História My First Love - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais, Suga
Tags Bts, Min Yoongi, Romance, Suga
Exibições 29
Palavras 950
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oieee! O capitulo vai ser bem romantico pq né, eu tô na bad!

Capítulo 12 - E eu quero muito te dizer que eu te amo...


Fanfic / Fanfiction My First Love - Capítulo 12 - E eu quero muito te dizer que eu te amo...

Cheguei em casa e tomei um banho quente e relaxante, Suga havia me trazido para casa. Fui me deitar ainda pensando nele, como ele podia ser tão perfeito? Ele era completamente um amor de menino! Foi dormir depois de um tempo. 

Acordei e fiz minha higiene matinal, resolvi tomar um café na rua mesmo. Hoje não irei a faculdade, simplesmente não estou afim! Um dia a menos não vai fazer mal. Eu estava andando pelas ruas tranquila com o meu delicioso café na mão, quando de repente ouço meu celular toca. Olhei e vi "Suga" no visor. 

Ligação on...

- Oi amor. - Falei. 

- Oi linda, onde você está? - Me perguntou. 

- Estou na rua perto da minha casa, porque? - Perguntei curiosa. 

- Nada, é que é raro você faltar a faculdade. - Escutei ele falar e dei uma risada. - Vem pra cá? 

- Hn... Vou pensar no seu caso. - Falei escutando ele rir. 

- Se você não vier, eu irei te buscar! - Disse. 

- Venha, melhor assim não irei de pé! - Falei. 

- Deixa de ser preguiçosa e vem logo! - Suga disse. - Estou com saudades de você. 

- Eu realmente não sei como você não enjoa da minha cara. - Falei. 

- Impossível, você é linda! - Disse. 

- Tá bom, eu vou. - Falei me dando por vencida. 

- Ok, não demora. - Disse. 

- Tá tchau. - Falei desligando o celular. 

Ligação off...

Fui direto para casa do Suga, nem me importei em me arrumar! Fui com os cabelos soltos mesmo e uma roupa confortável! Vulgo moletom e calça. A casa dele não era tão longe da minha por isso não demorei muito para chegar! 

Toquei a campainha assim que cheguei em frente a porta, a casa dele era muito bonita! Também era grande demais para alguém que morava sozinho. 

- Oie amor. - Escutei ele dizer ao abrir a porta. 

- O...- Nem tive tempo de terminar pois o mesmo me puxou para um beijo! 

- Você gosta mesmo de café né? - Falou ao se separar. 

- Sim. - Respondi envergonhada. 

- Vem vamos para o meu quarto. - Disse me puxando escada a cima. 

O quarto do Suga era enorme! Muito bem decorado e arrumado! Não tinha absolutamente nada fora do lugar. 

- Essa casa é muito grande para você sozinho! - Falei me jogando na cama dele. 

- Então vem morar aqui ué! - Me engasguei com a proposta. 

- Q-que? - Perguntei, com certeza estou muito vermelha agora. 

- Isso mesmo que você ouviu mocinha! Venha morar aqui! - Fiquei sem reação! Como assim morar mais ele? 

- Você está ficando doido? - Perguntei o olhando. 

- N-Ã-O. - Soletrou. 

Vi o mesmo se aproximar e subir em cima de mim, prendeu minhas mãos em cima da minha cabeça e me beijou. O beijo era feroz, necessitado, sua língua vasculhava cada canto da minha boca! Soltei um gemido abafado quando senti o mesmo descer os beijos molhados pelo meu pescoço! Suga voltou a beijar minha boca só que agora um pouco mais lento e prazeroso, finalizou o beijo dando uma mordida no meu lábio inferior. Permaneci de olhos fechados sentindo a respiração dele perto da minha boca. 

- Vem vamos ver um filme! - Disse saindo de cima de mim e me ajudando a levantar, apenas assenti. Eu estava envergonhada demais para dizer algo! 

Descemos e eu fui sentar no sofá da sala pois Suga foi fazer a pipoca. Minutos depois ele voltou sentando do meu lado e me puxando para o seu peito. Passei o resto do dia inteiro assim abraçadinha com ele. 

- Então o que você quer fazer agora? - Perguntei levantando a cabeça e vendo ele colocar a mão no queixo pensativo. 

-Hn... Não sei! Que tal isso. - Falou me puxando para mais perto me fazendo sentar no colo dele, senti ele passar os braços em volta da minha cintura e afundar a cabeça no meu pescoço dando um longo suspiro. - Você é muito cheirosa. - Falou depositando um beijinho me deixando arrepiada. 

- O-o-obrigada. - Gaguejei um pouco, eu estava com muita vergonha! 

- Você também é muito linda. - Disse me apertando mais contra seu corpo. 

- V-você t-também é. - Disse um pouco baixo. 

- E você é muito gostosa! - Sussurrou no meu ouvido me fazendo estremecer. Engoli em seco. 

- O-o q-que? - Perguntei sentindo meu rosto esquentar muito. - V-você e-está m-me d-deixando e-envergonhada! 

Ele nada respondeu apenas começou a distribuir beijos lentamente pelo meu rosto. Testa, pálpebras, nariz, bochecha, queixo e finalmente minha boca. Me permiti soltar um suspiro sobre sua boca quando senti aqueles lábios extremamente macios tocarem os meus, o beijo tinha uma velocidade média e podia-se ouvir os estalos que o mesmo fazia. Segurei sua nuca na intenção de puxa-lo para mais perto o mesmo segurou fortemente minha cintura, assim intensificando nosso contato. Nos separamos ofegantes porem, Suga permaneceu com a testa colada na minha. 

Eu já disse que te amo? - Me perguntou. 

- Já. - Falei ainda envolvida em seus braços. 

Ele olhou no fundo dos meus olhos e disse. 

- Pois então, eu lhe direi novamente! Eu te amo. - Falou beijando a pontinha do meu nariz e dando aquele sorriso que só ele tinha. 

- Eu também te amo. - Disse dando um beijo demorado nele. 

Eu posso ver isto em seus olhos

Posso ver isto em seu sorriso

Você é tudo que eu sempre quis, e meus braços estão abertos

Você sabe o que dizer

Você sabe o que fazer

E eu quero muito te dizer que eu te amo

...

 

 

 

 

 


Notas Finais


Então gostaram? Se sim favoritem e comentem ok? Desculpem pelos erros.
Link da música: https://www.youtube.com/watch?v=b_ILDFp5DGA


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...