História My Host Sister (intersexual) - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Ally Brooke, Camila Cabello, Camren, Camz, Dinah Jane, Fifth Harmony, Lauren Jauregui, Lolo, Normani Hamilton
Visualizações 194
Palavras 1.610
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hey guys!
Está aí o capítulo!
Talvez eu volte amanhã, mas não é certeza, afinal eu tenho mais duas fics pra atualizar!

Capítulo 10 - Capítulo - 09


Fanfic / Fanfiction My Host Sister (intersexual) - Capítulo 10 - Capítulo - 09

Point Of View Lauren jauregui| 29 de agosto de 2016| Segunda-feira| 7:30 A.M| Miami High School.

Como não consegui dormir, às seis da manhã eu já estava pronta pra ir a escola, se eu estava nervosa? Sim talvez um pouco.

Mas depois de passar a madrugada inteira pensando, eu não me deixaria abater por ninguém, eu voltaria a ser mais fria, mais grossa do que eu já fingia ser, apenas para me manter segura.

Eu não me importaria com mais ninguém, seria apenas a Lauren que não tinha sentimentos, era o melhor a se fazer, posso está agindo precipitadamente, mas o que eu vivi a um ano atrás, não quero que se repita.

Agora eu precisava me livrar de keana.

_ Ke? _ chamo e nada.

_ Keana, levanta! _ digo balançando seu corpo.

_ Me deixa dormir Lauren! _ resmunga.

_ Levanta, vista suas roupas e vaza! _ digo, definitivamente eu não estava com paciência hoje.

_ Que bicho te mordeu? _ indaga sentando na cama.

_ Nenhum, só quero você fora daqui! _ digo.

_ Idiota, não acredito que vai fazer essa porra de novo, pra que me tratar com grosseria? Eu te conheço, Sou sua amiga! _ diz vestindo suas roupas.

_ Não me importo! _ falo dando de ombros.

_ Depois não venha correr prós meus braços pra desabafar, cansei desses seus momentos de bipolaridade! _ diz pegando sua bolsa.

_ Primeiramente que eu nunca corri prós braços de ninguém, você que corre pra minha cama, agora vaza que eu tô sem paciência! _ digo

_ Vá a merda Lauren! _ grita saindo do quarto e batendo a porta, ainda por cima bateu a porta do andar de baixo.

Devo ter pegado um pouco pesado.

Foda-se, depois ela voltaria a falar comigo mesmo, era sempre assim.

Peguei minha mochila, meu celular, e desci, eu até poderia fazer algo pra comer, mas o café da dona Rosa era bem melhor, e ainda economizava tempo.

Passei pela área da piscina, e entrei na casa principal, Rosa estava terminando de colocar calda de chocolate no bolo.

_ Bom dia! _ digo dando um beijo em sua bochecha.

Uma coisa que eu aprendi em todo esse tempo convivendo com ela, não desconte ou a trate mal, pois no final quem vai sair mal é você, pois quando ela decide dar uma lição, você passa o dia refletindo sobre suas ações.

_ Bom dia menina, o que aconteceu com sua amiga? Ela saiu daqui com muita raiva! _ diz.

_ Não foi nada, bobagem dela!_ digo

_ Lauren, eu conheço você com palma da minha mão, não desconte suas frustrações ou medos em cima de outras pessoas, principalmente em seus amigos! _ fala olhando em meus olhos.

_ Eu não fiz nada! _ me defendo.

_ Ah você fez, ela não sairia assim se não fizesse nada, o que te aflige minha menina?_ indaga.

_ Muitas coisas, mas eu não quero falar sobre isso! _ falo, eu já tinha decidido o que fazer, e não mudaria de ideia.

_ Tudo bem, mas se quiser conversar estarei aqui, só não trate as pessoas de maneira que você não gostaria de ser tratada, agora leve esse bolo pra sala de estar, seus irmãos já estão lá! _ fala

_ E a Camila? _ indago.

Droga, porque eu sempre tenho que querer saber sobre essa garota.

_ Ainda não desceu, agora vá tomar seu café, para não se atrasarem! _ diz ela me tirando da cozinha.

Mais pais não estavam em casa, passaram o fim de semana fora, devem ir direto para o hospital.

Levei o bolo, coloquei sobre a mesa, e a única coisa que fiz foi da bom dia aos meus irmãos e começar a comer em silêncio, já eles dois não paravam de falar, sobre rever os amigos, sobre as novos alunos.

Ao terminar meu café da manhã, sai em direção a garagem sem dizer nada, mas fui interrompida no meio do caminho.

_ Lauren? _ escuto aquela voz melodiosa me chamar.

_ Sim! _digo me virando pra ela.

Ela estava simplesmente linda, como sempre.

_ Só queria agradecer por ontem! _ diz  visivelmente nervosa.

Não podia, ficar pensando nela dessa forma, deveria parar de me importa, para de observa-la, e nada melhor do que manter-la mais afastada do que já era.

_ Tanto faz, só não conte comigo novamente! _ digo saindo de perto e entrando na garagem.

Meu antigo carro ainda estava ali, o que já era ótimo, peguei a chave dentro da mochila, e abrir o carro, abrindo o grande portão e saindo dali.

(...)

A escola ficava a cerca de trinta minutos de casa, então não demorei muito a chegar, estacionando em uma das vagas mais afastadas, haviam poucas pessoas ainda ali, então tratei de ficar no carro, e tratar um cigarro com a janela aberta.

Sim, eu fumava, mas apenas quando me sentia frustrada ou nervosa com algo, claro que meus pais não sabiam sobre isso, se não eles cortariam meus dedos, pra nunca mais pega em um cigarro, e meus dedos eram bem importantes apesar de ter um ótimo amigo no meio das pernas.

O prédio a minha frente, era grande, haviam grandes janelas, e era de uma cor alaranjada, quase marron, era a primeira vez que eu estava ali, quem fez minha matrícula foi meu pai.

Aos poucos a movimentação de carros e pessoas foi aumentando, logo vi Justin, Harry e Zayn saírem de um carro, keana e Troy se outro, sei que ela vai me ignorar por hoje mais cedo, mas pouco me importo.

Peguei minhas coisas e sai do carro, joguei o restante do cigarro no chão, pisando em cima para apagar.

Caminhei até meus amigos calmamente, bem diferente de como eu me sentia por dentro.

Digamos que eu estava chamando um pouco de atenção devido as tatuagens em meu braço, estava usando apenas uma camiseta, minha jaqueta amarrada na cintura, e meus amigos não estavam tão diferentes.

Eramos carne nova no pedaço, então dificilmente passaríamos despercebidos durante todo o período de aulas, e meu estresse se dava a isso, eu não gostava de chamar atenção.

_ Bom dia! _ cumprimento ao chegar até eles.

Todos responderam, menos keana como eu imaginava, daqui a pouco ela vai atrás do meu irmão, ou Camila e me esquece.

Dou graças a Deus por Camila não dá moral a ela, agora eu não sei o porquê disso.

_ Vamos buscar nossos horários, que eu quero conhecer logo esse lugar! _ diz Zayn.

_ Correção, conhecer as gatinhas desse lugar! _ fala Justin passando os braços por meu ombro e fomos procurando a diretoria.

_ Você está defendo a cigarro, tome! _ diz me entregando uma menta.

_ Obrigada! _ agradeço.

_ Você não precisa ficar nervosa, eu estou aqui, eles estão aqui por você também! _ diz se referindo aos nossos amigos que andavam um pouco a nossa frente.

_ Eu sei! _ digo

_ Mas parece que esquece, a Ke chegou furiosa no apartamento, e eu sei que você descontou nela esse nervosismo idiota! _ fala.

_ Justin, é minha auto defesa! _ falo

_ Eu sei, mas não precisa descontar em seus amigos! _ fala.

_ Não farei mais isso! _ digo.

Justin era o único que conseguia me convencer a pensar antes de agir.

Enfim achamos a secretária, falamos com a moça da recepção, e depois dela seca meu amigo Zayn, nos deu nossos horários, pelo que pude ver, cada um tinha uma aula com um de nós.

Minha primeira aula seria biologia ótimo, eu sou boa nessa matéria.

Essa aula eu tinha com Harry, e Troy, então seguimos para essa aula, antes que o sinal tocasse, era o primeiro dia de aula, então eu assistiria todas as aulas, talvez isso não aconteceria durante o restante do ano.

Eu nem precisava está aqui, tudo que eu precisava era ler o assunto, e pronto já estava armazenado no meu cérebro, coisa de nerd? Talvez.

Ao chegar em frente a porta da sala, Troy encontrou com Ally, Harry com o garoto que ele ficou na porta abandonando Camila e eu não porta, o sinal tocou e ela entrou sem olhar pra mim.

Parecia que havia um imã nessa garota, quanto mais eu a queria longe, mais algo nos juntava, e já que não adiantaria muito me afastar, eu teria que aceitar esse fato, quem sabe eu não me divirta um pouco.

Camila me surpreendida cada dia mais, ela não sentou na frente como eu imaginei, preferiu a última bancada.

Como Harry e Troy estavam com seus rolos, e eu não conhecia ninguém naquela sala, além da latina, e não estava com paciência pra conhecer Absolutamente ninguém, me juntei a ela.

_ Pensei que tinha deixado claro a parte de me ignorar! _ diz sem olhar pra mim.

_ Pensei que sentaria na frente, como todos os nerds normalmente fazem! _ digo, talvez eu queira irrita-la um pouco.

_ De onde tirou que eu sou nerd? E que eu saiba não existe uma lei que diz onde os nerds oi qualquer outra pessoa deve sentar! _ fala me olhando com as sobrancelhas arqueadas.

_ Eu poderia dormir sem essa! _ falo.

_ Porque não senta em outro lugar? _ questiona.

_ Porque eu gostei daqui, e como você disse não existe lei que diga onde eu devo ou não sentar! _ falo.

Vi que ela estava procurando algum outro lugar vazio pela sala, mas a professora entrou na sala.

_ Bom dia turma, sou Ariana Grande, serei a professora de biologia de vocês, espero que se deem bem com seus pares, pois serão os mesmo durante todo o semestre! _ diz a ruiva baixinha.

_ Mierda, Sólo puede ser broma! ( Merda, só pode ser brincadeira!)_ resmunga, Camila ao meu lado.

_ ¡Seremos un gran par, Camz! (Seremos um grande par Camz! _ falo em meu perfeito espanhol a pegando de surpresa.

_ Babaca! _ diz, ficando sua atenção no livro a sua frente.

Talvez eu passe a irrita-la mais vezes.

Ela ficava linda bravinha.

Oh shit, até no diminutivo eu estou me referindo a ela, isso não é nada bom.


Notas Finais


A uma perguntinha!

Querem como casal:
Selena e Justin?
Ariana e Justin?
Selena e Demi?
Ariana e Demi?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...