História My Guardian Angel - Capítulo 36


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 21
Palavras 1.337
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olhem só quem apareceu!!!
Voltei com mais um capítulo, espero q gostem ;)
Vemo-nos lá em baixo...

Capítulo 36 - Capítulo 36 - My Safe Haven Is You, My Friend


Fanfic / Fanfiction My Guardian Angel - Capítulo 36 - Capítulo 36 - My Safe Haven Is You, My Friend

Depois de ele ter desligado eu caí no sono por completo. Quando voltei a acordar já eram 15 horas. Meu deus como é que eu consegui aguentar dormir tanto? Acho que isto é por causa da gravidez. Costumam dizer que as grávidas costumam estar mais cansadas e consequentemente, precisam de descansar mais também. Parei um pouco para pensar em como tudo na minha vida mudou. Num momento eu sou virgem e no outro eu vou ser mãe. Eu estou tão perdida neste momento. Sinto que tufo está fora do lugar. Falta-me cá o Rodrigo. Sei que vai ser difícil, mas também sei que sou forte e que eu vou conseguir ultrapassar estas situações todas. Deus dá as maiores batalhas aos guerreiros, isto foi o quer a minha mãe sempre me disse e agora, com o passar do tempo eu começo a acreditar que ela até pode ter alguma razão naquilo que sempre me disse. Sei que quando a minha avó morreu, eu era muito pequenina e nem sequer deitei uma lágrima sequer enquanto que as minhas primas que também eram pequenas choraram muito, a minha mãe disse que eu era muito forte porque eu conseguia reprimir aquilo que sentia. Mas agora, agora eu acho que isso de reprimir aquilo que sinto não é assim tão bom. Pode até ser muito mau em algumas situações, pois eu nunca desabafo totalmente com ninguém e chega a um momento em que eu não consigo aguentar mais. Continuo a pensar e neste momento eu estou focada na situação dos pais do Rodrigo. Nem sequer consigo imaginar tudo por aquilo que ela deve ter passado estes anos e ela não podia nem sequer tinha ninguém para desabafar. Ela teve de ser muito forte e ela fez isto tudo por causa do Rodrigo. Ela ama-o muito que eu sei. O pai dele, bom ele é o mau da fita no meio disto tudo. Ele sempre fez muito mal tanto à mãe do Rodrigo como ao Rodrigo. Porque razão é que ele tem de estar a fazer isto connosco? Porque razão é que ele teve de o levar para Londres? Será que ele só consegue ser feliz com o mal dos outros? Será que ele anda metido em algo ilegal? Será que ele tem um negócio escondido?

Será que ele tem um negócio escondido? Será que ele tem um negócio escondido? Será que ele tem um negócio escondido? Será que ele tem um negócio escondido? Será que ele tem um negócio escondido? Será que ele tem um negócio escondido?

Aquela pergunta repetia-se vezes sem conta na minha cabeça e eu infelizmente não sabia a resposta, mas a verdade é que iria ser muito bom para nós. Iria ser bom porque podíamos usar isso contra ele e se calhar até podíamos fazer com que o Rodrigo fica-se livre dele mais depressa. Só espero que ele consiga descobrir algo ou então que a Sophia o consiga ajudar. Quem sabe se ela até não consegue descobrir alguma coisa visto que ela tem acesso ao escritório do pai do Rodrigo e pode mexer nos documentos sem que ele perceba. Só espero que esta história acabe depressa.

De repente o celular toca e eu logo vi que era a Sara que me estava a ligar. Deslizo o dedo pela tela do celular de modo a atender a chamada. 

Ligação On

-Estou Mayara olha é só para avisar que eu e o Miguel estamos quase a chegar a tua casa. Será que daqui a 5 minutos nos podes abrir a porta por favor? 

-Sim. Daqui a 5 minutos eu abro a porta. -Eu disse e depois desliguei a chamada. 

Ligação Off

Ainda bem que a Sara e o Miguel vão passar aqui uns tempos. Com tudo o que está a acontecer com o Rodrigo, pelo menos fico contente que eles possam estar aqui e consequentemente, eu recebo o apoio deles que é tão importante para mim nesta altura. Assim que a campainha toca eu quase que corro para ir abrir a porta para que possa matar as saudades que tenho e que neste momento já são imensas dos meus melhores amigos. 

-Tive tantas saudades. -A Sara disse enquanto me abraçava. 

-Eu também tive Sara. -Eu disse sendo sincera com ela. 

-Ai é? Não me digas que tu só tiveste saudades dela. Tu não sentiste a minha falta baixinha? -O Miguel questionou um pouco triste, mas eu sei que ele estava a brincar comigo como faz sempre. 

-Claro que senti. Não sejas parvo. Tu sabes que és muito importante para mim oh. -Assim que terminei de falar olhei para a Sara e vi que ela estava chateada. 

-O homem é meu. Não se estiquem vocês dois. -Ela olhou para nós os dois e depois começou a rir como uma maluca. 

-O que se passa baby? -O Miguel questionou e a Sara parou de rir. 

-Vocês deviam ter visto as vossas caras. Vê-se mesmo que pensaram que eu estava a falar a sério. Eu só estava a brincar com vocês tontos. 

-Ah, como não percebi logo?! Sou mesmo burra. 

Depois do reencontro, o Miguel foi para casa do tio da Sara porque ao que parece, o tio da Sara precisava da ajuda do Miguel não sei para o quê. Enfim, eu e a Sara ficámos aqui em minha casa e decidimos subir as escadas de modo a irmos em direção ao quarto. Assim que adentramos o mesmo, vejo a Sara pegar numas fotografias que eu tinha com o Rodrigo. 

-Tens saudades dele, não tens? -Ela questionou olhando para mim. 

-Tenho sim, imensas mesmo. Sabes que ele é muito mas mesmo muito importante para mim. -Eu disse um pouquinho triste. 

-Sabes que eu estou sempre aqui para tudo o que tu precisares. Sei que não posso fazer o mesmo que ele faz. -Ela olhou para mim com cara de safada. 

-Claro que não podes oh. Mas nuncas esqueças que o meu porto seguro é você, amiga! 

-Eu sei. Tu também és o meu!!! Adoro-te muito. -Ela disse sendo totalmente sincera e aquilo fez com que eu ficasse um pouco mais contente. 

(...) 

Eu e a Sara acabámos por adormecer e nós só acordamos porque ouvimos o meu celular a tocar. Levanto-me mesmo a contragosto e vou buscar o celular que estava em cima da secretária. Assim que olha para o ecrã, vejo que era uma ligação do Rodrigo. 

Ligação On

-Estou mor?

-Sim...

-O que se passa? Estás estranha.

-Ah nada não. Eu só estava com imensas dores de cabeça e acabei por adormecer. 

-Já passou? Estás melhor? -Ele pareceu estar preocupado comigo.

-Estou mais ou menos, mas não precisas de te preocupar, eu estou aqui com a Sara. Ela cuida de mim, não te preocupes comigo. E não te esqueças, que as dores de cabeça frequentes são normais na situação em que eu estou. 

-Ah sim. A Sara já chegou? Que bom princesa. Assim já tens companhia. Pois é, as dores de cabeça os enjoos, as mudanças de humor repentinas mas e então, como tu estás e o baby? 

-Sim chegou e trouxe o Miguel com ela também. Eu estou bem dentro do possível é o nosso baby também. Por falar no nosso baby tenho de te mandar as fotos que eu te disse. Sei que não mandei a foto de ontem, mas eu tirei e mando juntamente com a foto de hoje. 

-Diz ao Miguel que tenho saudades. Fico à espera das fotos, estou ansioso para ver como é que essa barriguinha está a crescer.

-Mor?

-Sim? O que foi pequena? 

-É só que...eu tenho...

-Saudades eu sei. Eu também sinto muitas saudades tuas, mas tu sabes que nós temos de lidar com esta situação da melhor maneira que nós conseguirmos. Eu amo-te e isso nunca vai mudar.

-Eu sei. Também te amo. Como estão as coisas por aí? 

-Lembraste da Sophia? 

-Sim lembro. A empregada do teu pai, certo? 

-Sim. Essa mesmo. Ela tem estado a ajudar-me e tu nem sequer vais acreditar no que é que ela me contou...


Notas Finais


Olaaaaa coisas lindas ;)
Espero q gostem do capítulo apesar de ser pequenino, mas teve de ser.
Até ao próximo capítulo *-*
N se esqueçam de deixar a vossa opinião bjs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...