História My heart beats for love - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Demi Lovato
Personagens Dallas Lovato, Demi Lovato, Personagens Originais
Tags Romance
Exibições 148
Palavras 1.084
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Orange
Avisos: Bissexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leituraaaaa kkk ♥

Capítulo 18 - My heart beats for love


Fanfic / Fanfiction My heart beats for love - Capítulo 18 - My heart beats for love

(Seu nome) Narrando on-

Depois que eu me arrumei continuamos jogando fiz o jantar já que ninguém mais sabe cozinhar lá, são um bando de retardadas. Depois do jantar ficamos ao redor de fogueira cantando um pouco quer dizer, elas porque eu não canto nem abri minha boca deixei só elas aproveitarem. Logo nos fomos dormir, estávamos cansadas eu estava pelo menos.

Demi: Então, o que você quer fazer? --disse passando a mão na minha coxa bem perto da minha intimidade--
(Seu nome): Dormir, estou cansada --disse virando para o outro lado--
Demi: O que? Não, não, não por favor, tu dançando daquele jeito para mim eu fiquei fora de mim, eu estou exitada por lembrar disso e para pior a minha situação você está nua --senti ela se aproximar de mim-- vai amor -- disse beijando o meu pescoço -- me faça sua --disse beijando minha orelha-'

A que droga essa menina sabe como me ter, sabe como fazer eu arder en chamas  Mas eu não vou entrar nos joguinhos dela.

(Seu nome): Amanhã quem sabe
Demi: Não acredito que você ta me rejeitando!
(Seu nome): Não estou te rejeitando não!
Demi: boa noite! --ela virou para o outro lado--
(Seu nome): boa noite

Me virei para Demi e vi aquelas costas lindas, fui descendo meus olharem até chegar nas suas nádegas fartas "Uau, mas cade a calcinha dela?" pensei,aproximei meu corpo do dela a encoxando arracando suspiros pesados, encostei levemente os meus seios nas suas costas nuas e tirei um gemido.

Demi: (Seu apelido)... --ela disse se aconchegando mais nos meus braços e ofegante--

Comecei a beijar o pescoço dela, deslizei minha mão pelas suas curvas lindas até chegar na coxa, na qual eu apertei também, ela já gemia baixinho, comecei a descer os beijos até seu ombro no qual também dei um mordida de leve, subi minha mão ate um de seus lindos rosado e perfeitamente redondo seio, apalpei-o finalmente, comecei a massage-lo fortemente mas ainda sim com movimentos sutis com a outra mão que estava em volta da sua cintura eu deslizei até a sua intimidade comecei a massagear seu clitóris com 2 dedos Ela se virou ficando de barriga para cima é abriu as pernas grotescamente.

Demi: Vai gostosa...vai --ela disse entre gemidos

Em um empulso fiquei em cima dela comecei a beijar seu pescoço fazendo uma trilha até a sua boca, a beijei como nunca antes o beijo era violento mas não menos carinhoso, parei de beija-la quando a falta de ar chegou, desci novamente os beijos para o pescoço dando chupões dessas vez, estava com uma mão na sua coxa e a outra em seu seio, ela estava com uma das mãos enterradas no meu cabelo puxando de vez em quando é gemendo meu nome, desci meus beijos para os seus seios, enquanto eu chupava um massageava o outro forte, mordisquei seu mamilo e passei a língua mesmo arracando gemidos dela, meus beijos vão para a sua barriga definida, fico numa trilha de beijos até o umbigo, depois dele apenas lambi até chegar na sua intimidade abri seus lábios maiores e comecei a estimular seu Clitóris com a língua ela já gemia feito louca e eu não comecei a fazer nada, chupei seu Clitoris mordisquei, fiz tudo.

Demi: Amor...mais...mais rápido! --ela disse ofegante e entre gemidos--

Eu atendi seu pedido parei de chupa-la e penetrei 2 dedos nela. 

Ela gemeu meu nome ela sabe como isso me excita, a cada gemido que ela dava eu aumentava a intensidade dos movimentos, na mão que estava livre estava repousada sobre seu seio ela estava com as mãos na boca, e parecia chorar mas acho que não. Intensifiquei ainda mais os movimentos ficando em um vai e vem alucinante, Demi arqueava as costas para trás com gemidos estridentes eu previ que o orgasmo estava vindo e senti que ela tentou segurar o mesmo.

Demi: A-Amor...Quero...o-oral! --ela disse ofegante e entre suspiros--

Parei de fazer o vai e vem é comecei a chupa-lá ela entrelaçou seus dedos do meu cabelo e ficava precionando meu rosto ainda mais contra sua intimidade subi em cima dela e roubei um selinho logo voltei a masturba-la com dois dedos penetrei com a língua e fiz um vai e vem gostoso e em um ritmo bom coloquei as pernas da Demi sobre os meus ombros para que fique mais fundo ainda os movimentos, demonstrou um grito estridente e seu corpo relaxou ela teve pequenos espasmos, me deitei ao seu lado ela estava ofegante muito ofegante e eu também.

Demi: Meu...Deus...o que foi isso? --ela disse em pequenas pausas--
(Seu nome): Foi o melhor sexo que eu já fiz até agora --eu disse e ela riu--
Demi: Você quase me matou de tanto prazer --disse dando beijos no meu pescoço--
(Seu nome): Amanha lá em casa tu me recompensa
Demi: Aham --ela sorriu maliciosamente-

Acabamos dormindo de conchinha.

Demi Narrando on-

Nossa que noite foi aquela? Ela me esgotou totalmente meu deus!. Acordei junto com a (seu nome) fomos para o lago, fizemos nosso higiene matinal e voltamos para o acampamento logo encontramos as meninas tentando fazer o almoço.

Demi: Bom dia gente! --abri um sorriso--
Selena: Bom dia meninas, durmir bem né?
(seu nome): Do que é que vocês tão falando?
Ariana: A gente ouviu os gemidos
Demi: O que? --perguntei incrédula--
Miley: Sim é eu tenho certeza que eram teus, eram frequentes e tu não deve dar conta assim da (Seu nome)
Demi: Como é que? Eu dou conta sim.
(Seu nome): Amor não se irrite com a Miley, ela só ta brincando, e sim tu da conta Oh se da!

As meninas cairam na risada, almoçamos e depois arrumamos nossas coisas para ir embora.

[...]

Já estávamos na estrada para voltar para casa, estava a miley dirigindo a Ari ao lado dela e atrás estava eu o meu amor e a Selena. Passei a mão de leve nas coxas da (Seu nome) e que coxas hein...ela olhou para mim e sorriu maliciosa, nós aproximamos nossos rostos e demos um beijo, passei minha língua pelo seu lábio inferior ela entre abriu os lábios e nós começamos a travar uma batalha Com nossas línguas, começo a deslizar minhas mãos na suas pernas.

Miley: Já não basta a gente ter que ficar de vela a gente também vai ter que ficar vendo vocês se alisarem ai?
Selena: Miley troca de lugar comigo?
Miley: Desculpa amiga mas não da.
Ari: Eu acho elas tão fofas
Demi: Obrigada Ari, você é a única que entende.


Continua...


Notas Finais


Não ficou tão legal, desculpem.
Beijos e comentem amores...

(Se tiver erro ortográfico avisem pelo amor de Deus)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...