História My Hope - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts, J-hope, Jimin, Jin, Jung Hoseok, Jungkook, Rap Monster, Suga
Exibições 10
Palavras 1.241
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ficção, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


olaaa amores!!
essa é minha primeira fic,espero que gostem!!se estiver ruim,não hesitem em dizer,ok?
bjos

Capítulo 1 - De Volta Ao Lar


Fanfic / Fanfiction My Hope - Capítulo 1 - De Volta Ao Lar


    Ah,finalmente de volta ao lar!!!Meu nome é Miranda Rodrigues Bon-Hwa,nasci na Coreia do Sul,em Gwangju.Meu pai,Bae Bon-Hwa Kwan,é coreano,e minha mãe,Helena Rodrigues Kwan,é brasileira.Quando eu tinha 8 anos,meus pais resolveram ir para o Brasil,e fomos para aonde minha mãe tinha nascido:Belo Horizonte,Minas Gerais.Dois anos depois,nasceu o meu irmão,Joshua Rodrigues Kwan.
    Desde que eu era pequena meus pais fizeram questão de me ensinar as duas línguas.No entanto,eu não me sentia confortável falando aquele idioma,vivendo naquele país.Eu queria a Coreia,meu lar,a casa que o Brasil nunca seria..Mas mesmo assim,fiz o máximo para me enturmar lá.
    Estudei em uma boa escola,e fiz grandes amigos:a Carol,a Agatha e o Rick.Todos sabiam que eu queria voltar para a Coreia e me apoiavam,sempre ajudando em tudo.Quando terminamos a escola prometemos manter contato uns com os outros e nos ver todas as semanas.
    Fiz faculdade de jornalismo,e quando terminei procurei emprego,qualquer um que me ajudasse a juntar dinheiro suficiente para voltar para a Coreia.Quando eu tinha juntado quase tudo,resolvi contar para os meus pais o que eu queria,pois eu percebi que nunca tinha dito nada a eles..
 
 "O QUÊ??E PORQUE NUNCA NOS DISSE NADA?!" a reação da minha mãe foi realmente inesperada.
 "DE JEITO NENHUM!!" berrou meu pai.
 "Mas mãe,pai,desde que a gente veio pra cá eu sinto falta da Coreia,dos meus amigos,do nosso lar!" eu disse.
 "Seu lar é aqui agora" disseram os dois juntos.
 "NÃO!O BRASIL NUNCA VAI SER O LAR QUE A COREIA FOI PRA MIM,EU QUERO VOLTAR!"
    

Ele se assustaram com o que eu disse,e pareceram pensar um pouco,até que meu pai disse:
 
 "Definitivamente você não vai voltar,nós não temos como bancar sua viagem".
 "Não precisa me bancar",eu me apressei,"Eu estive juntando dinheiro desde que comecei a trabalhar e já estou com quase todo o dinheiro necessário.."
                                                                                                                                                                                                                           

Eles ficaram surpresos ao perceber que eu realmente queria voltar,pediram uma semana para pensar,e eu deixei eles,imaginei que seria difícil ter uma filha que queria sair de casa.
    Durante a semana eu ainda pensei no que eles iriam fazer sem mim lá,se eu realmente fosse..Eu tinha 26 anos,e o Joshua 24.Não era uma diferença tão grande,mas nossas mentalidades eram muito diferentes.Enquanto eu era mais reservada,introvertida e madura (modéstia a parte,é claro),Joshua era extrovertido,e infantil.Vivia saindo tarde e voltando de madrugada,aparecia praticamente a cada semana com uma garota diferente em casa,sempre dando problemas,definitivamente,faltava juízo na cabeça daquele garoto,acho que é porque meus pais sempre mimaram ele,por ele ser o mais novo..Fiquei imaginando como eles lidariam com ele,pois quem sempre lhe dava bronca era eu.
    A semana passou e depois do jantar do último dia do prazo pedido por eles houve uma "reunião de família".Primeiramente eles disseram ao Joshua que eu queria voltar para a Coreia.Ele começou a berrar,disse que eu não podia abandonar ele,disse que iria comigo e gritou mais um monte de coisas sem nexo,e por fim se calou(papai teve que dar um leve tapa na cara dele para ele ficar quieto).Depois papai e mamãe se viraram pra mim,e disseram que tinham tomado uma decisão.
 
 "Decidimos que você pode ir para a Coreia quando tiver tudo o que precisa",disse papai.
    

Eu ia começar a gritar e pular pela casa quando papai fez um gesto mostrando que não tinha terminado de falar,então eu o esperei.
 
 "Você irá,mas voltará todos os anos para as festas.",ele disse,e depois sorriu.
 "Eu venho!Venho sempre que puder!Só quero rever todos lá!!",eu respondi rapidamente.
    

Eles riram da minha empolgação,e eu acabei rindo junto.No fim do jantar abracei todos eles e fui dormir feliz.Eu tinha marcado um passeio com as meninas e o Rick,e disse a eles que tinha uma grande surpresa.
    

*FLASHBACK*
    

"Cheguei no Shopping Pátio Savassi,onde a gente tinha combinado de se encontrar,uns minutinhos antes do horário marcado,e esperei por eles na praça de alimentação segurando a minha vontade de correr pra qualquer lanchonete lá e comprar algo pra comer,eu havia prometido pra eles que iria comer só quando eles chegassem.Quando eles chegaram,eu devia estar verde de tanta fome,e eles também reclamaram,mas eu pedi pra eles esperarem,pois eu queria contar logo a novidade.

 'Eu vou voltar pra Coreia',soltei subitamente.
    

Eles arregalaram os olhos,e soltaram vários gritinhos,sorrindo.Eles sabiam que era o meu maior desejo voltar.Eles começaram a falar todos juntos:  

 'Eu sabia que você ia dar um jeito de convencer seus pais,e eles não podiam te impedir,de qualquer jeito,você só queria voltar pra casa..',a Carol foi falando.
 'Finalmente você conseguiu!Quando você vai?Manda notícias,diz pra gente como é lá..',o Rick disse.
 'MEU DEEEEEUS!!!VOCÊ VAI VOLTAAAAR!ELA VAI VOLTAR',a Agatha,escandalosa como sempre,gritou apontando pra mim,'VOCÊ CONSEGUIIIIIIIIIIIIU!!!MENINAAA!Espera,como eu vou fazer pra conquistar teu irmão agora?COMO EU VOU FAZER O JOSH GOSTAR DE MIM COM VOCÊ DO OUTRO LADO DO PLANETA?'
 'AGATHA',gritei,e então ela percebeu que eu não tinha terminado de falar,'Eu vou voltar todos anos para as festas,e vocês também podem ir me visitar'
 'Ah,claro que vamos',o Rick disse.
 'Toda semana',a Agatha falou.
 'Vocês querem ir no meu jatinho particular,gente?'a Carol falou rindo.E eu ri junto.Eles perguntaram pra que parte da Coreia eu iria,e com quem iria morar.
 'Eu vou para Gwangju,morar um tempo com uma tia,e depois vou procurar uma casa e um emprego em Seul.Eu quero trabalhar pra alguma revista,sabe,foi por isso que eu fiz faculdade de jornalismo..'
 'Você tem preferência por alguma revista?',a Carol perguntou.
 'Sim!A CéCi,gostaria muito de ir trabalhar lá!!',eu respondi.
 'AAAAAAAAAAAAH!Essa revista é ma-ra-vi-lho-sa amiga',exclamou a Agatha.
 'Ué,a revista é coreana,como você sabe disso,Agatha?',o Rick quis saber.
 'Ah querido,eu sou kpopper né!',ela respondeu batendo o cabelo na cara do Rick.Depois ela virou pra mim,e falou,'Miranda Rodrigues Bon-Hwa,se você entrar na CéCi,e tiver a oportunidade de entrevistar o Bangtan Boys,NÃO SE ESQUEÇA DE TIRAR FOTO DELES E MANDAR PRA MIM!'
 'Bang quem?',eu perguntei.
 'Bangtan Boys,BTS,Bangtan Sonyeondan,ai amiga,só tira as fotinhas e manda pra mim,ok?'
 'Ok',eu ri'Mais alguma coisa?'
 'Ah,ia esquecendo,tira uma foto EXCLUSIVA do Jin pra mim?'
 'Quem?'
 'Amiga,se você for entrevistar eles você vai saber o nome de todo mundo,é só chegar pro Jin,e pedir uma foto,beleza?'
 'Ahn,beleza né..'
    

Depois nós fomos ao Subway,a meu pedido,já que seria uma das últimas vezes que nós iríamos nos encontrar.Depois,também a meu pedido,fomos à Is Station,minha sorveteria favorita.Eu também queria dar uma passada na Cappuccini e no Mr.Cheney,mas já estava ficando tarde e eles reclamaram que não tinha mais espaço na barriga deles pra comer tanto."
    

Dois meses depois eu estava com tudo pronto pra ir.Marquei um último encontro com eles e nós fomos na Cappuccini,tomamos o de sempre:eu,o meu café simples;a Carol um capuccino;a Agatha,café com leite;e o Ricky,café bem doce,com bastante creme.Ah,como eu iria sentir falta daquilo.Depois,a Agatha queria ver uma bolsa numa loja nova,e a Carol e o Ricky não queriam ir,então a gente combinou de se encontrar na saída às 21:45.Nós vimos a bolsa,mas a Agatha ficou enrolando,queria ver um monte de outras coisas,e depois de um tempo eu vi o Ricky e a Carol vindo na nossa direção.Eu estranhei,mas eles vieram sorrindo e entregaram uma caixa na minha mão.Eu abri,e os três gritaram "SURPRESA" e aí eu entendi toda aquela enrolação da Agatha:eles pediram pra ela me enrolar enquanto os dois iam no Mr.Cheney e compravam uma caixa dos meus cookies favoritos:o de gotas de chocolate com M&M's.E ainda tinha uns decorados,escrito "Boa Viagem" e "Annyeong".Eu comecei a chorar,eu iria sentir MUITA falta daquilo.
    No fim daquela semana eu viajei,e agora estou no avião,me sentindo imensamente feliz e triste ao mesmo tempo,sem saber o que me espera quando eu descer do avião,com medo..Espero que eu tenha feito a decisão certa.
 


Notas Finais


ent é isso,espero que gostem!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...