me puxava escada acima e provavelmente nem ouviu meu contestamento.

Algumas garotas olhavam para mim com um olhar mortal por o garoto mais rico da escola estar segurando minha mão. Não sei porque mas... de certa forma eu gostava daquilo, sua mão era grande mas macia. Sinto meu rosto esquentar levemente, realmente não sei o que estava havendo comigo. Chegamos em nossa classe ainda de mãos dadas e muitos alunos olharam para nós.

- Será que você pode me largar?- Disse já meio irritada soltando minha mão brutalmente da sua. Ouvi uma leve risada do outro me fazendo enrubescer denovo. Aish ______! Pare de enrubescer!

Apenas sentei em meu lugar e evitei olhar para o mesmo.

_____________________________________________________________________________

13:00 - Fim da Aula

Esperava no portão da escola a chuva diminuir um pouco para poder sair, estava realmente forte. Observava os grupos de amigos saindo juntos embaixo de seus guarda chuvas coloridos, rindo e brincando. Por um momento desejei ser um deles, eu não conseguia fazer amigos tão facilmente. Percebi que a chuva não iria passar tão cedo, resolvi arriscar em me molhar inteira.

“Um, dois, três!”- Fiz contagem regressiva e me pus a correr embaixo da chuva gélida.

Corria com a mochila sobre a cabeça e quando estava para virar o primeiro quarteirão sinto a água parar de cair sobre mim. Olho para o lado e para minha surpresa me deparo com Seokjin, o mesmo segurava um guarda chuva sobre nossas cabeças e me fitava com aquele mesmo sorriso doce de mais cedo.

- Você está doida de sair correndo assim na chuva? Vai pegar um resfriado.- Ele disse calmamente, dos 7 foi o que eu mais simpatizei. Formei um sorriso amarelo.

- Se eu esperasse só chegaria em casa amanhã.- Disse amigavelmente tirando uma risada do mais alto.

- Para que direção é sua casa?- Ele perguntou.

- Para a direita.- Apontei.

- A minha também! Vamos juntos.- Disse animadamente.

- Tem certeza? Eu não quero incomodá-lo.- Disse timidamente, aliás eu estava usando o guarda chuva dele.

- Está tudo bem, vamos, antes que essa chuva aumente.- Falou Seokjin e eu concordei ainda meio incomodada de estar abusando de sua bondade.

Somente fomos e adentramos a rua de nossas casas.

Pov’s Taehyung

Abri meu guarda chuva assim que saí pelo portão da escola, por algum motivo meu motorista não poderia me buscar justo hoje, mas não me importava muito com isso. Passava meus pés pelas pequenas poças produzidas pela água que caia, de certa forma estava contente pois finalmente, depois de quase um ano, consegui falar com ______. Tudo bem que ela está mais séria do que era quando criança, mas não posso culpá-la pois eu também finjo que não a conheço. Logo contarei para era mas precisamos nos aproximar novamente.

Virava a esquina quando vejo uma pessoa mais a frente muito parecida com ______, e era ela mesmo! A reconheci por causa da mochila em sua cabeça, ela estava sem guarda chuva e corria com a mesma na intenção falha de não se molhar. Abri um sorriso.

- Hey, ___- Iria correr até ela para impedi-la de se molhar mas cortei minha fala quando vejo um garoto fazer o mesmo que eu estava prestes a fazer. E para minha surpresa esse alguém era Jin.

Meu sorriso se desfez.

Eles começaram a conversar e ela parecia amigável com ele, sendo que a trato como Jin, também me esforço para ser gentil. Porque Jin teve que aparecer agora? Cara, eu realmente estou com ciúmes... Mas não devo pensar assim dele, é um dos meus melhores amigos e sei que ele não pensaria como estou pensando se estivesse em meu lugar. Apenas os vi virar a rua a direita.

Vou dar o meu melhor para conseguir ______ de volta!

____________________________________________________________________________

Pov’s ______

Jin me deixou em casa e logo foi para a sua, que por coincidência era no final da minha rua. Era a maior casa que tinha na rua. Jin era atencioso e carinhoso comigo, me surpreendi com o mesmo quando se ofereceu para dividir o guarda chuva comigo. Ele era fofo.

Passei o resto da tarde lendo livros e entrando um pouco  na internet para me atualizar no kpop.

_____________________________________________________________________________

Dia seguinte – 7:20 da manhã

Terminava de comer uma torrada apressadamente, iria me atrasar para a aula se demorasse mais um pouco. Peguei minha mochila, depositei um beijo na bochecha de meus pais e saí.

Saía do meu prédio quando ouço alguém me chamar, viro-me e me deparo com Seokjin que acenava animadamente logo vindo correndo em minha direção e parando ao meu lado.

- Bom dia ______.- Disse meio ofegante mas sorrindo.

- Bom dia Jin.- Disse retribuindo o sorriso.

- Vamos juntos?- Perguntou doce como sempre.

- Claro.- Respondi no mesmo tom de voz.

Enquanto caminhávamos conversávamos sobre assuntos aleatórios. Descobri algumas coisas sobre ele e ele sobre mim como que ele gosta de jogos da Nintendo e coleciona figure action’s do Mário. Também descobri que seu bias no BigBang era o T.O.P, contei que o meu era ___ (Seu bias no BigBang), e outras coisas do gênero. Já nos aproximávamos do portão da escola quando vimos a roda dos garotos logo em frente, eles acenaram para nós e Seokjin acenou  de volta. Corri meus olhos pelo rosto de cada um até que parei em Tae, pelo que vi ele não olhava para Jin e sim para mim, em sua face estava presente seu sorrisinho quadrado, a única coisa que eu achava fofo naquele ser. Corei.

“Seu sorriso não mudou Taehyung”- Pensei.

- Bem, vou indo.- Disse para Jin e o mesmo assentiu.

Passei pela roda dos meninos e olhei de relance para Tae, o mesmo me fitava. Apenas direcionei meu olhar para frente antes que corasse. Preciso controlar meus sentimentos. Ouço o som do sinal e me direciono a minha classe.

_____________________________________________________________________________

10:00 – Intervalo

Andava entre as altas estantes de livros da biblioteca a procura de algo que eu gostasse. Corri meus olhos até uma prateleira e dali puxei um livro que chamou minha atenção, o nome era ___(Um livro que você goste) escrito em letras grandes e brilhosas, o peguei no mesmo minuto. Caminhava em direção a alguma mesa que estivesse vazia quando três garotas param em minha frente atrapalhando meu caminho. Elas tinham um olhar nada simpático.

- Precisam de algo?- Perguntei um tanto indiferente mas tentando ser educada.

- Não tente se fazer de inocente, coisa que você não é.- Disse uma das garotas, meu sangue começou a ferver.

- E quem é você para falar assim comigo?- Disse calma mas com um tom ignorante na voz.

- Não interessa quem sou eu, queremos saber só o porque de você ser tão abusada em tentar falar com os meninos.- Aish, deve ser mais uma dessas fangirls dos meninos, é normal ver garotas iguais a elas pela escola.

- Nenhuma idiota como você deve falar com eles, vai contra os nossos princípios, e ainda mais com o V.- Disse a outra garota, não acredito que estou ouvindo essas asneiras.

- E é regra agora não poder falar com eles? Até parece.- Disse em tom zombador.

- Pare de ser tão idiota.- A primeira garota arrancou o livro de minhas mãos, não havia mais ninguém naquele canto da biblioteca a não ser nós 4.- Nós sabemos como você é.- Disse ela, como assim?

- O quê?- Respondi um tanto confusa mas ainda de cabeça erguida.

- Ninguém do seu nível tem o direito de falar com eles, bolsista.- Ela disse e senti meus dentes rangendo.

Quando ia levantar a mão para dar na cara daquela garota uma voz grave me chama a atenção.

- Ela pode sim falar conosco.- Disse Taehyung atrás daquelas garotas. Senti meu coração palpitar.

- Kim Taehyung!- As três garotas disseram e logo perderam a respiração ao se virarem para olhá-lo.

Ele se abaixou e pegou o livro que elas haviam derrubado anteriormente. Andou passando entre elas e parando ao meu lado.

- Vocês é que não tem o direito de se dirigirem a ela.- Eledizia sério, nunca havia o visto assim.

- Taehyung, n-nós..- Ele as cortou.

- Vamos sair daqui.- Ele se referiu a mim logo pegando em meu pulso esquerdo e deixando-as ali perplexas.

Meu coração palpitava cada vez mais a cada passo que dávamos, aish ______!  Andamos entre algumas estantes até que eu realmente me toco do que está acontecendo e solto meu pulso de sua mão, paramos em um dos corredores de estantes.

- Quem te deu o direito de fazer isso?- Disse meio alterada.

- Como assim?- Ele disse um tanto confuso se virando para mim.

- Eu ia me resolver com elas mas você estragou tudo.- Soltei as palavras, estava nervosa, não devia estar dizendo estas coisas mas não podia parar.

- Eu só estava tentando te ajudar! Porque é tão ignorante comigo?- Ele disse meio chateado.

- Pare de ser tão infantil!- Não queria dizer aquilo, tentava retirar aquelas palavras mas não conseguia.

- Infantil?- Disse prensando-me entre seu corpo e uma das estantes, Kim Taehyung quer me enlouquecer.- Tem certeza?- Finalizou um tanto sério.

Ele estava muito perto, o que fez meu coração bater fortemente e meu rosto enrubescer. Meu olhar permanecia confuso e surpreso, nos encarávamos silenciosamente. Ele também enrubesceu, fechei meus olhos tentando controlar meus sentimentos.

- Aish, não me olhe assim.- O ouvi dizer.

No mesmo instante senti  seus lábios pressionando minha pele, ele deu um longo selar em meu olho direito que permanecia fechado, pude sentir carinho naquele ato. Logo em seguida segurou meu pulso com uma mão e minha cintura com a outra dando um beijo em minha bochecha. A essa altura já havia conseguido abrir os olhos mas meu rosto estava quente e com certeza vermelho.

Ele também estava corado. Ouvimos o sinal soar.

- Vamos, o sinal tocou.- Ele disse indo na frente, eu não conseguia me mover.

O que aconteceu aqui?


Notas Finais


Obrigada por lerem :33


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...