História My Guardian Angel - ( Namjin ) - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Namjin
Exibições 357
Palavras 1.974
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Lemon, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 13 - Lemon


Pov Namjoon 


Eu e Jin acordamos de tarde com alguém batendo campainha então eu e ele descemos E fomos até a porta, olhei pela janela vi Yoongi no nos dois trocamos olhares e logo abri a porta e pedi pro Jin me esperar no quarto, então fui conversar com Yoongi


- Oque você quer?


- Namjoon se acalma, primeiramente queria falar pra você sai dessa casa agora e deixa o Jin aí 


- Eu não vou fazer isso - afirmei 


- Você está correndo perigo Junto com ele, o Taehyung contratou mais 2 assassinos nos nossos lugares, e ele não quer só o Jin agora, ele quer você também


- Como assim 2? Você não estava querendo o dinheiro e blá blá blá 


- Eu desistir disso, prefiro ficar com meu amigo, eu também estou saindo dessa vida Namjin - falou e eu sorri 


- Entra vem 


- Se e doido? Se eu entrar aí eu também vou está em perigo, Namjoon só vim te avisar isso porque te considero pakas - falou e logo saiu correndo 


- YOONGI VOLTA AQUI - gritei  mas ele não ouviu e foi embora.


Logo tranquei a casa inteira e fui pro quarto ver se Jin estava bem, encontrei ele sentado na cama me esperando, eu não queria contar nada pra ele não queria o deixar preocupado.


- quem era ? -Perguntou


- Um homem que confundiu a casa, bateu campainha na cada errada - falei 


Estava me sentindo horrível mentir pra ele, apesar que era para o seu bem, não queria o deixar preocupado com isso.


- Namjoon se ta mentindo pra mim? Perguntou e eu ergui as sombrancelhas


- Não - falei então ele ficou calado 


Ficou um tempo sem ninguém falar nada só ouvia os barulhos dos dos carros na rua então jin deu um suspiro e deito na cama 


- Que tédio - falou olhando pro teto 


Então sem pensar duas vezes pulei nele


- Posso tirar esse seu tédio rapidinho - falei e ele me olha rindo


Então eu celei nossos lábios

O beijo era calmo e carinhoso, mas logo de tornou um beijo rápido e excitante, ambas as línguas se movimentaram rápido, coloquei minhas mãos em sua cintura o vendo arfa, dou um sorriso entre o beijo e vejo Jin fazer o mesmo, nos deparamos pela falta de ar, o encarei com um olhar sexy, ele se fez de santo e deu um sorriso mais insolente, ele sabia muito bem o que eu queria, e ele não pode negar de que quer o mesmo.


-Que tal brincarmos.um pouco princs?-Perguntei deixando o tom da minha voz o mais sexy possivel.


-Hm, de que Nam?-Se fingiu de bobo.


-Amor, você sabe muito bem.


-Não sei não.-Disse Jin fazendo um bico fofo, logo mordi o mesmo.


-Ok, vamos brincar de... pedra, papel e tesoura.-Disse com um plano em mente.


-Como?-Ele agora não estava entendendo nada.-Achei que íamos fazer outra coisa mais...-Acrescentou desanimado.


-Vamos mooo, vai ser legal.


-Ok.-Ele disse, logo puxei o mesmo e ele se sentou na cama, me sentei na sua frente.


-Vamos jogar, so que vai ser um pouco diferente ok?!-Disse o vendo ficar mais confuso ainda.


-Como diferente, me explica Nam.


-Vai ser assim: Jogamos o pedra, papel e tesoura, quem ganhar, escolhe uma prenda pro adversário que também terá de tirar uma peça de roupa.-Disse com um sorriso malicioso.


-O-Oque? S-Serio?-Perguntei ja ficando corado.


-Sim!-Afirmei e logo começos a brincar.


_AMBODS_-Pedra, papel, tesoura.


-Aê.-Ele disse levantando os braços, ri de seu entusiasmo.


-Ok ok, o que quer que eu faça?


-Bom. Além de tirar a camisa, vai ter de ir assim na rua.-Ele disse rindo, marchando que eu ia me importa, estava de boa com aquele desafio. Fiz e logo voltamos pro quarto e sentamos no chão dessa vez.


_AMBODS_-Pedra, papel, tesoura.


-De novo.-Exclamou Jin.


 E foi assim, até eu ficar apenas com a calça, havia tirado além da blusa, toquinha, tênis e meia. Jin porém, se encontrava apenas de cueca. 


_AMBODS_-Pedra, papel, tesoura.


-Entao ne amor, acho que você perdeu ne?-Disse olhando para Jin, o Mendo se encontrava com a bica aberta e pasmo.


Ele logo se levantou olhou pra mim com uma cara um tanto...sexy?!! 


-Vou fazer diferente.-Ele disse caminhando até seu celular e colocando uma música no mesmo, ele colocou Side to Side da Ariana. Caminhou até mim e parou em minha frente, não entendi nada, até ele começar a rebolar~entendi o recado~ele dançava, rebolava, e ameaçava de durar sua cueca, isso me deixava cada vez mais excitado, ele se aproximou mais, respirou fundo, olhou pra cima corado (corado nada, cosplay de tomate isso sim, vermelho teria invejinha da sua cor) se virou, abaixou suas costas lentamente enquanto retirava sua box na mesma velocidade, me dando a visão de sua entrada. Pronto, foi a gota que fez o copo da minha sanidade transborda e eu tacar a mesma lá pra puta que pariu. O agarrei, ele ainda estava de costas pra mim, colei nossos corpos sagrando meu membro em sua bunda, comecei a simular estocadas enquanto ouvia Jin arfa. O peguei no colo e joguei na cama ( autora: a brutalidade meu povo), so que é claro, com carinho (autora: a bom), fiquei em cima do mesmo e comecei a simular estocadas novamente, sarrando meu membro no dele, ele arfava cada vez mais alto, me levando a loucura. Não aguentei, me levantei, Jin me olhou confuso. *


-Jin, eu preciso de você, tire pra mim amor.-Disse pra ele, o mesmo engatinhou até mim.


*Abriu meu sinto, o tirou, desceu meu fecho, e puxou minha calça me encarando, com sua boquinha pequena e rosinha, removeu minha box, ainda me encarando com um olhar sexy. Quando ja estava livre daquele pano, Jin sem me avisar, abocanha meu membro de uma vez, fiquei surpreso com sua atitude, o mesmo estava incrivelmente corado, morrendo de vergonha daquilo, mas parecia estar amando, os movimentos eram medianos, mais eu queria, não, PRECISAVA de mais, segurei sua nuca entrelaçando meus dedos em seus fios de cabelo, e logo tomei o controle, e comecei estocar sua boquinha, ele as vezes se engasgava com meu membro, não importei muito, esticava cada vez mais rápido enquanto ele acariciava meu saco. Estava sentindo meu ápice chegar, me retirei de sua boca o vendo me repreender com o olhar, apenas ri, peguei seus braços e o levantei. *


-Cavalgue amor.-Disse, vi Jin abaixar a cabeça com vergonha, não entendi bem o por que.-O que foi amor? Algum problema?


-N-Não, é q-que. Nam, eu s-sou v-virgem.-Ele disse abaixando a cabeça. Meu Deus, se eu soubesse disso teria sido mais gentil, e teria dado prazer pra ele primeiro.


-Não se preocupe amor, vou ser bonzinho. Vem cá princs.-Disse, e o mesmo se sentou ao meu lado.-Fica aí que eu já volto.-Dise pra ele, o mesmo acentiu com a cabeça.


*Caminhei até o guarda roupa, e de la tirei uma caixa rosa, toda periquitada, cheia de frufrus rosa e tal. Voltei para o Jin e lhe entreguei sorrindo, o mesmo retribuiu o sorriso e abriu a caixa, encontrando lá uma tiara de princesa, com uma mini saia rosa rodada, meia calça rosa bebe um tanto sexy, uma gargantilha que mais parecia uma coleira escrito Baby, e por fim, um plug com rabinho de gato todo rosinha. Quando ele pegou o plug e me olhou, fiquei constrangido, pois eu pensara que ele já tinha feito isso antes, ele sorriu sem graça. *


-Nao precisa usar se não quiser.-Dissem me referindo ao plug.


-Tduo bem, eu uso com prazer.-Ele sorriu fofo, me assustei com sua atitude.


*Ele se levantou e foi ao banheiro para se trocar, me deitei na cama e comecei a me tocar pensando em Jin, gemendo o nome do mesmo. *


Pov Jin


*Fui até o banheiro e coloquei a roupa, era uma mistura de princesa com gatinho, bem fofa, bem sexy. Ao termina, peguei o plug, respirei fundo e fui enfiando devagar, doía muito, não estava conseguindo, então o retirei, me senti muito mal, mais pensei em pedir para o Namjoon por, ele iria adorar. Sai do banheiro e vi a cena mais linda da minha vida, Namjoon na cama se tocando enquanto gemia meu nome, ele notou minha presença e corou sem graça, caminhei até o mesmo e me ajoelhou na cama de uma forma fofa, sentando em minhas pernas. *


-Nam-ah-Falei manhoso vendo o mesmo arfa-Me ajuda?-Perguntei lhe mostrando o plug.


-Claro princesa.-Ele disse se levantando em minha direção.


*Me colocou de quatro de costas pra ele, colocou um de seus dedos próximo a minha boca, eu entendi o recado e os abocanhei, logo, quando o mesmo já estava bem húmido, ele o retirada de minha boca e devagar o penetra em minha entrada. *


-Aiiii Nam.


*Ele apenas sorriu e penetrou tudo, movimentou o mesmo um pouco e o retirou, logo colocando o plug, devagar, colocava cada bolinha, uma de cada vez, enquanto eu gemia de dor, ele logo penetrou tudo. *


-Pronto meu gatinho.-Disse me virando pra ele, logo me beijando, ficamos nos beijando por um tempo até o ar se acabar.


-Deite-se.-Disse e eu acenti fazendo oque ele ordenará.


*Ele começou a me beijar, descendo seus beijos, passando pelo pescoço depositando ali chopoes que ficaram bem marcados mais tarde, desceu pelo meu abdômen até chegar em meu membro, logo o abocanhando, começou a fazer movimentos rápidos que me levavam a loucura, agarrei seus cabelos, gemis alto seu nome, o deixando cada vez mais excitado. *


-Nam e-eu v-vou g-goz...-Não consegui termina a frase pois me desfiz em sua boca, ele engoliu todo meu líquido lambendo os lábios no final.


-Jin, não da mais, preciso de você.-Disse me puxando para um beijo.


*Ele pegou em meu plug e começou a remexer o mesmo, eu gemia igual a uma puta, o deixando muito feliz, ele retira o plug, pega em seu membro e fica rodeando minha entrada com o mesmo. *


-Nam-ah, vai.


-Me diz Jin, o que você quer?


-Q-Quero você, d-dentro d-de m-mim.-Disse gaguejando por causa da vergonha.


-A minha putinha, você é ou não é minha putinha Jin? So minha!?


-Sim N-Nam-ah, sou sua p-putinha, so s-sua.-Disse virando rosto pois estava morrendo de vergonha.


*Depois dessas palavras que fizeram Nam gemer/uivar de prazer, ele me olha como se pedisse permissão, acenti com a cabeça, ele então me penetra, devagar e com cuidado, começo a gemer de dor, quando ele enfia tudo, solto um grito alto de dor. *


-Calma princesa, a dor ja vai passar.-Ele disse acariciando meus cabelos.


*Ficou imóvel um tempo, esperando eu me acostumar, antes disso acontecer comecei a rebolar, pedindo mais contato, estava com muita dor, mais queria mais. Sem demora Namjoon começou a se movimentar lentamente, me estocava devagar e com cuidado, estava amando isso, mais queria mais. *


-Nam-ah, m-mais r-rápido.-Porra, gemi pior que puta caralho.


_SORRISO_-Claro amor, como quiser.


*Ele aumentou a velocidade de seus quadris, me estocava um tanto forte, e muito rápido, estava gemendo alto, estava doendo muito, mais ao mesmo tempo sentia prazer. Ele então acerta meu ponto G, me fazendo gritar de prazer. *


-O-O que foi Jin? E-Eu te machuquei amor?-Perguntou preocupado.


-N-Não Nam. So acerta de novo.-Disse gemendo de prazer, o mesmo entendeu o motivo do grito e voltou a me estocar acertando o mesmo lugar. *


-Nam e-eu v-vou g-gozar.


-Goza p-pra mim m-minha putinha.-Pronto, foi a gota d'água, rodei em nossos abdômens sujando os mesmo com o líquido branco, era meu segundo orgasmo, eita Nam.


-Jin eu vou...-Não terminou e se desfez dentro de mim, senti seu líquido quente me preencher, que sensação boa, ele deu mais duas estocadas para pronlongar o orgamos e de manteve dentro de mim.*


-N-Nam, amor p-pode sair, por f-favor?-Disse um tanto envergonhado.-É que tá doendo.-Ele riu e se retirou de dentro de mim.-Como é grande, e grosso, nossa, me arrombou amor.-Disse manhoso e o mesmo riu.


-Obrigado.


-Ashi, so não fica se achando.


-Não pelo elogio.


-Pelo o que então?


-Por uma experiência, uma transa ótima.


_COREI_-Ashi, que isso, foi ótimo pra mim também.-Sorrimos juntos.


*Ele então me abraça por trás e beija minha nuca demorando para separar os lábios da mesma. *


-Eu te amo-Ele disse beijando minha bochecha.


-Também te amo.-Disse me ajeitando no seus braços e logo pegando no sono.


Notas Finais


Desculpa leitoras por não posta o cap ontem fui pro sítio e meus créditos acabaram na hora q fui postar.
Espero que goste do lemon 🌚
_______________________________________

Créditos: Sassahkook
https://spiritfanfics.com/historia/meu-namorado-jungkook-6763245/capitulo27


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...