História My Hero - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Tags Shinsou Hitoshi
Visualizações 25
Palavras 578
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Escolar, Famí­lia, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - 04


Shinsou continuava lendo aquele livro que parecia não ter fim, eu me levantei do sofá e caminhei até a janela, abri a cortina e vi o e novo do outro lado da rua, comecei a tremer e Shinsou pareceu ter notado pois caminhou até mim.

Shinsou: O que foi? - ele ficou do meu lado e abriu a cortina - Ele deve saber que você está aqui - o homem do outro lado da rua caminhou até a casa de Shinsou - Vá para meu quarto e se tranque lá, assenti e subi correndo para seu quarto e tranquei a porta.

Narradora

O homem bateu na porta da casa de Shinsou, o mesmo abriu a porta e encarou o homem.

Shinsou: Posso ajudar?

Homem: Sinto lhe incomodar mas eu vi minha filha aqui dentro - o homem tentou entrar mas Shinsou não deixou.

Shinsou: Não tem nenhuma garota aqui.

Homem: MAS EU....

Shinsou: Vá embora e a deixe em paz - o homem se virou e começou a caminhar para longe.

Shinsou fechou a porta e caminhou até seu quarto, ele tentou abrir a porta mas estava trancada, ele bateu mas não ouve resposta, ele colocou o ouvido na porta e ouviu um choro baixo, ele a chamou e depois de um tempo ele ouviu a porta destrancar, ele abriu a porta mas não viu ninguém, ele entrou a porta e começou a procurar pela garota, então novamente ele ouviu o choro baixo, ele se ajoelhou e olhou embaixo de sua cama, lá estava ela, encolhida chorando baixo, ele a segurou pelo braço e a puxou para sair debaixo da cama e quando ela já havia saído ela o abraçou.

Shinsou: Tá tudo bem - disse retribuindo o abraço.

Mari: Eu fiquei com tanto medo - aos poucos ela foi se acalmando - O que você fez?

Shinsou: Mandei ele embora.

Mari: Obrigada, você e meu herói - o garoto sentiu seu rosto corar.

Shinsou: E-ei não diga essas coisas do nada - ele desviou o olhar enquanto a garota ria - Da pra...sair de cima de mim? - disse percebendo que a garota estava sentada em seu colo.

Mari: Desculpa - ela se levantou rapidamente rindo do garoto que estava vermelho.

Eles voltaram para a sala e ficaram assistindo televisão, Mari ficava tacando algumas almofadas em Shinsou que resmungava e tacava de volta até aquilo virar uma guerra, Shinsou se escondeu atrás do balcão da cozinha e Mari atrás do sofá, eles pegaram suas armas (almofadas) e se ergueram voltando a atacar um ao outro, Shinsou acabou por aceitar Mari que bateu a cabeça com tudo no chão.

Mari: Itai - ela resmungou e colocou a mão na cabeça.

Shinsou: Você está bem? - disse correndo em direção da garota e se abaixando em sua direção, a mesma pegou uma almofada que tinha ali perto e tacou com tudo em Shinsou que caiu no chão.

Mari: Ganhei! 

Shinsou: Você trapaceou - disse ficando de pé e na frente da garota.

Mari: Não trapaceei! - disse tentar parecer irritada.

Shinsou: Trapaceou sim - disse abaixando o rosto para ficar perto do rosto da garota - E uma anã.

Mari: O QUE? - ela disse fazendo o garoto rir - Eu não sou anã! - eles começaram a comparar suas alturas e Mari perdeu vergonhosamente.

Shinsou: Eu não disse? - ele voltou a se sentar no sofá deixando a albina furiosa.

Mari: BAKA! - ela subiu correndo as escadas.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...