História My Ghost *Yoonmin* - Capítulo 39


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang, Block B
Personagens G-Dragon, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kyung, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, T.O.P, Taeil, V, Zico
Tags Bangtan Boys, Hot, Lemon, Yoonmin
Exibições 365
Palavras 834
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Hentai, Lemon, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Universo Alternativo, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Haneul daria um ótimo cavaleiro de ouro.

Capítulo 39 - Jimin é pior que o Satanás.


Fanfic / Fanfiction My Ghost *Yoonmin* - Capítulo 39 - Jimin é pior que o Satanás.

Ja faziam 3 dias que eu estava naquele inferno, omma provavelmente está p da vida e acha que eu fugi de casa de novo. Alguém abriu a porta do meu cativeiro, pensei que era Young ( que eu não via desde o dia que ele limpou meu sangue)  mas era o tal do Johnny.

- o que você quer? -  meu humor so piorava últimamente

- queria te pedir desculpas... Olha... Eu também não tenho nada haver com isso. Não sou o líder dessa merda... Eu so sigo ordens.

- de Quem? - agora eu fiquei curiosa.

- ele era um dos espíritos do Kyungsoo... Estelar... Nome estranho pra um homem.

Ele sentou ao meu lado e vi que ele trazia uma caixinha com ele, o mesmo abriu e vim que estava cheia fe Sushi.

- fiquei sabendo que você curte comida japonesa...não posso te desamarrar mas... - ele ficou vermelho. - posso dar a comida na sua boca.

Confirmei com a cabeça e ele começou a colocar na minha boca, estava bom, e o idiota estava sendo gentil comigo. Ele ria toda vez que eu deixava cair. As cordas nos meus pulsos estavam tão apertadas que eu não conseguia me concentrar pois doía. Assim que terminei de comer, vi que Johnny deixou um dos palitos cair e ele era de metal. Assim que ele deu as costas pra mim, empurrei o negócio pra debaixo da minha coxa. Ele se virou e eu dei um sorriso fraco.

- tchau, Johnny.

Assim que ele saiu, peguei aquela droga de palito com os pés... Talvez se eu fizesse movimentos fortes contra a corda com ele, a mesma pegasse fogo e me libertasse. Não me culpe por tentar.

Ja haviam se passado horas e nada de fogo, eu ja estava furiosa, comecei a tentar me soltar a força. Eu coloquei tanta força e ouvi a corda fazer um " trect" ela partiu um pouco, coloquei mais força. A corda partiu e afrouxou. Me levantei e agora vinha a parte mais difícil.. Sair dali. Eu podia usar meus poderes pra destruir mas sempre dava errado... Uma vez eu tentei fazer uma rosa aparecer pra minha omma e o transformei em sapo. Mas foda-se, eu vou conseguir.

- segura na mão de Deus e vai. - sussurei pra mim mesma.

Quando eu encontrasse esse tal de estrelar eu o destruiria, e o tamanho destruição seria bem maior que a exclamação de Atena. Deixei a raiva tomar conta do meu corpo e as faíscas azuis percorrem meu braço, as lancei contra a porta de metal e a mesma derreteu como lava.

Sai voando dali  a toda velocidade. No fim do corredor havia uma porta e dois botões, creio que um abre essa porta e o outro abre as celas do corredor. Como prometi a Young que libertaria a irmã dele, apertei os dois botões. Eu corri ate chegar em uma sala enorme onde se encontrava um trono e nele estava sentado um homem branco como papel, ele tinha olhos de gato verde como esmeraldas.

- o que faz aqui? - ele realmente parecia surpreso. - onde estão os meus homens?

- mortos. - eu ouvi a voz da minha Omma... Pera aí, minha Omma?!

Olhei para trás e la estava Jimin (enfurecido) Yoongi, Johnny e Young. O demônio é Yoongi mas minha mãe está parecendo o Satanás.

- eu simplesmente vou te matar. - Jimin falou.

Mas assim que ele chegou perto eu o impedi. Essa missão era minha. Abri minhas asas e uma luz vermelha envolveu meu corpo, sabe quando o Seiya desperta o 7 sentido? É assim que eu me sentia. Forte.

Eu avancei contra estelar e ele revidou. Sei o que vocês estão se perguntando, como eu fico? Minhas asas uma é preta e a outra e branca e sim eu tenho chifres e presas, meus olhos ficam um vermelho e outro verde. Mas o que importa agora é que eu vou destruir um babaca. Por todos arranhões e fome que eu passei. Eu não sei qual minha categoria como anjo, ainda...vou descobrir hoje.

- eu vou acabar com você, seu ridículo.

Eu abri minhas asas e umas faíscas vermelhas percorreram por ela e quando as bati, toda a eletricidade voo direto pra o homem em minha frente, ele se levantou logo e veio correndo em minha direção, e eu...dei um chute certeiro nele, o mesmo foi parar longe. Mas se levantou, com dificuldade, mas levantou. E o idiota me atingiu em cheio me jogando do outro lado da sala. Vi quando minha Omma se soltou das mãos de Yoongi e pulou no pescoço de Estelar. A cena seria aterrorizante se não fosse engraçada. Logo Estelar estava todo esfolado no chão, Young veio ete min e me levantou.  Jimin saiu de cima de Estelar, Yoongi se aproximou e com apenas um estalar de dedo fez Estelar pegar fogo. Esse é o meu pai.
Minha Omma se virou pra mim com uma cara feia.

- nós vamos conversar.


Notas Finais


E antes que perguntem, kyungsoo não tem nada haver com isso. E os "espíritos" dele, seriam almas que servem a ele, mas algumas acabam dando as costas pra ele e fazendo essas merdas. Kyungsoo está de boa agora. Só faltam 2 capítulos :(


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...