História My First Unknown Love - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Vhope
Exibições 149
Palavras 2.853
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Shoujo-Ai, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Gente ultimo capítulo <3
Desculpem por ser curta assim

Capítulo 5 - Novo começo


P.O.V Jungkook

Assim que chegamos na casa continuei arrastando Jimin sem dizer nada até chegarmos no quarto e então entrei no banheiro trancando a porta. Em seguida coloquei Jimin contra a parede e comecei a beija-lo, ficamos um tempo assim até eu leva-lo ao chuveiro e ligar, lá estava eu fitando aqueles olhos e boca maravilhosos.

- Jimin... Aceita ser só meu? - sussurrei em seu ouvido e senti aquela pele macia se arrepiando.

- aceito Kookie... - Disse Jimin voltando a me beijar.

A água escorria pelos nossos corpos deixando nossas roupas mais pesadas e aqueles beijos que antes eram lentos agora estavam mais rapidos, parei por um instante para tirar minha blusa e a de Jimin e então comecei a distribuir pequenos beijos e mordidas pelo seu pescoço e ele gemia a cada um deles, era excitante aqueles gemidos e arfadas dele. Ele colocou peso em meus ombros fazendo ambos se ajoelharem no chão e então ele me sentou e começou a beijar meu pescoço em quanto acariciava meu membro coberto pela fina camada de tecido e isso me fazia perder o controle da minha respiração que ficava cada vez mais pesada e também deixava mais difícil de segurar os leves gemidos que eu dava. Jimin começou a descer com os beijos chegando a cueca que já tinha um enorme volume, tirando a ultima vestimenta que eu usava expondo meu membro ereto. Ele começou a dar pequenos beijos pela glande e então dando pequenas sugadas com movimentos leves.

- H-Ha... Jimin como eu amo sua boca... - Falei tentando controlar meus gemidos mas era impossível.

Derrepente ele parou os movimentos e tirou sua bermuda e coeca sentando em meu colo e me beijando dando pequenas mordidas nos meus labios, e eu fazia o mesmo naqueles labios carnudos. Ele rebolava em meu colo e aquilo me deichava louco, eu já não poderia parar eu realmente queria fazer aquilo com Jimin e estava feliz que o mesmo demonstrava total interesse então o deitei no chão, e que visão que eu tinha daquele lindo corpo. Estendi dois dedos até a boca de Jimin para ele os lamber, e o mesmo fez com uma carinha extremamente fofa. Cheguei próximo de seus ouvidos e sussurrei - Posso?... - e então ele concordou e eu coloquei primeiramente um dedo e ele gemeu manhoso e mais alto quando coloquei o segundo, aquilo me deixava mais empolgado ve-lo morder sua mão e encurvando de leve as costas devido a dor... Jimin era maravilhosamente apertado, esperei até que ele se acostumar se então comecei com movimentos lentos e ele ia aumentando o som de seus gemidos eram como música para os meus ouvidos. Depois de ficar um bom tempo fazendo isso me coloquei na entrada de Jimin.

- Haa... K-Kookie! Hmm.... - Ele gritou meu nome entre os gemidos quando coloquei meu membro, era tão quente e apertado mas mesmo louco para começar os movimentos eu esperei ele se acostumar e quando se acostumou começou a rebolar levemente que me fez arfar e gemer era incrível como ele era bom nisso. Depois de um tempo eu comecei as estocadas leves que foram se tornando cada vez mais rápidas e nessa hora eu e Jimin já não conseguia controlar nossos gemidos.

- Kookie! M-Mais fundo haa... - Disse Jimin quando acertei seu ponto, ele parecia gostar, aquela visão dele com os olhos fechados mordendo seu lábio superior era linda.

Em quanto eu o estocava o mesmo começou a fazer movimentos rápidos em seu membro dando pequenos apertos, e não demorou muito para que ele goza se em quanto chamava meu nome.

- Jimin... E-Eu acho que vou...

- Kookie, d-dentro de mim por favor... - Depois de ouvir o que Jimin falou eu gozei e foi a melhor sensação da minha vida, dei um selinho nele e ficamos nos olhando em silêncio apenas escutando o som da água do chuveiro se chocando contra nossos corpos.

Abracei Jimin e então disse - Eu te amo tanto... mesmo não te conhecendo direito, mas mesmo assim quero passar o resto da vida com você Jimin - E então beijei sua bochecha.

- Kookie... Estou tão feliz que acho que poderia morrer agora.

- Ei não diga isso, morrer seria a ultima coisa pra se fazer agora temos que passar mais tempo juntos

Ficamos um tempo lá e boa parte em silêncio apenas trocando caricias até que decidimos sair. Ninguém havia voltando ainda então ficamos aliviado assim ninguém ouviu a barulhera que fizemos, aproveitamos para passar um tempo em paz a sós. Me sentei no sofá e logo em seguida Jimin sentou ao meu lado encostando sua cabeça em meu ombro e eu o abracei gentilmente e perguntei.

- Esta doendo? - assim que perguntei vi o rosto do ruivo corar.

- U-Uhum... mas é pouco não se preocupe, acho que consigo disfarçar - Disse Jimin se levantando e tentando mostras o que iria fazer na frente dos outros, porem ele acabou caindo no segundo passo.

- Meu deus Jimin você ta bem? Droga... agora me sinto mal por ter feito isso com você - Falei colocando-o em meu colo e sentando no sofá novamente.

- ...acho melhor eu ficar aqui até todos irem dormir

- Ai eu te levo nos meus colos minha princesa~ - Falei levantando de leve o queixo de Jimin

- Ei! Não sou uma garota...

- Baby então?

- Que tal apenas me chamar de Jiminie? - Ele disse escondendo o rosto, provavelmente envergonhado.

- Ok então Jiminie - O abracei forte dando um beijo na sua cabeça... o tempo poderia parar ali para nós dois ficarmos assim para sempre.

E como a paz dura pouco os outros voltaram, e foi uma cena engraçada tenho que adimitir, Namjoon estava bronzeado mas não onde estava a camiseta dele, Hoseok estava com mais areia do que bermuda e Tae estava com um vestido de praia, já Jin estava normal como sempre.

- Voltamos casalzinho apressado! - Disse Jin em um tom brincalhão, porem fez eu e Jimin corar - Foi bom ou não?

- Jin por favor... não faça esse tipo de pergunta pra eles coitados, sabe... foi a primeira vez de ambos - Dice Tae com aquele vestido amarelo sol

- E você Tae por que esta com esse vestido amarelo? - Perguntou Jimin segurando-se para não rir.

- É... - ele abaixou a cabeça e ficou em silêncio

- Deus, deixa que eu explico - Falou Jin que parecia serio - Hoseok decidiu que seria uma ÓTIMA ideia trepar no mar em plena luz do dia e tirou a bermuda e sunga de Taehyung e elas foram levadas pelo mar, resumo, Tae ficou sem nada por baixo naquele sol escaldante e eu fiquei esperando aqueles ambulantes vendendo roupas e tudo que ele tinha era vestidos então comprei um e acabou assim...

Eu juro que tentei não rir mas foi inevitável, então todos começaram a rir da situação e do Tae com aquele vestido gigantesco e amarelo, fico imaginando as pessoas na rua olhando o coitado com esse vestido, deve ter melhorado o dia de muita gente por ai. Depois deles tomarem banho ficamos todos na sala conversando sobre coisas aleatórias até que Hoseok toca em um assunto que ninguém havia tocando antes.

- Tae e eu e Jimin e Jungkook... Então será que... - Do nada ficou um silêncio e nos quatro olhamos para Jin e Namjoon

- ... Que foi? - Perguntou Jin confuso

- Eles se tratam "bem" e se preocupam um com o outro então... acho que sim - Taehyun falou em quanto colocou um sorriso malicioso no rosto

- Acho que sim o que gente? - Pergunta Jin ainda confuso

- Puta merda vamos ao ponto, você e Namjoon namoram? - Perguntei já impaciente.

- Nossa... demoraram pra chegar a essa conclusão em - Falou Namjoon enquanto passava seu braço em volta dos ombros de Jin que sorria

- Gente eu sempre achei que era só brincadeira... ou sei lá... que eles eram EXTREMAMENTE próximos - Hoseok parece surpreso ainda com isso, porem eu já esperava.

 

 


E isso era tudo o que eu me lembrava daquelas férias... e dos dias felizes que passei com Jimin até ele sumir... Não me deu noticias não avisou nem a mim nem aos outros, depois de lembrar do meu primeiro amor eu voltei a realidade e vi que eu estava na minha mesa de escritório e só hoje eu... depois de anos já com uma casa enorme, varias empresas e alguém extremamente importante e que estava noivo de uma linda mulher, me toco que trocaria tudo... tudo para ver Jimin novamente e toca-lo. Eu me levantei de minha cadeira e fui para a enorme janela daquela gigantesca sala e então coloquei minha mão em meus lábios tentando lembrar da sensação de beijar aquele ruivo... Será que ele esta bem? será que... encontrou outro alguém?... se esta vivo?... eu não sei, eu voltei a realidade com minha assistente me chamando.

- Sr. Jeon um homem veio para a entrevista de emprego, posso manda-lo entrar? - Disse a mesma vindo em minha direção entregando os papeis com informações do candidato a cargo de vice presidente... espero que seja alguém competente.

- Se fizer isso eu agradeço Neide - Voltei para minha mesa e comecei a ler os papeis até que o homem entra em minha sala.

- Bom dia Sr. Jeon - Era uma voz familiar mas antes de encara-lo continuei lendo seu formulário... então vi seu nome... Park Jimin, Senti meu coração apertar, seria aquele Park Jimin de 10 anos atrás que sumiu sem dar noticias a ninguém?

Eu estava com meus olhos presos a quele nome e com o corpo paralisado eu não queria olhar e ver se era o mesmo ou se era outra pessoa... mas eu não resisti e olhei. Era o próprio mas agora estava loiro... continuava lindo, e parece que assim que viu meu rosto ele me reconheceu e pude ver aquele rosto que não via a anos corar desviando o olhar.

- E-Eu não acredito... K-Kookie?... - Ele disse em tom baixo mas foi o suficiente para mim ouvir.

- Jiminie... Você... - Eu não sabia o que dizer, senti lágrimas escorrerem pelo meu rosto.

Me levantei daquela cadeira e corri para Jimin o abraçando forte, e o mesmo retribuiu - Eu senti sua falta... - Sussurrei em seu ouvido e o senti se arrepiar. Ignorei totalmente aquela entrevista, eu queria saber o que aconteceu por que ele fez aquilo comigo?

- Jiminie, por que você sumiu? por que me abandonou? - Perguntei com cara de choro e preocupação.

- Eu lamento... mas assim que contei para meus pais sobre nós dois, eles me forçaram a eu perder todo o contato que tinha com você e me mandaram de volta para Busan só que dessa vez eu estava sozinho... não teve um dia sequer que passei sem sentir a dor de não ter você comigo - Ele disse com a voz começando a falhar e então eu o abracei forte.

Comecei a beija-lo sem nem pensar duas vezes, eu não me importava mais com minha noiva que nem amava, ou com aquela maldita empresa eu apenas queria Jimin em meus braços novamente e dessa vez para sempre.

- Agora, eu já sou maior de idade e depois de me esforçar juntando dinheiro voltei para Seul, porem todos vocês mudaram de telefone e casa e acabei não os encontrando... te encontrar logo aqui para uma entrevista eu não esperava por isso, estou tão feliz de ter te encontrado Kookie.

- Eu já volto, espere aqui - Eu o deixei sentado naquele sofá e corri para encontrar aquela maldita assistente.

- Neide! 

- Sim senhor?

- Cancele tudo que tenho pra hoje e dispense os funcionários, você também esta liberada.

- Mas senhor...

- Sem mais... apenas faça o que estou mandando ou vai perder seu emprego - Dei de costas e voltei correndo para a sala onde Jimin estava me esperando.

Estendi minha mão para ele que a segurou mesmo sem entender e o arrastei para fora daquela empresa, nada mais me importa eu apenas queria ele, pedi para meu motorista me levar até minha casa onde provavelmente minha noiva estava, então toquei a campainha e a mesma abriu.

- Amor... quem é esse? - ela nos olhou confusa

Eu agarrei as mãos de Jimin entrelaçando nossos dedos e levantei mostrando para ela - Lamento Nimyong... mas esse é meu verdadeiro amor... - Olhei para ela serio.

- É aquele garoto da história que você me contou certo? - ela perguntou com um sorriso no rosto.

- S-Sim...

- É como eu o imaginei prazer em conhece-lo senhor Park Jimin - Ela entrou dando passagem para nós dois e entramos assim como ela queria.

Nós conversamos e ela parecia entender, e confessou que também só se casaria comigo por causa dos negócios de família. Depois de uma longa conversa ela fez uma pequena mala dizendo que nos daria privacidade para qualquer coisa que queria fazer, e que no dia seguinte voltaria para pegar o resto das coisas e antes de sair me devolveu a aliança de noivado e então saio. Se eu teria problemas em relação a tudo que fiz hoje? com certeza! mas nada disso me importava, eu não ligava se perderia tudo... estava tudo bem se eu não perder ele novamente. Nós dois fomos para o quarto para relembrar nossa primeira vez naquelas férias, eu estava com tanta saudade dele que parecia que a nossa primeira vez se repetia mas agora na confortável cama de minha casa. Aqueles Gemidos, aquela boca, aqueles olhos, aquelas coxas e corpo eu sentia falta de cada milimetro dele, Ele gemeu alto assim que coloquei meu membro dentro dele.

- Hoo Jiminie... você continua perfeitamente apertado, eu quero te foder até não aguentar mais...

- Kookie... então me foda! - Ele disse mesmo constrangido, e isso me deixava mais excitado do que já estava.

Depois que finalmente acabamos ficamos deitados apenas olhando um ao outro, e então decidi tomar providencia sobre uma coisa então me levantei da cama colocando uma calça.

- O que foi? - perguntou Jimin curioso quando me viu ir ate a comoda pegar algo.

Me ajoelhei na frente de Jimin segurando sua mão e então coloquei a aliança de noivado nele - Acho que... isso pertence a você meu amor... - Disse e então olhei para ele com um sorriso no rosto, e senti ele pulando nos meus braços chorando.

- Kookie, me perdoe... por ter sumido, eu juro que se desse para eu voltar no passado... eu nunca teria dito para os meus pais sobre você... e nada disso teria acontecido - Ele soluçava e chorava muito, eu não me segurei e acabei chorando junto.

- Hey... não chore, a partir de agora nada vai nos atrapalhar, promete ficar comigo para sempre? - perguntei fitando seus olhos inchados que me trazia memorias do nosso primeiro beijo.

- Eu prometo - e então ele me beijou e ficamos assim por um tempo e então fomos dormir.

No dia seguinte eu resolvi tudo sobre minha ex noiva com os pais dela, e claro ajudei a mesma a arrumar um lugar para morar, também dei o cargo de vice presidente para Jimin, acho que ninguém melhor que a pessoa que confio minha vida para me ajudar. Eu estava ansioso então adiantei nosso casamento, e no dia confesso que fiquei decepcionado em não ver Jimin com um vestido de noiva, aposto que ia ficar lindo e sexy... mais do que já é. Um tempo depois reunimos Taehyung, Hoseok, Jin, Namjoon e Yoongi que por incrível que pareça não estava sozinho, estava com um garoto de cabelos azuis realmente eu não esperava essa dele. Jin e Namjoon se casaram e tem como filho dois cachorros, já Tae e Hoseok ainda parecem duas crianças brincando de marido e mulher, mesmo assim é muito fofo a forma com que se tratam. Rever todos foi muito gratificante.

- O que vocês acham de voltarmos um dia para aquela casa na praia onde tudo começou? - Dice Tae que parecia feliz.

- Seria uma boa ideia, eu topo - Concordei com Tae

- Quero voltar pro lugar onde tudo de novo pra mim aconteceu com Kookie - Jimin também parecia empolgado com a ideia em quanto segurava minha mão

- Por que não? né Namjoonie? - Disse Jin aproximando seu rosto do de Namjoon

- Não me chame assim é constrangedor... mas em fim seria ótimo

- E você Yoongi? - Perguntou Tae

- Da licença mas eu tenho alguém pra cuida sabe~

E novamente Yoongi não iria com a gente, aposto que é por que gostamos de sair muito e ele só quer saber de dormir, continuamos conversando o dia todo e depois disso tudo as coisas ficaram maravilhosas para mim, eu nunca havia ficado empolgado com minha vida até então. A partir de agora todos os dias serão felizes visto que estarei com o amor da minha vida daqui em diante.
 


 


 




 



 


 

 


Notas Finais


Obrigada a você que gostou, eu tinha essa fanfic guardada no meu PC a muito tempo -q


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...