História My Happiness - Park Chanyeol - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Tags Exo, Park Chanyeol
Visualizações 55
Palavras 1.085
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá pessoas. É a primeira vez que eu escrevo aqui então me perdoem se não estiver bom.
Boa leitura ✩

Capítulo 1 - Sexta-feira


Fanfic / Fanfiction My Happiness - Park Chanyeol - Capítulo 1 - Sexta-feira

Era apenas mais uma noite de sexta-feira, estava eu assistindo filmes e me matando de comer besteiras, era a isso que se resumia meus fins de semana depois que termine meu namoro. Meu namorado era apenas Park Chanyeol, um cantor famoso, mas nos conhecíamos desde a infância, sempre fomos muito próximo, até que no ensino médio começamos a namorar. Éramos um casal perfeito e eu o amava com todas as minhas forças.

Me lembro até hoje de quando eu era apenas a sua única fã, ele compunha e cantava só para mim, eu simplesmente me sinta especial por saber que era o motivo de suas inspirações. Passei a incentivalo a seguir seu sonho de ser cantor e o apoiei em tudo, ele então debutou em um grupo e a partir daí seu talento foi notório.

Com o passar do tempo, sua agenda não continha mais tempo para mim. Estava cada vez mais difícil de nos encontraremos e ter um tempo junto. Eu não queria ser egoísta e cobrar atenção, até porque eu sabia como séria sua vida e ele estava tão feliz e a sua felicidade era a minha. Mas eu decidi terminar pois tinha medo dele conhecer outras pessoas de seu nível e me trocar ou pior uma possível traição e eu jamais aceitaria algo do tipo.

Sou interrompida de meus pensamentos ao ouvir a campainha tocar, estranhei pois não tenho amigos e minha família não me visita.
Caminho em direção a porta, mas quem poderá ser? Sou surpreendida ao ver quem era.
— Oi meu amor - Era Chanyeol, jamais esperaria a visita dele. Fiquei sem reação por alguns segundos.
— Olá, o que faz aqui? - Tentei ser curta.
— Não vai me convidar para entrar? 
Não tive escolha não iria fecha a porta em sua cara. Eu estava feliz em vê-lo, mas eu sabia que não conseguiria me manter firme por muito tempo.
— Claro - Sorri fraco.
Ele entrou e me encarou, o silêncio estava presente até ele se pronunciar. 
— Respondendo sua pergunta, eu vim ver como está minha namorada. - Disse sorrindo, e droga que sorriso, e droga Chanyeol não piora minha situação.
— Não sou mais sua namorada, nós terminamos Chanyeol.
Ele riu.
— Não querida, você que terminou comigo, e que eu saiba um relacionamento é feito por duas pessoas, e eu não concordo com esse termino.

— Você não tem que concordar com nada, terminamos e pronto. - Respondi meio nervosa.
— Você não acha que foi meio covarde, terminando comigo as vésperas de uma turnê. Fez isso de propósito. - Confesso eu aproveitei que ele iria viajar em uma turnê para terminar, pois sabia que não teria como ele vir atrás de mim.
— Eu tenho meus motivos. - Disse desanimada, pois percebi o quanto isso o machucou.
— Ok, mas não é esse o motivo da minha vinda. - Disse ele. - Vim até aqui para te fazer duas perguntas, e eu quero que você seja sincera em ambas. - Fiquei um pouco pensativa sobre essas perguntas, mas assenti.
— Pode perguntar. - Respondi simples. Ele foi se aproximando cada vez mais até ficar a poucos centímetros de distância, olhou em meus olhos de uma maneira profunda, como se pudesse ver o meu interior.
— Você ainda me ama? - Aquela pergunta me acertou em cheio. Seus olhos estavam brilhando a espera de uma resposta e nem se eu quisesse, eu não conseguiria mentir.
— Eu não deixei e nunca vou deixar de te amar. - Respondi olhando em seus olhos.
— Então porque, quis terminar assim?
— Eu tinha medo de você deixar de me amar, já que você não tinha mais tempo para mim. - Respondi já em lágrimas. — Eu sei que fiz errado, mas você estava tão feliz e eu seria incapaz de atrapalhar a sua felicidade, não queria ser um problema para você.
— Amor, por favor entenda, se hoje eu sou algo, foi graças a você, você é minha inspiração, você é meu sonho, eu jamais trocaria você por qual uma dessas coisas, entenda eu te amo mais que tudo e eu nunca seria feliz sem você, pois você é a minha felicidade. - Disse me abraçando.

— Me perdoa por isso amor, eu duvidei de você, eu fui egoísta, eu só pensei em mim mesma. - Respondi chorando em seu peito.
— Não chora bebê, a culpa não é sua, eu que nunca fui claro em relação aos meus sentimentos. - Disse ele alisando meus cabelos.
Ficamos um tempo abraçados fazendo carinho um no outro. Até que ele se separa de mim, ele segurou meu queixo e disse.
— Agora vamos a próxima pergunta. - Suspirou, parecia nervoso. - Eu quero deixar bem claro o meu amor por você, como já disse você é o motivo de eu ser quem sou, você desperta o melhor de mim, e eu não consigo me imaginar sem você do meu lado, eu quero viver ao seu lado até o último dia da minha vida. - Nesse momento ele tira uma caixinha do bolso. - Você aceita se casar comigo? - Isso só podia ser um sonho, não consigo acreditar, o amor da minha vida estava me pedindo em casamento.
— Sim, sim, sim. - Respondi chorando mas agora era de alegria. - O que eu mais quero é me casar com você.
Ele então colocou a aliança em meu dedo, se levantou e me puxou para um beijo. Posso dizer que o melhor da minha vida, um beijo cheio de sentimentos por ambas as partes, o amor era presente naquele momento, nos separamos pela falta de ar então eu lhe disse.
— Eu te amo Park Chanyeol, você é o homem da minha vida. - Ele então sorriu como se fosse a pessoa mais feliz do mundo.
— Você não sabe o quanto eu sou feliz ao seu lado meu amor, eu te amo minha vida. - Me deu mais um beijo. - Vem. - Disse pegando minha mão e me guiando até o quarto. - Eu quero te mostrar todo meu amor essa noite. - Disse me deitando na cama.
Eu estava com o homem da minha vida, naquele momento nós dois éramos apenas um, eu percebi que o nosso amor duraria para sempre e eu não precisava de mais nada.

Seus braços me envolviam de uma forma inexplicável. Aquela noite seria apenas uma das incontáveis noites de amor que ainda teremos, eu não me importava com mais nada, só queira mais e mais do seu amor. Park Chanyeol o amor da minha vida, motivo do meu sorriso mais sincero, minha felicidade.

 

 


Notas Finais


Se você leu até aqui, muito obrigada, deixa nos comentários se gostou e se não gostou pode falar também pois assim eu posso melhorar.
Então é isso pessoal, um beijo e um tchau. ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...