História My Friend's Brother - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cameron Dallas, Originais, Shawn Mendes
Personagens Cameron Dallas, Personagens Originais, Shawn Mendes
Tags Cameron Dallas, Shawn Mendes
Visualizações 57
Palavras 1.551
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Festa, Hentai
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


hi...

Capítulo 6 - Cap 6


*-Vamos indo -ele se levantou junto de mim e andamos até a casa dele enquanto conversamos sobre qualquer coisa que fosse interessante...ou não.*

Elizzy On

Chegamos na casa dele, entrei e fiquei observando...fazia tempo que eu não ia lá ver a Ashley e parecia que havia acontecido algumas mudanças por ali.

Observei ele fechar a porta e andou até mim, pegou na minha mão e subiu pro quarto dele.

-Eu to terminando de decorar ainda, se quiser me ajudar - ele disse pegando uma caixa e colocando em cima da cama.

-Tudo bem, posso dar algumas sugestões pra você- abri a caixa e observei as coisas que tinham lá.

Tinha um mini violão prata que parecia um troféu, mas para não parecer curiosa resolvi não perguntar.

-Pode colocar essa daqui ali na prateleira de cima, junto de outras coisas desse tipo - falei apontando para a prateleira e ele assentiu me pegando no colo - Ah Meu Deus, o que é isso ? -dei risada e ele me levantou.

-Coloca ai pra mim, vamos ver se você realmente tem boas sugestões- ele me disse sorrindo e eu o encarei.

-Eu tenho ótimas sugestões- coloquei o mini violão prata na prateleira e ele me colocou no chão de novo.

Andei até a caixa e peguei uma mini guitarra e outros enfeites que ele tinha, me estiquei até a prateleira e tentei colocar, mas novamente senti Shawn me pegando no colo e me levantando.

Sorri e arrumei as coisas, ficou bonitinho o jeito que eu deixei, ele me colocou de novo no chão e ficou observando minha "obra de arte".

-Até que você é uma boa decorada mesmo -ele me olhou e eu sorri.

-Sou uma ótima decoradora...a Ashley está?

-Ta sim, no quarto dela com um cara moreno.

-Cameron,meu irmão mais velho -falei sentando na cama dele e ele assentiu ficando de frente comigo.

-Sabe dançar?- ele disse pegando o celular na mão e olhando pra mim.

-Mais ou menos...porque a pergunta?- falei olhando em volta e pensando como ficaria o quarto dele depois de pronto.

-Me concede essa dança bela dama?- ele disse se ajoelhando na minha frente e eu dei risada.

-Aceito sim cavalheiro -falei colocando minha mão junto da dele e ele se levantou me puxando da cama e fazendo eu ficar de frente com ele.

Pegou o celular e colocou a música All Of The Stars do Ed Sheeran, deitou o celular na cama e colocou as mãos na minha cintura e eu suspirei.

Coloquei meus braços em volta do pescoço dele e começamos a balançar um pouquinho enquanto olhávamos um para o outro.

-Gosta de Ed Sheeran?- ele me perguntou e eu assenti.

-Curto algumas músicas dele mas não todas...e você?

-Sou bem fã do Ed Sheeran -ele disse tirando sua mão esquerda da minha cintura e entrelaçando seus dedos aos meus- só me acompanha, tudo bem?

-Uhum - resmunguei e ele sorriu dando 2 passos pra frente e 2 passos pra trás repetidamente.

Tirou a outra mão da minha cintura e me girou, sorri pra ele que novamente colocou a mão na minha cintura.

-Segura - ele disse e eu franzi o cenho sem entender o porque de ele me dizer aquilo.

Então eu segurei um pouco mais forte nele e o mesmo me jogou um pouco pra trás enquanto me segurava.

-Socorro, pelo amor de Deus não me solta -falei olhando pra ele que riu voltando ao normal.

-Relaxa, fiz curso de dança por 2 anos e meio, confia em mim -ele disse soltando uma mão minha e nos esticando - gira até mim - fiz o que ele mandou e então fiquei de costas pra ele enquanto seguravamos um na mão do outro.

Ficamos daquele jeito por um tempo, balançando de um lado para o outro.

Me arrepiei ao sentir o membro dele encostar na minha bunda e a respiração quente dele batendo no meu pescoço...

Alguns segundos depois a música acabou e ele me virou de frente com ele, colocou a mão na minha bochecha e ficou me encarando.

-Acredita em amor a primeira vista? - ele falou baixo enquanto olhava nos meu olhos e eu senti meu coração bater mais forte.

-Acredito sim...-respondi no mesmo tom que ele falou comigo e me aproximei um pouco dele que fez o mesmo.

Ele olhou pra minha boca e eu olhei pra ele.

-Não faça nada que vá se arrepender depois -falei e ele sorriu.

-Eu nunca me arrependo de nada que eu faço - ele falou colocando as mãos na minha cintura e selando nossos lábios em um beijo calmo e lento.

Ficamos uns segundos daquele jeito e ele pediu passagem com a língua e eu deixei.

Nos beijamos por uns 2 minutos e depois nos separamos por falta de ar e, socorro que beijo foi aquele...

Ele olhou pra mim e sorriu enquanto colocava meu cabelo por trás da orelha.

-Você beija bem -ele disse e eu ri do comentário.

-Digo o mesmo de você -falei sorrindo e ele me pegou no colo - o que ta fazendo dessa vez?

Ele apenas sorriu pra mim e me deitou na cama ficando por cima enquanto voltava a me beijar lentamente.

Passei minhas mãos pelo cabelo dele e coloquei minhas pernas em volta da cintura dele que desceu seus beijos para meu pescoço.

Fechei os olhos e aproveitei a sensação ótima que estava sentindo com aqueles beijos quentes e delicados que ele ficava dando no meu pescoço.

Ele desceu a mão até minha blusa e tirou ela enquanto beijava minha barriga subindo até minha boca e me dando um selinho.

Sorri enquanto observava ele abrindo os botões da minha calça calmamente enquanto acariciava minha coxa.

Eu tinha conhecido ele hoje mas ele parecia o certo pra mim, desde o primeiro minuto que eu vi ele senti que tínhamos uma conexão.

Quando passei o intervalo com ele senti que ele era o certo pra mim, mesmo mal conhecendo ele.

Eu resolvi dar uma chance ao destino, uma chance pra ele, uma chance pra nós...

Me perdi em pensamentos enquanto olhava para o teto sentindo minha calça sendo retirada de meu corpo com toda a delicadeza do mundo.

-Posso experimentar uma coisa com você? -ele perguntou enquanto me encarava e eu assenti- Não vou tirar sua virgindade porque nos conhecemos hoje, e eu não sei se você vai querer fazer isso comigo ou esperar até conhecer a pessoa certa, mas eu queria só te mostrar uma coisa...uma sensação nova podemos se dizer assim.

- E o que seria essa sensação nova? -perguntei olhando pra ele que subiu até meu rosto e me deu outro selinho demorado.

-Já recebeu um oral? - ele me perguntou enquanto passava a mão pela minha silhueta me fazendo arrepiar enquanto negava com a cabeça - Quer experimentar como é?

-Sim, eu quero -falei baixo enquanto fechava os olhos e relaxa ao sentir a mão dele passeando por todo meu corpo.

Senti ele descer até chegar na minha virilha enquanto tirava minha calcinha depositando beijos na parte interna da minha coxa.

Quando senti que estava sem calcinha, abri meus olhos e olhei pra ele corada.

-Não precisa ter vergonha de mim, tabom?- ele disse enquanto abria um pouco minhas pernas.

Suspirei e me deixei levar pelo momento, tentando esquecer toda a vergonha que eu estava sentindo por estar quase nua na frente dele.

Senti dois dedos entrando na minha vagina e mordi o lábio enquanto fechava os olhos e tentava conter meu gemido, até porque a Ashley e o Cameron estavam no quarto ao lado.

Ele começou a ir e voltar com os dedos me deixando boquiaberta e soltando pequenos suspiros enquanto tentava ficar relaxada por completo sentindo aquela sensação.

Shawn ficou fazendo aquilo por um tempo e depois senti a língua dele passando pela minha entrada o que me fez soltar um gemido um pouquinho mais alto.

Senti ele ficar passando a língua pelo meu clitoris enquanto ia e voltava com os dedos, no mesmo ritmo que ele passava a língua por toda a minha vagina.

Mordi meu braço forte quando senti ele esfregar o dedo indicador e o dedo do meio no meu clitoris enquanto passava a língua pela minha entrada rapidamente.

-Shawn...- gemi apertando o lençol.

-Vamos Elizzy, goza - ele disse enquanto passava a lingua pela minha entrada acelerando mais os movimentos.

Fiquei de boca aberta enquanto gemia nem alto e nem baixo, sentindo toda aquela sensação maravilhosa o que me fez pensar no porque eu nunca recebi um oral antes...

Olhei para Shawn que parecia irritado porque eu não gozava logo, ele olhou pra mim e depois começou a chupar meu clitoris com força enquanto fazia pressão.

Gozei gemendo alto e ele teve que me beijar para abafar o gemido me fazendo sentir meu próprio gosto na boca dele que depois de alguns segundos se separou de meus lábios e lambeu meu gozo enquanto eu tentava normalizar minha respiração que estava acelerada.

Depois que eu consegui voltar a respirar direito, Shawn se deitou ao meu lado e me abraçou fazendo com que eu deitasse minha cabeça no peito dele que puxou uma coberta e nos cobriu até o pescoço.

-Gostou? - ele perguntou enquanto me olhava sorrindo e eu assenti.

-Eu amei - falei dando um selinho nele e sorrindo.


Notas Finais


até mais...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...