História My First Love... (Nerd and Jock.) - Capítulo 40


Escrita por: ~ e ~MrWhiite

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Asgore Dreemurr, Asriel Dreemurr, Burgerpants, Chara, Doggo, Error Sans, Flowey, Frisk, Gerson, Grillby, Ink Sans, Mettaton, Muffet, Napstablook, Papyrus, Personagens Originais, Sans, Toriel, Undyne, W. D. Gaster
Tags Bixcolacha, Cherryberry, Crossmare, Dustlust, Errink, Frans, Gradient, Lustdream, Lusthorror, Marvul, Melon×sugar, Naj, Napsta, Nerd And Jock, Nicepants, Nightcross, Paperfresh, Papyton, Poth, Racyboots, Swaps, Valxancy, X-clluciv
Visualizações 241
Palavras 1.154
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Lemon, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Belly aqui. :3
Ota vez. :3
Oi. :3


MDS! 200 FAVORITOS???
COMASSIM????
MAS JA????

PERA QUE A GENTE VAI FAZER UM ESPECIAL. (QUE TALVEZ SAIA ATRASADO. XD)

MAS VAI TER!
AGORA... DO QUE EU NÃO SEI MAAAAAAS EU TAVA FAZENDO UMA HISTORINHA DA NAJ PRA POSTAR EM OUTUBRO. (:D)
E EU POSSO POSTAR NO ESPECIAL SE VOCÊS QUISEREM, MAS NÃO VAI INFLUENCIAR NA HISTORIA, (Tipo Amor Doce com aqueles anéis de capítulo especial que voce gastava com 100 PA e que não ajudava em porra nenhuma na história. :/ mas olha que maravilha, aqui pelo menos é de graça. :3), OU TALVEZ SIM, MAS VAIN,SER BEEEEEEEM MAS BEEEEEEEEEM ALEATORIO MSM!

Ta parey. ;u;
Digam o que querem:
Especial de perguntas?
Especial história topzona das galaxias da autora Belly! ヽ(*≧ω≦)ノ

Muagahah


Ta chega, to indo tomar os remédios. :D

Até daqui a pouco.
Bjinhux de algodão doceee. XD

Boa leitura.

Capítulo 40 - Teste de fantasias, tensão... Acaso - Part 2/2


Fanfic / Fanfiction My First Love... (Nerd and Jock.) - Capítulo 40 - Teste de fantasias, tensão... Acaso - Part 2/2


— Marvul? -











O coletor estava parado no corredor. As orbitas arregalados e o corpo completamente congelado pelo e vendo ocorrido. A voz que havia chamado seu nome... De forma tão gentil e doce, fora reconhecida imediatamente. E isso espantou o maior, que se sentir entorpecer a mente, e por mais que quisesse sumir dalí, não conseguiria, poia a mente havia caído num hiato de desespero que o impedia de tomar qualquer decisão.

A única coisa que pode fazer por hora, foi virar o corpo calmamente vendo um vulto vir em sua direção, Marvul levantou os braços em espanto e pode sentir a pequena sombra lhe abraçar. Trazia consigo um perfume, um perfume que Marvul conhecia, e que trouxe a memória lembranças de 2 anos atrás... Olhou para baixo podendo ver os olhos violetas fechados e um rosto sorridente por o ver. Sorriu de canto, o desespero havia sumido, Marvul havia se esquecido de como era boa aquela sensação...

— Marvul!! Eu nem acredito que você esta aqui! Eu achei que tivesse errado a escola... - Murmurou o menor abrindo os olhos violetas, fazendo uma expressão um pouco frustrada mas que logo voltou a ser o sorriso de sempre. O maior ainda com as mão para cima, revirou os olhos colocando uma das sobre a cabeça do menor de capuz, que ainda abraçava sua cintura.

— Heh... É, também é bom te ver Lucy. - O apelido fé Halluciv sorrir outra vez com os olhos fechados, estava com saudade do irmão, e era bom o rever de novo, sempre foram tão apegados...

— Lucy... Acho que... Já pode me soltar. - Murmurou o coletor. Marvul, por nunca foi muito o tipo de rapaz que demostra sentimentos.

— Nom! Eu tenho esse direito! Foram os 2 anos mais longos da minha vida, senti tanto sua falta. - O abraço do menor se tornou mais apertado, e por mais que o coletor não admitisse, também não queria que aquele abraço acabasse.

O sorriso de Marvul se alargou se tornando forçado e travesso quando atrás de sí apareceu o namorado do irmão casula. Este estava sério e com os braços cruzados como sempre.

— Eae, "Celly" - O tom do coletor agora, era em deboche, ainda olhando o outro a sua frente. Que não mudou a expressão diante daquilo, apenas bufou olhando o menor ainda abraçado a sí. 


...


Jaaammyyyy~ já pode sair! - O menor disse impaciente.

— N-Ã-O! - Gritou o maior de ossos negros. Palette bufou indo até a cortina do vestiário e a abrindo a força podendo ver o irmão com a fantasia todo encolhido e com a face ruborizada, se esforçou para não rir, mas era quase que impossível.

— ...Wow... Ah... Que fofinho. -

— FOFINHO VAI SER A HORA QUE EU TE CATAR! -

— Ah, para Jammy! Você ta uma gracinha! Fresh vai A-DO-RAR! - 

— PALETTE!!!!!!!! -

— Ta, ta, parei heh. - O menor parou um pouco olhando o irmão.

Well... Você tem razão Jammy, é muita viadagem. - Pensou colocando a mão sobre a boca, escondendo o pequeno sorriso que surgia em seu rosto. Suspirou agarrando o irmão mais velho e o puxando para fora na marra, já que PJ não estava nem um pouco afim de sair "vestido" daquele jeito, já que a fantasia deixava as costelas a mostra, e de certo modo, ele era timido, ainda mais pelas orelhinhas de coelho.

— Ta, agora eu vou buscar o seu namorado! - Disse com estrelas nos olhos.

— ELE NÃO É M-

— Já sei!! - Interrompeu de forma hostil.


O mesmo foi feito com Fresh, que foi arrastado pelo braço pelo menor. Revelando a roupa, mais para um Cosplay de senbozakura que... Também não era la muito descendo... Caído nos ombros deixava expostos os ossos albinos do menor, algumas partes, total e inteiramente feitas de renda transparente. 

Por algum motivo o rosto de PJ ardeu fortemente e ele sentiu a alma palpitar de uma forma forte. O mesmo acontecia com o menor ao Ver o amigo de tantos anos daquela forma, mas claro, os motivos de Fresh para sentir tal coisa, eram claros e óbvios, os de PJ ainda desconhecidos pelo maior.

Ambos desviaram o olhar de sí e Palette riu com tal ação. Rapidamente puxando o celular e tirando fotos, quando os dois repararam o que o menor fazia tiveram surtos e faniquitos, PJ gritando absurdamente tentando intimidar e fazer o caçula parar, enquanto Fresh apenas escondia o rosto fortemente corado, o que o deixava adorável. Palette nunca havia se divertido tanto quando aquele dia, mas logo Metatton chegou, e quando os alunos foram se queixar, por algum momento o "Professor" adorou a ideia das roupas pedindo que en se nas se com tais vestes. Aquilo, claro, revoltou os dois, que tiveram meus chiliques ainda se possível.


...


Estava sozinho na casa. Sentado olhando as mãos e pensativo, as roupas estavam postas e sobre a cama uma mala com o restante das vestes dentro. No móvel próximo a sí, uma foto com o marido, alí estavam felizes e com os filhos. Após tantos anos, depois de ter passado por tanta coisa, o artista já esperava de tudo...

...de tudo, menos aquilo.

O que fez... Era imperdoável. 

Que tipo de "amor" é esse?

Ink se perguntava mentalmente.

Porque? ... Porque Error?!

O artista sentiu um forte aperto no peito e o pesar de uma lágrima sobre o rosto, e não se segurou desabando em lágrimas com as mãos no rosto, tentando abafar o que havia acontecido. Conhecia o ciúmes de Error mas... Não acho que chegaria a esse ponto... Sempre amou o maior, desde a época de escola, mas agora? O que sentir sobre aquilo?

Raiva...

Decepção...

Mágoa...

Tristeza...

Angústia...

Melancolia...

Ink, pela primeira vez, sentiu que não queria ver Error nunca mais em sua vida. 

Pela primeira vez, se arrependeu amargamente em ter o conhecido.

Pela primeira vez, se odiava pelo fato de o amar tanto!

Odiava ainda mais aquele ciúmes incontrolável de Error...

...Incontrolável.

Ink afastou as mãos olhando a aliança. O anel dourado tão precioso que marcou o dia mais feliz de sua vida... O dia que fizeram promessas tão doces, de que seriam fiéis um ao outro, que se respeitariam, que sempre se amariam, na alegria... Na tristeza... Até que a morte os separasse... Promessas que a momentos atrás, não valeram de nada para Error. O artista tirou o círculo dourado, colocando-o sobre a cômoda perto de um pequeno bilhete. Limpou o rosto se levantando, puxou a mala consigo e passou pelos ambientes da casa, parou nos quartos relembrando de bons momentos com os filhos e o marido. 

Quando chegou a porta, olhou para trás uma última vez. O ambiente vazio e escuro, marcado de lembranças, e a mais recente, que ele queria mais do que tudo esquecer naquele momento. 

Saiu da casa de forma melancólica e solitária. A angústia lhe roía por dentro e doía por fora. Levou a bagagem para o Táxi que lhe esperava ao lado de fora, entrou no veículo e deixou para trás a maior angústia em lembrança que obtinha do marido.




Notas Finais


Yep. É isso.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...