História My Favorite Teacher (Imagine Jimin - Bts) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Personagens Originais
Tags Bias, Hentai, Imagine Jimin, Jimin, Park Jimin, Sexo, Você
Exibições 482
Palavras 1.033
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Famí­lia, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Yo, minna-san
Imagine do liendo do Chim Chim *-*. Espero que gostem e desculpe qualquer erro.

Capítulo 1 - Capítulo Único


Fanfic / Fanfiction My Favorite Teacher (Imagine Jimin - Bts) - Capítulo 1 - Capítulo Único

Quem olhasse para mim, acharia que eu era uma das alunas exemplares, já que meu olhos basicamente não desviavam quase nunca, exceto quando ele me lançava um olhar ou dois, da frente da sala.
Lá estava ele, meu professor favorito, completamente lindo e gostoso. Eu era completamente apaixonada por Park Jimin, mas ele é meu professor e provavelmente nunca olhará para mim.
O sinal toca, me fazendo dar um pulinho, já que estava completamente concentrada em Jimin e sua maravilhosa boca.
- Bem, vocês estão dispensados. - ele diz, soltando um leve suspiro. Eu guardo meu material ficando quase por último e quando estou saindo, ouço sua voz. - ____, você fica.
Me arrepio dos pés a cabeça e me viro, corada. Meneio com a cabeça, dizendo que sim.
- Feche a porta, sim? - ele pede, me encarando. Eu arrumo minha saia e fecho a porta, indo para perto dele. Coloco minha mochila em uma das mesas e espero ele começar a falar.
O que nunca aconteceu, já que assim que o olhei, fui puxada para seu colo.
Arregalei meus olhos totalmente vermelha e o olhei sobre o ombro, enquanto ele sorria maliciosamente.
- Eu sei que quer, ____. Eu te observo desde o primeiro dia, te desejo desde a primeira vez que te vi. - ele falou em um sussurro sexy, passando o nariz na minha bochecha com carinho, logo depois mordendo levemente o lóbulo da minha orelha. Meu ventre se agitou e eu rebolei inconscientemente. - Ah… ____. Você vai me enlouquecer.
Suas mãos foram para meus seios, os apertando sobre a blusa, me fazendo colar as costas em seu peitoral, arfando.
Ele beijou meu pescoço, deixando um chupão depois.
Me levantei, sorrindo maliciosa para ele, tirei minha blusa sentando em seu colo, uma perna de cada lado, agora podendo olhar ele direito.
- Achei que nunca me notaria. - sorri tímida e ele passou a mão no meu pescoço, indo para minha nuca, me puxando para um beijo cheio de desejo.
Retirei sua blusa, olhando para aquele abdômen maravilhoso. Passei minhas mãos por seu peitoral, arranhando desde seu pescoço até o cós de sua calça, vendo ele se arrepiar.
Jimin foi até minhas costas, procurando o feixe do sutiã, retirando uma das alças com o dente, me arrepiando quando sua boca roçou meu ombro. Ele sorriu maliciosamente e me beijou no pescoço, descendo até minha clavícula, a marcando também. Uma de suas mãos foi para meu seio direito enquanto sua língua foi para meu mamilo esquerdo, chupando o bico, me fazendo gemer e mexer o quadril, já sentindo seu membro desperto.
Sua mão livre foi até minha bunda, a apertando, me fazendo pular levemente, surpresa.
Ele trocou de seio, me fazendo rebolar sobre si. Ele parou e gemeu, segurando minha cintura e me fazendo ter mais contato com seu membro.
Jimin então se levantou, me pegando no colo e logo depois colocando na sua mesa, jogando ao chão tudo o que estava em cima.
Ele arrancou minha saia e mordeu os lábios, acariciando minhas coxas.
Colocou a calcinha de lado e me penetrou um dedo.
- Ah, J-jimin...
Ele colocou outro dedo, me fazendo agarrar a borda da mesa, extasiada.
- Você ainda vai me matar. - ele disse lascivo, rasgando minha calcinha e jogando no chão.
- Jimin! - disse fazendo bico, meio risonha.
Ele deu de ombros, se abaixando até minha intimidade e só sua respiração já me fez tremer. Ele voltou com os dedos, agora estimulando meu clitóris com a língua.
- Ah… - mordi os lábios, tentando não gemer alto. Seus movimentos se intensificaram, agora com sua língua me penetrando. - Jiminnie.
Ele chupava com vontade e quando fez uma leve pressão em meu clitóris com o polegar enquanto ainda me chupava eu acabei por chegar ao meu ápice.
- Você tem um gosto maravilhoso. - ele disse isso chupando os dedos que antes estavam em mim, me olhando malicioso.
- Minha vez! - desci da mesa e o fiz se encostar nela, tirando sua calça e cueca junto. Seu membro saltou pra fora e eu me remexi, inquieta.
Me agachei, ficando de joelhos e apertando levemente seu membro, fazendo ele suspirar.
Começo a fazer movimentos de vai e vem, às vezes passando meu polegar pela glande, já com pré-gozo. Passo a língua pela extensão, recebendo um grunhido de Jimin. Coloco o máximo que posso na boca e o que não consigo masturbo com a mão, chupando com vontade.
- ____… - geme meu nome, fazendo um rabo de cavalo desajeitado com meus cabelos e ditando o ritmo. As vezes eu raspava os dentes de leve, o fazendo se arrepiar. Eu chupei a cabecinha uma última vez e ele gozou na minha boca. Eu engoli tudo e limpei com a língua os resquícios que estavam nele.
Jimin me puxou, me fazendo ficar de pé, e me beijou necessitado, me fazendo sentar na mesa de novo.
Ele pegou uma camisinha sabe-se lá de onde e, colocando em seu membro, me penetrou devagar, nos fazendo gemer arrastado.
Ele começou a se movimentar, estocando devagar, me torturando de propósito.
- M-mais… - ele me olhou, descendo até meus seios, marcando a pele, começando a estocar agora forte e fundo, de maneira frenética.
Soltou meu seio e me beijou, gemendo contra minha boca quando arranhei suas costas.
- Porque não fiz isso antes?! Ah… - ele dizia, gemendo baixo no meu ouvido.
Quando ele mordeu meu lóbulo, cheguei ao meu ápice, gemendo seu nome, arranhando seu ombro. Apoiei minha cabeça em seu ombro e comecei a dar leves mordidas em seu pescoço e lóbulo, o fazendo gozar.
- Agora você é minha, ____. - ainda estávamos conectados. Me arrepiei. - Eu pedi transferência, não sou mais seu professor, podemos ficar juntos agora.
Ele sorria, me olhando meio corado.
- S-sério? - Eu estava meio ofegante, completamente feliz. Jimin meneou com a cabeça, dizendo sim.
Encostou nossas testas.
- Quer namorar comigo? - ele perguntou desviando seu olhar para minha boca.
- Quero! - disse, o beijando com carinho, sendo retribuída com intensidade. - Eu te amo, Jiminnie.
- Eu também te amo, pequena. - ele sorriu, me beijando novamente.


Notas Finais


Espero que tenha ficado bom e que tenham gostado.
Desculpe qualquer erro e a demora, a história já estava concluída a um tempinho, mas não tive tempo de postar U-U.
O próximo pode ser ou do Bambam de Got7 ou do Suga de BTS, as histórias já estão na minha cabeça.
É só isso mesmo.
Bjs da MiniMaknae 💋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...