História My galaxy all star - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Castiel, Charlotte, Dakota, Debrah, Dimitry, Iris, Kentin, Kim, Li, Lysandre, Melody, Nathaniel, Nina, Peggy, Personagens Originais, Professor Faraize, Professora Delanay, Rosalya, Senhora Shermansky, Violette
Tags Amor Doce
Exibições 51
Palavras 1.420
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Eu te mato


Fanfic / Fanfiction My galaxy all star - Capítulo 2 - Eu te mato

Acenei me afastando em meio aos caminhos delimitados por arbustos ate entrar na parte coberta longe do olhar daquele hidrante. Segui pelos corredores a pé, por segurança, ate ver uma placa escrita grêmio. Entrei pela porta e vi um garoto loiro de olhos dourados mexendo em alguns papeis.

-Com licença- chamei, mas o garoto não se virou. Ou ele me ignorou, ou ele não me escutou- Ei- tentei novamente. Nada- VIRA PRA CÁ, DROGA!- o garoto levou um susto e acabou caindo no chão levando alguns papeis consigo

Comecei a rir

-Ei representante- ouvi alguém chamar. “Eu conheço essa voz”- a diretora me ped. - o garoto ruivo parou em frente à porta e começou a rir descontroladamente

O loiro se levantou e olhou pro ruivo com ódio.

-Cala a boca, Castiel!

O nome dele é Castiel

Bom saber

-Ei- chamei na intenção de evitar e terceira guerra mundial- eu sou...

-Ah- interrompeu o ruivo- e cega que trombou em mim- ele se aproximou- não tinha percebido que seu cabelo é colorido- ele segurou uma mecha colorida e eu dei um tapa na mão dele

-Eu sei que não percebeu- afirmei- estava ocupado demais me chamando de cega

-Ele te chamou de cega?- o loiro interrompeu

-Esqueça- fiz um gesto com a mão- preciso da minha ficha de inscrição

-Seu nome?- perguntou o loiro. A essa altura o ruivo estava encostado na parede

-La... - “Droga, não posso falar o apelido”- Galaxy- o ruivo começou a rir

-Seu nome foi minha matéria de ciências do sexto ano- falou ainda rindo

-Desculpe, como?- perguntou o loiro lançando um olhar incrédulo na minha direção

-Talvez esteja escrito Lax na ficha- insisti e ele voltou a olhar

-Aqui esta- anunciou o loiro- Galaxy Bodreaux Galen. Galen- repetiu- você já estudou aqui não é? Você e sua irmã?!

-Meia irmã- corrigi.

-Rosalya Campbell Galen?!- assenti- a ficha dela esta aqui, você pode concluir as duas de uma vez.

-Não, vai ser divertido ve-la correr de um lado pro outro procurando o gremio

-Gostei dela- o ruivo apontou pra mim

“Bipolaridade mandou lembranças”

-Eu percebi que o nome dele é Castiel- apontei pro ruivo sem desviar o olhar do loiro- e o seu é?

-Nathaniel, sou o...

-Representante de turma- Castiel completou entediado

-Então será que eu posso concluir a minha ficha NATHANIEL- enfatizei o nome fazendo o ruivo bufar e calar a boca

Aleluia

-Claro, só preciso de uma foto três por quatro e a taxa de 25 reais pela entrega dos livros.

Retirei tudo da bolsa e entreguei a ele, logo em seguida ele entregou meus horários, livros e os números de sala, dormitório e armário

-Espero que não tenha problema com isso, mas aqui não temos diferenças de sexo quanto ao dormitório- tentou me explicar formalmente, mas eu havia entendido onde ele queria chegar

-Posso acabar no mesmo quarto que um garoto. É isso?- ele assentiu- Como assim?- em nenhuma escola do mundo eu havia ouvido falar disso, e eu já tinha passado por mais escolas do que eu podia contar.

-Se tiver algum problema com o seu, ou com a sua colega de quarto você pode pedir uma troca, mas algum outro aluno tem que estar disposto a trocar com você e ambos os colegas tem que concordar.

O sinal tocou

-Obrigado pela ajuda- joguei os papeis e horários na bolsa e acenei

Saí andando pelos corredores ate encontrar uma porta escrito 25-B, entrei e percebi que não era a única atrasada, havia quatro lugares vagos. Sentei-me no mais próximo a janela, peguei meu caderno de rascunho e coloquei meus fones.

Queria desenhar, como eu fazia quando estava entediada, mas nada vinha a minha mente. Ou melhor, vinha, eu só não gostava do que vinha

“-Seu nome foi minha matéria de ciências do quinto ano”

Hidrante

-Bom dia- um homem de cabelos castanhos e olhos cor de rosa entrou na sala- sou o professor Faraize

Coloquei um capuz por cima dos fones e cobri o cabo com cabelo

-Ninguém liga- alguém murmurou

-O mesmo pra você- retrucou o professor fazendo a sala inteira entrar em coro em um “turn down for what”- mas agora gostaria que os alunos novos viessem à frente

“Droga!”

Houve barulho de cadeira se arrastando e alguns alunos se levantaram

O primeiro tinha olhos azuis, cabelos pretos, era um pouco mais alto que eu e tinha um PSP na mão

O segundo tinha cabelos azuis, olhos violetas, fones de ouvido pendurados no pescoço e roupas bem coloridas. Quase idêntico ao primeiro garoto na fisionomia

A porta se abriu e Rosa entrou na sala junto com o ruivo e um garoto de cabelos brancos com pontas pretas e olhos heterocromicos

-Ei, você- chamou o professor, mas Castiel e o garoto continuaram andando. Rosa se virou- Você é nova aqui?- ela assentiu rapidamente- se apresente junto com os outros- Faraize se virou pra mim- e você também

-Mas... - estava pronta pra inventar alguma desculpa, mas fui interrompida.

-Se vai dizer que já era dessa turma, sinceramente eu me lembraria de uma garota de cabelos coloridos e cheia de tatuagens.

Não era cheia de tatuagens. Tinha o sol na mão esquerda e a lua crescente na mão direita, a constelação de gêmeos na lateral direita do quadril, as asas, uma em cada lateral de cada pulso, além da fileira de fases da lua nas costas, a bussola envolta em uma galáxia na lateral esquerda do busto e o pássaro em chamas violetas degrade, feito o céu no escuro, que ficava no ombro direito. Mas, apesar disso, não se considerava cheia de tatuagens.

-Eu...

-Venha- chamou novamente

Levantei-me e fui ate a frente da sala

-Muito bem, quem começa?- nós nos entreolhamos e o garoto de cabelos pretos deu um paço a frente- Pelo menos um voluntário

-Vamos acabar com isso de uma vez- o garoto falou- meu nome é Armim Henri Miller, eu tenho 17 anos como quase todo mundo aqui e... Só. É, acabou.

-Fale sobre a sua vida seus robes, oque quiser- insistiu o professor- depois teremos aula normal, tudo bem?

Não, não ta tudo bem.

-Sim, tudo bem- respondemos quase em coro

-Okay- Armim deu um suspiro- eu sou otaku e gamer- ele olhou pro professor mas ele fez sinal para que Armim continuasse a falar- eu fui adotado com seis anos junto com meu irmão gêmeo Alexy e viemos pra Sweet Amoris no ano passado pra conhecer a escola, mas só nos matriculamos esse ano.

-Tudo bem Armim obrigada- Armim foi pro seu lugar

O próximo a falar seria o garoto de cabelos azuis

-Meu nome é Alexy Henri Miller, eu gosto muito de musica e pretendo fazer faculdade pra moda. Bom, meu irmão já falou tudo que tinha pra dizer- Alexy se sentou numa das cadeiras do meio dando vez pra Rosa falar.

-Meu nome é Rosalya Campbell Galen. Eu gosto muito de moda e pretendo fazer faculdade pra isso também- Alexy sorriu olhando pra Rosa- eu e minha meia irmã paterna, Lax, já estudamos aqui há alguns anos, mas não ficamos por muito tempo. Viemos de New Orleans e chegamos agora na cidade- ela se sentou em uma das cadeiras da frente de forma tranquila, Rosalya sempre teve mais facilidade com o “publico”.

-Ah!- percebi que era minha vez- Meu nome é Lax Bodre... - fui interrompida

-Mentirosa

O ruivo obvio

-Seu nome é Galaxy- continuou

Todos riram

-Eu sei- respondi esperando que o professor me mandasse sentar em meu lugar.

-Continue, por favor- pediu Faraize cortando minhas esperanças.

-Meu nome é Galaxy Bodreaux Galen, como o hidrante fez questão de dizer- ele ia interromper, mas eu não dei espaço pra isso- mas prefiro que me chamem de Lax. Sou otaku- Armim olhou pra mim com os olhos brilhando- e fotografa amadora, gosto muito de astrologia. Bom, Rosa já falou o mais importante.

-Tudo bem- Faraize pôs um fim naquela tortura e eu fui me sentar no meu lugar ao lado da janela, três cadeiras atrás na fileira o lado da de Rosa, na frente do Armim, a três fileiras do Alexy... e ao lado do Castiel.

Ele se inclinou pra mim

-Você canta?- perguntou

-Nã... - Rosa me interrompeu virando pra trás

-Sim, ela já teve uma banda- sorriu olhando pra mim

Rosa movimentou os lábios sem emitir som “pega ele” apontou com a cabeça para o Castiel

“Eu te mato” falei da mesma forma

O ruivo sorriu

-Bom saber- ele voltou a se sentar normalmente e Rosa se virou pro quadro.


Notas Finais


Tentei fazer um cap maior dessa vez

Kisses


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...