História My First Love - Chanbaek - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Lay, Lu Han, Sehun, Suho, Xiumin
Tags Chanbaek, Hunhan, Kaisoo, Sulay, Xiuchen
Visualizações 269
Palavras 1.149
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Relou,
*me escondendo atrás das pedras pra não apanhar*
Estou sumida? Sim, e acho que vou continuar assim, não prometo atualizar a fic tão rápido, pois agora que minhas aulas voltaram tá bem corrido e eu to quase sem tempo. Era pra eu ter atualizado há uns 3 dias atrás, porém um colega de escola faleceu e eu fiquei bem abalada com tudo isso (ainda to um pouco), porém eu fiquei bem animada escrevendo esse cap, espero que gostem.
Não prometo atualizar nos próximos dias, ou semanas, até pq minhas provas começam dia 18, espero que entendam o motivo de eu ficar sumidona, amo vocês e não me batam. Desculpem qualquer erro e bora lá.

~kissuss

Capítulo 15 - Ensaio um pouco (muito) erótico


[♡ Leiam as notas iniciais ♡]

Cheguei em sua casa acho que ainda eram umas 14:30, eu sou aquele tipo de pessoa ansiosa que não consegue esperar tal coisa por 1 minuto. Mas enfim, quando cheguei, só o Chanyeol estava em casa, como ele me falou mais cedo. Ele estava apenas com uma calça de moletom e chinelos, e porra, não lembrava do Chanyeol ter um corpo dos deuses.

-Olá Baek - ele falou com a voz rouca e sexy, provavelmente estava dormindo. Esse garoto ama me provocar, só pode.

-O-oi - opa, acho que alguém gaguejou um pouco, não é mesmo Baekhyun?

-Desculpe por estar assim, eu já ia arrumar meu cabelo e colocar uma blusa - FICA ASSIM MESMO CHANYEOL, TU É GOSTOSO

-Hum.. tá bom, mas pode ficar assim se quiser - porque eu disse isso? O Chanyeol ficou vermelho na hora tadinho, acho que quase ficou da cor do seu cabelo.

-Mas eu vou me vestir mesmo assim, não estou acostumado a receber visitas apenas com uma calça de moletom - ele falou, me fazendo rir, e caminhou para as escadas - ah e Baek, por favor, sorria mais vezes.

Quase infartei com a última frase dele, mas assim que ele subiu para o seu quarto, fiquei sentado no sofá gigante e alto da sala de estar, balançando meus pés que não conseguiam tocar o chão. Acho que fiquei balançando os meus pés por um tempão, pois Chanyeol já estava parado na minha frente com um sorriso enorme no rosto.

-Então….. vamos? - ele botou a mão na nuca e continuou sorrindo.

-Vamos - fui na frente e Chanyeol continuava andando atrás de mim. Se eu não estava ficando doido, tive a leve impressão dele estar olhando para a minha bunda, mas eu apenas ignorei e subi os degraus. Quando cheguei no andar de cima, eu fiquei parado no último degrau, era um corredor enorme com os quartos, e uma varanda com porta de vidro no final. Aquele corredor enorme era de assustar qualquer um, principalmente à noite. Tentei não pensar muito nisso para não ficar com medo, mas o Chanyeol apareceu por trás de mim me dando um belo susto, e o mesmo riu da minha cara.

-Filho da puta! - bati no mesmo e ele continuava rindo.

-Não vai me dizer que está com medo do corredor, Baek? - ele continuou rindo e eu mostrei o dedo do meio para o mesmo.

-Estou, e aí? - comecei a rir também, e Chanyeol não parava de rir um minuto. - me explica como você não tem medo de andar nisso à noite?

-Já sou acostumado com isso, Baek, acho que você poderia se acostumar também - Chanyeol secava uma lágrima enquanto tentava parar de rir.

-Eu me acostumar com isso? Ata. Estamos sozinhos aqui na sua casa, então se escutarmos um barulho estranho, já sabe - ele voltou a rir.

- vamos pro seu quarto, precisamos ensaiar, né?

-É vamos - ainda rindo, Chanyeol puxou meu braço até a última porta da direita. O quarto dele era enorme, era branco, que nem o meu, tinha uma cama de casal no meio, uma escrivaninha do lado esquerdo do quarto, um teclado do outro lado da cama, o banheiro, e um guarda roupa gigante. Pude notar o seu caderno de emoções em cima da escrivaninha, chamando a atenção. Como Chanyeol pode deixar uma coisa tão privada exposta assim?

-Vamos começar, senta aí na cama que eu vou tocando - sentei na cama macia e fiquei esperando o Chanyeol começar a tocar. Ensaiamos essa música pelo menos umas três vezes, até minha garganta “doer”. Era muito bom cantar essa música, principalmente com o Chanyeol. Eu realmente gostava da companhia dele.

Chanyeol se deitou ao meu lado na cama, e ambos ficamos olhando para o teto. Ficou um silêncio horrível no quarto, porém eu não sabia como quebra-ló. Mas eu tinha que quebrar.

-Chany - quebrei.

-Oi? - ele se virou, porém eu continuei olhando para cima.

-Você gosta de mim mesmo? - agora eu olhei para ele.

-Sim, e você? - sorri.

-Sim Chanyeol, eu te amo - o mesmo sorriu e ficou vermelho.

-Eu te amo muito Baekhyun - acho que eu corei um pouquinho também.

O mesmo me puxou para um beijo lento, porém era necessitado. Os lábios do Chanyeol eram macios e doces, e aquele beijo passava de fofo para excitante. Fiquei por cima do Chanyeol, e acho que o mesmo entendeu o recado, pois ele sorriu maliciosamente e tirou minha camisa, e eu fiz o mesmo. Tirei a sua calça o deixando apenas com a box, e ele fez o mesmo comigo. Eu roçava meu membro no dele, e ele dava baixos gemidos. Apertei seu membro ainda coberto, e ele gemeu baixo. Tirei sua box fazendo seu membro pular pra fora, abocanhei o mesmo fazendo movimentos de vai e vem.

-Lambe gostoso, Baek-ah - Chanyeol falou com a voz rouca no meu ouvido, me fazendo arrepiar por inteiro. Eu amava e odiava isso. - sei que você ama quando eu faço isso.

Continuei masturbando seu membro até o Chanyeol chegar no seu ápice.

-Eu tenho lubrificante, com ou sem? - sorri maliciosamente.

-Com lubrificante, Chany - sorri beijando os lábios do mesmo.

Chanyeol pegou o vidrinho de lubrificante e começou a passa-lo em seus dedos. Ele começou enfiando seu primeiro dedo, estava tão gelado que me fez estremecer, e Chanyeol riu.

-Vai se acostumar - e assim ele enfiou mais um dedo, me fazendo gemer. Já com o terceiro dedo, já me acostumei, e com o quarto, comecei a rebolar em seus dedos, fazendo o mesmo sorrir.

-Isso mesmo, Baek - ele tirou seus dedos e fiz uma cara de interrogação. - de quatro.

A voz rouca do Chanyeol era excitante, e fiz o que o mesmo mandou. O mesmo deu uma tapa na minha bunda, me fazendo a empina-la mais. Chanyeol me penetrava lentamente, e isso estava meio chato.

-Vai com tudo, Yeollie - e o mesmo foi fundo, atingindo a minha próstata, me fazendo gritar. - eu gosto assim, aah.

Chanyeol fazia movimentos de vai e vem, e eu gemia e gritava ao mesmo tempo. Aquilo era algo que eu queria fazer há muito tempo, sem estar bêbado, era ótimo.

-Chanyeol, eu vou gozar! - Ele continuava com os movimentos, e eu acabei gozando.

-Porra Baekhyun!

Sujei seu pênis (ava) e seu abdômen. O mesmo passava os dedos pelo líquido em seu abdômen e os lambia, de forma sexy. Se eu estava dolorido? Sim, mas essa dor valeu a pena.

-Chanyeol, eu te amo

-Também te amo, meu bacon - ele voltou a me beijar, e dessa vez ele mordia meus lábios e deixava marcas pelo meu pescoço. Como eu amava isso.

Estávamos ofegantes, suados e cansados. O quarto cheirava a orgasmo, e eu e ele sorriámos um para o outro.


Notas Finais


Perdoa os erros e não desiste de mim
O que vocês acham de eu criar uma nova fic? Vocês leriam?
Sigam: https://www.instagram.com/k.sofredora/

~kissus


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...