História My Heart Belong To You {ChanBaek} - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Kai, Lay, Lu Han, Sehun, Suho, Xiumin
Tags Byun Baekhyun, Chanbaek, Exo, Park Chanyeol, Yaoi
Visualizações 189
Palavras 918
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiá eu aqui de novo ksks

Boa leitura *-*

Capítulo 7 - Relembrando o passado


Povs Narradora


Duas realidades tão iguais mas tão diferentes, por que a vida tinha que ser tão cruel com aqueles que só queriam buscar a felicidade, ser felizes amando.

Era isso que BaekHyun queria assim como Chanyeol. Ambos não entendiam o por que de tanto sofrimento.

Chanyeol se arrepende do maldito dia que resolveu ajudar seu "amigo" pois pouco tempo depois do acontecido Chanyeol descobriu que aquilo tudo não passava de uma armação. Mas como ele convenceria a BaekHyun a acreditar nisso pois o mesmo podia apenas o ignorar e dizer que era aquele típico clichê de novela.

Mas era a verdade.

BaekHyun estava dormindo e novamente não iria a escola, o menor se perguntava o que estava fazendo de sua vida.

Primeiro: Chorar por ter sido traido. Pelo menos era o que ele achava. Segundo: Apenas dormir e comer(eu na vida ks desculpa... Voltando) Terceiro: Não ligar mais para ir a escola muito menos em seu futuro.

- Eu sou tão inútil - Suspirou alto fitando o teto com seus olhos inchados por conta de ter chorado a noite passada.

Então ele resolve levantar da cama e finalmente criar coragem para ir no velório de seus pais e ainda ter que enfrentar todos os olhares, todas as frases de consolação que Baek tinha esperança de que alguma delas fosse realmente para que ele se sentisse bem. 

O mesmo se dirige ao banheiro tomando um banho demorado fazendo suas lágrimas se juntarem a agua morna que caia sobre seu corpo. Depois de quase meia hora no banheiro ele sai e veste uma roupa preta simples e sai de casa.

{Velório}


Para a surpresa de BaekHyun seus amigos estavam ali o que fez ele se sentir feliz pela primeira vez nessa semana.

Tudo ocorreu como o esperado Baek havia tentado se manter forte mas quando os caixões de seus pais foram enterrados ele desabou em lagrimas. TaeHyung que estava ao lado do mais baixo o abraçou também chorando.

- Vai ficar tudo bem - O loiro falou afagando o cabelo do menor tentando acalmar o mesmo.

- Você sabe que não Vai Tae - Confessou com a voz rouca e embargada pelo choro.

- Mesmo que não fique sempre estarei com você - Levanta o rosto de Baek e sorri transmitindo segurança.

Povs Baek


Não sabia se estava fazendo certo mas quando Chanyeol veio ate mim e me abraçou eu não quis mais solta-lo e o mesmo disse que queria conversar assim eu fiz.

Mal sabe o que lhe espera pequeno BaekHyun.

Durante o caminho ate a cafeteria onde Chanyeol disse que precisaríamos conversar eu percebi alguem nos olhando mais precisamente a mim, mas quando me virei para ver era simplesmente nada.


{Na cafeteria}


Chegamos nos sentamos e não pedimos nada.

- Baek... - Chama minha atenção limpando a garganta - Não sei se vai acreditar em mim mas naquele di-

- Não fale mais nada - Sim eu o interrompi - Era para isso? - Faço menção de me levantar mas sou impedido - Me solte.

- Por favor me escute apenas - Pediu esperançoso e quem sou eu para negar? Um louco apaixonado.

- Seja rápido - Vejo um sorriso brotar em seu rosto.

- Eu não te trai Baek... Eu juro... Foi armação eu não estava bêbado tinham colocado algo na única bebida que tomei e esse alguem foi JeongHan - Morde o lábio olhando para baixo - Eu juro... Eu nuca te trairia...

- Por que eu acreditaria nessa historia? - Falo com o tom frio.

- E por que eu te trairia? Eu te amo e sempre irei te amar.

BaekHyun cora sem saber o que responder afinal ele também amava o maior.

- Não sei.... - Mordo lábio - Me de um tempo uh? 

Eu estava mesmo fazendo isso? Omg eu supero qualquer nivel de trouxisse.

- Como quiser...

Chanyeol tinha chance de contar ao menor que ele corria perigo mas não o fez... Agora Baek estava em perigo e não sabia pois a tal pessoa estava naquele mesmo lugar os observando.

- Eu preciso ir.... - Saio da mesa o deixando ali estranhando ele não ter insistido em vir comigo. E ele deveria ter feito isso. 

Chanyeol fica ali pensando em quem poderia ser a tal pessoa que queria machucar Baek. Que nem percebeu que assim que Baek saiu um homem não muito alto mas também suspeito havia saído junto.

Povs Chen

Estava a um bom tempo olhando aqueles dois e Chanyeol ira pagar por ter roubado BaekHyun de mim.

Ate antes dele aparecer em minha vida eu e Baek namoravamos mas o menor me trocou por esse babaca, parece que JeongHan não havia conseguido separa-los é como dizem "se quer um trabalho bem feito faça você mesmo" 

Assim que BaekHyun sai da cafeteria vou atrás do mesmo o encurralando em um beco o fazendo desacordar com um pano que havia comigo juntamente de um sonífero.

Lembro de quando eramos namorados, vivíamos trocando juras de amor digamos o casal perfeito ate ele chegar e arruinar tudo. Baek havia ficado estranho e depois de uma semana terminou comigo lembro exatamente suas palavras.

"Desculpa Chen mas não podemos continuar assim... Eu... E-eu estou gostando de outra pessoa - Assim sai me deixando estático"

Nesse dia jurei me vingar de Chanyeol. Eu já não amo mais Baek só quero ver ambos sofrerem. Havia deixado BaekHyun amarrado a uma cadeira ainda desacordado. Ele não se soltaria dali pois sei que ele não tinha forças para isso.

- O-onde é que eu to? - Fala abrindo os olhos ainda meio grogue pelo remédio.

- Não interessa princesa - Me aproximo.

- C-chen? - Sua respiração se torna falha e eu consigo sentir seu medo.

- Sentiu a minha falta?....


Notas Finais


*Lancei a bomba e sai correndo*

E ai gostaram? Desculpem os erros sou analfabeta e também não revisei.

E a partir de agora vou postar todo dia pelo menos tentarei...

Bjus xuxus ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...