História My First Love - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Allison Argent, Chris Argent, Isaac Lahey, Lydia Martin, Melissa McCall, Scott McCall, Stiles Stilinski
Tags Allison, Amor, Lydia, Scallison, Scott, Stiles, Stydia, Teen Wolf
Exibições 121
Palavras 1.381
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oiie meus amores. Capítulo novo, terminei esses dias.. Até então, não ia ter título o capítulo por falta de ideia, mas resolvi de última hora. Querem mais Stydia? Espero que gostem e boa leitura.
OBS. Só ia postar amanhã, mas quis adiantar para vocês.

Capítulo 16 - Namoro Escondido


Fanfic / Fanfiction My First Love - Capítulo 16 - Namoro Escondido

        -Uma hora vai acontecer, só estou esperando o momento certo para isso. – Scott respondeu um pouco envergonhado.

        -Tá frio hoje. – Mudei de assunto, não queria e não me importava isso de namorar. – Vou tomar um banho e colocar uma roupa de frio. Estava uma delícia, Scott. – Pisco para ele e saio indo até meu quarto.

        Separo roupas íntimas, uma calça de moletom, blusa, blusa de frio e meias, deixo tudo em minha cama. Entro no banheiro e ligo o chuveiro, espero a água esquentar e logo tomo um banho rápido. Saio morrendo de frio enrolada na toalha.

        -O que está fazendo aqui? – Encaro Scott que me olha de cima a baixo. – E como entrou aqui?

        -A porta não estava trancada e vim te falar que a Lydia está te esperando para conversar. – Ele se levanta e me abraça por trás. – Aliás, eu adorei a roupa íntima que você escolheu, que pena que mais tarde eu irei tirar ela.

        -Hoje não. – Seu olhar parece estar me matando. – Stiles e Lydia vão dormir no seu quarto, não quero fazer sabendo que eles estarão lá.

        -Eles não vão se importar.

        -Mas eu me importo Scott. Não vai ter e acabou.

        -Você que pensa. – Me roubou um beijo e saio correndo até seu quarto.

        Ouço batidas na porta e logo Lydia entra. Ela parece estar pensativa. Me visto, não me importo de me vestir na frente dela.

        -Fala Lyds, o que houve?

        -Stiles. – Ela senta em minha cama. – Eu sei que ele gosta de mim, talvez eu até esteja começando a sentir algo por ele.

        -Mas?

        -Eu não quero que ele crie uma expectativa de algo que pode ser que nem aconteça.

        -Tenta dar uma chance. E outra, deu pra perceber que você gostou do beijo dele. – Digo e um sorriso safado aparece no rosto da ruiva. – Achei tão fofo ele te chamar de ruivinha. Scott só me chama de Alli.

        -O beijo dele é muito bom, melhor que de todos que já fiquei. – Ela parece pensar. – Vou dar uma chance para ele.

        -Isso. – Comemoro e me sento ao seu lado.

        -E você e Scott? Passaram a noite juntos?

        -Sim. – Sorri feito boba ao me lembrar. – Ele foi perfeito e muito carinhoso. O único problema é que ele não costuma usa camisinha e dava pílula para as meninas que ele ficava. Mas aí falei que só teria se ele usasse.

        -Já pensaram em falar para seus pais?

        -Meu pai nos mataria, então é melhor não contar e manter em segredo.

        -Vamos atrás dos meninos para decidir qual pizza pedir. – Saímos e vamos até o quarto de Scott, que está com a porta um pouco aberta. Percebo que eles conversam e paro Lydia.

        -É Scott, pegou a Alli. – Stiles dizia se divertindo.

        -Não peguei ela, eu gosto dela e não é qualquer uma, já falei que ela é diferente das outras. – Um sorriso aparece em meu rosto.

        -Eu sei como é isso, sinto o mesmo com minha ruivinha.

        -Estou pensando em pedir a Allison em namoro. Lydia está certa, ela merece ser feliz e quero fazer o máximo para que ela seja. – Como pode uma pessoa mudar tanto igual ele mudou por mim.

        -Está mesmo apaixonado por ela. Quero que vocês sejam felizes.

        -Eu a amo Stiles, por mim a gente namorava hoje, casava amanhã e já teria filhos.

        -Pode esperar um pouco para isso acontecer. – Entrei no quarto de surpresa e eles me olharam. – Vamos pedir pizza.

        -Escutou nossa conversa? – Scott pergunta se aproximando e apenas fiz que sim com a cabeça.

        -Temos que pedir algo para comer. Pensamos em pedir pizza. – Digo e todos parecem gostar da ideia.

        Ligo para a pizzaria e faço o pedido. Não demora muito e chega. Comemos e os meninos ficaram fazendo gracinha.

        -Vou subir pra arrumar o quarto do Scott para que você possam dormir lá. – Aquele quarto é uma bagunça.

        -Vou te ajudar. – Ele se levanta e vamos até seu quarto.

        Entramos e ele fecha a porta. Troco o lençol, guardo as roupas e sapatos. Já deu uma boa melhorada. Termino e me viro para ele, que está encostado na porta e me olha.

        -Perdeu algo ou prefere tirar uma foto para poder olhar sem arrancar pedaço? – Caminho lentamente até ele.

        -Arrancar eu quero, mas outra coisa. – Me puxa e bato em seu corpo. – Quero arrancar toda a sua roupa, deixar você nua para mim e te amar até o amanhecer. Transar até você esquecer quem é.

        -Te levarei a loucura. – Sussurro em seu ouvido e dou uma mordida de leve ao terminar. – Vamos para meu quarto. – Abro a porta e dou de cara com Lydia e Stiles, que nos olhavam com um sorriso malicioso nos lábios.

        -Vocês vieram arrumar ou bagunçar o quarto? – Stiles diz, fazendo Lydia soltar uma gargalhada.

        -Já arrumei. Tenham uma boa noite. – Vou com Scott até meu quarto, mas me lembro de uma coisa. Antes deles entrarem e que eu feche a porta, chamo eles. – Ah, tem camisinha no banheiro do Scott. – Fecho a porta rapidamente.

        -Não peguei preservativo, vamos ter que fazer sem. – Ele me olha vitorioso, mas não sabe que sou mais esperta.

        -Eu peguei umas duas antes de sairmos. Sinto muito, mas terá que usar.

        -Antes, eu quero te pedir uma coisa.

        -Não sei se estou curiosa com o pedido ou com medo do que seja. – Sorrio para ele, que solta uma leve risada.

        -É algo bom, me deixa falar. – Assenti e fiz sinal com as mãos para ele continuar. – Lydia chamou Stiles para ir à casa de lago da família dela e ele me chamou. Quero que você vá, não quero ficar segurando vela para os dois.

        -Eu não sei se meu pai vai deixar.

        -Ele sabe que nós sempre saímos com os dois e você já foi pra lá antes. Eu dou um jeito dele deixar. – Até porque, ele não sabe do nosso namoro escondido.

        -Tudo bem, eu vou. – Ele comemora. – Mas, você terá que se comportar enquanto estivermos lá.

        -Eu prometo. Sempre me comporto.

        -Isso eu não garanto. – Sorrio maliciosa e vou beijá-lo.

        -Assim eu não consigo me conter. – Ele sussurra entre o beijo e sorri. Sorrio e voltamos a nos beijar.

        Point Of View Lydia Martin

        Allison é muito pervertida, não posso nem dar uma chance para o Stiles que ela já fala que tem camisinhas no quarto de Scott. Quem ela pensa que eu sou? Só namorei duas pessoas em minha vida, Jackson e Aiden, mas já fiquei com outros antes e depois deles.

        Não que eu seja santa, mas não pretendo transar com Stiles, não quero estragar o que estamos tendo e nem iludir ele.

        Conheço ele faz alguns anos e sempre soube que ele gostava de mim, mas nunca tinha rolado nada. Não queria que ele criasse expectativa em algo que talvez possa não acontecer. Ele é meu amigo e sempre me ajuda em tudo.

        -Chamei Scott para ir com a gente para a casa do lago e ele provavelmente irá chamar a Alli. – Stiles me tira dos pensamentos.

        -Tudo bem, eles sempre são bem vindos.

        Aos poucos ele se aproxima em passos lentos. Fecho meus olhos e passam momentos que ele estava comigo, foram vários. Abro e ele está bem perto, me olhando e com as mãos em minha cintura. Coloco meus braços em volta de seu pescoço e faço um carinho em seus cabelos. O olho e é como se uma carga de eletricidade passasse em meu corpo. Aproximo meus lábios e fecho meus olhos. Iniciamos um beijo calmo e cheio de emoção. Talvez seja ele, o cara que sempre esperei e nunca reparei que estava ao meu lado, literalmente.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...