História My Gângster - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Chaz Somers, Justin Bieber, Pattie Mallette, Ryan Butler, Selena Gomez
Personagens Chaz Somers, Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Pattie Mallette, Personagens Originais, Ryan Butler, Selena Gomez
Tags Jelena, Justinbieber, Selenagomez
Visualizações 87
Palavras 1.207
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi oi amooores 😍❤

Capítulo 7 - Festa?


Fanfic / Fanfiction My Gângster - Capítulo 7 - Festa?

    Meus lábios pareciam se encaixar perfeitamente nos dele, eu não queria jamais que aquele momento acabasse, mas eu estava ficando louca? Eu estava beijando um dos caras mais perigosos de toda Atlânta, qual é o meu problema?
       Justin levou sua mão até minha nuca e segurou firmemente, minhas mãos passavam pelos seus cabelos macios, pude sentir um sorriso meio ao beijo, logo ele tratou de tentar tirar minha blusa, o que? Não isso não poderia acontecer, sim eu era virgem, senti um frio na barriga enorme ao sentir ele levantando minha blusa, de jeito nenhum eu queria parar, mas o medo era maior que a vontade, parei o beijo e me afastei

 - É ... bom, parece que os barulhos de tiro passaram ne? Deve que, ja...ja terminaram o serviço - Falei enquanto ajeitava minha blusa em meu corpo -

 - Ah não morena, parou na parte mais interessante? - Ele coçou a nuca com um sorrisinho nos lábios - Porque? Eu sei que você quer.  

- Escuta, seu braço não está doendo? - Tentei disfarçar, não queria que Justin soubesse que eu ainda era virgem - Olha, eu não quero, ta?

- Ja sei, você é virgem...Claro como não me veio a mente antes? Você é virgem ne? - Ele cruzou os braços e me olhou esperando uma resposta-

- Não você ta blefando - Desviei meu olhar para o chão -

- Ah claro que é, eu posso ver você mentindo...

- Ta, eu sou mas...mas isso também não é nada da sua conta vá cuidar da sua vida - Olhei para ele e arqueei as sobrancelhas -
       
        Pude perceber Justin tentando manter a calma, seu maxilar estava travado, eu não tenho medo dele e a idéia disso para ele o faz enlouquecer de nervos, o mesmo pegou sua camiseta que estava no chão e a vestiu, ele procurava uma forma de se acalmar e não me matar, pude ver ele morder os lábios e logo ele olhou para mim

- Garota, você é tão chata, que eu me arrependo de ter colocado meus lábios nos seus - Caminhou até a mim e me fez encostar na parede - Você é sem dúvidas nenhuma, a garota mais chata que conheço, marreta, e que me deixa mais alterado que o normal, eu quero estorar seus miolos garota! - Ele falou entre os dentes enquanto olhava em meus olhos -

- Então faz Justin, me mata - Olhei em seus olhos e o encarei, eu não podia sentir nenhum tipo de sentimento ao olhar nos olhos dele, ele poderia me matar agora, ou poderia me deixar viva, por piedade -

        Justin suspirou ao fechar os olhos e se afastou, em seguida se virou de costas para mim e começou a caminhar rumo a janela, ele estava indo embora? Logo que o mesmo chegou na janela ele virou para mim

- Não abuse, eu vou te matar se me desafiar de novo  - Falou, ele parecia mais calmo, desceu as escadas logo desaparecendo das minhas vistas -

        Soltei um longo suspiro aliviada, corri até a janela para vê- lo, o mesmo estava a sair da minha casa, olhou para trás e seus olhos se encontraram com os meus mas logo ele voltou a olhar para frente, passei a mão em meu rosto e em seguida caminhei até minha cama, droga o que está acontecendo comigo? Porque ele não sai da minha cabeça? Eu estaria me apaixonando por Justin Bieber, isso não pode ser verdade, ele me leva do amor ao ódio em instantes e eu de alguma forma adoro isso, fechei meus olhos e percebo que enquanto Justin esteve comigo eu esqueci por completo meus problemas com meu pai, e agora nem quero pensar no amanhecer, só quero de me lembrar do que ocorreu em meu quarto, quando menos percebi acabei adormecendo.

DIAS DEPOIS

        Já não aguentava mais aquela aula de Química, eu estava totalmente desinteressada no assunto, Hannah falava alguma coisa mas eu estava tão perdida em meus pensamentos, ou melhor naquela noite, ja havia se passado duas semanas até aquela noite, Justin não apareceu desde então e ele nunca mais voltou para a escola depois daquele dia


 - Alô alguém ta nesse mundo?  Ou ta flutuando em um mundo que chama Justin Bieber? - Hanna falou fazendo eu acordar dos meus pensamentos -

- Que Justin Bieber minha querida, to pensando é nessa prova de Química que vai ter semana que vem... - Disfarço e arqueei uma sobrancelha para ela -

- Amigaaaa - Escuto a voz daquela vadia que se sentava bem atrás de mim, Carolyne chama sua amiguinha Eduarda - Você não sabe quem eu peguei domingo - lembra aquele garoto que entrou na escola semana passada?

- Aquele... Justin Bieber? Não acredito - Eu escutava tudo atentamente enquanto olhava para Hanna - 

- Sim, ele deu em cima de mim e eu me aproveitei que ele é lindo mesmo e peguei, mas ele é um pouco estranho, está sempre rodeado de amigos que ficam se comunicando pelo olhar - Ela falava com um tom orgulhosa de ter pegado Justin, que ridícula - 

        O sinal bateu (graças a Deus) juntei minhas coisas rapidamente e sai da sala, nem esperei Hanna, eu precisava de um tempo sozinha, caminhava rapidamente pelos corredores daquela escola enorme e em seguida saí, logo que me encontrei na rua reparei alguns garotos babando em uma Range Rover vermelha, e logo avistei os amiguinhos de Justin descendo dela Chaz e Ryan começaram a caminhar até a minha direção, me virei rapidamente e comecei a caminhar sem olhar para trás, assim que virei a esquina senti alguém me puxar para trás, era Ryan que segurava fortemente meu braço e Chaz estava ao seu lado de braços cruzados.

  - Pode me soltar por favor? Esta me machucando. -Falei olhando para ele-

- Onde a mocinha estava indo tão depressa? Não vê que temos que levar um papo? - Ryan retruca me soltando em seguida -

- Falem logo, eu não tenho a obrigação de ficar escutando vocês a minha vida toda - Ajeitei a minha mochila em minhas costas -

- É o seguinte Sophia, Bieber vai passar na esquina da sua casa as nove da noite em ponto, esteja pronta e vestida adequadamente para uma festa.

- O que? Festa? Hoje é quinta feira não é dia de festa, eu nunca vou conseguir sair de casa - Interrompi Chaz -

- Relaxa, vamos distraír seu pai para que você consiga sair tranquila, e eu acho melhor você não fazer nenhuma gracinha, Bieber faz questão de sua presença - Ryan fala rudemente -

- Ah, e não se esqueça de usar isso - Chaz me entregou uma sacola -

- O que? Como assim.

        Perguntei mas foi inútil ja que eles viraram as costas e me ignoraram, comecei a caminhar até a minha casa, fui o mais rápido possivel, logo que cheguei em casa subi direto para meu quarto, tranquei a porta e fui ver o que tinha na sacola, assim que abri vi um belo vestido, maravilhoso e ainda tinha um bilhete de Bieber.

     " Tenho certeza de que ficará linda no vestido, eu espero não ser decepcionado por você esta noite Sophia."

      
 


Notas Finais


Por que sera que o Justin faz tanta questão da Soph na festa em? Sera que tem alguém apaixonado? 😏❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...