História My Great Impossible Love (Imagine Suga) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jin, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Min Yoongi, Suga
Visualizações 26
Palavras 437
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


💕Espero que gostem Unicornios do meu kokoro💕

Capítulo 2 - •Two•


Fanfic / Fanfiction My Great Impossible Love (Imagine Suga) - Capítulo 2 - •Two•

Anteriormente:

Minha necessidade de escapar é a única coisa em que consigo me concentrar. Esmurro a porta mais uma vez, gritando freneticamente na esperança de que alguem perambulando por esses corredores me ouça.

Continuaçã:

Encosto-me na parede, fecho os olhos e tento respirar,mas o ar não flui rápido o suficiente e começo a ficar tonta. Sentindo-me nauseada, escorrego para o chão e acidentalmente apago a luz. Agora estou submersa a escuridão. Grito e tento alcançar o interruptor com as mãos trêmulas. Enfim consigo reacender a luz,aliviada por ter sido capaz de fazer com que os monstros desapareçam 

Porém ao olhar para baixo vejo que minhas maos estavam cobertas de sangue. Pisco longamente, tentando me livrar do devaneio e não consigo. Estou em um lugar totalmente diferente. Em um tempo totalmente diferente 

Sinto cheiro ácido e cáustico da destruição por todos os lados Do desespero da morte

Ouço uma respiração fraca e agonizante em meus ouvidos Ele está arfando morrendo

Sinto aquela dor intensa e ardente que captura sua alma e você teme jamais escapar de suas garras nem mesmo com a morte. Meus gritos fazem com que eu abandone minhas memórias sinto-me tão desorientada que não tenho certeza se refletem o passado ou o presente

Controle-se Meg! Enxugo minhas lagrimas que escorrem pelo meu rosto com a parte de trás das mãos e penso nos anos que passei na terapia para manter  a claustrofobia a distância. Concentro-me em uma marca na parede diante de mim,tentando regular a respiração e contar lentamente. Meu foco é empurrar as paredes de volta ao lugar delas,afastando recordações insuportáveis. 

Conto até dez e tento me recompor um pouco, porém o desespero ainda me afeta. Sei que Jin logo virá me procurar. Afinal, ele sabia para onde eu estava indo. Mesmo assim,tal pensamento não consegue aliviar o pânico que se torna cada vez mais forte.

Por fim,rendo-me á forte necessidade de escapar e começo a espancar a porta com os punhos,gritando o mais alto possível, soltando alguns palavrões de vez em quando e implorando para que alguma alma me escute e abra a porta. Para que alguém me salve novamente.

No estado em que me encontro, segundos parecem minutos e minutos parecem horas. Sinto como se estivesse presa a vida toda naquele maldito cômodo,encolhendo cada vez mais. Sentido-me derrotada,grito mais uma vez e repouso os braços sobre a porta,apoiando minha cabeça sobre eles e sucumbindo ás lagrimas,soluçando e tremendo violentamente.                             E,de repente, sinto que estou caindo

Despencou sobre o corpo forte de um homem. Meus braços encontram um tronco musculoso,enquanto minhas pernas se dobram de maneira desajeitada. Instintivamente,o homem levanta os braços,envolvendo meu corpo,segurando-me, protegendo-me e abrandando o impacto da minha queda.

Continua...


Notas Finais


Me desculpem o capitulo curto espero que tenham gostado💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...