História My Hope - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts, J-hope, Jimin, Jin, Jung Hoseok, Jungkook, Rap Monster, Suga
Exibições 6
Palavras 736
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ficção, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


oii gente
tá aí o segundo capítulo pra vocês
achei meio curto,mas espero que curtam (nossa,que trocadilho porcaria ahshas)
enfim,aproveitem

Capítulo 2 - Nostalgia



 "EI!!Mira!",tia Kim gritou balançando os braços.
    Eu corri pra abraçá-la.Deus,como eu senti falta de tudo aquilo!Ela me ajudou com as malas enquanto me contava algumas coisas que demorei um pouco pra entender,fazia um tempo que eu não falava coreano,estava meio enferrujada..Só disse 'annyeong' e agradeci por ela ter ido me buscar.Ela me perguntou se eu queria ir ao meu restaurante favorito ou almoçar na casa dela,e eu respondi rapidamente que queria ir pra casa.Depois de mais de 20 horas no avião eu só queria me deitar.Tá legal,era uma da tarde lá,mas no Brasil era uma da manhã!!Eu ainda não tinha me acostumado com o fuso-horário..
    

Chegando na casa dela eu perguntei se poderia levar as malas para o quarto que eu iria ocupar.
  

"Menina,deixa de ser boba,pode ir sim!",ela falou,rindo um pouco,"Você precisa de ajuda?",ela perguntou.
            "Não tia,obrigada!" eu respondi sorrindo.
    

Eu subi as esadas com as malas e quando cheguei ao corredor lá em cima parei um pouco pra  respirar um pouco,e observei o local.Me lembrei das aventuras que passei ali.Do dia que eu caí e ralei a testa;o dia que bati o nariz no batente da porta;do dia que empurrei Hoseok escada abaixo e ele quase se quebrou todo,não fosse pelo meu pai..Ah,Hoseok!Ele fora o meu melhor amigo na Coreia.Nós sempre andáramos juntos,e sempre que eu ia pra algum lugar ele ia junto,e vice-versa.No dia que eu o empurrei nós estávamos no topo da escada,ele tinha me chamado de chata porque eu não tinha contado um segredo pra ele,então eu fiquei com raiva e o empurrei.Não era minha intenção derrubá-lo escada abaixo,mas por sorte papai estava subindo e o segurou a tempo.Mesmo pedindo desculpa ele ficou bravo comigo por uma semana(o tempo que os hematomas demoraram pra sumir), depois ele voltou a falar comigo normalmente,como se nada tivesse acontecido.
    Fiquei pensando em Hoseok,e naquele segredo que eu nunca contei pra ele,nem pra ninguém.Eu o amava.Deus,como o amava.Naquela época era só uma paixonite de criança,mas depois que fui para o Brasil eu percebi que amava ele.Ele nunca saiu da minha cabeça.E o pior é que ele nunca mandou notícias depois que me mudei.Eu fiquei muito triste,mas isso não diminuiu meu amor por ele.
    Depois de deixar as malas no quarto eu desci as escadas e fui até a cozinha.Pedi um copo de água à tia Kim,e ela virou com cara de brava pra mim.
 

"Miranda Rodrigues Bon-Hwa,se você me pedir mais alguma coisa eu juro que te mando de volta para o Brasil por correio!Sinta-se em casa para pegar um copo de água,abrir a geladeira,entrar no seu quarto,assistir televisão,fazer algo pra comer,o que quiser,ok?Você também pode sair,mas me avise antes."
            "Ahn,ok..Tia Kim,a senhora se lembra.."
            "Senhora?!Por favor,me chame de Unnie,ou Omma,mas senhora não.Me faz parecer velha." Nós duas rimos,e eu comecei de novo.
            "Omma,você se lembra do Hoseok?", eu perguntei.
            "O Hobi?Claro que sim!Se você quer saber onde ele está,ele está em Seul,trabalhando". Trabalhando?
            "Qual o trabalho dele Omma?"
           "Sinceramente Mira,eu não sei.Ele sumiu por uns meses,voltou todo fortão,fez as malas,e disse pra mim que estava indo trabalhar em Seul."
           "Aaaaaaaah,tá.."
           "Mas por que quer saber tanto dele?",tia Kim perguntou rindo.
        "Por nada",eu respondi rapidamente,corando,"É só que,a gente era tão amigo quando eu estava aqui,só queria ver ele de novo..",eu disse tentando ser convincente.
           "Aham,sei",tia Kim provocou.
           "Mas é verdade!!",eu exclamei
           "Ué!!Eu não falei nada!!",ela respondeu rindo.
    

Nós jantamos meu prato favorito:bulgogi e jeon de batata.Feliz por voltar a saborear os pratos da minha casa,eu fui dormir.

 "Está cedo!",tia Kim disse.
             "Me desulpe Omma,estou tentando me acostumar com o horário", eu disse bocejando
            "Ok então,amanhã eu te acordo que horas?", ela perguntou,e eu fiquei um pouco surpresa.No Brasil minha mãe não acordava ninguém além dela mesma.Cada um tinha seu horário e seu despertador.Se alguém se atrasasse o problema era dele.
             "Às oito pode ser?", eu sugeri.
             "Claro!", ela respondeu.
             "Omma,amanhã eu quero ir pra Seul,procurar pelo menos uma casa já..",eu disse.
           "Ah sim querida,eu pensei em uma coisa:você pode procurar a casa pelo computador,e quando você achar uma que realmente lhe interesse nós podemos ir pra lá.."
           "É uma boa ideia!Uma ótima ideia!!Eu não queria sair de casa mesmo!!Ahn..a senhora,quero dizer,a Omma não se importa de me sustentar um tempinho,né?", eu perguntei envergonhada.
           "Claro que não!!Se o seu plano não fosse ir pra Seul eu te obrigaria a morar aqui comigo!!", ela falou.Nós rimos,e eu fui me deitar,planejando o que iria fazer no dia seguinte.
 


Notas Finais


é isso
até o próximo capítulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...