História My Happy Ending - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias Avril Lavigne, Ed Sheeran, Little Mix, One Direction, Zayn Malik
Personagens Avril Lavigne, Ed Sheeran, Harry Styles, Jade Thirlwall, Jesy Nelson, Josh Devine, Leigh-Anne Pinnock, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Perrie Edwards, Zayn Malik
Tags Avril Lavigne, Zavril, Zayn Malik
Exibições 38
Palavras 922
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Romance e Novela, Violência
Avisos: Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Mutilação, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


VOLTEIIIII 🙈🙈🙈

~ Aviso rápido

Coloquem os lencinho ao lado enquanto estiverem lendo

Capítulo 30 - Chegou a sua vez!


Fanfic / Fanfiction My Happy Ending - Capítulo 30 - Chegou a sua vez!

Avril P.O.V

Depois que li a mensagem meu coração disparou.Merda!.Por que Edward sempre estava no meu caminho?.
   Mas na verdade esse número não era o do Edward,pelo menos o que ele me "passou".
   Peguei um táxi e falei o local para o motorista,que me olhou estranho.
   Eu estava tremendo e olhava aquela mensagem, por que o Louis? Eu não posso deixar nada acontecer com ele.Mas eu estou sozinha o que posso fazer?.
    Pensei em falar com o Zayn,mas ele não pode saber a verdade.Se não Edward acaba comigo.
     Ah foda-se,Louis não merece morrer.

  

  Eu: Zayn,me  ajuda por favor! Louis corre perigo.Venha para o endereço ****-***-** Por favor... Preciso de você?

   - Moça? Chegamos. - escutei o motorista dizer,olhei pela janela e o lugar era um  galpão escuro e fazio.Engoli em seco e paguei o táxi, sai e o carro sumiu,restando ali,somente eu.
     Comecei a andar naquele lugar escuro.Cheios de teias de área, insetos e etc.Olhei as horas e já marcavam 18:00 hrs. Andei mais um pouco e vi uma porta enferrujada,fui até ela e a abri.O lugar estava escuro também,peguei meu celular e liguei a lanterna, assim que à posicionei para frente,uma pessoa com uma mascsra apareceu na minha frente, me fazendo assustar.
     - Que bom que chegou a tempo Avril! Pensei que iriamos continuar o show sem você. - sua voz era um pouco abafada por conta da máscara,então não consegui indenti.Senti dois homens segurarem meus braços,e os apertando.
      - ME.SOLTA!. - Gritei,eu já estava puta que esse pessoal.O estranho é que Edward não estava por aqui.
     - É melhor ficar quietinha minha linda. Se não  seu amiguinho vai sofrer as consequências. - andou até um lugar a acendeu a luz,mostrando ali.Louis sentado em uma cadeira totalmente amarrado,seu rosto machucado e suado.Sangue escorrendo no canto de sua bmãos.ele me olhou e pude ver lágrimas escorrendo de seus olhos,no mesmo momento senti os meus  marejarem.
    -A-avril. - ele falou fraco. - A pessoa misteriosa se aproximou. - CALA A BOCA VIADINHO. -  bateu em seu rosto,a lancei um olhar de ódio.
   -PARA COM ISSO,DEIXE O EM PAZ,POR FAVOR. - Gritei desesperada,eu não podia deixar aquilo acontecer.
   - Josh, acho que ela vai querer esprementar a nossa nova brincadeira. - falou para.um dos casas que me segurava,me puxaram para uma cadeira como a que Louis estava, me sentaram lá e amarraram minhas mãos.Josh se afastou e foi até a uma maleta que tinha ali,tirando de lá uma lâmina e um frasco.
    - O-o que você vai fazer?. - perguntei tremo-la. Ouvindo uma risada de Josh. - Vamos apenas brincar.
     Começou a cortar meus braços, e eu só conseguia gritar e gritar.Então ele jogou álcool.

    O meu Deus,por favor me mande uma luz.

Zayn P.O.V

  - Ah,cara você não está nem se esforçando!. - exclamei para Harry,depois do incidente com o Louis eu vim para casa dele jogar video game e tentar anima-lo.O que estava muito difícil.
  - Eu não estou com cabeça para isso bro, meu namorado,se é que eu posso chama-lo ele assim ainda né? Está brigado comigo. - Falou e bufou logo em seguida se jogando no sofá.
    Pausei o video game e suspirei derrotado. - Ah mano,tenta fica de boa.Vocês logo irão voltar, vai dizer  que nunca brigarão?. - perguntei
    - Já mas não daquele jeito,sei la foi estranho. - respondeu e eu bufei.Peguei meu celular e vi que o mesmo estava sem bateria.- Hey bro,tem algum carregador ai? . pedi para Harry
    - Tem,ali em cima da minha cama.Pode pegar. - respondeu.
     Conectei o cabo no aparelho e liguei, várias mensagens começaram a chegar mas uma chamou a minha atenção.

  Avril: Zayn,me  ajuda por favor! Louis corre perigo.Venha para o endereço ****-***-** Por favor... Preciso de você?

   -HARRY

****

-merda,ela não disse mais nada? . - Harry falava desesperado,tentando pela milésima vez ligar para Louis.
   Depois que li a mensagem saímos correndo de sua casa e pegamos e carro.
  - Não cara,foi apenas aquilo que te mostrei. - respondi.
- AAAH MERDA,MERDA,EU SABIA QUE O LOUIS NÃO DEVERIA TER SE METIDO COM ESSA GAROTA. SE ELE MORRER EU ACABO COM ELA. - exclamou irritado
   Resolvi não dizer nada,ele estava nervoso.

Avril P.O.V

-parem... Por favor. - Louis pedia fraco, já não aguentando mais o socos e chutes que recebia.Eu não conseguia fazer nada,meus braços doiam pelos cortes e a corda que amarrava firmemente em cima e prendendo o sangue.
   - Ah querido,seu sofrimento vai acabar. - a pessoa se aproximou de Louis com o celular na mão, o levantou deitado e começou a dizer.
    - vamos lá garoto,diga suas ultimas palavras ao seu namoradinho. - arregalei meus olhos quando vi Josh a entregar uma faca afiada.Louis já chorava. - Vamos. - o chutou.
  - Ha-harry.- começou a dizer. - E-eu só quero que saiba que eu te amo muito,obrigado por todos os momentos que vivemos.Foram os melhores da minha vida,e me perdoe pela aquela nossa briga. Mas não Culpe a Avril,ela é uma boa menina.- sorriu para mim,eu chorava muito. - Eu te amo tanto... Nunca se esqueça disso.
    A pessoa máscarada começou a rir e disse. - Eu choraria,se não fosse tão nojento. - Segurou o celular com uma mão, e a outra pegou a faca. - Bye bye Louis.- E essas foram suas palavras antes de cortar a garganta de Louis.

   - LOUISSSSSS!


Notas Finais


Eu nem sei oq dizer....


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...