História My First Love - Scallison - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Allison Argent, Chris Argent, Cora Hale, Erica Reyes, Isaac Lahey, Jordan Parrish, Liam Dunbar, Lydia Martin, Malia Tate, Melissa McCall, Natalie Martin, Scott McCall, Sheriff John Stilinski, Stiles Stilinski, Talia Hale, Theo Raeken, Victória Argent
Tags Scallison, Stalia, Stydia
Exibições 63
Palavras 2.683
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Fantasia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Tô voltando rápido esses dias KKKKKK
Espero que gostem!

Beijos e boa leitura ❤

Capítulo 28 - Briga


P.O.V. CORA


- Cora! - diz me abraçando e eu retribuo


- O que você faz aqui? - pergunto sorrindo


- Eu tava te procurando. Vou voltar pra casa hoje às 15:00. Teve uma mudança de planos. Antes de ir, eu queria falar pessoalmente com você - diz sorrindo


- E como você sabia que eu estaria aqui? - pergunto franzindo o cenho


- Eu não sabia! - exclama rindo - Conhecidencia - ri


- Boa viagem - digo abraçando-o


- Obrigado. Ah, desculpas - diz em meio do abraço


- Pelo que? - pergunto cortando o abraço


- Por isso - diz e me dá um beijo na boca


De início eu fiquei bem surpresa. Mas depois acabei correspondendo. Quando nós separamos do beijo, o Josh cai no chão 


P.O.V. THEO


Quando eu saí do banheiro, vejo uma cena terrível. A Cora estava beijando um garoto que eu nunca vi na vida. Eu não sei o que deu em mim. Foi como um instinto. Mas eu acabei andando rápido e dei um soco no rosto dele e o garoto cai no chão


- O QUE VOCÊ FEZ? - grita a Cora me olhando e se agachando pra ajudar o garoto


- Eu achei que ele tivesse te forçando a alguma coisa - minto


- VOCÊ SABE MUITO BEM QUE NÃO ESTAVA, THEO - explode a Cora (que agora já estava em pé juntamente com o garoto)


- Ah, então você é o Theo? - diz o garoto empurrando meu peito com as duas mãos


- Sou. E quem você pensa que é pra me empurrar? - digo empurrando ele também


O tal garoto vem, me dá um murro no olho - que eu sinto que vai ficar roxo mais tarde e eu acabo indo pra cima dele. Fazendo com que nós dois caíssemos no chão e ficássemos trocando murros


- CHEGA VOCÊS DOIS! THEO, JOSH, PAREM! - grita a Cora desesperada


Logo me sinto sendo levantado do chão e quatro mãos me segurando. Quando percebo, o Scott e o Isaac estavam me segurando, o Aiden estava segurando o tal garoto e o Stiles estava no meio de nós dois tentando evitar com voltássemos a brigar. As meninas, bem, elas estavam igual a todos presentes no restaurante. Estavam paradas, olhando para nós.


- ME SOLTE - gritamos eu e o garoto 


- CHEGA DESSA CENINHA RIDÍCULA DE TODOS VOCÊS! PARECEM DUAS CRIANÇAS! E EU NÃO TENHO SACO PRA SER BABÁ - explode e sai do restaurante


- Cora! - chamamos juntos eu e o garoto lá


O Aiden o solta e ele vai atrás dela


- Me soltem. Preciso ver se ela está bem - falo para o Scott e Isaac


- Vamos te soltar. Mas você não vai atrás dela - diz o Isaac


- Por que eu faria isso? - pergunto


- Porque você já causou muito estrago por hoje - responde o Scott


Suspiro e eles me soltam. Vamos andando até a mesa, até que o Stiles me para


- O que tá acontecendo com você, cara? - pergunta


- Eu sou um idiota - respondo


- Disso eu sei. - ri - Mas o que foi que te levou a perceber isso? - pergunta


- Eu não superei a Cora ainda. E quando eu a vi beijando aquele tal de Josh, percebi que eu ainda estou apaixonado por ela


- Você tá o que? - pergunta a Allison chegando perto - Você disse "ainda"? - pergunta


- Desde quando você está aqui? - pergunto


- Você é apaixonado pela Cora antes mesmo daquela história dos pais dela se mudarem pro Japão, não é? - pergunta a Allison 


- Mais ou menos - digo coçando a cabeça


- Pra quê enrolar? Diz logo a verdade - sugere o Stiles


- Tá. Eu estou apaixonado pela minha melhor amiga. - revelo - Era isso que vocês queriam ouvir? - pergunto


- Se você está apaixonado por ela, por que dormiu com a Luana? - pergunta a Allison


- Nessa aí eu vou defender o Theo. A Luana pode ser bem persuasiva quando quer. Só lembrem-se que acabamos nos beijando quando eu já estava apaixonado pela Malia - argumenta o Stiles


- Mas a diferença é que a Malia já gostava de você. Já a Cora só me vê como amigo - digo e percebo a Allison ficar com um sorriso sem graça no rosto - Allison? O que foi? - pergunto


- A Cora vai me matar se souber que eu vou te contar isso. Então você vai ter que me prometer que não vai falar pra ela o que eu vou te dizer - implora a Allison


- Prometo - digo


- A Cora gosta de você! E ela ia te contar tudo o que ela sente hoje. Só que você tinha que dormir com a Luana e estragar com tudo! - exclama


- Tecnicamente isso foi culpa do Isaac. Se ele não tivesse pedido pra trocar de quarto com a Luana, isso não tinha acontecido! - exclamo


- Na verdade ele pediu pra você dividir a cama com a Luana, não pra você transar com ela! - argumenta o Stiles 


- Se em alguns minutos a sós no sofá vocês acabaram se beijando imagina o que não aconteceria se vocês passassem a noite na mesma cama. Você iria ficar sem fazer nada? - pergunto e o Stiles dá um sorriso sem graça e coça a cabeça


- Dá pra vocês pararem? A Cora e a Malia são umas das minhas melhores amigas. E não é nem um pouco apropriado os caras em que elas estão interessadas ficarem falando se dormiriam ou não com uma vagabunda profissional - diz a Allison e eu e o Stiles erguemos nossas mãos em sinal de rendição


- Podemos almoçar agora? - pergunta o Stiles e a Allison assente - Vamos? - pergunta 


- Não. Acho que vou voltar para casa. Vou botar um pouco de gelo antes que meu olho fique roxo - digo


- Viu? É isso que dá se meter em brigas. Era pra ter quebrado o nariz também - fala a Allison rindo


- Eu briguei pela garota que eu estou apaixonado. Eu podia ter quebrado minha perna, mas se eu tivesse com ela, eu estaria feliz - digo olhando pro chão


- Theo, só não esquece que você tem namorada! Antes de se envolver de qualquer modo com a Cora, se resolva com a Luana. Por mais que ela seja daquele jeito dela, ninguém merece ser traído - aconselha o Stiles


- Eu sei, cara. Não sou do tipo de garoto que trai e você sabe bem disso. E outra, eu e a Luana não estamos namorando. Ela que deu esse título para nós - afirmo


- Então acho que você devia contar isso pra ela - aconselha a Allison


- Oh, Theo, eu estou morrendo de fome. Tchau - diz o Stiles e indo para a mesa


- Tchau e boa sorte - diz a Allison também indo para a mesa


Saio do restaurante e vou andando até em casa. Sim eu sei que o caminho é longo. Mas eu precisava pensar. Normalmente eu penso enquanto malho ou então nado, mas como nenhuma dessas opções são válidas agora, o melhor modo de pensar na vida enquanto caminho. Depois de muito refletir, cheguei a uma decisão. Vou falar com a Cora. Direi tudo o que eu sinto e foda-se se ela ainda estiver brava comigo. Só sei que tenho que contar tudo pra ela. Continuo andando até chegar na casa. Entro na sala e vejo o celular da Cora em cima do sofá. Ela já estava em casa? Dou uma olhada na cozinha e na sala de jantar e ela não estava. Provavelmente deve estar no quarto. Vou andando até lá e vejo que a porta está fechada. Bato na porta e tento abrir, mas ela está trancada


- Cora? - chamo batendo novamente na porta


- O que você quer, Theo? - pergunta ainda com a porta fechada


- Quero falar com você - digo encostando a cabeça na porta


- Estou ouvindo - diz depois de um tempo


- Eu queria pedir desculpas. Não devia ter agido daquele jeito. - falo 


- Não devia mesmo! Ainda mais sendo que a sua namorada está longe. Você já pensou como ela estaria se te visse naquela hora? - pergunta


- Sobre a Luana, bem, eu tenho uma coisa pra te falar - digo


- Eu também tenho uma coisa pra te falar - diz e logo eu escuto a porta ser destrancada e aberta


Mas quando a porta é aberta, mostra uma Cora descabelada e vestindo só uma camisa masculina - mais especificamente a camisa do Josh.


- Josh - chama olhando para trás e logo ele aparece sem camisa do lado dela 


Nessa hora eu senti como se algo dentro de mim tivesse quebrado


- Eu e o Josh, bem...estamos namorando. Como você é meu melhor amigo, achei que devia ser o primeiro a saber - conta sorrindo e eu sinto como se meu mundo tivesse caído 


- É... Felicidades para os dois. Vocês... É, vocês formam um belo casal - minto descaradamente


- Obrigado - diz o Josh abraçando a Cora de lado


- Por nada - forço um meio sorriso - Agora eu tenho que ir. Depois nos vemos - digo olhando para os dois


- Tchau - dizem os dois juntos


Eles fecham a porta do quarto e eu escuto barulho de beijos. Nunca pensei que esse barulho fosse me destruír tanto. Vou andando e entro no meu quarto. Como o Isaac se mudou pra o quarto que era da Isabel e da Luana, esse quarto agora era só meu. Me jogo na cama e decido dormir. Afinal, enquanto eu estou dormindo, eu não sofro por amor.


- Theo - escuto alguém me chamar enquanto me sacode 


- O que é - olho para a pessoa - Stiles? - pergunto


- Levanta logo dessa cama! - diz o Scott que estava do lado do Stiles


- O que vocês estão fazendo aqui? - pergunto


- Vinhemos te chamar pra ir num parque de diversões que tem aqui - diz o Stiles


- O que vocês têm? Toda noite vocês tão saindo - resmungo


- Desculpa se nós somos adolescentes de 16 anos e queremos aproveitar a vida - ironiza o Scott


- Tá desculpado - digo rindo


- Você vai? - pergunta o Stiles


- Não tô muito afim de encontrar o namoradinho da Cora - digo


- Não vai. Ele voltou pra Beacon Hills faz umas 4 horas atrás - explica o Scott


- Ele mora em Beacon Hills? - pergunto e eles assentem - Quatro horas atrás? Que horas são? - pergunto


- 19:00 - diz o Stiles olhando o celular


-  Nossa! Vocês podiam ter me deixado dormir até amanhã - resmungo


- Você vai? - pergunta o Scott


- Só lembrando que se você não for, talvez amanhã acorde com a cabeça raspada - ameça o Stiles e eu reviro os olhos


- Tá! Eu vou! Mas já tô deixando bem claro que eu estou indo por causa de vocês - digo 


- Sabemos que você é um ótimo amigo - dizem juntos


- É... Sinto muito pelo lance da Cora - diz o Scott coçando a cabeça


- Você sabe? - pergunto


- Depois daquela sua ceninha, ele me perguntou - confessa o Stiles


- Você supera isso - afirma o Scott colocando uma mao em meu ombro


- Espero - suspiro


- Agora vai se arrumar - afirma o Scott e os dois saem do quarto 


Me arrumo e quando eu desço, todos já estavam lá menos o Scott e a Allison


- Cadê o Scott e a Allison? - pergunto 


- Oi - dizem juntos descendo a escada


- Allison, seu batom tá borrado - avisa a Lydia


- Scott, o seu também - diz a Érica rindo e o Scott e Allison ficam corados


A Allison conserta o batom dela, o Scott tira o batom da Allison da boca dele e vamos todos para o parque de diversões



P.O.V. ALLISON



- Onde nós vamos primeiro? - pergunta o Aiden


- Vamos na montanha-russa - sugere a Cora e todos nós concordamos


Quando saímos da montanha-russa, o Stiles quase vomitou na Malia. Depois disso ele não quis mais ir em brinquedos rápidos. Enquanto todos nós fomos na barca, o Stiles foi no carrossel e puxou a Malia pra ir junto. Depois de irmos em vários brinquedos, nós compramos pizza, comemos e voltamos pra casa. Quando chegamos lá, já eram 21:30. Fomos todos para os nossos quartos e o Scott foi tomar banho. Ao sair do banheiro, ele estava com uma toalha amarrada na cintura e seu cabelo estava molhado. Não pude deixar de olhar para o tanquinho do meu namorado que estava com algumas gotas de água que estavam caindo de seu cabelo


- Quer um babador? - pergunta rindo


- Tenho uma ideia melhor - digo me levantando e indo até ele


Começamos um beijo feroz e caímos na cama. Continuamos o beijo e quando o Scott estava com a mão na barra da minha blusa, meu celular toca 


- Deixa tocar - digo enquanto dou beijos em seu pescoço


- Não - diz rindo - vai que é importante. Atende - diz saindo de cima de mim, me entregando meu celular e reviro os olhos


- Meu pai - digo olhando pro celular


LIGAÇÃO ON


- Allison?


- Oi pai


- Tá tudo bem?


- Tá sim


- Tem certeza? 


- Por que isso pai? 


- Sua voz. Você parece estressada. Atrapalhei algo?


- Ah, é que eu ia dormir agora


- Ah sim, filha. Só queria saber como você estava mesmo. Volte a fazer o que você estava fazendo. Bons sonhos


- Beijo, pai. Te amo


LIGAÇÃO OFF


- Onde paramos? - pergunto para o Scott que já estava com uma calça moletom


Ele estava sentado do outro lado da cama. Então eu sentei em seu colo, cruzei minhas pernas em sua cintura e comecei a beijar o seu pescoço


- Acho que foi na parte em que a senhorita ia tomar um banho para apagar esse seu fogo - diz rindo e me pega no colo me levando até o banheiro


Ele me coloca sentada no balcão de mármore que lá havia e sai fechando a porta. Suspiro e desço dalí. Tomo meu banho e visto um moletom e um shorts (que já estavam no banheiro). Saio do banheiro e vou para a cama, encontrando o Scott deitado olhando para o teto. Deito me ao seu lado e ponho a cabeça em seu peito


- O que você está fazendo? - pergunto fazendo círculos invisíveis na sua barriga


- Pensando - responde fazendo cafuné em meu cabelo


- Claro que você está pensando! Você é um animal racional, não? - ironizo rindo e virando-me para encará-lo 


- Muito engraçadinha essa minha namorada - diz rindo e me puxando para um beijo rápido


- Mas você tava pensando em quê? - pergunto deitando em cima dele


- Em uma data especial que está chegando - responde passando seus braços em minha cintura e colando nossas barrigas


- Não me diga que é o seu aniversário - digo com uma cara de surpresa


- Não - nega rindo - Meu aniversário foi em 31 de janeiro - afirma


- Espera. Então você é dois meses mais velho que eu? - pergunto e ele assente


- Você faz aniversário em 31 de março, não é? - pergunta e eu assinto


- Se não são os nossos aniversários, o que é? - pergunto


- Não sei. Pensa bem que você lembra - afirma rindo


- Tá bom. Depois eu penso. Agora tem uma coisa que eu quero fazer - digo chegando bem perto da sua boca - Ler! - completo rindo


- Eu tenho uma ideia melhor - diz me dando um beijo no pescoço


- Acho que essa ideia realmente é melhor - digo dando outro beijo em seu pescoço


- Bem melhor - diz e me vira na cama ficando em cima de mim agora


Começamos a nos beijar e nessa altura suas costas já estavam totalmente arranhadas. Aos poucos vou sentindo algo crescendo e pressionando minha intimidade. O Scott rompe o beijo e sai de cima de mim


- O que foi? - pergunto


- Eu acho melhor pararmos aqui! - diz rindo - Se continuassemos, logo eu não ia conseguir me controlar - fala me virando e nos fazendo ficar de conchinha (sendo eu a concha menor)


- Boa noite, amor - digo virando pra trás e dando um selinho 


- Com você aqui comigo todos os momentos são bons - responde fazendo cafuné em minha cabeça e acabamos dormindo




Notas Finais


Gostaram? Odiaram?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...